Teca Pereira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2017). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Teca Pereira
Nacionalidade Brasileira
Ocupação Atriz
Outros prêmios
Troféu Mambembe de Melhor Atriz Coadjuvante

Teca Pereira é um atriz brasileira. Em 1997 ganhou o Prêmio Mambembe de melhor atriz coadjuvante.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Na televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
2019 3% Dona Fátima
2018 Carcereiros Maria
Treze Dias Longe do Sol Nilza
2016 Justiça Zelita Silva dos Santos[1]
2015 Os Experientes Cleusa Silveira dos Santos (Negra)
Felizes para Sempre? Soraia
2012 Pedro e Bianca Arminda [2]
2011 Força-Tarefa Dirce
Passione Companheira de cela de Clara na prisão
2009 Cinquentinha Cartomante
Som & Fúria Camareira
2008 Por Toda Minha Vida Parteira de Chacrinha
2007 Duas Caras Naná
Amazônia, de Galvez a Chico Mendes Nazaré
2005 Belíssima Rita
Carandiru, Outras Histórias Penha
1985 Tenda dos Milagres Zulmira
1981 Os Imigrantes Antônia

No cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2017 Malasartes e o Duelo com a Morte Mulher brava
2016 Magal e os Formigas Elvira [3]
Opala Azul Negão Dona Teresinha
2015 O Roubo da Taça Doadora de sangue
2014 Trash Graça
2011 A Hora e a Vez de Augusto Matraga Quitéria
2009 Um Homem Qualquer Irinei
2007 Santa Chuva Diva
2005 Fim da Linha Surda-Muda
Quanto Vale ou é Por Quilo? Mulher
2000 Domésticas - O Filme Teca
1998 Os Penúltimos Serão os Segundos
1996 Flores Ímpares
1993 A Má Criada Vizinha
1992 PR Kadeia Ouvinte
1991 Sua Excelência, O candidato Enfermeira
1989 Festa Empregada[4]
1984 Abrasasas
1983 Histerias

No Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título
2016 O Que Terá Acontecido a Baby Jane?
2015 Vanya e Sonia e Masha e Spike
2005 Vidas Secas
2004 As Rainhas Magas
A Cigarra e a Formiga
2002 Em Moeda Corrente do País
1997 Chimbirins e Chimbirons
1996 Canção dos Direitos das Crianças
Uma Dama e Um Vagabundo
1993 Os Incomodados que Se Mudem
1991 Mulheres de Hollanda
1990 A Big Loira
1988 Brincando com Fogo
1987 A Estrela Dalva

Outros[editar | editar código-fonte]

  • 2012 Coreógrafa e diretora de arte da Ala Samba Cênico da Sociedade Rosas de Ouro

Referências

  1. «Minissérie Justiça mostra personagens condenados por diferentes crimes». Consultado em 8 de novembro de 2018 
  2. Padiglione, Cristina (11 de novembro de 2012). «Espinha não é nada». Estado de S. Paulo. Consultado em 15 de junho de 2013 
  3. «Magal e os Formigas». Globo Filmes. Consultado em 28 de outubro de 2016 
  4. «Festa». Cinemateca Brasileira. Consultado em 28 de dezembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]