Tal & Qual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O Tal & Qual é um jornal semanário português, de caráter tabloide. Foi fundado em julho de 1980, por Joaquim Letria. Cessou a sua publicação em 2007. A 9 de Junho de 2021, o título regressou às bancas, sob a direcção de Jorge Morais.

O jornal original[editar | editar código-fonte]

O jornal Tal & Qual recebeu o nome do programa de televisão homónimo, de enorme sucesso, apresentado por Joaquim Letria[1]. Foi sucessivamente dirigido por Mário Zambujal, José Rocha Vieira, Hernani Santos, João Ferreira, Jorge Morais, Alexandre Pais, José Paulo Canelas, Gonçalo Pereira e Emídio Fernando.

Alguns dos seus artigos mais conhecidos:

Saía à sexta-feira. A sua tiragem variou muito ao longo da sua história. No início, chegou a imprimir 170 mil exemplares por semana. Nos últimos anos, sofreu quebras significativas de vendas. Em 2006, a média foi de cerca de 13 mil exemplares. Em 2007, as vendas situaram-se entre os 9 mil e os 10 mil exemplares.

No dia 28 de setembro de 2007, foi posta à venda a sua última edição.[2]

A segunda encarnação do jornal[editar | editar código-fonte]

A nova versão do jornal irá apostar no papel e contará com colunas de opinião do ex-apresentador de televisão Carlos Cruz e do jornalista José Júdice.

Jornalistas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Tal e Qual na Sábado.
  2. Jornal "Tal & Qual" acaba amanhã. Público de 27 de setembro de 2007.
Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.