Teixeira Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Junho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Teixeira Dias
—  Bairro do Brasil  —
[[Imagem:Teixeira Dias.svg|250 px|none|]]
Distritos
Fonte: Não disponível

Teixeira Dias é um bairro localizado no Barreiro. O nome do bairro é originado do sobrenome de uma antiga família que era dona das terras na época em que existiam fazendas na região, sendo essa de origem portuguesa. Destaca-se dessa família, Álvaro Antônio Teixeira Dias, político falecido em 2005, tendo sido deputado FEDERAL e vice-prefeito de Belo Horizonte. Por ter sido construído em forma de conjunto habitacional possuía ruas identificadas com uma letra e um número ex: A1, B1, etc… Hoje as ruas do Teixeira Dias possuem nomes próprios. Um dos integrantes da família, José Teixeira Dias migrou-se com sua esposa e os três filhos: Messias, Antônio e Acácio Teixeira Dias, para região da cidade de Buritama e participaram da fundação do Municipio.

É considerado um dos bairros mais agradáveis e valorizados da região estando favoravelmente localizado ao lado do centro comercial do Barreiro. Porém, o próprio bairro apresenta comércios como farmácias, supermercados, posto de combustível, posto de saúde municipal, padarias, lotérica, academia, bancas de jornais, serviços de táxi, escolas particulares infantis, a Escola Estadual Cecília Meireles e a 11ª Cia. da Polícia Militar de Minas Gerais. Está sendo construído um centro de compras que abrigará um hipermercado e demais lojas ancoradas por uma galeria.

Caracterizado por ser bem arborizado, chama atenção suas ruas residenciais largas e bem sinalizadas, o que se fez tornar durante certo tempo área de obtenção de carteira de habilitação de motorista, exames realizados pelo Detran-MG semanalmente. O bairro ainda apresenta uma área destinada ao cooper com algumas aparelhagens para exercícios físicos, um campo de futebol e uma quadra poliesportiva. Foi inaugurado em 2010 o Teixeirão, uma quadra poliesportiva moderna nas dependências da AMCATD (Associação dos Moradores do Bairro).

Apesar de sua grande parte ser composta por edificações do tipo casas coloniais, possui também pequenos prédios que não ultrapassam quatro andares.

Atualmente é servido por 02 linhas de ônibus que fazem conexão com a estação BHBUS Diamante (314) e Barreiro (314, 331), levando os moradores ao centro de Belo Horizonte e 01 linha (1950) que liga o bairro ao município de Contagem.

A principal via é a rua Antônio Teixeira Dias, onde localiza-se o comércio local. A Via do Minério (Avenida Waldir Soeiro Enrich) é uma das alternativas de entrada ao bairro assim como a Rua Américo Magalhães que termina na Avenida Sinfrõnio Brochado, via central do Barreiro. Limita-se com os bairros Cardoso, Diamante, Santa Helena e Barreiro de Baixo.

Dentro dos limites do bairro, às margens da Via do Minério, localiza-se o conjunto Antônio Teixeira Dias.

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Regionais e região central de Belo Horizonte Brasão de Belo Horizonte
Barreiro | Central | Centro-Sul | Leste | Nordeste | Noroeste | Norte | Oeste | Pampulha | Venda Nova