Taihō (era)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A era Taihō (大宝?) ou período Taihō foi uma era do Japão (年号, nengō?) que se sucedeu após a segunda interrupção dos nomes das eras entre 686 e 701 ("Períodos Não-Nengō"). O Taihō teve lugar em 701, sucedendo a anterior era Shuchō. Este período ocupou os anos de 701 a partir de março, até maio de 704.[1] O imperador reinante foi Mommu-tennō (文武天皇?).[2]

História[editar | editar código-fonte]

Em 701, então conhecida como Taihō Gannen (大宝元年?), o novo nome da era Taihō (que significa "Grande Tesouro") foi proclamado para lembrar a criação do "grande tesouro" de organização e leis codificadas. Uma nova era teve início no dia 21 do terceiro mês de 701.[3]

Precedido por
Era ou nengō
Taihō

701–704
Sucedido por
Keiun
Precedido por
Período Jitō
686–697
Imperadores do Japão
Período Mommu

697–707
Sucedido por

Referências

  1. Nussbaum, Louis-Frédéric. (2005). "Taihō" in Japan Encyclopedia, p. 924; n.b., Louis-Frédéric is pseudonym of Louis-Frédéric Nussbaum, see Deutsche Nationalbibliothek Authority File.
  2. Titsingh, Isaac. (1834). Annales des empereurs du Japon, pp. 60-63; Brown, Delmer et al. (1979). Gukanshō, pp. 270-271; Varley, H. Paul. (1980). Jinnō Shōtōki. pp. 137-140.
  3. Brown, p. 271.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]