Takelot I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Takelot I foi o quarto Faraó da XXII dinastia egípcia e governou de 889 a.C. a 874 a.C. Foi filho de Osorkon I e Tashedkhons, uma esposa menor. Casou-se com Kapes e foi pai de Osorkon II que também foi Faraó do Egipto. O reinado de Takelot I foi bastante obscuro, reinou durante 15 anos e não deixou monumentos. Assistiu ao início da fragmentação do Egipto em dois centros de puder.

Osorkon II, seu filho, sucedeu-lhe no trono como faraó em 874 a.C., praticamente ao mesmo tempo que o seu primo Horsaisis sucedia a seu pai (Chechonq II) como Sumo Sacerdote de Ámon em Karnak. Teve problemas de governo com o seu irmão Iulot, Sumo Sacerdote de Ámon em Tebas, que reivindicou o trono, não conseguindo no entanto os seus intentos devido à presença de uma guarnição militar que cercou a cidade de Heracleópolis. Apesar de manter o puder, Takelot I, viu a unidade do país bastante alterada.

Titulatura[editar | editar código-fonte]

Nome de Sa-Rá
Hieroglifo
G39 N5
Z1
<
U33 V31
D21
N17
V13
>
Transliteração Tkrṯ
Transliteração (ASCII) tkrtch
Transcrição Takerotch
Tradução Takelot
Nome de Nesut-bity
Hieroglifo
M23
X1
L2
X1
<
N5 F12 H6 N5
U21
N35
>
Transliteração Wsr-mȝˁ.t-Rˁ stp-n-r՚
Transliteração (ASCII) wsr-maat-rá stp-n-ra
Transcrição Wasermaat-rá Setepen-rá
Tradução "Poderosa é a justiça de . O eleito de Rá."

Referências[editar | editar código-fonte]

  • A Mitologia Egípcia, Gama Editora, Dep. Legal nº 157043/00, 1ª edição Junho de 2001. (Portugal)
  • Os Faraós, Gama Editora, Dep. Legal nº 157042800, 1ª edição Setembro de 2001. (Portugal)
  • Maravilhas do Egipto, Gama Editora, Dep. Legal nº 157013/00, 1ª edição Março de 2002. (Portugal)
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Takelot I
Precedido por
Shoshenk II
Faraó
XXII dinastia
Sucedido por
Osorkon II


Ícone de esboço Este artigo sobre um Faraó é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.