Temporada de Fórmula E de 2018–19

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fórmula E de 2018–19
Anterior: 2017–18 Posterior: 2019–20

A temporada de Fórmula E de 2018–19 foi a quinta temporada do Campeonato de Fórmula E da FIA, um campeonato de automobilismo para veículos elétricos reconhecido pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), como a categoria mais alta entre as competições de monopostos elétricos. Teve início no dia 15 de dezembro de 2018 no inédito ePrix de Al-Diriyah (Arábia Saudita) e terminou na corrida dupla de Nova Iorque (Estados Unidos) em 14 de julho de 2019.

Depois de um ciclo de quatro temporadas, o anterior chassi da Fórmula E, o Spark-Renault SRT_01E, que foi usado pelo campeonato desde a sua temporada inaugural, foi substituído por um novo.[1] O novo chassi, que também foi desenvolvido pela Spark Racing Technology, é conhecido como Spark SRT05e e evita o design convencional de ter uma asa traseira em favor da incorporação de elementos aerodinâmicos no chassi e no assoalho, que apresenta avanços tecnológicos significativos sobre o anterior chassi Spark-Renault SRT_01E — com potência de 200kW a 250kW e velocidades máximas que chegam a 280km/h (174mph). A chegada do carro Gen2 também marcou o fim da troca de carros durante a corrida.[2]

Jean-Éric Vergne iniciou a temporada defendendo o título de campeão de pilotos depois de garantir sua primeira conquista na primeira corrida do ePrix de Nova Iorque de 2018.[3] A Audi Sport ABT Schaeffler, começou a temporada como a equipe campeã, tendo conquistado seu primeiro título na segunda corrida do mesmo evento.[4]

O piloto da DS Techeetah, Jean-Éric Vergne, tornou-se o primeiro piloto a defender o título com sucesso na categoria, sagrando-se campeão com 136 pontos,[5] superando Sébastien Buemi e Lucas Di Grassi. A DS Techeetah venceu o seu primeiro Campeonato de Equipes, derrotando a Audi Sport ABT Schaeffler por uma margem de dezenove pontos.[6]

Pilotos e equipes[editar | editar código-fonte]

Os três primeiros colocados da temporada de 2018–19:

Campeão Vice-campeão Terceiro lugar
Jean-Eric Vergne 2016.jpg Sébastien Buemi.JPG Di Grassi at the 2017 Berlin ePrix.jpg
FrançaJean-Éric Vergne Reino UnidoSébastien Buemi BrasilLucas Di Grassi
ChinaDS Techeetah FrançaNissan e.dams AlemanhaAudi Sport ABT Schaeffler

Os seguintes pilotos e equipes participaram do Campeonato de Fórmula E da FIA de 2018–19:

Equipe Fabricante Trem de força Pilotos Etapas
Alemanha Audi Sport ABT Schaeffler Formula E Team SparkAudi Audi e-tron FE05[7] 11 Brasil Lucas Di Grassi[8] Todas
66 Alemanha Daniel Abt[9] Todas
Estados Unidos BMW i Andretti Motorsport[10][nota 1] SparkBMW[12] BMW iFE.18[13] 27 Reino Unido Alexander Sims[14] Todas
28 Portugal António Félix da Costa[14] Todas
China DS Techeetah SparkDS[15][16] DS E-Tense FE 19[16] 18 Alemanha André Lotterer[17] Todas
25 França Jean-Éric Vergne[18] Todas
Reino Unido Envision Virgin Racing SparkAudi[19] Audi e-tron FE05[7] 2 Reino Unido Sam Bird[20] Todas
4 Países Baixos Robin Frijns[21] Todas
Estados Unidos Geox Dragon SparkPenske Penske EV-3 6 Alemanha Maximilian Günther[22][23] 1–3, 7–13
Brasil Felipe Nasr[24] 4–6
7 Argentina José María López[25] Todas
Alemanha HWA Racelab[26] SparkVenturi Venturi VFE05[27] 5 Bélgica Stoffel Vandoorne[28] Todas
17 Reino Unido Gary Paffett[29] Todas
Índia Mahindra Racing SparkMahindra Mahindra M5Electro 64 Bélgica Jérôme d'Ambrosio[30] Todas
94 Suécia Felix Rosenqvist[31] 1
Alemanha Pascal Wehrlein[30] 2–13
Reino Unido NIO Formula E Team SparkNIO NIO Sport 004[32] 8 França Tom Dillmann[33] Todas
16 Reino Unido Oliver Turvey[33] Todas
França Nissan e.dams[10] SparkNissan[34] Nissan IM01 22 Reino Unido Oliver Rowland[35] Todas
23 Suíça Sébastien Buemi[36] Todas
Reino Unido Panasonic Jaguar Racing SparkJaguar Jaguar I-Type III[37] 3 Brasil Nelson Piquet Jr.[38] 1–6
Reino Unido Alex Lynn[39] 7–13
20 Nova Zelândia Mitch Evans[38] Todas
Mónaco Venturi Formula E Team SparkVenturi Venturi VFE05[40] 19 Brasil Felipe Massa[41] Todas
48 Suíça Edoardo Mortara[42] Todas
Fontes:[43][44]

Mudanças nas equipes[editar | editar código-fonte]

Mudanças no regulamento[editar | editar código-fonte]

  • As equipes passaram a ter permissão para usar apenas um carro por corrida, o que significa que a carga da bateria tem que durar a corrida completa em vez de metade da distância.[49]
  • A potência máxima dos carros aumentou para 250KW.[50]

Calendário[editar | editar código-fonte]

As seguintes corridas foram realizadas como parte do Campeonato de Fórmula E de 2018–19:

Corrida ePrix País Circuito Data
1 ePrix de Al-Diriyah Arábia Saudita Arábia Saudita Circuito Urbano de Riade[51] 15 de dezembro de 2018
2 ePrix de Marraquexe  Marrocos Circuito Internacional de Automóveis Moulay El Hassan 12 de janeiro de 2019
3 ePrix de Santiago  Chile Circuito do Parque O’Higgins[52] 26 de janeiro de 2019
4 ePrix da Cidade do México  México Autódromo Hermanos Rodríguez 16 de fevereiro de 2019
5 ePrix de Hong Kong  Hong Kong Circuito Harbourfront Central de Hong Kong 10 de março de 2019
6 ePrix de Sanya  China Circuito da baía de Haitang 23 de março de 2019
7 ePrix de Roma  Itália Circuto Cittadino dell’EUR 13 de abril de 2019
8 ePrix de Paris  França Circuit des Invalides 27 de abril de 2019
9 ePrix de Mônaco Mónaco Mônaco Circuito de Mônaco 11 de maio de 2019
10 ePrix de Berlim  Alemanha Circuito do Aeroporto Tempelhof 25 de maio de 2019
11 ePrix da Suíça[53][54] Suíça Circuito Urbano de Berna 22 de junho de 2019
12 ePrix de Nova Iorque corrida 1  Estados Unidos Circuito Urbano do Brooklyn 13 de julho de 2019
13 ePrix de Nova Iorque corrida 2 14 de julho de 2019
Fontes:[55][56][57]

Mudanças no calendário[editar | editar código-fonte]

  • O campeonato iria ser disputado pela primeira vez em São Paulo. A corrida foi originalmente incluída no calendário da temporada de 2017-18 da Fórmula E, antes de ser adiada por um ano e substituída pelo ePrix de Punta del Este.[58] No entanto, a corrida de São Paulo não foi incluída no calendário provisório publicado em junho de 2018 e a corrida de Punta del Este foi retirada do cronograma.[57]
  • O ePrix de Santiago mudou sua localização do Parque Florestal para um circuito sob medida no Parque O'Higgins. A mudança foi feita após reclamações dos moradores do Barrio Lastarria, que argumentaram contra o layout original da pista de 2017–18.[60]
  • Um novo ePrix na China foi adicionado ao calendário, com a cidade resort de Sanya, localizada na província de Ainão, sendo selecionada como o local.[61] A categoria já havia corrido em Pequim.[62]
  • O evento da Suíça foi transferido de Zurique para Berna depois que as autoridades da cidade expressaram preocupação com a capacidade da infraestrutura da cidade para lidar com uma série de eventos de grande escala em rápida sucessão. Os organizadores têm a opção de retornar a Zurique em temporadas futuras.[65]

Resultados e classificações[editar | editar código-fonte]

ePrix[editar | editar código-fonte]

Etapa Corrida Pole position Volta mais rápida Vencedor Equipe Descrição
1 Arábia Saudita Al-Diriyah Portugal António Félix da Costa Alemanha André Lotterer Portugal António Félix da Costa Reino Unido BMW i Andretti Motorsport[nota 1] Descrição
2 Marrocos Marraquexe Reino Unido Sam Bird Brasil Lucas Di Grassi Bélgica Jérôme d'Ambrosio Índia Mahindra Racing Descrição
3 Chile Santiago Suíça Sébastien Buemi[nota 2] Alemanha Daniel Abt Reino Unido Sam Bird Reino Unido Envision Virgin Racing Descrição
4 México Cidade do México Alemanha Pascal Wehrlein Alemanha Pascal Wehrlein Brasil Lucas Di Grassi Alemanha Audi Sport ABT Schaeffler Formula E Team Descrição
5 Hong Kong Hong Kong Bélgica Stoffel Vandoorne Alemanha André Lotterer[nota 3] Suíça Edoardo Mortara[nota 4] Mónaco Venturi Formula E Team Descrição
6 China Sanya Reino Unido Oliver Rowland França Jean-Éric Vergne França Jean-Éric Vergne China DS Techeetah Descrição
7 Itália Roma Alemanha André Lotterer França Jean-Éric Vergne[nota 5] Nova Zelândia Mitch Evans Reino Unido Panasonic Jaguar Racing Descrição
8 França Paris Reino Unido Oliver Rowland[nota 6] França Tom Dillmann[nota 7] Países Baixos Robin Frijns Reino Unido Envision Virgin Racing Descrição
9 Mónaco Mônaco Reino Unido Oliver Rowland[nota 8] Alemanha Pascal Wehrlein França Jean-Éric Vergne China DS Techeetah Descrição
10 Alemanha Berlim Suíça Sébastien Buemi Brasil Lucas Di Grassi Brasil Lucas Di Grassi Alemanha Audi Sport ABT Schaeffler Formula E Team Descrição
11 Suíça Berna França Jean-Éric Vergne Portugal António Félix da Costa[nota 9] França Jean-Éric Vergne China DS Techeetah Descrição
12 Estados Unidos Nova Iorque Suíça Sébastien Buemi França Jean-Éric Vergne[nota 10] Suíça Sébastien Buemi França Nissan e.dams Descrição
13 Reino Unido Alexander Sims Alemanha Daniel Abt Países Baixos Robin Frijns Reino Unido Envision Virgin Racing

Sistema de pontuação[editar | editar código-fonte]

Os pontos eram concedidos para os dez primeiros colocados em cada corrida, para o pole position e, também, para o piloto, entre os dez primeiros, que marcava a volta mais rápida, usando o seguinte sistema:

10º P V
25 18 15 12 10 8 6 4 2 1 3 1

Classificação do Campeonato de Pilotos[editar | editar código-fonte]

Pos. Piloto ADR
Arábia Saudita
MAR
Marrocos
SAN
Chile
MEX
México
HKG
Hong Kong
SNY
China
ROM
Itália
PAR
França
MON
Mónaco
BER
Alemanha
SUI
Suíça
NIQ
Estados Unidos
Pts
1 França Jean-Éric Vergne 2 5 Ret 13 13 1 14 6 1 3 1 15 7 136
2 Suíça Sébastien Buemi 6 8* Ret* 21†* Ret* 8* 5* 15* 5* 2* 3* 1* 3* 119
3 Brasil Lucas Di Grassi 9* 7 12 1* 2 15†* 7* 4 Ret 1 9* 5* 18†* 108
4 Países Baixos Robin Frijns 12 2 5 11 3 14† 4 1 17† 13 Ret Ret 1 106
5 Nova Zelândia Mitch Evans 4 9 6 7 7 9 1 16 6 12 2 2 17 105
6 Portugal António Félix da Costa 1* Ret* Ret* 2* 10* 3* 9* 7* DSQ* 4* 12* 3* 9* 99
7 Alemanha Daniel Abt 8* 10 3* 10* 4* 5* 18†* 3* 15* 6* 6* 6* 5* 95
8 Alemanha André Lotterer 5 6 13 5 14 4 2 2 7 Ret 14 17 Ret 86
9 Reino Unido Sam Bird 11 3 1 9 6 Ret 11 11 16† 9 4 8 4 85
10 Reino Unido Oliver Rowland 7 15 Ret 20† Ret 2 6 12 2 8 Ret 14 6 71
11 Bélgica Jérôme d'Ambrosio 3 1 10* 4 Ret 6 8 17† 11 17 13 9 11 67
12 Alemanha Pascal Wehrlein Ret* 2 6 Ret* 7 10 10 4 10 Ret 7 12 58
13 Reino Unido Alexander Sims 18 4 7 14 Ret Ret 17 Ret 13 7 11 4 2 57
14 Suíça Edoardo Mortara 19 13 4 3 1 13 Ret Ret Ret 11 Ret Ret Ret 52
15 Brasil Felipe Massa 17* 18* Ret 8 5 10 Ret 9* 3 15* 8 16† 15 36
16 Bélgica Stoffel Vandoorne 16* Ret* Ret* 18* Ret* Ret* 3* Ret* 9* 5* 10* 13* 8* 35
17 Alemanha Maximilian Günther 15 12 Ret 19† 5 Ret 14 5 Ret 19 20
18 Reino Unido Alex Lynn 12 Ret 8 Ret 7 Ret 16 10
19 Reino Unido Gary Paffett Ret Ret 14 16 8 Ret Ret 8 12 16 17 11 10 9
20 Reino Unido Oliver Turvey 13 16 8 12 9 11 13 14 Ret 18 16 10 13 7
21 Argentina José María López Ret 11 9 17 11 Ret 16 13 10* 20 DSQ 12 Ret 3
22 Brasil Nelson Piquet Jr. 10 14 11 Ret Ret Ret 1
23 França Tom Dillmann 14 17 Ret 15 12 12 15 Ret 14 19 15 Ret 14 0
24 Brasil Felipe Nasr 19 Ret Ret 0
25 Suécia Felix Rosenqvist Ret 0
Pos. Piloto ADR
Arábia Saudita
MAR
Marrocos
SAN
Chile
MEX
México
HKG
Hong Kong
SNY
China
ROM
Itália
PAR
França
MON
Mónaco
BER
Alemanha
SUI
Suíça
NIQ
Estados Unidos
Pts
Cor Resultado
Ouro Vencedor
Prata 2º lugar
Bronze 3º lugar
Verde Terminou, nos pontos
Azul Terminou, sem pontos
Terminou, sem classificar (NC)
Púrpura Retirou-se (Ret)
Vermelho Não qualificado (NQ)
Não pré-qualificado (NPQ)
Preto Desqualificado (DSQ)
Branco Não largou (NL)
Desistência (WD)
Corrida cancelada (C)
Sem cor Não participou
(NP)
Excluído
(EX)

Negrito – Pole position
Itálico – Volta mais rápida

* – FanBoost

† – O piloto não terminou o ePrix, mas foi classificado por ter completado mais de 90% da distância da corrida.

Classificação do Campeonato de Equipes[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipe No. ADR
Arábia Saudita
MAR
Marrocos
SAN
Chile
MEX
México
HKG
Hong Kong
SNY
China
ROM
Itália
PAR
França
MON
Mónaco
BER
Alemanha
SUI
Suíça
NIQ
Estados Unidos
Pts
1 China DS Techeetah 25 2 5 Ret 13 13 1 14 6 1 3 1 15 7 222
36 5 6 13 5 14 4 2 2 7 Ret 14 17 Ret
2 Alemanha Audi Sport ABT Schaeffler Formula E Team 11 9 7 12 1 2 15† 7 4 Ret 1 9 5 18† 203
66 8 10 3 10 4 5 18† 3 15 6 6 6 5
3 Reino Unido Envision Virgin Racing 2 11 3 1 9 6 Ret 11 11 16† 9 4 8 4 191
4 12 2 5 11 3 14† 4 1 17† 13 Ret Ret 1
4 França Nissan e.dams 22 7 15 Ret 20† Ret 2 6 12 2 8 Ret 14 6 190
23 6 8 Ret 21† Ret 8 5 15 5 2 3 1 3
5 Estados Unidos BMW i Andretti Motorsport 27 18 4 7 14 Ret Ret 17 Ret 13 7 11 4 2 156
28 1 Ret Ret 2 10 3 9 7 DSQ 4 12 3 9
6 Índia Mahindra Racing 64 3 1 10 4 Ret 6 8 17† 11 17 13 9 11 125
94 Ret Ret 2 6 Ret 7 10 10 4 10 Ret 7 12
7 Reino Unido Panasonic Jaguar Racing 3 10 14 11 Ret Ret Ret 12 Ret 8 Ret 7 Ret 16 116
20 4 9 6 7 7 9 1 16 6 12 2 2 17
8 Mónaco Venturi Formula E Team 19 17 18 Ret 8 5 10 Ret 9 3 15 8 16† 15 88
48 19 13 4 3 1 13 Ret Ret Ret 11 Ret Ret Ret
9 Alemanha HWA Racelab 5 16 Ret Ret 18 Ret Ret 3 Ret 9 5 10 13 8 44
17 Ret Ret 14 16 8 Ret Ret 8 12 16 17 11 10
10 Estados Unidos Geox Dragon 6 15 12 Ret 19 Ret Ret 19† 5 Ret 14 5 Ret 19 23
7 Ret 11 9 17 11 Ret 16 13 10 20 DSQ 12 Ret
11 Reino Unido NIO Formula E Team 8 14 17 Ret 15 12 12 15 Ret 14 19 15 Ret 14 7
16 13 16 8 12 9 11 13 14 Ret 18 16 10 13
Pos. Equipe No. ADR
Arábia Saudita
MAR
Marrocos
SAN
Chile
MEX
México
HKG
Hong Kong
SNY
China
ROM
Itália
PAR
França
MON
Mónaco
BER
Alemanha
SUI
Suíça
NIQ
Estados Unidos
Pts
Cor Resultado
Ouro Vencedor
Prata 2º lugar
Bronze 3º lugar
Verde Terminou, nos pontos
Azul Terminou, sem pontos
Terminou, sem classificar (NC)
Púrpura Retirou-se (Ret)
Vermelho Não qualificado (NQ)
Não pré-qualificado (NPQ)
Preto Desqualificado (DSQ)
Branco Não largou (NL)
Desistência (WD)
Corrida cancelada (C)
Sem cor Não participou
(NP)
Excluído
(EX)

Negrito – Pole position
Itálico – Volta mais rápida

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. a b A BMW i Andretti Motorsport competiu em Riade sob uma licença britânica.[11]
  2. Lucas Di Grassi marcou o tempo mais rápido, mas foi excluído por violação de direção.
  3. O ponto de volta mais rápida foi concedido para Sam Bird devido Lotterer não ter terminado dentro do top 10.
  4. Sam Bird e a Envision Virgin Racing foram os primeiros vencedores, mas foram penalizados em 5 segundos por causar uma colisão.
  5. O ponto de volta mais rápida foi concedido para Sebastien Buemi devido Vergne não ter terminado dentro do top 10.
  6. Pascal Wehrlein definiu o tempo mais rápido, mas foi excluído devido uma infração técnica.
  7. O ponto de volta mais rápida foi concedido para Robin Frijns devido Dillmann não ter terminado dentro do top 10.
  8. Oliver Rowland marcou o melhor tempo e recebeu três pontos pela pole e pelo position prêmio, mas teve uma penalidade de três pontos por colidir com Alexander Sims no ePrix de Paris. Portanto, ele começou em quarto lugar, enquanto Jean-Éric Vergne começou na pole.
  9. O ponto de volta mais rápida foi concedido para Sam Bird devido Costa não ter terminado dentro do top 10.
  10. O ponto de volta mais rápida foi concedido para Daniel Abt devido Vergne não ter terminado dentro do top 10.

Referências

  1. «Di Grassi: new FE cars to look 'massively different'». Speedcafe. 16 de agosto de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  2. «Formula E unveils new 'Gen 2' car for Season 5». Crash (em inglês). 30 de janeiro de 2018. Consultado em 17 de julho de 2018 
  3. «Vergne garante título da Fórmula E em corrida vencida por Lucas Di Grassi». Gazeta esportiva. Consultado em 17 de julho de 2018 
  4. «Números da ABB Fórmula E: Di Grassi com 27 pódios e 8 vitórias na história». F1 Mania. Consultado em 17 de julho de 2018 
  5. «Vergne administra vantagem em Nova York e garante bicampeonato da Fórmula E». Motorsport.com. Consultado em 16 de julho de 2019 
  6. «Bi de Vergne sela título de Equipes para DS Techeetah. Confira classificação final». Grande Prêmio. Consultado em 16 de julho de 2019 
  7. a b «Formel E 2018/19: Virgin bezieht Antriebsstrang von Audi» (em alemão). Motorsport-Total.com. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  8. «Di Grassi reveals long Audi Formula E deal and past Renault talks». Autosport. 28 de setembro de 2017. Consultado em 29 de setembro de 2017 
  9. «Audi mantém Di Grassi e Abt para próxima temporada da F-E». Motorsport.com. 9 de junho de 2018. Consultado em 9 de junho de 2018 
  10. a b «2018 - 2019 FIA FORMULA E CHAMPIONSHIP Marrakesh E-Prix - Official Entry List» (PDF). Consultado em 13 de janeiro de 2019 
  11. «2018 - 2019 FIA FORMULA E CHAMPIONSHIP Ad Diriyah E-Prix - Official Entry List» (PDF). Consultado em 23 de dezembro de 2018 
  12. «BMW confirms Season 5 entry to Formula E – Formula E» (em inglês). fiaformulae.com. Consultado em 10 de agosto de 2017 
  13. «BMW apresenta seu primeiro carro de Fórmula E». Motorsport.com. 14 de setembro de 2018. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  14. a b Smith, Topher (14 de setembro de 2018). «BMW unveils iFE.18; announces da Costa and Sims». e-racing.net. Consultado em 14 de setembro de 2018 
  15. a b «Vergne, Lotterer to Test DS Performance Gen 2 Car – e-racing365» (em inglês). Consultado em 17 de junho de 2018 
  16. a b c «Techeetah anuncia parceria com DS na Fórmula E». Motorsport.com. Consultado em 24 de julho de 2018 
  17. Bluhm, Tobias (2 de maio de 2018). «Exklusiv: Andre Lotterer bestätigt Techeetah-Vertrag für 5. Formel-E-Saison». e-Formel.de. Consultado em 15 de maio de 2018 
  18. «Techeetah revela carro para temporada 2018/19 da Fórmula E». Motorsport.com. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  19. «Virgin Racing team up with Audi Sport». Virgin. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  20. Timo, Pape (26 de julho de 2018). «Sam Bird schlägt BMW-Angebot aus und bleibt wohl bei Virgin Racing». e-Formel.de. e-Formel.de. Consultado em 28 de julho de 2018 
  21. Kilshaw, Jake (5 de outubro de 2018). «Frijns Confirmed Alongside Bird at Envision Virgin». e-racing365.com. Consultado em 5 de outubro de 2018 
  22. Smith, Sam (7 de novembro de 2018). «Guenther to Join Lopez at Dragon». e-racing365.com. Consultado em 9 de novembro de 2018 
  23. «Por conflito de datas com SportsCar, Nasr dá lugar a Günther na Dragon no eP de Roma». Grande Prêmio. 26 de março de 2019. Consultado em 26 de março de 2019 
  24. «Nasr se junta a Massa, Nelsinho e Di Grassi na temporada 2018/2019 da Fórmula E». Globoesporte.com. 5 de fevereiro de 2019. Consultado em 5 de fevereiro de 2019 
  25. Smith, Sam (10 de outubro de 2018). «Dragon Confirms Lopez Return». e-racing365.com. Consultado em 11 de outubro de 2018 
  26. a b «HWA AG join the Formula E grid for Season 5». fiaformulae.com. 9 de maio de 2018. Consultado em 15 de maio de 2018 
  27. «Equipe HWA anuncia Paffett para temporada da F-E» 
  28. Smith, Sam (15 de outubro de 2018). «Vandoorne Confirmed at HWA Racelab». e-racing365.com. Consultado em 15 de outubro de 2018 
  29. «Paffett to drive for HWA Racelab – Formula E». www.fiaformulae.com (em inglês). Consultado em 8 de outubro de 2018 
  30. a b «Mahindra Racing Announces All-New Driver Line-Up For 2018/19 ABB FIA Formula E Championship And Revelas M5ELECTRO Livery». Consultado em 16 de outubro de 2018 
  31. «Rosenqvist returns to Mahindra for Saudi season opener». FIA Formula E (em inglês). Consultado em 20 de dezembro de 2018 
  32. «Tom Dillmann, Oliver Turvey, NIO Formula E Team launch at NIO Formula E Team launch». www.motorsport.com (em inglês). Consultado em 9 de outubro de 2018 
  33. a b Hine, Nathan (9 de outubro de 2018). «NIO SIGN DILLMANN AND TURVEY FOR 2018-19 FORMULA E CAMPAIGN». thecheckeredflag.co.uk. The Checkered Flag. Consultado em 9 de outubro de 2018 
  34. a b Baldwin, Alan (25 de outubro de 2017). «Nissan to replace Renault in Formula E». reuters.com. Reuters. Consultado em 7 de novembro de 2017 
  35. «Nissan e.dams confirms driver lineup for Formula E championship». 30 de novembro de 2018. Consultado em 30 de novembro de 2018 
  36. «Renault e.dams re-signs Buemi and Prost – Formula E» (em inglês). www.fiaformulae.com. Consultado em 10 de agosto de 2017 
  37. «Panasonic Jaguar Racing revela o conceito Jaguar I-TYPE 3». F1 Mania. 23 de junho de 2018. Consultado em 9 de abril de 2018 
  38. a b «Evans e Piquet Jr. permanecem na Jaguar Racing para a nova temporada da FE». F1 Mania. 23 de junho de 2018. Consultado em 21 de junho de 2018 
  39. «Após fim do acordo com Piquet, Jaguar confirma Lynn como substituto para restante da temporada». Grande Prêmio. 28 de março de 2019. Consultado em 28 de março de 2019 
  40. «Felipe Massa joins Venturi driver line up for Season 5». fiaformulae.com. 15 de maio de 2018. Consultado em 2 de junho de 2018 
  41. «Massa confirma entrada na Fórmula E na próxima temporad». Terra. 15 de maio de 2018. Consultado em 15 de maio de 2018 
  42. Smith, Sam (11 de setembro de 2018). «Venturi Retains Mortara, Completes Season Five Lineup». www.e-racing365.com (em inglês). Consultado em 14 de setembro de 2018 
  43. «11 teams set to compete in fifth season Formula E» (em inglês). Fórmula E. Consultado em 30 de agosto de 2018 
  44. «Nine manufacturers homologated for Season 5» (em inglês). Fórmula E. Consultado em 30 de agosto de 2018 
  45. «BMW entra na F-E como equipe na quinta temporada» (em inglês). motorsport.com. Consultado em 31 de julho de 2017 
  46. «BMW confirms Season 5 entry to Formula E – Formula E» (em inglês). fiaformulae.com. Consultado em 31 de julho de 2017 
  47. Speedcafe (25 de outubro de 2017). «Nissan to enter Formula E». Consultado em 7 de novembro de 2017 
  48. «Virgin Racing será cliente da Audi e usará o 'e-tron FE05' por três temporadas». F1 Mania. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  49. «FIA FORMULA E CHAMPIONSHIP – NINE MANUFACTURERS HOMOLOGATED FOR THE 2018-19 SEASON» (em inglês). FIA. 21 de março de 2017. Consultado em 10 de agosto de 2017 
  50. «Future power increase plans revealed – Formula E» (em inglês). www.fiaformulae.com. Consultado em 10 de agosto de 2017 
  51. a b «Formula E reveals 10-year deal to race in Saudi Arabia from 2018/19». Autosport. 17 de maio de 2018. Consultado em 17 de maio de 2018 
  52. «Santiago Formula E race changes location, layout» (em inglês) 
  53. «Michelin Keys to the Race: Bern». e-racing365. 20 de junho de 2019. Consultado em 17 de julho de 2019 
  54. «2019 Julius Baer Swiss E-Prix». Formula E. Consultado em 17 de julho de 2019 
  55. «Formula E: Bern completes Formula E's 2018/19 calendar». Motorsport Week. 12 de outubro de 2018. Consultado em 12 de outubro de 2018 
  56. «F-E anuncia calendário com 13 provas para próxima temporada». Motorsport.com. 7 de junho de 2018. Consultado em 7 de junho de 2018 
  57. a b «No London return but Chile on 2017/18 Formula E calendar». Autosport. Consultado em 17 de junho de 2018 
  58. «Formula E returns to Punta del Este – Formula E». www.fiaformulae.com (em inglês). Consultado em 6 de dezembro de 2017 
  59. «Riade fecha acordo de dez anos para receber a Fórmula E». Motorsport.com. 17 de maio de 2018. Consultado em 17 de maio de 2018 
  60. «Santiago Formula E race changes location, layout» (em inglês) 
  61. «ePrix de Sanya: Fórmula E confirma local paradisíaco em seu retorno à China». F1 Mania. 3 de julho de 2018. Consultado em 5 de julho de 2018 
  62. «Sanya joins season five Formula E calendar». Motorsport.com. Consultado em 5 de julho de 2018 
  63. Smith, Sam (2 de março de 2018). «Full Monaco Grand Prix Circuit to Be Used in 2019». www.e-racing365.com (em inglês). Consultado em 11 de abril de 2018 
  64. «Fórmula E deve abandonar plano de usar circuito completo de Mônaco» 
  65. «Bern Formula E move rubber-stamped by FIA» (em inglês)