Telltale Games

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2018). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Telltale Games, Inc.
Telltale Games logo.png
Privada
Atividade Indústria de Videogames
Fundação Junho de 2004
Encerramento 23 de setembro de 2018
Sede Califórnia,  Estados Unidos
Pessoas-chave Dan Connors
Kevin Bruner
Troy Molander
Empregados 25
Produtos Jogos eletrônicos
Website oficial www.telltalegames.com

Telltale Games foi uma empresa de edições digitais, fundada em Junho de 2004 como Telltale, Incorporated. Com sede na California, EUA, o estúdio contava com designers que trabalharam pela LucasArts. Seu modelo de negócios gira em torno de games e distribuição digital,[1] e é mais conhecida por seus diversos jogos de aventura baseados em filmes e séries.

Muitos dos jogos desenvolvidos pela Telltale são lançados por episódios. Estes episódios, lançados juntos em uma temporada, são lançados periodicamente, muitas vezes cerca de metade ou menos um ano após o lançamento oficial. Títulos notáveis ​​da Telltale incluem adaptações de filmes, jogos e séries como Sam & Max, Homestar Runner, Monkey Island, De Volta Para o Futuro, The Walking Dead, Game of Thrones, The Wolf Among Us, Tales From The Borderlands, um spin off do jogo Borderlands, Jurassic Park e Minecraft: Story Mode, que é um spin off do jogo Minecraft, e Batman: A Telltale Game Series.

História[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Telltale Games foi fundada por Dan Connors, Kevin Bruner e Troy Molander um grupo de ex-funcionários da empresa LucasArts que estavam trabalhando em Sam & Max: Freelance Police, uma sequela do jogo de 1993 Sam & Max Hit the Road, antes de seu cancelamento em 03 de março de 2004 . Telltale Games foi formada com a assistência do advogado de tecnologia Ira P. Rothken que forneceu o capital inicial, fazendo acordos envolvendo Bone, Sam & Max, GameTap, Ubisoft, e outros que levaram à receita inicial, comercialização, e desenvolvimento do núcleo tecnologia de jogos episódicos.

Falência

Em Setembro de 2018, a produtora declarou falência, deixando apenas 25 empregados para terminar o projeto que tinha com a Netflix, Minecraft: Story Mode, cancelando assim, títulos como: The Wolf Among Us Season 2 e Stranger Things, deixando The Walking Dead The Final Season Episode 3 and 4 serem finalizados pela Skybound, que está usando os funcionários que criaram o jogo para terminar o projeto original.

A empresa já estava com problemas financeiros há muito tempo, despedindo 90 empregados em 2017. O CEO da Telltale Games diz que The Walking Dead Season 1, foi o único jogo que realmente deu lucro à Telltale.

Referências

  1. «GameCyte - The Telltale Art: Heads of Tales». Consultado em 20 de abril de 2013. Arquivado do original em 11 de fevereiro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.