Tekken Revolution

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Tekken Revolution
Produtora(s) Namco BandaiNamco
Editora(s) Namco
Série Tekken
Plataforma(s) Playstation 3
Lançamento
Gênero(s) Luta 3D Online

Tekken Revolution (鉄拳レボリューション Tekken Reboryūshon?) é um jogo de luta free-to-play desenvolvido e publicado pela Namco Bandai. Foi lançado exclusivamente para PlayStation 3 através da PlayStation Store em 11 de junho de 2013.[1][2]Este é o primeiro jogo da franquia Tekken feito no modo free-to-play.[3]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Tekken Revolution dá a série uma nova forma de jogar. Várias novas mecânicas de jogo foram implementadas, como os movimentos Special Arts e Critical Arts, criados para ajudar novos jogadores. Limitada, a mecânica na qual os personagens podem ser "quicados" durante um combo para que haja novos ataques em seguida, chamada Bound, foi quase totalmente removida desta edição, sendo a única forma de fazê-lo a partir de agora a interação com o cenário, como as quedas através da parede ou do chão. Pela primeira vez na série Tekken, é inserido também um recurso de evolução de estatísticas (Character Enhancement), no qual os jogadores podem gastar pontos de habilidade (Skill Points) e comprar com o dinheiro do jogo (Fight Money) o desenvolvimento de personagens em três atributos: Power (força de ataque), Endurance (barra de energia) e Vigor (probabilidade de acerto dos golpes críticos, além da energia necessária para ativação do Rage Mode). Formas principais de combate da série retornaram, como o Arcade Battle (batalha do jogador contra a CPU), assim como o Online Mode, onde jogadores podem enfrentar uns aos outros por partidas de ranking (Ranked Match) ou partidas amistosas (Player Match). O modo Practice, que não foi implementado com o jogo em seu lançamento, será adicionado posteriormente, assim como a opção de desativar a evolução dos personagens em partidas de ranking.

Coins[editar | editar código-fonte]

Em Tekken Revolution, também foi implementado o sistema de Coins (fichas de jogo).

  • Battle Coin: Utilizada para jogar uma partida no modo Rank Match ou no modo Player Match. A cada trinta minutos uma Battle Coin é dada ao jogador. A quantidade máxima de Battle Coins armazenadas é de cinco fichas.
  • Arcade Coin: Utilizada para jogar uma partida no modo Arcade Mode. A cada vez que o modo Arcade é completado, ou a cada vez em que o jogador perde uma partida para a CPU, uma ficha é descartada. A cada sessenta minutos, uma ficha é dada ao jogador. A quantidade máxima de Arcade Coins armazenadas é de duas fichas.
  • Premium Ticket: Pode ser utilizado para qualquer um dos modos de luta. Cada Ticket utilizado é reposto se o jogador vencer a batalha, e cada vitória com Premium Ticket resulta em um acréscimo maior de Fight Money do que com Battle/Arcade Coins. Não há limites de quantidade de Premium Tickets armazenados nos perfis de jogo.
  • Premium Coin: Ficha especial comprada na Playstation Store. Pode ser utilizada para qualquer um dos modos de luta, assim como o Premium Ticket, e também é reposta em caso de vitória do jogador.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Há um total de 29 personagens jogáveis no jogo, oito são disponíveis desde o início. Aproximadamente todos eles são personagens que retornam, além dos dois novos personagens, a vampira Eliza, que é liberada ao coletar "Blood Seals" através de confrontos,[4] e Kinjin, que aparece apenas como um chefe não-jogavel, assim como Heihachi Mishima, Jinpachi Mishima, Mokujin, Tetsujin, e Ogre (ou uma versão dourada dele). Mais personagens são planejados para serem adicionados através de futuros updates.[5]

(*) Indica personagens desbloqueáveis. (**) Indica personagens adicionados durante updates (desbloqueáveis).

Recepção[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Edge 6/10[7]
IGN 7.5/10[8]
Pontuação global
Publicação Nota média
GameRankings 71.50%[10]
Metacritic 70/100[9]

Tekken Revolution recebeu revisões variadas à positivas. Edge notou a tentativa de trazer a série de volta as suas raízes arcade, mas criticou o jogo como uma versão diluída de Tekken Tag Tournament 2 e sua natureza pague-pra-vencer.[7]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «Free-to-play Tekken Revolution coming to PSN next week». Gematsu. 8 de junho de 2013. Consultado em 11 de junho de 2013 
  2. a b «Tekken Revolution - Free-to-Play PS3 Exclusive Game Coming June 11». Avoiding The Puddle. 8 de junho de 2013. Consultado em 11 de junho de 2013 
  3. «Tekken Revolution detailed, debut trailer». Gematsu. 9 de junho de 2013. Consultado em 9 de junho de 2013 
  4. «Eliza and Bob update». Namco Bandai Games. 13 de dezembro de 2013. Consultado em 8 de janeiro de 2014 
  5. «Planned future updates» (em inglês). Twitter. 19 de junho de 2013. Consultado em 20 de junho de 2013 
  6. «Jaycee». Crunchyroll. 13 de fevereiro de 2014. Consultado em 13 de fevereiro de 2014 
  7. a b Edge Staff. «Tekken Revolution review - Edge Magazine». Edge-online.com. Consultado em 30 de junho de 2013 
  8. Gianluca Loggia (30 de julho de 2013). «The free to play Tekken Revolution» (em Italian). Edge-online.com. Consultado em 11 de dezembro de 2013 
  9. «Tekken Revolution for PS3 - Reviews, Ratings, Credits, and More». Metacritic. Consultado em 30 de junho de 2013 
  10. «Tekken Revolution (PS3)». GameRankings. Consultado em 30 de junho de 2013 

Links externos[editar | editar código-fonte]