Take the Crown

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Take the Crown
Informação geral
Origem Huntington Beach, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Post-Hardcore,[1] Rock eletrônico[2][3]
Período em atividade 20042008
Gravadora(s) Rise Records
Afiliação(ões) Saosin, Eighteen Visions, AFI, Blessthefall
Integrantes Beau Bokan
Nick Coffey
Ryan Wilson
Aaron Elliott
Ex-integrantes Ken Floyd
James Campbell
Tony Gonzalez
Juan Pereda
Trevor Bodawit
Página oficial Website oficial

Take The Crown foi uma banda de post-hardcore de Huntington Beach, Califórnia. A formação original incluía o vocalista Beau Bokan, o guitarrista Nick Coffey, o guitarrista Tony Gonzalez, o baixista James Campbell, e o tecladista Ryan Wilson. A banda começou a gravar demos em 2004 com um amigo Chris Sorenson de Saosin,[2 1] mais tarde, produziram seu EP de estréia, Let the Games Begin, em 2006. A banda assinou contrato com a gravadora Rise Records em 2007 e lançaram seu segundo álbum Relapse React em 13 de maio de 2008.[4] A banda teve fim em 25 setembro de 2008 devido à saída de James Campbell e Tony Gonzalez, e devido a falta de gestão financeira e de encargos.[5][6]

História[editar | editar código-fonte]

Início (2004-2006)[editar | editar código-fonte]

Take the Crown foi formada no início de 2004 por Beau Bokan e Tony Gonzalez. A formação original ficou em constante mudança e foi mais uma reminiscência de música pop punk de bandas como Blink 182 e Pennywise. O início da line-up, incluindo nomes como Martine Stewart (Donnybrook, Terror), mudou constantemente, assim com o som da banda. Durante as fases iniciais da banda, ocasionalmente realizaram vários shows na área de Los Angeles em locais como Skateland e The Knitting Factory. Mais tarde a banda eventualmente adicionou Nick Coffey, Ryan Wilson, James Campbell, e Aaron Birdsaw à programação permanente e começou a se mover em uma direção mais Post-Hardcore. Take The Crown rapidamente ganhou notoriedade local no cenário musical no sul da Califórnia, tocando com bandas como The Aquabats e Eighteen Visions.

Let the Games Begin (2007-2008)[editar | editar código-fonte]

O Álbum de estréia Let the Games Begin, produzido por Chris Sorenson da banda Saosin,[2 1] foi lançado em 2006. A banda substituiu o baterista Aaron Birdsaw por Trevor Bodawitz e começou a excursionar em apoio ao álbum. Pouco depois da partida de Birdsaw, a banda foi selecionada para executar com AFI durante seus shows Five Flowers e na data de Los Angeles da turnê Taste of Chaos.[7] A banda fez duas turnês no Reino Unido, em apoio de Eighteen Visions e The Blackout,[3 1] bem como várias turnês pelos EUA com Lostprophets [8] e Four Year Strong. O baterista Juan Pereda (ex-Taken e Name Taken) substituiu Trevor Bodawitz para a última turnê de apoio ao registro, no entanto, ele foi logo substituído por Aaron Elliott.

Relapse React (2008)[editar | editar código-fonte]

Depois de um receber uma resposta positiva para seu auto-lançado álbum Let the Games Begin, a banda assinou com a Rise Records[9] em outubro de 2007. Mais tarde a banda entrou no estúdio com Kris Crummett[10] para gravar o segundo álbum Relapse React. Tony Gonzalez deixou a banda logo após a gravação de Relapse React devido a problemas pessoais e foi substituído por Ken Floyd (ex-Eighteen Visions).[11] O álbum foi bem recebido pelos críticos, no entanto, a banda se separou meses depois do álbum ser lançado citando a partida de James Campbell e Tony Gonzalez. Então a banda teve fim no meio de 2008 por questões de falta de gestão, e encargos financeiros.[5][6] a banda fez uma última turnê em apoio a banda Emarosa em 2008.[12]

Membros e ex membros[editar | editar código-fonte]

  • Beau Bokan - vocal (2004-2008)
  • Nick Coffey - guitarra principal, vocal de apoio, berros (2004-2008)
  • Ryan Wilson - teclados, sintentizador, vocal de apoio (2004-2008)
  • Aaron Elliott - Bateria (2007-2008)
  • Ken Floyd - guitarra rítmica, vocal de apoio (2008)[11]
  • James Campbell - baixo, vocal de apoio, teclados (2004-2008)
  • Tony Gonzalez - guitarra base (2004–2008)
  • Juan Pereda - bateria (2007)[9]
  • Trevor Bodawitz - bateria (2005–2007)

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbums
Ano Detalhes do Álbum
2006 Take the Crown
  • Lançamento: 2006
  • Gravadora: Auto-Lançado
2006 Let the Games Begin
  • Lançamento: 2006
  • Gravadora: Auto-Lançado
2008 Relapse React
  • Lançamento: 13 de Maio, 2008
  • Gravadora: Rise

Referências

  1. «Relapse React: Take The Crown: Music». Amazon.com. Consultado em 29 de setembro de 2011 
  2. US. «Take the Crown | Gratis muziek, tourneedata, foto's, video's». Myspace.com. Consultado em 2 de setembro de 2012 
  3. «Take The Crown on PureVolume». Purevolume.com. 13 de maio de 2008. Consultado em 2 de setembro de 2012 
  4. «Take the Crown upload "Lights, Camera, Disaster"». Alternative Press. Consultado em 2 de Setembro de 2012 
  5. a b «Blessthefall announce Beau Bokan (ex-Take The Crown) as new vocalist, post song». Alternative Press. Consultado em 2 de Setembro de 2012 
  6. a b «WE BROKE UP...read this.». Take the Crown. Consultado em 2 de Setembro de 2012 
  7. Imhof, Ryan. «Taste of Chaos Winners». Taste of Chaos Winners. Absolutepunk.net. Consultado em 2 de Setembro de 2012 
  8. «Loud is Relative». Loud is Relative. prweb.com. Consultado em 2 de Setembro de 2012 
  9. a b Aubin. «Rise Records Signs Take the Crown, The Hallowed». punknews.org. punknews.org. Consultado em 2 de Setembro de 2012  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "jp1" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  10. Tate, Jason. «Take the Crown Video Blog». absolutepunk.net. Consultado em 29 de setembro de 2011 
  11. a b «Interview - Take the Crown». From the Depths Entertainment. Consultado em 2 de Setembro de 2012  Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome "kf1" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  12. «Lower Definition, Take the Crown tour». Lower Definition, Take the Crown tour. lambgoat.com. Consultado em 2 de Setembro de 2012 
  1. a b Maxwell, Claire. «Band of the Month: Take the Crown Interview». Band of the Month. godsgirls.com. Consultado em 2 de Setembro de 2012 
  1. Powell, Daniel. «The Blackout at the Cockpit». Leeds Music Scene. leedsmusicscene.net. Consultado em 2 de Setembro de 2012