Tembetá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tembetá (do tupi antigo (e)mbetara ou (e)metara), também chamado de tametara, metara e pedra de beiço, é o nome dado ao objeto duro e inflexível que os índios brasileiros têm o costume de enfiar em um furo artificial feito no lábio inferior. Tem o formato alongado, diferentemente do botoque, que tem o formato circular.[1][2]

Gravura do século XVI mostrando o líder tamoio Cunhambebe portando um tembetá no lábio inferior

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. 2ª edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 659.
  2. NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigoː a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 97.
Ícone de esboço Este artigo sobre cultura indígena do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.