Taipu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Taipu
"Terra do papagaio"
Centro da cidade de Taipu

Centro da cidade de Taipu
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 10 de março
Fundação 1891
Gentílico taipuense
Prefeito(a) Sebastião Ambrósio de Melo (PSB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Taipu
Localização de Taipu no Rio Grande do Norte
Taipu está localizado em: Brasil
Taipu
Localização de Taipu no Brasil
05° 37' 19" S 35° 35' 49" O05° 37' 19" S 35° 35' 49" O
Unidade federativa  Rio Grande do Norte
Mesorregião Leste Potiguar IBGE/2008 [1]
Microrregião Litoral Nordeste IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Pureza (ao norte), Ielmo Marinho (ao sul), Ceará-Mirim (a leste), Bento Fernandes e Poço Branco (a oeste).
Distância até a capital 50 km[2]
Características geográficas
Área 352,818 km² [3]
População 12,398 hab. (RN: 50º) –  IBGE/2016[4]
Densidade 0,04 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,569 baixo PNUD/2010[5]
PIB R$ 59 722,628 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 4 929,64 IBGE/2008[6]
Página oficial

Taipu é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Norte. Está localizado no litoral nordeste do estado.

História[editar | editar código-fonte]

O povoamento da região teve início no aldeamento situado nas terras da Fazenda Tabuleiro do Barreto, onde foram encontrados muitos objetos de fabricação indígena. Outros sinais da forte presença de tribos indígenas na região também, foram achados na Lagoa do Tapuio e em outras fazendas da localidade.

Inicialmente denominada Picada, devido à sua localização geográfica entre o final do Sertão e o início da Zona da Mata, a localidade teve seu desenvolvimento impulsionado no século XIX com a participação efetiva de Jorge Pegado Galvão, Marcos Pereira dos Santos, Bernardo Gadelha, André Soares da Silva e Joaquim José da Costa, considerados fundadores do povoado, que chegou a condição de distrito em 1851. Nesse mesmo ano teve início a construção da capela de Nossa Senhora do Livramento que após 30 anos foi concluída, também, já existia na localidade uma escola.

Em 28 de junho de 1889, o distrito de Picada mudou de nome, passando a se chamar Taipu, topônimo que se origina de Itaipi, nome do aldeamento indígena da região. Nessa mesma data foi instalada a delegacia de polícia e suas terras foram desmembradas do município de Touros, passando a pertencer ao município de Ceará Mirim. Com a mudança de nome, a terra buscou voltar as suas origens, a seus primeiros tempos, numa referência direta aos seus primeiros habitantes.

O desenvolvimento do distrito veio a se consolidar em 1907, com a implantação da estrada de ferro ligando Taipu a Natal, proporcionando uma ampliação do mercado consumidor e o escoamento mais eficiente da produção agrícola. Em 10 de março de 1891, através do Decreto nº 97, Taipu desmembrou-se de Ceará Mirim, tornando-se município.


Geografia[7][editar | editar código-fonte]

De acordo com o censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no ano 2010, sua população é de 11.836 habitantes. Área territorial de 353 km².

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. FEMURN. «Distâncias dos Municípios do Rio Grande do Norte a Natal-RN». Consultado em 6 de agosto de 2011 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  4. «ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2012» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 30 de agosto de 2011. Consultado em 31 de agosto de 2012 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 04 de setembro de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  7. «IBGE | Brasil em Síntese». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 6 de novembro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Norte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.