Teótoco de Vladimir

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Teótoco de Vladimir
Autor anônimo
Data 1100
Gênero pintura religiosa
Técnica têmpera, painel
Dimensões 104 centímetros x 69 centímetros
Localização Galeria Tretyakov

Teótoco de Vladimir, também conhecido como Nossa Senhora de Vladimir, Virgem de Vladimir ou Vladimirskaya (Russo: Владимирская Богоматерь), é um dos mais venerados ícones orientais. A "Teótoco", que significa literalmente "Portadora de Deus" ou alternadamente Mãe de Deus, é considerada como a protetora da Rússia. Atualmente, o ícone encontra-se na Galeria Tretyakov, em Moscou.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Segundo a crença cristão ortodoxa, o Teótoco de Vladimir é, provavelmente, o primeiro Ícone cristão da história. Conta-se que São Lucas Evangelista foi quem o pintou em uma placa que servia de mesa para o Salvador (Jesus Cristo) e sua Puríssima Mãe (Maria).[1]

Apesar de não haver muita documentação histórica que corrobore os fatos, acredita-se que o ícone chegou até a Ucrânia vindo de Constantinopla por meio de um barco e que, no começo, foi guardada no Mosteiro de Nossa Senhora, localizado nas imediações de Kiev[2].

Referências

  1. «O ÍCONE DA VIRGEM DE VLADIMIR». Igreja Ortodoxa Antioquina. 2015. Consultado em 24 de setembro de 2017. 
  2. Borges Pravds, Ekatia (9 de setembro de 2003). «UM ÍCONE QUE DECIDE POR SI PRÓPRIO ONDE ESTAR». Pravda.ru. Consultado em 24 de setembro de 2017. 
Ícone de esboço Este artigo sobre pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.