Saltar para o conteúdo

Tchakabum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tchakabum
Informação geral
Origem Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Gênero(s)
Período em atividade 1999–2010
2016–presente
Gravadora(s) Universal (1999–03)
Radar (2004–05)
Integrantes Marcelo Menezes
Nem Menezes
Ex-integrantes Gracyanne Barbosa
Elaine Costa
Jaqueline Farias
Mariana Souza
Página oficial http://www.tchakabum.com.br

Tchakabum é um grupo musical brasileiro fundado no Rio de Janeiro em 1998, sendo originalmente formado pelos irmãos Marcelo e Nem Menezes como vocalistas e pela dançarina Gracyanne Barbosa.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1999, os irmãos cariocas Marcelo e Nem Menezes decidiram criar uma banda que misturasse pagode baiano e axé, embalados pelo sucesso dos grupos da Bahia destes ritmos, convidando a dançarina Gracyanne Barbosa para fazer parte e nomeando o projeto como Tchakabum.[2]

O sucesso "Tesouro de Pirata" ganhou grande repercussão mundial devido a influência de Kleber Bambam no primeiro BBB, no ano de 2002.[3]

Em 2005, Marcelo deixou o Tchakabum após diversas brigas com o irmão e formou uma nova banda, o Capitão Pirata.[4] O grupo continuou apenas com Nem como vocalista e Gracyanne como dançarina, porém acabou perdendo o contrato com a gravadora e passou por um período de dificuldades financeiras.[5]

Em 2008, após o Capitão Pirata não obter o sucesso que esperava, Marcelo retornou ao Tchakabum, porém Gracyanne decidiu deixar o projeto[6][7], insatisfeita que o grupo já não lançava material há 4 anos, e foi substituída por Jaqueline Farias e Elaine Costa.[8][9][10]

Em 2009, Jaqueline deixou o grupo e foi substituída por Mariana Souza, que permaneceu apenas até 2010, quando deixou o grupo chegou ao fim.[11]

Retornaram oficialmente no Carnaval de 2016.[12] Nesse ano, o grupo lança o hit "Desce Sobe" que atinge em poucas semanas a marca de 500 mil visualizações da coreografia e de 600 mil players em todo mundo.[3]

Em 2019, lançam “Passinho do Rá”.[13]

No início de 2022, lançam o single "Cavalona", em parceria com a cantora Gabily, música mistura batidas de trap com pagode baiano.[13][14][15] Ainda em 2022, o hit “Tubarão Te Amo”, do DJ LK, fez o Tchakabum voltar às paradas.[16]

Outras aparições[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de outubro de 2015, o vocalista Marcelo Menezes entrou pra quinta temporada do Além do Peso, reality show da RecordTV e foi um dos finalistas da atração.

Em abril de 2019, Marcelo Menezes e a ex-dançarina Elaine Costa entraram como um dos casais da quarta temporada do reality show Power Couple, da RecordTV.[17]

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Vocalistas[editar | editar código-fonte]

  • Marcelo Menezes (1998–2005; 2008–2010; 2016–presente)
  • Monsueto Menezes (Nem) (1998–2010; 2016–presente)

Dançarinas[editar | editar código-fonte]

  • Gracyanne Barbosa (2000–2008)[6][7]
  • Elaine Costa (2008–2010)
  • Jaqueline Farias (2008–2009)
  • Mariana Souza (2009–2010)

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Álbum Detalhes
Avião[18]
  • Lançamento: 14 de novembro de 1999
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Universal
Capitão Tchaka[19]
  • Lançamento: 28 de janeiro de 2001
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Universal
Explosão[20]
  • Lançamento: 9 de dezembro de 2003
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Universal

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Álbum Detalhes
Ao Vivo[21]
  • Lançamento: 16 de junho de 2002
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Universal
Ensaio do Tchakabum[22]
  • Lançamento: 18 de agosto de 2003
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Radar
Ao Vivo 2
  • Lançamento: 7 de novembro de 2004
  • Formatos: CD
  • Gravadora: Radar

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns, com vendas e certificações
Álbum Detalhes
Olha a Onda com Tchakabum[23]
  • Lançamento: 28 de janeiro de 2016
  • Formatos: CD, download digital
  • Gravadora: Independente

Singles[editar | editar código-fonte]

Título Ano Álbum
"Avião" 1999 Avião
"Quebra Galho" 2000
"Tesouro de Pirata (Onda Onda)" 2001 Capitão Tchaka
"Aninha na Praia"
"Chupeta de Trem" 2002
"Dança da Mãozinha" Ao Vivo
"Flutua"
"Lá Vai a Bomba" 2003 Ensaio do Tchakabum
"Explosão" Explosão
"Curupaco" 2004
"De Balão"
"Quebra" Ao Vivo 2
"Mão na Cintura" 2005
"Dance Psy"[24] 2010 Não adicionado à nenhum álbum
"Não Foge"[25]
"Desce Sobe"[26] 2016 Olha a Onda com Tchakabum
"Tudo Ela Faz de Shortinho"[27] Não adicionado à nenhum álbum
"Ai que Calor"[28]
"Lentamente"[29] 2018
"Joga Esse Bum"[30]
(com Psirico)
2019
"Mexe Subindo e Descendo"[31]
"Passinho do Rá"[32]
(com Dennis DJ)

Referências

  1. «Olha a onda! Tchakabum lança clipe de Tesouro de Pirata após 18 anos». Correio 24 Horas. Consultado em 2 de maio de 2019 
  2. «Carnaval: Tchakabum e Adryana Ribeiro vão animar foliões em Corumbá». Diário Online. Consultado em 2 de maio de 2019 
  3. a b «PÁGINA INICIAL | Banda Tchakabum». Tchakabum. Consultado em 31 de janeiro de 2023 
  4. «Ex-vocalista do Tchakabum lança banda Capitão Pirata». O Fuxico. Consultado em 8 de março de 2020 
  5. «Tchakabum lança nova música no Sabadaço». Área VIP. Consultado em 8 de março de 2020 
  6. a b «Gracyanne Barbosa diz que ganhava R$ 50 por show na época do Tchakabum | Metrópoles». www.metropoles.com. 15 de maio de 2020. Consultado em 31 de janeiro de 2023 
  7. a b «Gracyanne Barbosa revela cachê de R$ 50 quando era bailarina do Tchakabum». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 31 de janeiro de 2023 
  8. «Ex-namorada de Adriano já foi dançarina do Tchakabum». Ego. Consultado em 2 de maio de 2019 
  9. «Gracyanne Barbosa já tem substituta no grupo 'Tchakabum'». Portal Ego. 28 de outubro de 2008. Consultado em 3 de dezembro de 2014 
  10. «Conheça as novas dançarinas do grupo Tchakabum». Ego. Consultado em 2 de maio de 2019 
  11. «Mariana Souza troca axé do 'Tchakabum' pelo funk de Mister Catra». Ego. Consultado em 2 de maio de 2019 
  12. «Lembra deles? Tchakabum volta com 'Lentamente'». O Dia. Consultado em 8 de março de 2020 
  13. a b «Após três anos, Tchakabum retorna aos holofotes». ISTOÉ Independente. 15 de março de 2022. Consultado em 31 de janeiro de 2023 
  14. «Tchakabum fala sobre mudança de estilo musical para o trap e sonha em parceria com Anitta; veja vídeo!». gshow. Consultado em 31 de janeiro de 2023 
  15. «Tchakabum lança música inspirada no trap e diz 'abraçar a novidade'». www.uol.com.br. Consultado em 31 de janeiro de 2023 
  16. Frasinelli, Isabela (11 de novembro de 2022). «'Reupload' do hit 'Tubarão, Te Amo' faz Tchakabum voltar às paradas». iG. Consultado em 31 de janeiro de 2023 
  17. «Veja lista completa dos casais que estarão no 'Power Couple Brasil'». R7.com. 23 de abril de 2019. Consultado em 24 de abril de 2019 
  18. «Tchakabum - Avião». Discogs. Consultado em 2 de maio de 2019 
  19. «Tchakabum - Capitão Tchaka». Discogs. Consultado em 2 de maio de 2019 
  20. «Tchakabum - Explosão». iTunes. Consultado em 2 de maio de 2019 
  21. «Tchakabum - Ao Vivo». Discogs. Consultado em 2 de maio de 2019 
  22. «Tchakabum - Ensaio». iTunes. Consultado em 2 de maio de 2019 
  23. «Olha a Onda com Tchakabum». Spotify. Consultado em 8 de março de 2020 
  24. «BIZARRO; TCHAKABUM, DO HIT OLHA A ONDA, LANÇA MÚSICA QUE MESCLA AXÉ COM PSY». Virgula. Consultado em 8 de março de 2020 
  25. «Lentamente». Não Foge. Consultado em 8 de março de 2020 
  26. «Desce Sobe». Spotify. Consultado em 8 de março de 2020 
  27. «Tudo Ela Faz de Shortinho». Spotify. Consultado em 8 de março de 2020 
  28. «Ai que Calor». Spotify. Consultado em 8 de março de 2020 
  29. «Lentamente». Spotify. Consultado em 8 de março de 2020 
  30. «Joga Esse Bum». Spotify. Consultado em 8 de março de 2020 
  31. «Mexe Subindo e Descendo». Spotify. Consultado em 8 de março de 2020 
  32. «Passinho do Rá». Spotify. Consultado em 8 de março de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.