Teimour Radjabov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Teimour Radjabov
Nascimento 12 de março de 1987 (35 anos)
Bacu
Residência Bacu
Cidadania Azerbaijão
Etnia judeus
Ocupação jogador de xadrez
Empregador Fundo das Nações Unidas para a Infância

Teimour Radjabov é um enxadrista natural do Azerbaijão, detendo o título de Grande Mestre Internacional de Xadrez. Em abril de 2007, com 2793 pontos, ocupava a quarta posição mundial, segundo o ranking da FIDE. Em 2019, foi vencedor da Copa do Mundo de Xadrez de 2019, ganhando a final contra o GM Ding Liren nas partidas blitz garantindo, desse modo, a vaga para o Torneio de Candidatos de 2020. Contudo, em razão da pandemia de COVID-19, pediu o adiamento do torneio, o que foi recusado. [1] Com o adiamento do Torneio de Candidatos de 2020 na metade da competição devido à pandemia até sua retomada em 2021, Radjabov pediu sua reintegração na competição.[2] A FIDE decidiu que era mais apropriado dar a Radjabov uma entrada direta no Torneio de Candidatos de 2022[3], competição em que alcançou a terceira colocação.[4]

Ícone de esboço Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Radjabov withdraws from Candidates, Vachier-Lagrave to jump in, Chessbase, Consultado em 5 de julho de 2022
  2. Doggers, Peter (27 de março de 2020). «Teimour Radjabov: "I should consult a lawyer"». Chess.com (em inglês). Consultado em 30 de março de 2020 
  3. Radjabov given controversial spot in 2022 Candidates, Chess24, 05 de julho de 2022
  4. http://candidates.fide.com/, FIDE, Consultado em 05 de julho de 2022