Telureto de mercúrio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Telureto de mercúrio é um material descoberto em 2015 capaz de substituir o silício, sendo talvez até mesmo melhor que o grafeno (sucessor atual do silício). Sua configuração física é parecida com a do grafeno, favos de mel, mas com cristais de mercúrio e telúrio no lugar do carbono. A pesquisa, elaborada por uma equipe de Utrecht (Holanda), foi publicada na revista Nature.[1][2]

Referências

  1. «Brasileira descobre possível substituto do silício». Olhar Digital. 25 de março de 2015. Consultado em 29 de março de 2015 
  2. «Brasileira descobre material que pode substituir o silício e ser mais eficiente que o grafeno». Info. 24 de março de 2015. Consultado em 29 de março de 2015