Tarcísio Meira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Tarcisio Meira)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde agosto de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Tarcísio Meira
Nascimento 5 de outubro de 1935 (80 anos)
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação ator
Atividade 1962-atualmente
Cônjuge Glória Menezes (1962-presente)
IMDb: (inglês)

Tarcísio Magalhães Sobrinho, mais conhecido como Tarcísio Meira (São Paulo, 5 de outubro de 1935), é um ator brasileiro de cinema, teatro e de televisão.

É casado com a atriz Glória Menezes, com quem tem um filho, Tarcísio Filho, também ator.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Raul Pompeia de Magalhães e de Maria do Rosario Meira (Jáio), descende, por seu pai, da aristocracia rural sul-mineira, havendo sido seu trisavô paterno o tenente-coronel Antônio Joaquim Pereira de Magalhães, e por essa linhagem tem consanguinidade com o Protomártir da Inconfidência Mineira, o Tiradentes, com o cientista Vital Brazil e com o empresario Oscar Americano, consoante o livro "Vital Brazil Mineiro da Campanha, uma genealogia brasileira", de autoria de Lael Vital Brazil. Por sua mãe pertence a tradicionais troncos paulistas, tais como os Arrudas Botelhos, os Paes Lemes, os Cerqueiras Cesares e os Penteados, conforme relata Silva Leme em sua "Genealogia Paulistana", nos livros 2, 3 e 4.[1]

Estreou no teatro em 1957, na peça A Hora Marcada e, em 1959, já brilhava em O Soldado Tanaka, convidado por Sérgio Cardoso.

A estreia na televisão foi em Noites Brancas, um teleteatro da TV Tupi, dirigido por Geraldo Vietri em 1959. Em outro teleteatro da mesma emissora, Uma Pires Camargo, em 1961, contracenou pela primeira vez com Glória Menezes, com quem casaria pouco tempo depois e os dois passaram a formar um dos casais de maior sucesso da televisão brasileira.

Ele foi o galã da primeira telenovela diária da televisão brasileira, 2-5499 Ocupado (1963), na Excelsior, ao lado da já mulher na vida real, Glória Menezes. Protagonizou ainda mais sete telenovelas na mesma emissora até se transferir com Glória para a Rede Globo, onde estrearam em Sangue e Areia. A partir daí, Tarcísio se tornou uma das presenças mais constantes da teledramaturgia brasileira e já tem mais de 50 trabalhos entre telenovelas; minisséries e seriados de televisão.

Também no cinema, Tarcísio Meira se tornou um dos principais atores, principalmente nos anos 70 e 1980. O primeiro filme em que atuou foi Casinha Pequenina (1963), ao lado de Mazzaropi; entre seus maiores sucessos estão Máscara da Traição, As Confissões de Frei Abóbora, Independência ou Morte, Missão: Matar, O Marginal, República dos Assassinos e Eu Te Amo. Duas de suas mais importantes interpretações no meio encontram-se em A Idade da Terra, de Glauber Rocha, e Eu, de Walter Hugo Khouri.

Recebeu o prêmio APCA de melhor ator oferecido pela Associação Paulista de Críticos de Arte por sua atuação na minissérie A Muralha (2000), produzida pela Globo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Emissora
1959 Noites Brancas Rede Tupi
1961 Uma Pires Camargo
Maria Antonieta
1962 TV de Vanguarda (Episódio: "História de um Herói")
Cleópatra Marco Antônio
A Única Verdade
A Noite Eterna Alexandre
A Intrusa
1963 Grande Teatro Tupi (Episódio: "O Tempo e os Conways")
2-5499 Ocupado Larry Excelsior
1964 Uma Sombra em Minha Vida Eduardo
Mãe Betinho
Ambição Miguel
1965 A Deusa Vencida Edmundo Amarante
Pedra Redonda 39
1966 Almas de Pedra Danilo
As Minas de Prata
1967 O Grande Segredo Celso
1968 Sangue e Areia Juan Galhardo Rede Globo
A Gata de Vison Bob Ferguson
1969 Rosa Rebelde Sandro de Aragão / Fernando de Aragão
1970 Irmãos Coragem João Coragem
1971 O Homem que Deve Morrer Ciro Valdez
A Pérola
1972 Meu Primeiro Baile Renato
1973 Cavalo de Aço Rodrigo
Praias Desertas
O Semideus Hugo Leonardo Filho / Raul de Paula
1975 Escalada Antônio Dias
1976 Saramandaia Dom Pedro I
1977 Espelho Mágico Diogo Maia / Ciro
1979 Os Gigantes Fernando Lucas
1980 Coração Alado Juca Pitanga
1981 Brilhante Paulo César Ribeiro
1982 Caso Verdade Theo Faron (Episódio "Filhos da Esperança")
1983 Guerra dos Sexos Felipe de Alcântara Pereira Barreto
1984 Meu Destino é Pecar Paulo de Oliveira
1985 O Tempo e o Vento Capitão Rodrigo Cambará
Roque Santeiro Fazendeiro Emerenciano Castor (participação especial no último capítulo)
Grande Sertão: Veredas Hermógenes
1986 Roda de Fogo Renato Villar
1988 Tarcísio e Glória Bruno Lazzarini
1989 Tieta Ele mesmo (participação especial)
1990 Desejo Euclides da Cunha
1990 Araponga Aristênio Catanduva
1991 Especial Escolinha do Professor Raimundo: 25 Anos dos Trapalhões Ptolomeu
1992 De Corpo e Alma Diogo Santos Varela
1993 Você Decide (Episódio "A Barganha")
Fera Ferida Feliciano Mota da Costa
1994 Pátria Minha Raul Pelegrini
1996 Mundo VIP Ele mesmo (participação especial)
O Rei do Gado Giusepe Berdinazi
A Vida Como Ela É... Jacinto (Episódio "Futura Sogra")
1998 Torre de Babel César Toledo
1998 Hilda Furacão Coronel João Possidônio
1999 Você Decide (Episódio "O Pacto")
2000 A Muralha Dom Jerônimo Taveira
2001 Um Anjo Caiu do Céu João Medeiros
Sai de Baixo Ivo (Episódio "Rebu de Natal") 
2002 O Beijo do Vampiro Bóris Vladescu
2004 Um Só Coração Totonho Sousa Borba
Senhora do Destino José Carlos Tedesco (participação especial)
2005 Bang Bang John McGold (participação especial)
2006 Páginas da Vida Aristides Martins de Andrade (Tide)
2007 Duas Caras Hermógenes Rangel (participação especial)
2008 A Favorita Frederico Copola
2010 Afinal, o Que Querem as Mulheres? Romeu
2011 Insensato Coração Teodoro Amaral
2012 Louco Por Elas Papai Noel (Episódio "O Natal")
Gabriela Juiz Roberto Lima (participação especial)
2013 Saramandaia Tibério Vilar
2016 Velho Chico Coronel Jacinto (participação especial)
A Lei do Amor Fausto Leitão [2]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho
2016 Prêmio Shell de Teatro de São Paulo Melhor Ator O camareiro[4]
2015 Prêmio Arte Qualidade Brasil Melhor Ator O camareiro[5]
2005 Troféu Oscarito Prêmio Especial Dedicação à Arte[6]
2003 Troféu Imprensa Melhor Ator O Beijo do Vampiro
2002 Prêmio Melhores do Ano Melhor Ator
2001 APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) Melhor Ator A Muralha
1995 Troféu Imprensa Melhor Ator Pátria Minha
1987 Troféu Imprensa Melhor Ator Roda de Fogo
1976 APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) Melhor Ator Escalada
1961 Troféu Imprensa Revelação Maria Antonieta

Referências

  1. http://www.arvore.net.br/Paulistana/
  2. «Vera Holtz e Tarcísio Meira serão casal poderoso em 'A Lei do Amor'». Consultado em 2016-08-13. 
  3. Cinemateca Brasileira Independência ou Morte [em linha]
  4. «Tarcísio Meira, Juliano Cazarré e Taís Araújo participam do prêmio Shell». Ego. Consultado em 2016-05-15. 
  5. «Vencedores 2015 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». premioartequalidade.org.br. Consultado em 2016-05-15. 
  6. «Tarc�sio e Gl�ria recebem Trof�u Oscarito em Gramado - Terra - Festival de Gramado 2005». cinema.terra.com.br. Consultado em 2016-05-15.  replacement character character in |titulo= at position 5 (Ajuda)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Tarcísio Meira