Tata de inquice

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Candomblé

Casa branca engenho velho.jpg Ilê Axé Iyá Nassô Oká - Terreiro da Casa Branca - o mais antigo de Salvador

Religiões afro-brasileiras


Princípios Básicos
Deus | Queto | Olorum | Orixás | Jeje | Mawu | Vodun | Banto | Nzambi | Nkisi


Templos afro-brasileiros
Babaçuê | Batuque | Cabula | Candomblé | Culto de Ifá | Culto aos Egungun | Quimbanda | Candomblé de caboclo | Macumba | Omoloko | Tambor-de-Mina | Terecô | Umbanda | Xambá | Xangô de Pernambuco | Sincretismo | Confraria


Literatura afro-brasileira
Terminologia | Sacerdotes | Hierarquia


Religiões semelhantes
Religiões Africanas | Santeria | Palo | Arará | Lukumí | Regla de Ocha | Abakuá | Obeah


Tata-de-Inquice, Tata riá Nkisi, Tateto-de-Inquice Tata Nkisi, ou Tat’etu ria mukixi, palavras utilizadas no Candomblé Bantu para designar pai-de-santo, zelador de santo, com o mesmo significado de babalorixá do Candomblé Ketu.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre candomblé é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.