Tareco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Feito por lele cota

Prato com tarecos.

O tareco é um pequeno biscoito de consistência firme, feito de farinha de trigo, ovos e açúcar. A massa é pingada na fôrma antes de assar dando-lhe um formato discóide.[1]

O tareco faz parte da cultura popular na região Nordeste do Brasil desde muito tempo. Argumenta-se que sua origem provavelmente se deu no estado de Pernambuco, tendo se espalhado para o restante do Nordeste brasileiro. Sua presença é notada em músicas e poemas de autores nordestinos a exemplo da canção Tareco e Mariola interpretada por Flávio José e composta por Petrúcio Amorim. No estado da Bahia[carece de fontes?] é conhecido como biscoito Paciência.[1]

Referências

  1. a b sítio Globo.com (3 de Janeiro de 2012). «Aprenda a fazer tareco, o biscoito tradicional de Grão Mogol». Consultado em 24 de Dezembro de 2012. 
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Tareco
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.