Teleceará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Telecomunicações do Ceará S.A. - TELECEARÁ
Razão social Telecomunicações do Ceará S.A.
Sociedade de economia mista
Slogan Caminho ininterrupto para o futuro
Indústria Telecomunicações
Fundação 03 de novembro de 1971 (em Fortaleza)
Encerramento 2000
Sede Ceará,  Brasil
Área(s) servida(s) Ceará
Proprietário(s) 1972-1998:Sistema Telebrás

A partir julho de 1998:Telemar Norte Leste S/A

Subsidiárias Teleceará Celular
Sucessora(s) Telemar
Oi
Website oficial www.teleceara.gov.br (na Web.Archive)

Telecomunicações do Ceará S.A. - TELECEARÁ foi uma empresa estatal do estado do Ceará, pertencente ao sistema Telebrás. Em 29 de julho de 1998 foi vendida e incorporada a Tele Norte Leste e passou a se chamar Telemar, empresa de telecomunicações que operou de 1998 até 2007. Após esse período, passou a utilizar a marca Oi.

História[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 1891 é instalada a Empreza Telephonica do Ceará, para atender a capital Fortaleza, sob a responsabilidade da firma Pamplona, irmãos e Cia.

Criada pela lei estadual no 3.934, de 3/11/1971, a Companhia Telefônica do Ceará - Cotelce, que incorporou a Companhia de Telecomunicações do Ceará - Citelc e a Companhia Telefônica de Fortaleza - CTF.

Em 26 de maio de 1972 a portaria ministerial no 331 designou a Cotelce como empresa-pólo de integração das demais empresas concessionárias de telecomunicações no Estado do Ceará.

A partir de 18 de maio de 1973, deixou de ser sociedade de economia mista e passou a ser uma sociedade anônima de direito privado, subsidiária da Telebrás e vinculada ao Ministério das Comunicações.

Por decisão da assembléia geral extraordinária de acionistas, em 13/12/ 1974, mudou de denominação para Telecomunicações do Ceará S/A. - Teleceará. Era uma sociedade anônima de capital fechado, prestando serviços de telecomunicações nos setores de telefonia básica urbana e interurbana,telefonia móvel celular e comunicação de dados: atendia a 1055 localidades em todo o Estado do Ceará e contando com um capital social composto por 2.050.220.997 ações (31.12. 1996), das quais a Telebrás detinha 79,44%.[1]

O Sistema Telebrás foi privatizado no dia 29 de julho de 1998 em função de uma mudança constitucional no ano 1995, e com a promulgação da Lei Geral de Telecomunicações, que visava a ampliação e a universalização dos serviços de comunicação e o enxugamento da máquina estatal brasileira. Desta forma, a Teleceará e sua subsidiária de telefonia móvel digital, Teleceará Celular, foram privatizadas. A Teleceará foi vendida para a Tele Norte Leste S/A, formando a Telemar, e a Teleceará Celular foi vendida para a TIM. Atualmente, a Tele Norte Leste S/A tem seus produtos comercializados com a marca Oi.

Serviços[editar | editar código-fonte]

Serviços de telefonia[editar | editar código-fonte]

Serviços básicos
  • Tráfego DDD/Local
  • Plataformas de voz e texto
  • Débito Automático em Conta Corrente
  • CPA
  • BINA

Caixa Eletrônica de Voz - SPM[editar | editar código-fonte]

Era uma caixa eletrônica de mensagens, associada a terminal fixo ou móvel, destinada a armazenar e enviar mensagens de voz (Voice Mail). As informações podiam ser recuperadas através de qualquer telefone (fixo ou móvel). Podia funcionar também como uma espécie de secretária eletrônica[2].

Busca Automática[editar | editar código-fonte]

Este serviço permitia a programação de várias linhas telefônicas em um único número chave. Desta forma, todas as chamadas chegavam automaticamente à linha que estiver livre, evitando discagens sucessivas para números diferentes. O processso de realização de chamadas permanece inalterado.

TELECARD[editar | editar código-fonte]

Cartão de crédito das empresas do sistema TELEBRÁS que permitia ao seu detentor efetuar ligações interurbanas e internacionais a partir de qualquer telefone, bastando para isso ligar para: 0800111+senha[3].

Telefonia Celular Rural Fixa - RURALCEL[editar | editar código-fonte]

Serviço destinado a sítios, fazendas ou qualquer propriedade rural ainda não atendida pela telefonia convencional.

Pag-Fácil - O Caixa Rápido da TELECEARÁ[editar | editar código-fonte]

Facilitava o pagamento da conta telefônica.O cliente depositava na caixa um cheque com o valor exato da conta, nominal à Telecearã , indicando no verso o número do(s) telefone(s) a ser(em) pago(s).A conta devia ser paga até à meia-noite do dia do vencimento[4].

Serviços de Dados[editar | editar código-fonte]

Comunicação de Dados Comutada por Pacotes - CEARÁPAC[editar | editar código-fonte]

Podia ser acessado via rede telefônica ou circuito dedicado usando-se diversos protocolos, velocidades e códigos[5].

Serviço de Comunicação de Dados - Alta Velocidade[editar | editar código-fonte]

Serviço dedicado e ponto-a-ponto, prestado através de circuitos privativos, em meio digital, 24h por dia, em caráter permanente, temporário ou eventual.

Vídeo Texto[editar | editar código-fonte]

Sistema interativo que permitia ao seu usuário acessar bancos de dados de empresas associadas, através de equipamentos especiais ligados à linha telefônica[6].

Rede Digital de Serviços Integrados - RDSI[editar | editar código-fonte]

Rede Integrada de Telefonia que proporcionava Conectividade Fim a Fim , para suportar uma variedade de Serviços Vocais e Não Vocais, aos quais os usuários tinham acesso através de Interfaces Padronizadas[7].

Pabx Virtual (CENTREX)[editar | editar código-fonte]

Serviço análogo ao prestado por CPCT (Central Privada de Comutação Telefônica). Consistia de um software agregado à central pública de comutação telefônica, cujos ramais estivessem nas dependências dos clientes. Este CPCT Virtual oferecia todas as facilidades encontradas nas modernas CPCT digitais, inclusive a possibilidade de acesso aos serviços suplementares[8].

Espaço Cultural[editar | editar código-fonte]

O Espaço Cultural Teleceará foi criado no dia 1º de setembro de 1986 com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento das artes, de uma maneira geral, no Estado do Ceará. Com esta meta, vem estimulando, difundindo e preservando atividades nas áreas das Artes Plásticas, Música, Teatro, Dança, Cinema e Vídeo, entre outros. Foi também em 1986 que surgiu o Concurso Talento, que já premiou 32 artistas e conquistou o respeito da comunidade como uma das mais importantes iniciativas de incentivo à produção cultural cearense. A décima edição do Concurso Talento foi lançada em outubro/96 e os autores dos três melhores trabalhos (modalidades de pintura, desenho e gravura) escolhidos por um júri, receberam em 27/11/96, cada um, prêmio no valor de R$ 2 mil. O Concurso Talento era aberto à participação de artistas plásticos, profissionais ou não, residentes e domiciliados no Estado do Ceará. Em dez anos de intensa atividade, o Espaço Cultural Teleceará realizou 636 eventos: 137 exposições (de artistas locais, nacionais e estrangeiros); exibiu 247 filmes nacionais e estrangeiros; vídeos; apresentou 99 musicais, além de espetáculos teatrais, de dança e recitais de poesias. O local é utilizado também para lançamentos de livros, feiras e palestras, principalmente das áreas de telecomunicações e informática. Compareceram a estes eventos mais de 139 mil pessoas. Criado e coordenado pelo Departamento de Comunicação Social, o Espaço Cultural Teleceará provou ter sido um eficiente instrumento de Relações Públicas da Teleceará[9].

Notas e referências

  1. [1]
  2. «CODIGO_STB». 14 de janeiro de 1998. Consultado em 11 de julho de 2016 
  3. «CODIGO_STB». 14 de janeiro de 1998. Consultado em 11 de julho de 2016 
  4. «CODIGO_STB». 14 de janeiro de 1998. Consultado em 11 de julho de 2016 
  5. «CODIGO_STB». 14 de janeiro de 1998. Consultado em 11 de julho de 2016 
  6. «CODIGO_STB». 14 de janeiro de 1998. Consultado em 11 de julho de 2016 
  7. «CODIGO_STB». 14 de janeiro de 1998. Consultado em 11 de julho de 2016 
  8. «CODIGO_STB». 14 de janeiro de 1998. Consultado em 11 de julho de 2016 
  9. «O Espaço e o Tempo». 14 de janeiro de 1998. Consultado em 11 de julho de 2016 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Teleceará