Tara Chambler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tara Chambler
Personagem fictícia de The Walking Dead
Tara Chambler.jpg
Sexo Feminino
Ocupação Estudante da Academia de Polícia
Família David Chambler (pai)
Lilly Chambler (irmã)
Meghan Chambler (sobrinha)
Criado por Robert Kirkman
Romance(s) Alisha, Denise
Primeira aparição The Walking Dead: Rise of the Governor
Live Bait série de televisão
Interpretado por Alanna Masterson
Internet Movie Database IMDb

Tara Chambler é um personagem fictício da série de televisão The Walking Dead. Ela também está presente no romance The Walking Dead: Rise of the Governor, baseado na série de quadrinhos The Walking Dead (no livro, é conhecida como "Tara Chalmers", modificando seu sobrenome). É interpretada pela atriz Alanna Masterson e a primeira personagem homossexual a ser introduzida nesta série de televisão. Tara é a última sobrevivente tanto da família Chambler quanto do grupo de Ceasar Martinez. Também é a única pessoa aliada ao Governador que sobrevive à batalha entre seu grupo e os sobreviventes da prisão.


Biografia[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Livros[editar | editar código-fonte]

The Walking Dead: Rise of the Governor[editar | editar código-fonte]

Tara Chalmers vive em Atlanta com a sua irmã, April, e seu pai, David. Eles vivem num apartamento de um prédio ainda em segurança. April salva um grupo de pessoas que está sendo perseguido por zumbis, chamando-os para o prédio. No grupo, está um homem que mais tarde é revelado ser O Governador. Seu pai, David, morre e se transforma num zumbi, sem ter sido mordido. Após Philip Blake matar David-zumbi, a tensão cresce entre ele e Tara. O tempo passa e Philip Blake mantém relações sexuais com April. Na manhã seguinte, April desaparece e Tara força o grupo, com uma arma, a deixar o prédio.

Série de TV[editar | editar código-fonte]

Quarta Temporada[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: The Walking Dead (4ª temporada)

Na série de televisão, Tara Chambler é irmã de Lilly, filha de David e tia de Meghan. Tara é vista pela primeira vez no episódio Live Bait, após receber O governador em seu apartamento (ele diz que seu nome é "Brian Heriot"). Tara parece confiar nele relativamente mais cedo do que a sua irmã e rapidamente parece vê-lo como um amigo. Ela fica brevemente desorientada após seu pai, que está com câncer em estado terminal, morrer e reanimar como zumbi, atacando-a. Ela é salva por Brian Heriot, que mata David esmagando seu crânio, deixando Tara assustada e afastando a relação dos dois. No entanto, mais tarde ela aceita e concorda com a ação, e percebe que todas as pessoas que morrem, por sua vez, devem ser mortas antes de reanimarem. Ela e os outros deixam o apartamento depois do enterro de David, em busca de abrigo em outro lugar. Uma vez na estrada, um grupo de zumbis obriga-os a fugir. Durante a fuga, "Brian" e Meghan caem num poço cheio de zumbis, os quais "Brian" consegue matar usando apenas as mãos. No episódio Dead Weight, Tara começa um relacionamento amoroso com Alisha, no acampamento liderado por Martinez. No episódio Too Far Gone, Tara se junta ao Governador para atacar a prisão, mas ela fica chocada com os atos brutais do Governador, que decapitou Hershel, e foge traumatizada.

No rescaldo do ataque à prisão, Tara ainda está viva e retorna no episódio Inmates, quando é encontrada por Glenn. Ela foi a única aliada do Governador que sobreviveu ao ataque. Ao longo da segunda metade da 4ª temporada, ela torna-se fiel companheira de Glenn, ajudando-o a encontrar a sua esposa, Maggie. Glenn incentiva Tara a escapar da prisão com ele. Após lutar contra os zumbis, Glenn desmorona com fadiga e Tara ataca o zumbi que tentou mordê-lo. Ela se depara com Abraham Ford, Eugene Porter e Rosita Espinosa no final do episódio. Posteriormente, ela viaja ao lado do trio e depois concorda em seguir com Glenn para o encontro de Maggie, contrariando Abraham. Os dois são, no entanto, seguidos pelo trio, que se junta a eles e passam a caminhar nos trilhos de trem. Ao se depararem com um túnel, que leva a Terminus, Abraham acha ser arriscado seguir por ele, já que pode haver muitos zumbis. Entretanto, Glenn decide continuar a sua procura e Tara novamente mostra lealdade a ele, acompanhando-o. No túnel, ao tentarem escapar de alguns zumbis, Tara escorrega e fica presa numa das rochas. Glenn, recusando-se a deixá-la, atira nos zumbis ao redor até ficar sem munição. Eles são, então, inesperadamente salvos por Maggie, Bob e Sasha que encontraram Abraham, Eugene e Rosita e tornaram-se um grupo unido. Tara depois concorda em participar da missão de Abraham em ir para Washington D.C com esperança de encontrarem a cura. Uma vez que eles chegam ao Terminus, eles são recebidos por uma mulher chamada Mary. Tara é feita prisioneira no vagão de trem ao lado de todo o grupo.[1]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências

  1. «Tara Chambler» (em inglês). AMC. Consultado em 13 de novembro de 2014 

Ver também[editar | editar código-fonte]