Tamboril (Ceará)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Tamboril
"Terra de General Sampaio"
Bandeira de Tamboril
Brasão de Tamboril
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 4 de outubro de 1854 (161 anos)
Gentílico tamborilense
Prefeito(a) José Ramiro Teixeira Júnior (PSB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Tamboril
Localização de Tamboril no Ceará
Tamboril está localizado em: Brasil
Tamboril
Localização de Tamboril no Brasil
04° 49' 55" S 40° 19' 15" O04° 49' 55" S 40° 19' 15" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Sertões Cearenses IBGE/2008 [1]
Microrregião Sertão de Cratéus IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Catunda, Crateús, Hidrolândia, Independência, Ipaporanga, Monsenhor Tabosa e Nova Russas.
Distância até a capital 301 km
Características geográficas
Área 1 961,634 km² [2]
População 25 455 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 12,98 hab./km²
Altitude 322 m
Clima semiárido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,62 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 89 319,440 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 351,57 IBGE/2008[5]
Página oficial

Tamboril é um município brasileiro do estado do Ceará. Localiza-se a uma latitude 04º49'56" sul e a uma longitude 40º19'14" oeste, estando a uma altitude de 322 metros. Sua população estimada em 2004 era de 25.826 habitantes. Possui uma área de 2046,6 km².

História[editar | editar código-fonte]

Tamboril recebeu status de vila e município, simultaneamente, pel lei provincial nº 664 de 4 de outubro de 1854. Extinto em 1931, o município foi restaurado em 1933.[6][7]

Formação Administrativa[editar | editar código-fonte]

Tamboril de localidade, se transformou, em 1842, um distrito do município de Ipu, e elevado, em 1854, à categoria de município (desmembrado de Ipu). Em 1882 foi criado o distrito Arraial da Telha, que foi o primeiro distrito de Tamboril. Em 1931 o distrito foi extinto e engolido por Santa Quitéria, em plena expansão territorial. Em 1933, novamente se emancipa, e novamente com o distrito de Arraial da Telha. Pouco depois surgem mais 3 distritos: Lagoinha, Pinheiro, e Timbaúba. Em 1936, Arraial da Telha foi rebaixada a simples localidade, e foi elevado a distrito Monsenhor Tabosa. Em 1938 dois distritos mudam seu nome: Lagoinha, passaria a se chamar Pagéu, e Timbaúba, passaria a se chamar Holanda. Em 1943 o distrito de Pagéu (ex-Lagoinha) muda novamente seu nome, agora para Curatis, e Pinheiro muda o nome para Sucesso. Em 1951 Monsenhor Tabosa se emancipa de Tamboril. Em 1958 é criado o distrito de Oliveira. Em 1963 o distrito de Sucesso também se emancipa de Tamboril, e são criados mais dois novos distritos: Boa Esperança e Carvalho. Em 1965, Sucesso volta a ser distrito de Tamboril.[8] Hoje Tamboril tem 8 distritos:

  1. Boa Esperança
  2. Carvalho
  3. Curatis
  4. Holanda
  5. Oliveiras
  6. Sucesso
  7. Açudinho
  8. Tamboril (Distrito-Sede)

Clima[editar | editar código-fonte]

Tropical quente semiárido com chuvas de janeiro a abril. Temperatura: Apresenta uma variação de 5,1 °C, entre os meses de novembro (29,0 °C) de junho (23,9 °C). As médias máximas e mínimas ocorrem nos meses de outubro (35,4 °C) e julho (18,8 °C). Os ventos sopram no quadrante nordeste/sudeste, com velocidades que variam de 2,7 m/s em fevereiro a 3,7 m/s em julho e novembro. Tropical quente semiárido de janeiro a abril.

Política[editar | editar código-fonte]

Atualmente o quadro político de Tamboril é formado pelo prefeito José Ramiro Teixeira júnior(PDT) o vice Marcelo Mota Leite(PDT) e a Câmara é ocupada por onze vereadores: sendo a presidente Roseângela Martins e pelos vereadores, Francisco Antonio Farias(Sampaio Farias)(PDT), Jarder Cedro Nascimento(Bibi)(PT), Geovane Farias de Medeiros Jorge(SD), Venceslau Torres, Maria Leda de Mesquita Silva(Dona Leda)(SD), Giovane Santos de Sousa (Geovane do PT)(PT), Marcos Antonio Veras de Morais(Marcos Morais)(SD), Antonio José Araujo (ZIM)(PDT), Antonio Veras Subrinho(Sonho Veras)(PDT) e Antonio Carlos Timbó(PSDB) cujos mandatos expiram em 2016.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

É terra natal do Brigadeiro e Patrono das Armas da Infantaria do Exército Brasileiro Antônio de Sampaio, grande herói da Guerra da Tríplice Aliança, nascido em 24 de Maio de 1810 na Fazenda Vitor. Destacou-se também em batalhas do Período Regencial e Imperial como o Encontro de Icó (1832), Cabanagem (1835), Balaiada (1839-1841), Guerra dos Farrapos (1844-1845), Revolta Praieira (1848-1850), Guerra contra Oribe e Rosas (1851) com destaque para a Batalha de Monte Caseros.

Esteve à frente da 3ª Divisão de Exército, apelidada de Divisão Encouraçada, composta pelos lendários batalhões Arranca-Toco, Vanguardeiro e Treme-Terra. Foi condecorado por seis vezes, no período de 1852 a 1865, pelo imperador D. Pedro II. Também, recebeu a comenda da Imperial Ordem da Rosa.

Veio a falecer a bordo do navio Eponina, em virtude da perda de uma perna em 6 de Julho de 1866. Em 24 de Abril de 2009 seu nome foi inscrito no Livro de Aço do Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, recebendo, oficialmente, o status de Herói Nacional.

Também é no Município de Tamboril que ocorre um dos maiores e melhores carnavais da Região dos Inhamuns no mês de Fevereiro. Além de evento de grande escala, o Tamboril Fest, que representa os Festejos juninos tão costumeiros do Nordeste Brasileiro e que conta com grande público e atrações nacionais.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
  6. «Tamboril - Histórico». ceara.com.br. 2007. Consultado em 26 de novembro de 2012. 
  7. «Tamboril - Histórico (IBGE)» (PDF). biblioteca.ibge.gov.br. 2009. Consultado em 26 de novembro de 2012. 
  8. IBGE

1. General Paulo de Queiroz Duarte (em português). [S.l.]: Biblioteca do Exercito Editora, 1988.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.