Tarumã (Curitiba)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tarumã
Subprefeitura Cajuru
Área 4,17 km²
População 7.045 hab.
Densidade 16,91 hab/km²
Bairros Limítrofes Bairro Alto, Capão da Imbuia, Cristo Rei e Jardim Social.
Principais Vias Avenida Victor Ferreira do Amaral
Avenida Afonso Penna
Avenida Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco
Rua Monte Castelo
Rua Frei Orlando
Rua José Veríssimo
Rua Konrad Adenauer
Rua Suécia
Rodovia Régis Bittencourt
Pontos de referência Estádio do Pinheirão
Jockey Club do Paraná
Colégio Militar de Curitiba
Cemitério Vertical
Ginásio do Tarumã

Tarumã é um bairro da cidade de Curitiba.

História[editar | editar código-fonte]

O bairro ganhou esse nome devido à grande quantidade de árvores da espécie Vitex montevidensis, popularmente conhecidas como "tarumã" existentes na área. Em 1950, a região do Tarumã caracterizava-se ainda pela existência de extensos campos e banhados. A partir da instalação, no seu território, do Jockey Club do Paraná[1], o bairro começou a se desenvolver. Essa instalação foi também fator decisivo para o aumento da população do bairro, que se instalou de ambos os lados da BR-116, próximo às indústrias e empresas de prestação de serviços.

Neste bairro, entre dezembro de 1953 e março de 1954, no local onde encontra-se atualmente instalados o Colégio Militar de Curitiba, o Ginásio do Tarumã e a Sociedade Hípica Paranaense, ocorreu a Exposição Mundial do Café, um dos eventos que comemorou o 1° Centenário de Emancipação Política do Paraná[2].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Jockey Club do Paraná, considerações (variadas) sobre a sociedade no Prado Guabirotuba EFDeportes
  2. 158 anos, amanhã Nostalgia - Jornal Gazeta do Povo (18 de dezembro de 2011) - acessado em 3 de agosto de 2012
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.