Televisão no Rio Grande do Norte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Televisão potiguar.svg

Um pouco de história da televisão no Rio Grande do Norte.

Década de 1950[editar | editar código-fonte]

Os primeiros testes de transmissão de televisão no Rio Grande do Norte foram feitos entre 1958 e 1959. No final de 1959 foi instalada em Natal a retransmissora da emissora TV Rádio Clube de Pernambuco (que era da Rede Tupi).

Década de 1960[editar | editar código-fonte]

No início dos anos 60, entrou no ar outra retransmissora, a TV Jornal do Commercio (que era independente).

Durante a década, apenas se via retransmissoras das emissoras pernambucanas das TVs Rádio Clube de Pernambuco (da Tupi) e a Jornal do Comércio.

Década de 1970[editar | editar código-fonte]

A televisão aberta local demorou muito a chegar no Rio Grande do Norte até início dos anos 70. Apesar disso, a carência de uma TV comercial era grande em Natal na década.

Em dezembro de 1972, entra no ar a primeira emissora local a TV Universitária (Canal 5), emissora educativa.

Em 1977, Natal ganha oficialmente nova retransmissora, a TV Globo de Recife, no Canal 13. Nesse ano, Mossoró é a primeira do interior a receber retransmissoras: a TV Rádio Clube de Pernambuco (a TV Tupi de Recife) e a TV Verdes Mares de Fortaleza (afiliada a Globo).

Os Diários Associados ganham concessão de TV, que deveria ter entrado no ar em 1978, mas não aconteceu a instalação da emissora, o que levou a perda de concessão. Seria a TV Pirangi.

Com o fim das emissoras da Tupi em 1980, Natal e região ficava só com dois canais de TVs: A Universitária e a retransmissora da Globo de Recife. Já em Mossoró, só ficou a TV Verdes Mares.

Década de 1980[editar | editar código-fonte]

A televisão aberta local com novos canais demora a chegar no Natal, em relação a quatro emissoras que a tinha na década passada, até metade dos anos 80.

Em 1985, voltou ao ar em Natal, a retransmissora da TV Jornal (afiliada à Rede Bandeirantes) no Canal 8, depois ficar fora do ar na década passada. Nesse ano, entrou ao ar na mesma cidade, a retransmissora da TV Manchete Recife (emissora própria da Rede Manchete) no Canal 11.

Em 15 de março de 1987, é inaugurada em Natal, a primeira TV comercial do Estado, a TV Ponta Negra (afiliada ao SBT) no Canal 13.

O sinal da TV Globo Recife então, passa a ser captado no canal 3.

Alguns meses depois, da TV Jornal do Comércio também se afilia ao SBT.Com isto o canal 8 de Natal evitando que duas emissoras transmitam o SBT na mesma região, trocou seu sinal da TV Jornal pela Rede Bandeirantes,sinal via satélite captado em antenas parabólicas.

Em 1º de setembro, entra no ar pelo Canal 3, a TV Cabugi (afiliada à Globo). Com isto, a retransmissora da TV Globo Recife nesse mesmo canal deixa de ser veiculado. No mesmo mês, o Canal da TV Verdes Mares em Mossoró deixa de ser veiculado e passa a retransmitir a TV Cabugi.

Em 31 de outubro, entra no ar pelo Canal 8, a TV Tropical (afiliada à Manchete). Com isto, as retransmissoras da Bandeirantes (nesse mesmo canal da Tropical) e da TV Manchete Recife (Canal 11) deixaram de serem veiculados. A direção da Bandeirantes chegou a sugerir que manteria ligada a retransmissora em Natal se o governo do estado pagasse a conta da luz, o que foi negado pelo então governo.

Em novembro, a TV Cabugi observa que o canal 11 está vago e pede para trocar de Canal (do 3 para 11), sendo autorizado pelo Ministério das Comunicações.

Em 7 de setembro de 1990, o Canal 3 volta ao ar com a TV Potengi, trazendo novamente o sinal da Bandeirantes à capital, que ficou ausente desde 1987.

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

Entrou no ar em Natal, a primeira emissora de UHF: a MTV, pelo canal 25. Natal tinha também a autorização da retransmissora do Canal 19 para retransmitir a TV Manchete Natal, sinal gerado diretamente do Rio de Janeiro, mas nunca chegou a entrar no ar.

Em 1998, devido a crise da Rede Manchete, a TV Tropical passa a transmitir a Rede Record, que permanece até hoje.

A Rede Mulher pede uma concessão de retransmissora para Natal e pleteia o canal 46, que acabou ficando com a Fundação João Paulo II, exibindo a TV Canção Nova. No entanto o ministério das comunicações libera o sinal do canal 19 que tinha sido da TV Manchete. Apesar de autorizado, a emissora não entrou no ar em Natal, só vindo a acontecer sua atuação na década seguinte, já com a Record News.

Década de 2000[editar | editar código-fonte]

Em 2006, entra no ar o canal 17 trazendo a imagem da RedeTV! depois de passar um tempo arrendada e transmitindo a TV União. Atualmente a emissora tem o nome de TV Feliz.

No mesmo ano, a TV Cabugi é vendida ao grupo InterTV, que continua com a Rede Globo.

Em 2007, a TV Potengi é vendida para o Grupo Bandeirantes e em 2008 passa a se chamar TV Bandeirantes Natal.

No mesmo ano, entra no ar a primeira emissora local de Mossoró, a TV Mossoró, canal 7 afiliada a Rede Gênesis. O município recebe imagens das grandes redes do Brasil através das retransmissoras das emissoras de Natal. Em 2012 a TV Mossoró passa a ser afiliada da TV Cultura.

Em 2008, Natal recebe a TV Assembleia RN em Canal aberto, através do canal 30, ficou no ar até abril de 2010 quando o canal passou a ser digital e foi dado à TV Bandeirantes Natal. Em agosto de 2010 a emissora voltava em sinal aberto para Natal através do canal 50. mas ja entregou a seu legítimo proprietário. que é a TV Câmara de Brasilia.

Além destes canais, Natal ainda recebe os sinais da Ideal TV (Canal 25), RIT (Canal 22), RCI (Canal 27), Rede Vida (Canal 38 Sem Sinal), Canção Nova (Canal 46 Sem Sinal), TV Senado (Canal 52 sem sinal), Record News (Canal 19) a CNT (Canal 43) a Rede Genesis (Canal 41), e a Rede Mundial (Canal 29 Sem Sinal) todos estes canais como retransmissoras.

A TV Assembleia RN esta transmitindo apenas no canal 51.3 Digital, e a TV Câmara esta transmitindo no canal 50 analogico e 51.1 digital

Década de 2010[editar | editar código-fonte]

A portaria 09/2011 do Ministério das Comunicações abriu licitação para o canal 14 educativo digital para Natal

Em 2012, Mossoró ganha seu primeiro canal de tv comercial local, a InterTV Costa Branca, pelo canal 18 desligando assim o sinal da InterTV Cabugi para a região Oeste, Macau e adjacências. A emissora só entrou no ar em 2015.

A Rede Meio Norte como faz em alguns estados brasileiros aluga 100% do seu horário a Igreja Mundial do Poder de Deus. O canal 29 tem a programação da Rede Mundial Mas está Sem Sinal.

No dia 1º de setembro de 2015 A TVCI, passou a se chamar RCI, passando a retransmitir a TV Evangelizar. O motivo da mudança de nome foi pelo fato da emissora ter rapidamente cobrido parte do território nacional, isso fez comque ela se transformasse (de TV para rede).

Em 2016, A TV Gazeta chegou no Rio Grande do Norte através de TV por assinatura com o nome de TV Gazeta RN e a primeira TV pela internet a TV Grande Natal, idealizada por Kleber M. de Jesus com programação variada e local, exclusivamente popular.

Em 6 de Fevereiro de 2017 entra no ar pelo canal 23.1 Digital, a TV Metropolitano de Natal está trazendo imagem da RBTV.

A TV Feliz deixou no dia 27 de fevereiro de 2017, de ser afiliada a RedeTV!, passando a ter uma programação evangélica. A RedeTV! voltará a Natal no canal 40.1 (em implantação).

No dia 17 de março de 2017 o Padre Eduardo Dougherty, S.J., fundador da Associação do Senhor Jesus e idealizador da Rede Século 21, anunciou durante a programação, que se fez necessária a interrupção da parceria com a RCI. Eduardo Dougherty explicou que a parceria gerou um grande crescimento, porém com um custo muito alto e não foi possível cobrir os valores mensais do contrato. A transmissão da Rede Século 21 na RCI foi encerrada em 19 de março de 2017. No mesmo dia, foi substituída pela Rede Mundial, esta tendo sua segunda passagem pela RCI.

Em 21 de março de 2017, a Ideal TV passou a retransmitir a programação da TV Universal, controlada pela Igreja Universal do Reino de Deus, no lugar da programação da Rede Mundial, da igreja homônima liderada por Valdemiro Santiago. A retransmissão da programação da Rede Mundial pela Ideal TV foi encerrada a meia-noite do mesmo dia (No dia 30/05/2018, o sinal analógico será desligado).

Em 30 de outubro de 2017, estreou em Natal a nossa afiliada da TV Cultura de São Paulo, chamado de TV Futuro.

No dia 30 de maio de 2018, o sinal analógico de TV foi desligado em Natal, funcionando apenas o sinal digital.

Ver também[editar | editar código-fonte]