Tania Nardini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tania Nardini
Nascimento
Rio de Janeiro
Nacionalidade brasileiro
Ocupação
Principais trabalhos

Tania Nardini (Rio de Janeiro) é diretora e coreógrafa brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Trabalhou com os mais importantes produtores, atores e diretores de teatro e televisão do Brasil, tais como Jorge Fernando, Marco Nanini, Flavio Marinho, Ignacio Coqueiro, João Batista, Guel Arraes, João Falcão, Caetano Vilela, João Fonseca, José Possi Neto e Jorge Takla e tem trabalhado no teatro musical por mais de 30 anos. Também é conhecida internacionalmente por ser diretora associada das produções do espetáculo Chicago pelo mundo desde 2007, incluindo a montagem da West End (2018), e a turnê norte americana (2020).[1]

Foi co-fundadora e co-diretora/coreografa do grupo de dança Bandança e, durante 10  anos, foi diretora artística da Catsapá, Escola de Musicais - a primeira Escola de Musicais no Rio de Janeiro. Esteve à frente da direção dos espetáculos “Priscilla - A Rainha do Deserto” e “Nuvem de Lágrimas”, além de ser coreógrafa e diretora associada nas produções “O Rei e Eu”, “West Side Story”, "My Fair Lady" e "Evita". Coreografou “Raia 30", “Cauby! Cauby! Uma Lembrança”[2] e o filme musical "High School Musical: O Desafio".

Estudou Teatro na UNI-Rio e teve na sua formação em dança, no Brasil - EUA - França, com os mestres: Jojo Smith, Phil Black, Betsy Haug, Eugenia Feodorova, Nora Esteves, Liliane Benevento, Jose Ricardo Tomaselli, Marcio Rongetti, Priscila Teixera, Vilma Vernon,  Lennie Dale, Marly Tavares, Nadia Nardini, entre outros.

Teve em sua formação de atriz, diretora e preparadora corporal em trabalhos com a Cia Teatro em Movimento, criada na escola Martins Penna e na Cia Ensaio Aberto de Luiz Fernando Lobo.

Tania Nardini tem trabalhado em alguns dos maiores espetáculos de teatro musical do Brasil por mais de 30 anos.

Começou sua carreira no teatro com o grupo de dança Bandança, em 1982, no qual foi co-fundadora e co-diretora/coreografa, além de atriz e bailarina. Nele, participou dos espetáculos Bandança em Contratempo, Bandança em... Louqueceu, Bandança in... Pulso.[3] Em 1984, participou de seu primeiro musical, o Cândido, o Musical, como atriz e coreógrafa, que contou com direção de Jorge Fernando, e alguns nomes como Ricardo Blat, Claudia Jimenez e Marcus Alvisi no elenco. Ainda com Jorge Fernando, participou da peça Boom (1999), e da montagem de 1994 de Rocky Horror Show, onde, além de assinar a coreografia, também interpretou a personagem Columbia, ao lado de Cláudia Ohana, Tuca Andrada, Marcello Novaes, entre outros.[4]

Foi diretora residente de diversos espetáculos da CIE do Brasil (a atual Time For Fun) Como Rent (1999) de Jonathan Larson, A Bela e A Fera (2002 e 2003) da Disney Productions, Chicago (2004), onde foi também cover de Velma e Mama Morton, e O Fantasma da Ópera (2005 e 2006), que estiveram em cartaz no Teatro Renault, em São Paulo. Como coreógrafa e diretora associada, trabalhou nas produções brasileiras dos clássicos da Broadway, West Side Story (2008)[5], O Rei e Eu (2010)[6], Evita (2011)[7], e nas duas produções de My Fair Lady (2007 e 2016)[8], dirigidas por Jorge Takla, as quais estiveram cartaz no Teatro Alfa, e no Teatro Santander em São Paulo.

Foi responsável pela direção da montagem brasileira do espetáculo "Priscilla - A Rainha do Deserto" (2012)[9], que esteve em cartaz em São Paulo, no Teatro Bradesco, e do musical original brasileiro "Nuvem de Lágrimas"(2015), junto de Luciano Andrey, inspirado no livro Orgulho e Preconceito de Jane Austen, com texto de Anna Toledo, e músicas de Chitãozinho e Xororó, que também ficou em cartaz no Teatro Bradesco.[10]
Em 2015, a diretora foi convidada para fazer as coreografias do espetáculo "Raia 30", que celebrou os 30 anos de carreira da atriz e cantora Cláudia Raia, relembrando seus principais trabalhos.[11] Tania coreografou o musical biográfico sobre Cauby Peixoto, "Cauby! Cauby! Uma Lembrança" (2006 e 2017/2018), estrelado e dirigido por Diogo Vilela, que ficou em cartaz no Teatro Municipal Carlos Gomes, no Rio de Janeiro.[12] Em 2019, Tania foi convidada para dirigir o espetáculo "Nelson Gonçalves, o Amor e o Tempo", que celebra os 100 anos do cantor e compositor Nelson Gonçalves. O espetáculo ficou em cartaz no Teatro Clara Nunes e Imperator, no Rio de Janeiro, e no Teatro Gazeta, em São Paulo.[13]

Na televisão, Tania já trabalhou como atriz e coreografa em algumas das novelas de maior sucesso da TV Globo das décadas de 80 e 90, ao lado do diretos Jorge Fernando, como Guerra dos Sexos (1983), Cambalacho (1986), Que Rei Sou Eu? (1989), Rainha da Sucata (1990), entre outras. No cinema, foi coreógrafa e preparadora corporal da versão brasileira do sucesso da Disney, High School Musical: O Desafio (2010).[14]

Chicago - O Musical[editar | editar código-fonte]

Tania teve sua primeira experiência com o espetáculo Chicago em 2004, quando trabalhou na montagem brasileira, no Teatro Abril, em São Paulo (atual Teatro Renault), onde foi cover das personagens Velma e Mama Morton (vividas respectivamente por Danielle Winits e Selma Reis), além de assumir o papel de diretora residente.

Em 2007, foi convidada para ser diretora associada a montagem sul-coreana do espetáculo, que estrou em Seul e marcou seu início como diretora associada das montagem do musical pelo mundo. Ao todo, Tania já dirigiu produções em 12 diferentes países, incluindo cidades como Cidade do México, Berlim, Buenos Aires, Tóquio, Sttutgart, Munique, Copenhagen, entre outras.[1]

Em 2018, a diretora foi responsável pelo remontagem de Chicago da West End, em Londres, no Phoenix Theatre. O elenco contava com ator Cuba Gooding Jr, conhecido por diversos filmes e séries como "The People v. O. J. Simpson: American Crime Story", interpretando o papel de Billy Flynn.[15] Em 2020, Tania voltou ao país de origem do espetáculo, para dirigir a turnê norte-americana de Chicago.

Seu retorno para o Brasil com esse espetáculo estava previsto para o segundo semestre de 2020, no Teatro Santander, produzido pela IMM e EGG Entretenimento, com Emanuelle Araújo no papel de Velma Kelly[carece de fontes?] e Paulo Szot reprisando o papel de Billy Flynn, que interpretou em 2019 na Broadway.[16] Entretanto, devido ao período de pandemia por conta do COVID-19, sua estreia foi adiada para 2021.

Ainda em 2020, por conta do período de pandemia, Tania promoveu um projeto que consistiu em encontros históricos entre atores que interpretaram o mesmo personagem em diversas montagens de 12 países pelo mundo. Esses encontros serão disponibilizados para os fãs na série #OUTsideINsideOut no canal do YouTube da própria diretora.[17]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título Função Notas
1982-1992 Bandança Atriz, Bailarina, co-coreógrafa e co-diretora Concepção, texto e Direção: Família NARDINI
1984 Cândido, o Musical Atriz e Coreógrafa Direção: Jorge Fernando

Com: Ricardo Blat, Claudia Gimenez...

1986 Larga do Meu Pé Atriz Direção: Luís de Lima

Com: Sandra Bréa, Jonas Bloch,

Rosita Tomás Lopes, Mário Borges ...

A Divina Chanchada Atriz, Bailarina e Coreógrafa Direção: Jorge Fernando

Com: Louise Cardoso, Guilherme Karan, Claudio Gaya

1987- 2007 Na Cola do Sapateado Diretora e Coreógrafa Texto: Tony Nardini, Mabel Tude, Gisela Saldanha

Produção: Catsapá Produções Artísticas

1991 Na Festa de Bebete Diretora e Coreógrafa Texto: Aloísio de Abreu

Produção: Catsapá Produções Artísticas

Um Céu de Asfalto Coreógrafa Direção: Luiz Fernando Lobo

Cia Ensaio Aberto

Com: Marlene e Sérgio Brito

1993 Cemitério dos Vivos Atriz, preparadora corporal e Coreógrafa Direção: Luiz Fernando Lobo

Cia Ensaio Aberto

Os 7 Brotinhos Coreógrafa Direção: Flávio Marinho

Com: Cininha de Paula, Fernando Eiras, Anderson Muller e outros

1994 O Médico e o Monstro Assistente de direção, preparadora

corporal e Coreógrafa

Direção: Marco Nanini

Com: Ney Latorraca, Karin Rodrigues, Otávio Mendes, entre outros

Rocky Horror Show Atriz e Coreógrafa Direção: Jorge Fernando

Com: Claudia Ohana, Marcelo Novaes,

Tuca Andrade e outros

1995 Cabaret Youkali Atriz, preparadora corporal e Coreógrafa Direção: Luiz Fernando Lobo

Cia Ensaio Aberto

Noite Feliz Diretora Assistente Direção: Flávio Marinho

Com: Aracy Balabanian, Fernando Eiras

A Incrível História do Homem

que Bebia X*xi

Coreógrafa Direção: João Batista

Produção:Cia Dramática de Comédia

O Dia que os Adultos Desapareceram Coreógrafa Direção: Anja Bethencourt
1996 Os Quatro Carrerinhas Coreógrafa Direção: Wolf Maia
E... Continua Tudo Bem Assistente de direção Direção: Marco Nanini

Com: Gloria Menezes e Tarcisio Meira

Amigas X Amigas Coreógrafa Direção: João Batista

Produção: Catsapá Produções Artísticas

O Burguês Ridículo Assistente de direção e Atriz

substituta de Lucille

Direção: João Falcão e Guel Arraes

Com: Marco Nanini, Betty Gofman, Ary França,

Bruno Garcia e outros

1997 No Escurinho do Cinema Diretora assistente Direção: Jorge Fernando

Com: Jorge Fernando e Patrícia Travassos

Salve Amizade Diretora assistente Direção: Flávio Marinho

Com: Louise Cardoso, Paulo César Grande...

Georges Dandin Atriz Direção: João Batista

Produção:Cia Dramática de Comédia

A Dona da História Assistente de direção Direção: João Falcão

Com: Marieta Severo e Andréa Beltrão

1998 Noel, Feitiço da Vila Coreógrafa Direção: Andreia Fernandes

Com: Marcelo Serrado e outros

Uma Noite na Lua Assistente de direção Direção: João Falcão

Com: Marco Nanini

1999 Boom Coreógrafa Direção: Marcus Alvisi

Com: Jorge Fernando

Rent Diretora Residente Espetáculo da Broadway

Com Jarbas Homem de Mello, Alessandra Maestrini, entre outros

1999 - 2000 A Máquina Diretora assistente e preparadora corporal Direção: João Falcão

Lázaro Ramos, Vladmir Brichta, Wagner Moura, entre outros

2000 Quem Tem Medo de Virgínia Wolff Diretora assistente Direção: João Falcão

Com: Marco Nanini, Marieta Severo,

Silvia Buarque e Fábio Assunção

2001 A Moreninha Diretora Adaptação: João Batista

Produção: Catsapá Produções Artísticas

Cambaio Co-diretora e preparadora corporal Musical de Chico Buarque e Edu Lobo

Direção: João Falcão

2002-2003 A Bela e A Fera Diretora Residente Musical da Disney Productions

Direção: Robert Jess Roth

Com: Kiara Sasso, Saulo Vasconcelos, entre outros.

2003 Teatro Musical Brasileiro III Coreógrafa Musical de Flavio Marinho
Equus Coreógrafa e Preparadora Corporal Direção: Furlaneto

Com: Otavio Augusto, Pedro Garcia Netto

2004 Os Contos de Hoffmann Coreógrafa Direção: Jorge Takla

Direção Musical e Regência: Maestro Jamil Maluf

Chicago (Brasil) Diretora Residente e Cover dos

personagens Velma Kelly e Mama Morton

Musical da Broadway

Direção: Scott Faris

Com Daniel Boaventura, Danielle Winits, entre outros.

2005 - 2006 O Fantasma da Ópera Diretora Residente Musical da Broadway

Direção: Arthur Massela

Com: Saulo Vasconcelos, Sara Sarres, Kiara Sasso, entre outros

2006 Candide Coreógrafa Direção: Jorge Takla

Regencia: Maestro José Maria Florencio

Teatro Municipal SP

Cauby! Cauby! Uma Lembrança Diretora Assistente e Coreógrafa Direção: Flávio Marinho e Diogo Vilella
2007 My Fair Lady Diretora Assistente e Coreógrafa Direção:  Jorge Takla

Com: Amanda Acosta, Daniel Boaventura, entre outros.

Chicago (Korea do Sul) Diretora Associada Musical da Broadway
2008 West Side Story Diretora Associada e re-criadora da

coreografia original de Jerome Robbins

Espetáculo Musical baseado na concepção

original de Jerome Robbins

Direção: Jorge Takla

Com: Bianca Tadini, Sara Sarres, Fred Silveira, entre outros.

Chicago (Korea do Sul) Diretora Associada Musical da Broadway


Chicago (Japão)
2009 Chicago (UK Tour)
2010 O Rei e Eu Diretora Associada e Coreografa Espetáculo Musical de Rodgers e Hammerstein

Direção: Jorge Takla

Com: Cláudia Netto, Tuca Andrada, entre outros

Chicago (Argentina) Diretora Associada Musical da Broadway
2011 Evita Diretora Associada e Coreografa Direção: Jorge Takla

Com Paula Capovilla, Fred Silveira, Daniel Boaventura, entre outros

2012 Chicago (Korea do Sul) Diretora Associada Musical da Broadway
Priscilla, a Rainha do Deserto Diretora e Coreografa Residente Musical da Broadway

Direção: Simon Phillips

Com Luciano Andrey, André Torquato, Lissah Martins, entre outros

A Viuva Alegre Diretora Associada e Coreografa Direcão: Jorge Takla

Direção Musical e Regencia: Maestro Silvio Viegas

Teatro Palacio das Artes MG e Teatro Municipal RJ

2013 Chicago (Korea do Sul) Diretora Associada Musical da Broadway
2013- 2014 Chicago (China-Tour)
Chicago (Russia)
2014 O Grande Circo Mistico Coreografa Espetaculo Musical de Edu Lobo e Chico Buarque

Direção: Joao Fonseca

Chicago (Korea do Sul) Diretora Associada Musical da Broadway
2014 - 2016 Chicago (Alemanha)
2015 - 2016 Chicago (UK Tour)
2015 Chicago (Korea do Sul)
Raia 30 Coreógrafa Direçao: Jose Possi Neto

Espetáculo de 30 anos de carreira de Claudia Raia

Lágrimas de Brinquedo Coreógrafa Espetáculo Teatro Municipal de Manaus

Direção: Jorge Takla

2015 - 2016 Nuvem de Lágrimas Co-Diretora e Coreografa Musical com músicas de Xitãozinho e Xororó

Texto de Anna Toledo

2016 Orpheu e Euridice Coreógrafa Opera no Teatro Municipal RJ

Direção: Caetano Vilela

My Fair Lady Diretora Associada e Coreógrafa Direção:  Jorge Takla

Com Paulo Szot, Fred Silveira, Daniele Nastri, entre outros.

2016- 2017 Chicago (Dinamarca) Diretora Associada Musical da Broadway
2017 - 2018 Cauby! Cauby! Uma Lembrança Coreógrafa Direção: Flávio Marinho e Diogo Vilella
2018 Chicago (West End) Diretora Associada Musical da Broadway
Chicago (Korea do Sul)
Chicago (França)
2018-2020 Chicago (Africa do Sul/Turnê Internacional)
2018 Chicago (França)
2018 - 2019 Nelson Gonçalves, o Amor e o Tempo Diretora e Coreografa Musical Brasileiro

Texto de Gabriel Chalita

Com Guilherme Logullo e Jullie

2019 Chicago (Australia) Diretora Associada Musical da Broadway
Chicago (México)
2020 Chicago (USTour)

Shows[editar | editar código-fonte]

Ano Título Função Notas
1980- 1981 Yabaa Dabaa Doo Bailarina e  Ensaiadora Turnê América do Sul/ Japão e Filipinas
1989 Elba Ramalho. Popular Brasileira Coreógrafa , Bailarina e Vocalista Direção: Jorge Fernando
1991 De Rosto Colado Coreógrafa Direção: Marco Nanini
1994 “Stou Aqui Coreógrafa Direção: Flávio Marinho
1995 Tânia Alves, Amores e Boleros Coreógrafa Direção: Flávio Marinho
Selma Reis- Coração Suburbano Coreógrafa Direção: Flávio Marinho
1996 Viva Elvis! Coreógrafa Direção Flavio Marinho e Cininha de Paula
1997 Um Gordo em Conquista Coreógrafa Direção: Cininha de Paula
1999 Um Coração Chamado Brasil

( Cassino Estoril-Portugal)

Coreógrafa Direção: Joãosinho Trinta
2001 Ela Brasil Coreógrafa Direção: Ignácio Coqueiro
2012 Daniel Boaventura DVD ao Vivo Diretora

Televisão e Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Função Notas
1983 Guerra dos Sexos Atriz e coreógrafa Novela TV Globo

Direção Jorge Fernando

1984 Vereda Tropical
Cometa Rock Atriz Especial TVE

Direção: Farouk Salomão

1985 Tropclip Longa metragem

Direção: Luiz Fernando Goulart

Clip Cláudio Zoli Coreógrafa e Bailarina Direção: Mauro Mendonça Filho
1986 Cambalacho Atriz e coreógrafa Novela TV Globo

Direção Jorge Fernando

1987 Carmem Atriz Novela TV Manchete

Direção: Luiz Fernando Carvalho

Leila Diniz Longa metragem

Direção: Bigode

1989 Que rei sou eu? Atriz e coreógrafa Novela TV Globo

Direção Jorge Fernando

1990 Rainha da Sucata
1994-1997 Criança Esperança Coreógrafa Direção: Jorge Fernando

Direção: Aloísio Legey

1997 Zazá Atriz e coreógrafa Novela TV Globo

Direção Jorge Fernando

Comédia da Vida Privada Coreógrafa TV Globo

Direção João Falcão

1998 Vida ao Vivo TV Globo

Direção: Jorge Fernando

1999 Chiquinha Gonzaga Minissérie TV Globo

Direção: Jayme Monjardim

2001 Xangô de Baker Street Longa metragem

Direção: Miguel Farias Jr.

2002 Quinto dos Infernos Direção: Wolf Maya
2003 Apolônio Brasil Longa metragem

Direção: Hugo Carvana

2010 High School Musical: O Desafio Coreógrafa  e Preparação Corporal Longa metragem

Direção: Cesar Rodrigues

2019 IActor Diretora Associada de

Chicago, o Musical

Reality Show  na China


Referências

  1. a b «Tania Nardini tornou-se diretora oficial das montagens estrangeiras». IstoÉ. 2 de fevereiro de 2020. Consultado em 17 de junho de 2020 
  2. Leite, Polly (12 de abril de 2018). «#ENTREVISTA Tania Nardini». Backstage Musical. Consultado em 17 de junho de 2020 
  3. Cerbino, Beatriz. «Movimentos da Dança Carioca - Companhias e grupos de 1936 a 2013». Consultado em 19 de junho de 2020 
  4. «ROCKY HORROR SHOW - 1994 - Programa». Consultado em 19 de junho de 2020 
  5. «Musical "West Side Story" estréia neste sábado em SP». 7 de março de 2008. Consultado em 17 de junho de 2020 
  6. Lopes, Martha (23 de fevereiro de 2010). «Com orquestra de 22 músicos, "O Rei e Eu" promete grandiosidade». Folha de S.Paulo. Consultado em 17 de junho de 2020 
  7. «guia.folha.uol.com.br/teatro/ult10053u870258.shtml». Consultado em 19 de junho de 2020 
  8. «My Fair Lady, um dos maiores musicais de todos os tempos estreia em São Paulo». Consultado em 19 de junho de 2020 
  9. «Musical 'Priscilla, Rainha do Deserto' estreia em março». Revista Exame. 10 de novembro de 2011. Consultado em 16 de junho de 2020 
  10. «Nuvem de Lágrimas». Consultado em 17 de junho de 2020 
  11. «Claudia Raia festeja 30 anos de carreira com espetáculo de memórias». 20 de julho de 2015. Consultado em 17 de junho de 2020 
  12. «Com Diogo Vilela, musical sobre Cauby Peixoto reestreia no Rio de Janeiro». 5 de janeiro de 2018. Consultado em 17 de junho de 2020 
  13. «Nelson Gonçalves inspira musical que festeja seus 100 anos de nascimento». Revista IstoÉ. 2 de janeiro de 2019. Consultado em 17 de junho de 2020 
  14. «Cantando no colégio». Consultado em 19 de junho de 2020 
  15. Martins, Cláudio (16 de janeiro de 2018). «Cuba Gooding Jr. estreia nos musicais em montagem britânica de "Chicago"». A Broadway É Aqui. Consultado em 16 de junho de 2020 
  16. Cavalcanti, Bruno (4 de fevereiro de 2020). [https://[%5b%5bWikipédia:Livro de estilo/Cite as fontes|carece de fontes%5d%5d?]%5b%5bCategoria:!Páginas com argumentos incorretos em marca de manutenção%5d%5d%5b%5bCategoria:!Artigos que carecem de notas de rodapé%5d%5d%5b%5bCategoria:!Artigos que carecem de notas de rodapé sem indicação de tema%5d%5d/destaque/2020/02/vencedor-do-premio-tony-paulo-szot-reprisa-papel-da-broadway-em-montagem-brasileira-de-chicago «Vencedor do Prêmio Tony, Paulo Szot reprisa papel da Broadway em montagem brasileira de Chicago»] Verifique valor |url= (ajuda). Consultado em 16 de junho de 2020 
  17. «Musical 'Chicago' é lembrado por atores de 12 países». 14 de junho de 2020. Consultado em 17 de junho de 2020