Tasso Fragoso (Maranhão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tasso Fragoso
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Tasso Fragoso
Bandeira
Hino
Gentílico tassofragossense
Localização
Localização de Tasso Fragoso no Maranhão
Localização de Tasso Fragoso no Maranhão
Mapa de Tasso Fragoso
Coordenadas 8° 28' 30" S 45° 44' 34" O
País Brasil
Unidade federativa Maranhão
Região metropolitana balsas
Municípios limítrofes Balsas, Alto Parnaíba,Sambaíba.
Distância até a capital 1 518 km
História
Fundação 19 de dezembro de 1961
Aniversário 19 de dezembro
Administração
Prefeito(a) Roberth Cleydson Martins Coelho (PRB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 4 382,944 km²
População total (IBGE/2016[2]) 8 382 hab.
 • Posição MA: 188°
Densidade 1,9 hab./km²
Clima equatorial (eq)
Altitude 200 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,599 baixo
 • Posição MA: 60°
PIB (IBGE/2014[4]) R$ 800 426
 • Posição MA: 12°
PIB per capita (IBGE/2014[4]) R$ 97 387,29

Tasso Fragoso é um município brasileiro situado no sul do estado do Maranhão. Sua população estimada em 1 de julho de 2016 era de 8.382 habitantes. O seu nome é em homenagem ao general e ex-Presidente da República do Brasil, Augusto Tasso Fragoso.

O começo da história deste município que é hoje o maior produtor de grãos do Estado do Maranhão, deve-se ao Sr. Marcelino Tavares Lira, homem desbravador procedente do município de Ribeiro Gonçalves, Estado do Piauí. Ao explorar e encantar-se com as riquezas naturais do nosso território, fixou-se e construiu a primeira casa na região, até então a área era parte integrante do município de Alto Parnaíba (MA). De modo que em frente à residência recém construída corria, perenemente, um belo riacho que o desbravador batizou apropriadamente de "Brejo da Porta".

Após fixar-se em terras maranhenses, o bravo piauiense iniciou a exploração de lavouras cuja produção era destinada principalmente à subsistência da família. O povoamento deu-se com muita lentidão, já que o acesso à região era extremamente difícil, e isso, impedia sobremaneira, o movimento migratório, ocorrendo a entrada, apenas, de novos moradores vindos de município limítrofes.

Só na década de 40, o povoado começou a apresentar alguma representatividade, uma vez que surgiram pequenas casas de comércio e sobretudo o incentivo à pecuária. 

Por conta desta evolução e, especialmente, pela lei 269 de 31 de dezembro de 1948, o povoado foi elevado à categoria de Vila com a denominação de Brejo da Porta e subordinado ao município de Alto Parnaíba. Anos depois, graças ao imenso prestígio do então Deputado Estadual, Sr. Didácio Coelho dos Santos, o distrito foi elevado à categoria de município, pela lei nº 2.108, de 19 de dezembro de 1961, sendo desmembrado definitivamente do município de Alto Parnaíba, com a nova denominação de município de Tasso Fragoso.

O nome foi dado em homenagem ao ilustre maranhense Augusto Tasso Fragoso, nascido em São Luís (MA), em 28 de agosto de 1869 e faleceu na Guanabara (RJ), em 20 de setembro de 1945. Foi General do Exército, Engenheiro Militar e Bacharel em Matemática e Ciência Físicas e Naturais, Historiador, Sociólogo e Astrônomo. Fez parte da Junta Governativa do País, quando da deposição do Presidente Washington Luís.

Hino[editar | editar código-fonte]

HINO DE TASSO FRAGOSO



Tasso Fragoso imponente se eleva

Ao cume do Morro Garrafão,

Marcelino e Brejo da Porta

São Riachos que banham o seu chão.


É tradição a Festa do Divino,

O Reisado a bater em cada porta

Pede a Deus em sublime oração

Que proteja sua gente devota.


Salve, Salve... Terra Querida

Enfeitada de matas e chapadas

Dou a ti a minha própria vida

Ó Cidade por Deus abençoada.


Povo de paz hospitaleiro,

O seu município faz limite

Com o Rio Parnaíba e Limpeza

Outras fronteiras: Penitente e Pureza.


O bailado de araras no ar,

A beleza que a natureza nos deu,

É apenas mais um fato a contar

São encantos entre tantos mil


Salve, Salve... Terra Querida

Enfeitada de matas e chapadas

Dou a ti a minha própria vida

Ó Cidade por Deus abençoada.


Laranjais e bananais

São culturas plantadas em ti

Soja, arroz, milho e buriti

Se apresentam entre os Babaçuais


O teu rio tão grande e transbordante

Para nós ele e tão importante

Tua fonte é como água cristalina

Parnaíba...Parnaíba.


Letra: Cardoso Araújo/Vera Cipriano

Música: Mauro C. Cardoso Araújo

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  2. «ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NO BRASIL E UNIDADES DA FEDERAÇÃO COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1º de julho de 2016. Consultado em 19 de janeiro de 2016 [ligação inativa]
  3. «Lista de municípios do Maranhão por PIB». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2016 
  4. a b «Pib dos municípios maranhenses». IBGE. 2014. Consultado em 19 de janeiro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.