Templo de Albuquerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Templo de Albuquerque
Templo de Albuquerque
Início da construção 1995
Fim da construção 2 de novembro de 1997 (21 anos)
Religião A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Geografia
País  Estados Unidos
Região  Novo México
Local Albuquerque

O Templo de Alburquerque, no Novo México é um templo de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. É o 73º templo mórmon no mundo e o único no Novo México.

História[editar | editar código-fonte]

Os Santos dos Últimos Dias adquiriram o terreno para a construção de um templo no Novo México em uma cerimônia especial realizada na cidade de Albuquerque em 20 de Junho de 1998. Cerca de 6.500 integrantes da Igreja, além de representantes do governo, participaram do evento que tinha um coral juvenil com 600 vozes.

Durante os 10 dias de casa aberta cerca de 70.000 pessoas visitaram o Templo de Albuquerque. Gordon B. Hinckley dedicou o templo em 5 de março de 2000. Durante a oração dedicatória,Hinckley expressou sua esperança de que o novo templo traria novos convertidos às famílias mórmons que viviam no estado.

O Templo de Albuquerque atende cerca de 55.000 membros em Novo México e em partes da fronteira com o Arizona e Colorado. Situa-se em 8,5 hectares (34.000 m²) na região nordeste da cidade. O exterior do templo é feito com Desert Rose, concreto pré-fabricado e aparado no Texas, além de granito pérola. Uma estátua de ouro do Anjo Morôni lidera a única torre. O templo tem um total de 34.245 metros quadrados (3,181.5 m²), duas salas de ordenanças e três salas de selamento.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um Templo mórmon, integrado ao Projeto Santos dos Últimos Dias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.