Tage Lindbom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tage Lindbom
Nascimento 24 de outubro de 1909
Malmö
Morte 30 de setembro de 2001 (91 anos)
Sepultamento Norra begravningsplatsen
Cidadania Suécia
Alma mater Universidade de Estocolmo, Universidade de Uppsala
Ocupação filósofo, sociólogo
Religião Islã

Tage Lindbom (Malmö, 24 de outubro de 19092001) foi um filósofo sueco filiado à Filosofia Perene.

PhD em ciência política, Lindbom pautou seus livros pela escola marxista entre 1938 e 1965, quando se desligou de suas funções de teórico e diretor dos arquivos e da biblioteca central do Partido Social-Democrata sueco para abraçar a escola perenialista de René Guénon e Frithjof Schuon.

Ele é autor de O Mito da Democracia (São Paulo, Ibrasa, 2007), onde sustenta que há um abismo entre a "retórica" democrática e a realidade concreta das sociedades contemporâneas.

Obras[editar | editar código-fonte]

Livros em castelhano
  • La semilla y la cizaña: el reino del hombre al término del plazo; vérsión castellana de Alejandro Corniero Fernández-Baños, Madri, 1980.
Livros em inglês
  • The Tares and the Good Grain: Or, The Kingdom of Man at the Hour of Reckoning (transl. of Agnarna och vetet), Mercer University Press (UK), 1982, ISBN 9780865540798 / 0865540799.
  • The Myth of Democracy (transl. of Demokratin är en myt), Wm B Eerdmans Publishing Co, 1996, ISBN 0802840647 / 0-8028-4064-7.
  • Lucifer, Every Branch in Me: Essays on the Meaning of Man, ed. Barry McDonald, Bloomington, 2002. ISBN 0941532399 / 978-0941532396. Also published in Religion of the Heart: Essays Presented to Frithjof Schuon on His Eightieth Birthday, eds. Seyyed Hossein Nasr and William Stoddart, Washington D.C., 1991.
  • Virtue and Morality, The Underlying Religion: An Introduction to the Perennial Philosophy, eds. Martin Lings and Clinton Minnaar, Bloomington, 2007. ISBN 978-1-933316-43-7.