Teatro Maria Della Costa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Teatro Maria Della Costa
Tipo Teatro
Arquiteto Oscar Niemeyer e Lúcio Costa
Fim da construção 1954
Inauguração 1954 (63 anos)
Proprietário atual Associação dos Produtores de Espetáculos Teatrais do Estado de São Paulo (Apetesp)
Endereço Rua Paim, 72
Bela Vista, São Paulo

O Teatro Maria Della Costa é um teatro de São Paulo, fundado em outubro de 1954 pela atriz Maria Della Costa e pelo empresário Sandro Polônio, com a participação da atriz Itália Fausta. Tem capacidade para 370 pessoas.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O espetáculo de estreia foi "O Canto da Cotovia" de Jean Anouhil, sob a direção de Gianni Ratto.[2][3]

O prédio foi projetado por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa e construído com o financiamento de extinto Banco Nacional, facilitado pelo empresário Octávio Frias de Oliveira, então proprietário da Folha de S. Paulo.[4]

Em 1978, a Associação dos Produtores de Espetáculos Teatrais do Estado de São Paulo (Apetesp), durante a gestão do então presidente Raul Cortez, adquiriu o teatro, com o objetivo de prestar maiores benefícios aos seus associados.[5][6]

Em maio de 1995, durante a gestão do então presidente Sérgio D’Antino, sem condições de funcionamento — devido ao estado precário em que se encontrava — passou por uma reforma geral que se estendeu até 1996, e foi re-inaugurado em 30 de julho de 1996 com uma grande festa para a classe artística.[5][6]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Em 28 de setembro de 2014, foi publicado na Folha de S.Paulo o resultado da avaliação feita pela equipe do jornal ao visitar os sessenta maiores teatros da cidade de São Paulo. O local foi premiado com três estrelas, uma nota "regular", com o consenso: "O teatro tem hall de entrada amplo, com mesas para se sentar enquanto a sala não é liberada. Os cadeirantes, no entanto, não têm acesso ao hall nem à bonbonnière (eles entram direto na sala de espetáculo, que fica no segundo andar, por uma porta na rua). Apesar de simples, o local é bem projetado, e o público tem boa visão do palco."[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Fabiana Seragusa e Rafael Balago (28 de setembro de 2014). «Especial avalia os 60 maiores teatros de SP; veja lista com acertos e falhas». Folha de S.Paulo. www1.folha.uol.com.br. Consultado em 3 de janeiro de 2017 
  2. «Teatro Popular de Arte - TPA (Teatro Maria Della Costa - TMDC)». Itaú Cultural. 24 de setembro de 2008. Consultado em 1 de janeiro de 2014 
  3. «Biografia de Maria Della Costa». Funarte. Consultado em 1 de janeiro de 2014 
  4. «Maria Della Costa». UOL Educação. Consultado em 1 de janeiro de 2014 
  5. a b «História». Teatro Maria Della Costa. Consultado em 1 de janeiro de 2014 
  6. a b «Teatro Maria Della Costa». Gui de Acessibilidade Cultural de São Paulo. Consultado em 1 de janeiro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]