Talássio (professor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Talássio
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Ocupação Professor-assistente
filósofo
Soldo de Teodósio I (r. 378–395)

Talássio (em latim: Thalassius) foi um romano do século IV que esteve ativo no Oriente durante o reinado do imperador Teodósio I (r. 378–395). Um pagão, atuou como um professor-assistente do reitor e sofista Libânio. Dono de uma fortuna moderada, teve propriedades em Samósata e gastou parte de seu dinheiro patrocinando projetos civis.[1]

Requereu por duas vezes seu ingresso para o senado de Constantinopla, a primeira em data desconhecida e a segunda em 390. Em seu segundo requerimento, Libânio escreveu um discurso em seu nome e enviou uma carta para o mestre dos soldados do Oriente Elébico solicitando que ajudasse Talássio a conseguir sua nomeação. Sua petição foi contrariada fortemente por Optato, com quem ele tinha um desafeto, Próculo e o "filho de Gaiso".[2]

Referências

  1. Martindale 1971, p. 888-889.
  2. Martindale 1971, p. 888.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martindale, J. R.; A. H. M. Jones (1971). The Prosopography of the Later Roman Empire, Vol. I AD 260-395. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press