Taj Gibson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Taj Gibson
Taj Gibson (cropped).jpg
Taj Gibson em 2018.
Informações pessoais
Nome completo Taj Jami Gibson
Data de nasc. 24 de junho de 1985 (34 anos)
Local de nasc. Brooklyn,  Nova Iorque,  Estados Unidos
Altura 2,06 m
Peso 107 kg
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos New York Knicks
Número 67
Posição Ala-pivô
Clubes de juventude
2006–2009 Estados Unidos USC
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2009–2017
2017
2017–2019
2019–Presente
Estados Unidos Chicago Bulls
Estados Unidos OKC Thunder
Estados Unidos Timberwolves
Estados Unidos New York Knicks
562 (5.280‬)
23 (207)
152 (1.752)

Taj Jami Gibson (Brooklyn, 24 de junho de 1985) é um jogador de basquetebol profissional norte-americano que atualmente defende a equipe do New York Knicks na NBA.[1]

Ele foi selecionado pelo Chicago Bulls na primeira rodada do Draft da NBA de 2009 como a 26ª escolha geral e, em sua primeira temporada, foi eleito para o primeiro time do NBA All-Rookie Team.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Gibson nasceu em 24 de junho de 1985, no Brooklyn, em Nova York. Ele freqüentou o P.S. 67 Charles A. Dorsey School, no bairro de Fort Greene, no Brooklyn.[2]

Gibson começou sua carreira no ensino médio na Escola de Artes e Tecnologia de Telecomunicações do Brooklyn. Ele então frequentou a Stoneridge Prep como um estudante de segundo e terceiro ano em Tarzana, Califórnia. Durante seu último ano em 2006, ele participou do Calvary Christian em San Fernando, Califórnia.

Carreira universitária[editar | editar código-fonte]

Gibson durante um treino em 2009.

Gibson frequentou a Universidade do Sul da Califórnia, onde ele era membro da fraternidade Phi Kappa Psi.

Como um dos calouros mais antigos do país, aos 21 anos de idade, em 2007, ele foi nomeado para a Equipe de Novatos da Pac-10.

Gibson foi nomeado para a Primeira-Equipe do Torneio da Pac 10 de 2009, ajudando os Trojans a vencer o título no Staples Center.

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Chicago Bulls (2009–2017)[editar | editar código-fonte]

Gibson se declarou para o Draft de 2009 e foi selecionado na 26º escolha geral pelo Chicago Bulls, ele assinou um contrato com a equipe em julho de 2009.[3][4]

Gibson foi titular na maior parte de sua temporada de estreia com os Bulls e impressionou muitas pessoas com sua alta energia e boa defesa. Os Bulls foram para os playoffs com a 8ª melhor campanha na Conferência Leste. Gibson teve uma média de 7,6 pontos e 7,0 rebotes, enquanto o Bulls perdeu para o Cleveland Cavaliers na primeira rodada. No final de sua primeira temporada, ele foi selecionado para o NBA All-Rookie First Team.

Durante o período de entressafra de 2010, os Bulls contrataram Carlos Boozer para ser titular no lugar de Gibson. Mas Boozer quebrou a mão antes da pré-temporada e Gibson foi titular nos primeiros 15 jogos da temporada. Após o retorno de Boozer, Gibson assumiu o papel de reserva pela maior parte da temporada. No final da temporada, os Bulls foram para os playoffs como a melhor campanha na Conferência Leste. Em 10 de maio de 2011, Gibson ajudou sua equipe a conquistar uma vantagem de 3-2 nas semifinais da Conferência Leste contra Atlanta, fazendo todos os seus 11 pontos no quarto quarto.[5]

Em 31 de outubro de 2012, Gibson assinou uma extensão de contrato com os Bulls.[6] Sendo principalmente reserva na temporada de 2013-14, Gibson teve uma média de 13 pontos e 6,8 rebotes na temporada e estava entre os líderes da liga em arremessos bloqueados por jogo. Ele terminou em segundo lugar no prêmio de sexto homem do ano da NBA, perdendo para Jamal Crawford.

Em 16 de junho de 2015, Gibson foi submetido a uma cirurgia artroscópica no tornozelo esquerdo e descartado por quatro meses.[7] Durante a temporada de 2015-16, ele jogou em 73 jogos e obteve uma média de 8,6 pontos e 6,9 ​​rebotes.

Oklahoma City Thunder (2017)[editar | editar código-fonte]

Em 23 de fevereiro de 2017, Gibson foi negociado, junto com Doug McDermott e uma escolha de segunda rodada de 2018, para o Oklahoma City Thunder em troca de Joffrey Lauvergne, Anthony Morrow e Cameron Payne.[8]

Gibson no Timberwolves fazendo um lance livre em 2019

Minnesota Timberwolves (2017–2019)[editar | editar código-fonte]

Em 10 de julho de 2017, Gibson assinou com o Minnesota Timberwolves.[9] Ele se tornou o primeiro jogador da NBA a usar o número 67, em homenagem a sua escola primária do Brooklyn, P.S. 67.[10]

Em 22 de novembro de 2017, ele marcou 24 pontos em uma vitória por 124-118 sobre o Orlando Magic.[11] Em 15 de fevereiro de 2018, Gibson marcou 28 pontos contra o Los Angeles Lakers.

New York Knicks (2019 – Presente)[editar | editar código-fonte]

Em 9 de julho de 2019, Gibson assinou com o New York Knicks.[12]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2009–10 Chicago 82 26.9 .494 .646 7.5 .9 .6 1.3 9.0
2010–11 Chicago 80 21.8 .466 .125 .676 5.7 .7 .69 1.3 7.1
2011–12 Chicago 63 20.4 .495 .622 5.3 .7 .4 1.3 7.7
2012–13 Chicago 65 22.4 .485 .000 .679 5.3 .9 .4 1.4 8.0
2013–14 Chicago 82 28.7 .479 .000 .751 6.8 1.1 .5 1.4 13.0
2014–15 Chicago 62 27.3 .502 .717 6.4 1.1 .6 1.2 10.3
2015–16 Chicago 73 26.5 .526 .000 .692 6.9 1.5 .6 1.1 8.6
2016–17 Chicago 56 27.2 .523 .167 .714 6.9 1.1 .5 .9 11.6
2016–17 Oklahoma City 23 21.2 .497 1.000 .718 4.5 .6 .6 .7 9.0
2017–18 Minnesota 82 33.2 .577 .200 .768 7.1 1.2 .8 .7 12.2
2018–19 Minnesota 70 24.1 .566 .324 .757 6.5 1.2 .8 .6 10.8
Carreira 737 25.9 .512 .212 .709 6.4 1.0 .6 1.1 9.8

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2010 Chicago 5 29.0 .421 .545 7.0 .6 .2 .6 7.6
2011 Chicago 16 17.8 .566 .000 .600 4.1 .6 .3 1.4 5.9
2012 Chicago 6 22.8 .457 .682 6.5 .7 .7 1.7 9.5
2013 Chicago 12 17.2 .470 .000 .727 3.0 .3 .3 .5 6.5
2014 Chicago 5 30.8 .561 .750 6.2 .4 .4 2.4 18.2
2015 Chicago 12 23.0 .472 .700 5.5 1.0 .3 1.0 7.4
2017 Oklahoma City 5 23.6 .600 .875 3.6 .6 .2 .0 9.8
2018 Minnesota 5 24.6 .636 1.000 4.0 .4 .2 .4 6.2
Carreira 66 21.9 .515 .000 .707 4.7 .6 .3 1.0 8.0

Fonte:[13]

Prêmios e homenagens[editar | editar código-fonte]

  • Segunda-Equipe All-Pac-10 (2009)
  • Terceira-Equipe All-Pac-10 (2008)
  • Jogador Defensivo do Ano da Pac-10 (2009)

Referências

  1. «Taj Gibson» (em inglês). nba.com 
  2. «Representing Brooklyn, Taj Gibson becomes NBA's first No. 67». ESPN.com (em inglês). 3 de outubro de 2017. Consultado em 19 de julho de 2019 
  3. «Sidney to Mississippi State?». ESPN.com. Consultado em 19 de julho de 2019 
  4. «Johnson, Gibson sign rookie deals with Bulls». ESPN.com (em inglês). 9 de julho de 2009. Consultado em 19 de julho de 2019 
  5. «Hawks vs. Bulls - Game Recap - May 10, 2011 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2019 
  6. «Bulls sign Taj Gibson to multi-year extension». Chicago Bulls (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2019 
  7. «Taj Gibson Injury Update». Chicago Bulls (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2019 
  8. «Thunder Acquires Gibson, McDermott and Draft Pick». Oklahoma City Thunder (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2019 
  9. «Timberwolves Sign Forward Taj Gibson». Minnesota Timberwolves (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2019 
  10. «Representing Brooklyn, Taj Gibson becomes NBA's first No. 67». ESPN.com (em inglês). 3 de outubro de 2017. Consultado em 19 de julho de 2019 
  11. «Magic vs. Timberwolves - Game Recap - November 22, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2019 
  12. «New York Knicks Sign Five Players». New York Knicks (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2019 
  13. «Taj Gibson Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2019