Temporada do Clube de Regatas do Flamengo de 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Clube de Regatas do Flamengo
Temporada 2021
Treinador Maurício Souza (interino)
Presidente Rodolfo Landim
Federação FERJ
Confederação CBF
Patrocínio
Material Adidas
Posição final
Jogos 71 (45 vitórias, 15 empates, 11 derrotas)
Saldo de gols 88 (153 gols marcados e 65 gols sofridos)
Artilheiro Gabi (33 gols)
Cartões 161 Penalizado com cartão amarelo (2,3 por partida) • 7 Expulso (0,1 por partida)
◄◄ Rio de Janeiro 2020 Futebol 2022 Rio de Janeiro ►►
editar

O Clube de Regatas do Flamengo em 2021 está disputando o Série A do Campeonato Brasileiro. Disputou a Supercopa do Brasil, o Campeonato Carioca e a Taça Guanabara, que nesta edição foi o único turno do Carioca. Foi campeão das três competições. Disputou também a Copa do Brasil e foi eliminado nas semifinais. Na Copa Libertadores da América, perdeu a final por 2–1 para o Palmeiras e foi vice-campeão.

A estreia na temporada foi na Taça Guanabara, em 2 de março, contra o Nova Iguaçu — classificado da fase preliminar do Campeonato Carioca. Ainda com os jogadores sub-20 — os atletas principais, devido ao término da temporada de 2020, só se reapresentaram em 15 de março — a partida terminou com vitória por 1–0.[1] O elenco principal fez sua estreia na temporada pela 7.ª rodada e venceu o Bangu por 3–0. Venceu o Fluminense por 3–1 na 2.ª partida das finais do Campeonato, tornando-se tricampeão da competição.

Pela Supercopa do Brasil, após o empate por 2–2 no tempo normal de partida, venceu a disputa por pênaltis, por 6–5 após as cinco cobranças normais e quatro alternadas, ou seja, foram nove cobranças de pênaltis. Desta forma, tornou bicampeão da competição.[2]

A estreia no Campeonato Brasileiro foi uma vitória por 1–0 contra o Palmeiras, em 30 de maio, no Maracanã. O gol da partida foi marcado pelo atacante Pedro.

A estreia na Copa do Brasil aconteceu na terceira fase — em função da disputa da Copa Libertadores — contra o Coritiba, em Curitiba, também com vitória por 1–0, gol do jovem atacante Rodrigo Muniz. O clube foi eliminado nas semifinais, pelo Atlético Paranaense, após um empate em 2–2 e uma derrota por 3–0, no Maracanã.

Durante a temporada, disputou 71 partidas, sendo 45 vitórias, 15 empates e 11 derrotas, com desempenho de 70,4 por cento. Marcou 153 gols e sofreu 65, ficando com saldo de 88 gols.

O artilheiro da temporada é o atacante Gabi com 33 gols. Seguido pelos também atacantes Bruno Henrique com 20 e Michael e Pedro com 18. Na sequência, Vitinho com 14 gols. De Arrascaeta e Rodrigo Muniz — que deixou o clube e foi para o Fulham, da Inglaterra, em 16 de agosto — com nove gols cada. Andreas, cinco, Willian Arão, quatro e Éverton Ribeiro e Gustavo Henrique, três cada. João Gomes e Thiago Maia tem dois gols cada e 10 futebolistas possuem um gol cada, incluindo Gerson — que deixou o clube, em 23 de junho, após a partida contra o Fortaleza, vencida por 2–1. Foram três gols contra a favor do clube.

Na parte disciplinar, são 168 cartões, sendo sete vermelhos — para Diego, Éverton Ribeiro, Gabi, Isla, Léo Pereira e Márcio Tannure (chefe do departamento médico do clube) e William Arão — e 161 amarelos.

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Soccerball current event.svg Última atualização: 2 de dezembro de 2021.

Elenco atual do Clube de Regatas do Flamengo[3][4][5]
N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome
1 G Brasil Diego Alves 11 A Brasil Vitinho 27 A Brasil Bruno Henrique
2 Z Brasil Gustavo Henrique 14 M Uruguai De Arrascaeta 30 Z Brasil Bruno Viana
3 Z Brasil Rodrigo Caio 16 LE Brasil Filipe Luís 33 M Brasil Kenedy
4 Z Brasil Léo Pereira 18 V BélgicaBrasil Andreas 34 LD Brasil Matheuzinho
5 V Brasil Willian Arão 19 A Brasil Michael 35 V Brasil João Gomes
6 LE Brasil Renê 20 LD Brasil Rodinei 36 LE Brasil Ramon
7 M Brasil Éverton Ribeiro 21 A Brasil Pedro 37 G Brasil César
8 V Brasil Thiago Maia 22 G Brasil Gabriel Batista 44 LD Chile Isla
9 A Brasil Gabi 23 Z Brasil David Luiz 45 G Brasil Hugo Souza
10 M Brasil Diego 25 V Paraguai Piris da Motta 63 A Brasil Vitor Gabriel

Técnico: Maurício Souza (interino)

Entradas[editar | editar código-fonte]

Jogador Pos. Clube anterior Ref.
Brasil Hugo Moura Vindo de Empréstimo Z Brasil Coritiba [6]
Paraguai Piris da Motta Vindo de Empréstimo V Turquia Gençlerbirliği [7]
Brasil Rodinei Vindo de Empréstimo LD Brasil Internacional [8]
Brasil Vitor Gabriel Vindo de Empréstimo A Portugal Braga [9]
Brasil David Luiz Z Inglaterra Arsenal [10][11]

Saídas[editar | editar código-fonte]

Jogador Pos. Clube de destino Ref.
Brasil Gerson V França Olympique de Marseille [12]
Brasil Rodrigo Muniz A Inglaterra Fulham [13][14]

Empréstimos[editar | editar código-fonte]

Jogador Pos. Clube de origem Período Ref.
Brasil Bruno Viana Z Portugal Braga 31/12/2021 [15]
Brasil Kenedy A Inglaterra Chelsea 18/08/2022 [16]
Bélgica/Brasil Andreas Pereira M Inglaterra Manchester United 20/08/2022 [17]

Emprestados[editar | editar código-fonte]

Jogador Pos. Clube de destino Período Ref.
Brasil Thuler Z França Montpellier 30/06/2022 [18]
Brasil Natan Z Brasil Bragantino 31/12/2021 [19][20]
Colômbia Richard Rios V México Mazatlán 31/12/2021 [21]
Brasil Hugo Moura V Suíça Lugano 30/06/2022 [22]
Brasil Max V Brasil Cuiabá 31/12/2021 [23]
Legenda

Fatos marcantes[editar | editar código-fonte]

Transferências[editar | editar código-fonte]

Entradas[editar | editar código-fonte]

Bruno Viana[editar | editar código-fonte]
Zagueiro Bruno Viana, primeira contratação da temporada.
Anúncio

Em 12 de fevereiro, o clube anunciou a contratação do zagueiro Bruno Viana, do Braga, de Portugal. O contrato será por empréstimo até o final da temporada de 2021 e com opção de compra de 7 milhões de euros (aproximadamente 45 milhões de reais). O atleta vai usar a camisa de número 30, mas só poderá estrear a partir de 1 de março, quando a janela de transferências do exterior reabre.[15]

Regularização

Em 3 de março, Bruno Viana teve o seu nome publicado no "Bira" da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ). Assim, ele está apto para fazer sua estreia pelo clube. Entretanto, a data da estreia ainda não foi anunciada, em função dele ainda se recuperar da fratura em um dos dedos da mão.[24]

Estreia

O zagueiro fez sua estreia em partida válida pela 3.ª rodada da Taça Guanabara, contra o Resende. O Flamengo venceu a partida por 4–1.[25]

Kenedy[editar | editar código-fonte]
Kenedy, atacante, segunda contratação do clube na temporada.
Anúncio

Em 18 de agosto, poucas horas antes da partida contra o Olimpia, pela Copa Libertadores, o clube anunciou a contratação do atacante Kenedy, do Chelsea, da Inglaterra. O futebolista foi contratado por três milhões de euros e empréstimo de um ano, com a opção de compra pelo clube, ao final do empréstimo, por 10 milhões de euros ou, pela cotação atual, cerca de 61 milhões de reais. O valor pago agora será abatido do valor final, caso o clube exerça a opção de compra.[16][26]

Regularização no BID

Em 20 de agosto, o nome de Kenedy já aparecia no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF, concluindo a regularização do atleta. Entretanto, a estreia ainda não tem data para acontecer. O futebolista testou positivo para COVID-19 e ainda está em Londres, cumprindo quarentena antes de embarcar para o Rio de Janeiro e se apresentar ao Rubro-Negro.[27]

Apresentação

Em 27 de agosto, o atacante foi apresentado oficialmente no hotel onde a delegação estava hospedada antes da partida válida pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Santos. Kenedy usará a camisa 33.[28]

Andreas Pereira[editar | editar código-fonte]
O meia Andreas Pereira, belgo-brasileiro, terceira contratação da temporada.
Anúncio

Em 20 de agosto, o clube anunciou a contratação do meia Andreas Pereira, do Manchester United, também da Inglaterra. O atleta, que nasceu em Duffel, na Bélgica, de pais brasileiros, foi conformado pelo clube por empréstimo de um ano e o clube arcará com 60 por cento dos salários do futebolista no período.[17]

Chegada ao Rio de Janeiro

Andreas Pereira chegou no Rio de Janeiro, em 20 de agosto. No final da negociação com o clube inglês, o Flamengo não pagará nada pelo empréstimo do atleta, mas arcará com o salário integral.[29]

Exames no Ninho do Urubu

Em 21 de agosto, primeiro dia no Rio de Janeiro, o futebolista foi ao CT do Flamengo para exames médicos. O clube já havia feito contato com o departamento médico do Manchester United. O jogador fez exames médicos no clube inglês no retorno da temporada e participou da pré-temporada. Assim, o atleta se encontra em plenas condições física para atuar em breve, muito provavelmente, contra o Grêmio, pela Copa do Brasil, mas dependerá do treinador. Ele usará a camisa 18.[30]

David Luiz[editar | editar código-fonte]
O zagueiro David Luiz, quarta contratação e ex-jogador do clube inglês Arsenal.
Anúncio

Em 11 de setembro, o clube anunciou oficialmente a contratação do zagueiro David Luiz, ex-atleta do Arsenal. O futebolista volta ao Brasil após atuar por 14 anos de Europa e com 23 títulos conquistados. Ele usará a camisa 23 e o contrato é válido até o fim da temporada de 2022.[10][11]

Saídas[editar | editar código-fonte]

César[editar | editar código-fonte]
Empréstimo

Em 8 de fevereiro, o Atlético Goianiense acertou a contratação, por empréstimo, do goleiro César até o final desta temporada. Entretanto, a apresentação só aconteceria em março, já que o atleta ainda disputava o Campeonato Brasileiro.[31]

Lesão

Em 27 de fevereiro, o Flamengo divulgou o resultado do exame no joelho direito do goleiro: lesão no ligamento. O atleta será operado em 7 de março e a recuperação, em torno de seis meses, inviabilizou a saída para o Atlético Goianiense.[32]

Gerson[editar | editar código-fonte]
O volante Gerson deixou o clube e se transferiu para o clube francês Olympique de Marseille.
Anúncio da transferência

Em 9 de junho, o clube anunciou oficialmente o acerto para transferência do volante Gerson para o Olympique de Marseille, da França. O Flamengo receberá 25 milhões de euros (cerca de 160 milhões de reais) e aditivos por metas que podem chegar a 30 milhões de euros e ainda manterá 20% a 25% dos direitos de venda do atleta no futuro, conforme o valor desta possível venda. O atleta ainda disputará partidas pelo Rubro-Negro e não há uma definição para a apresentação ao novo clube.[12]

Entrevista de despedida

Em 22 de junho, véspera da última partida do atleta pelo clube, Gerson concedeu entrevista à FlaTV ao lado dos jogadores Diego, Diego Alves, Filipe Luís, Bruno Henrique, Gabriel Batista e Hugo Moura. Entre comentários sobre a passagem pelo clube, falou sobre o apelido de "coringa" e a criação do "vapo".[33]

Última partida

A última partida do volante pelo Rubro-Negro foi em 23 de junho, contra o Fortaleza, no Maracanã. Ao final da partida, muito emocionado, o futebolista recebeu o carinho dos companheiros e chorou. No telão foi exibida uma homenagem: "Obrigado".[34]

Renovação de contratos[editar | editar código-fonte]

Thiago Maia[editar | editar código-fonte]

Thiago Maia, que teve o seu contrato de empréstimo renovado junto ao Lille, da França.
O contrato de Filipe Luís foi renovado até o final da próxima temporada.

Em 25 de fevereiro, o clube anunciou a renovação do contrato de empréstimo do volante Thiago Maia junto ao Lille, da França, até junho de 2022. O atleta se recupera de uma cirurgia no joelho e a previsão mais conservadora para o retorno às partidas é de seis meses. Durante este período de recuperação, o clube francês pagará parte dos salários do futebolista. O Flamengo tem a opção de compra de 50 por cento dos direitos econômicos, após o término do empréstimo, por sete milhões de euros.[35]

Filipe Luís[editar | editar código-fonte]

Em 17 de novembro, foi publicado no BID da CBF, a renovação do contrato do lateral-esquerdo Filipe Luís até dezembro de 2022. O vínculo anterior terminaria no final desta temporada.[36]

Competições[editar | editar código-fonte]

Copa Libertadores[editar | editar código-fonte]

Fase de grupos[editar | editar código-fonte]
Definição dos potes

Com a definição das últimas equipes uruguaias foram definidos os potes para o sorteio da fase de grupos que está marcado para 9 de abril, na sede da Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Na fase de grupos equipes de um mesmo país não podem pertencer ao mesmo grupo, exceto as equipes da fase anterior (no caso dos clubes brasileiros podem ser Grêmio e Santos, vencedores dos confrontos 2 e 4, respectivamente).[37]

Pote 1 Pote 2 Pote 3 Pote 4
Sorteio

A CONMEBOL realizou o sorteio dos grupos da competição em 9 de abril, na sua sede em Luque, no Paraguai. O Rubro-Negro, cabeça de chave (pote 1) ficou no "grupo G" com LDU Quito (Equador, pote 2, 26 no ranking da CONMEBOL), Vélez Sarsfield (Argentina, pote 3, 33) e Unión La Calera (Chile, pote 4, 128). A Confederação Sul-Americana divulgará as datas, horários e locais das partidas em breve, mas a primeira rodada está definida entre 20 e 22 de abril.[38]

Fases finais[editar | editar código-fonte]

Em 1 de junho, a CONMEBOL realizou em sua sede, em Luque, no Paraguai, o sorteio do chaveamento das equipes desde as oitavas de final até a final.[39]

As equipes que finalizarem em primeiro lugar na fase de grupos (pote 1 no sorteio) enfrentaram as equipes que finalizaram em segundo lugar (pote 2), podendo ser sorteadas equipes de um mesmo país ou que integraram o mesmo grupo na fase anterior. A pontuação obtida na fase de grupos serve para a definição dos mandos de campo até a semifinal, com as equipes melhores posicionadas sempre realizando o jogo de volta em casa (numerados de 1 a 16).[39]

Equipes classificadas
Primeiros dos grupos Pts SG Gr.
1 Brasil Atlético Mineiro 16 +12 H
2 Brasil Palmeiras 15 +13 A
3 Argentina Racing 14 +7 E
4 Equador Barcelona de Guayaquil 13 +7 C
5 Brasil Flamengo 12 +5 G
6 Argentina Argentinos Juniors 12 +4 F
7 Brasil Fluminense 11 +3 D
8 Brasil Internacional 10 +7 B
Segundos dos grupos Pts SG Gr.
9 Brasil São Paulo 11 +7 E
10 Argentina Boca Juniors 10 +4 C
11 Argentina Vélez Sarsfield 10 +2 G
12 Paraguai Cerro Porteño 10 –1 H
13 Argentina Defensa y Justicia 9 +3 A
14 Argentina River Plate 9 0 D
15 Chile Universidad Católica 9 0 F
16 Paraguai Olimpia 9 –1 B

Realizado o sorteio, o Flamengo enfrentará o Defensa y Justicia, da Argentina — local da primeira partida.[40]

Tabela detalhada

Em 2 de junho, a CONMEBOL divulgou a tabela detalhada das partidas das oitavas de final. As partidas serão disputados em julho, após o fim da Copa América. As partidas do Flamengo acontecerão em 14 de julho, na Argentina e, em 21 de julho, no Maracanã.[41]

Público[editar | editar código-fonte]
CONMEBOL libera público

Em 15 de julho, a CONMEBOL confirmou a mudança do estádio da partida — do Maracanã, no Rio de Janeiro, para o Mané Garrincha, em Brasília — e a liberação da presença de público. A mudança aconteceu após a liberação do governo do Distrito Federal. Segundo o chefe da Casa Civil do Distrito Federal, Gustavo Rocha, informou sobre a publicação da edição extra do Diário Oficial com o protocolo completo. O limite do público será de até 25% da capacidade máxima do estádio e apenas pessoas com a vacinação completa (duas doses ou dose única, conforme indicação do fabricante) poderão ir ao estádio.[42]

Anúncio da venda dos ingressos

Em 17 de julho, o clube anunciou como seria o processo de venda dos ingressos para a partida. Serão até 18 mil pessoas (cerca de 25 por cento da capacidade total do estádio). Só poderão acessar o estádio os vacinados (duas doses ou dose única, conforme indicação do fabricante) até 6 de julho (15 dias antes da partida) ou com o teste PCR negativo de COVID-19, realizado a partir de 19 de julho (dois dias antes da partida, que será em 21 de julho). Além disso, será obrigatório o uso de máscara de proteção facial, cobrindo a boca e o nariz durante toda a partida.[43]

O valor dos ingressos varia de 140 a 500 reais. Caso não seja possível a retirada do ingresso, por não cumprir alguns requisitos necessários, o valor não será reembolsado, já que o ingresso não poderá ser colocado para venda novamente (as vendas só são permitidas pela internet). Da mesma forma, os custos do exame e o deslocamento até o estádio são de responsabilidade do torcedor.[43]

Liminar contra venda de ingressos

Em 19 de julho, a juíza Indiara Arruda de Almeida Serra, da 4ª Vara da Fazenda Pública do DF, negou a liminar da ação popular protocolada pelo advogado José da Silva Moura Neto, com pedido de suspensão do decreto do GDF que liberou a partida com público no estádio Mané Garrincha.[44]

Troca de ingressos

Em 20 de julho, o Flamengo divulgou os detalhes da troca do voucher de compra na internet pelo ingresso físico e pela pulseira de acesso, com o intuito de evitar no acesso ao estádio. Os ingressos podem ser retirados no Rio de Janeiro e na capital federal, local da partida.[45]

Nova tentativa de suspender a presença de público

Em 21 julho, a Justiça do Distrito Federal negou um novo pedido de liminar, poucas horas antes da abertura dos portões, contra a entrada de torcedores nos estádios de Brasília, em especial no Mané Garrincha. A ação pública com pedido de liminar foi protocolada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e a justificativa foi de risco de disseminação do coronavírus em função da aglomeração de torcedores. O juiz da 4ª Vara da Fazenda Pública do DF, Roque Fabricio Antônio de Oliveira Viel, rejeitou o pedido.[46]

Público no Rio

Após uma polêmica envolvendo o prefeito Eduardo Paes, do Rio de Janeiro, e Rodrigo Dunshee de Abrantes, vice-presidente Jurídico do Flamengo, na internet,[47] a Prefeitura do Rio de Janeiro, liberou, em 30 de julho, o público máximo de 10 por cento da capacidade total do Maracanã para a partida de 18 de agosto, pela Taça Libertadores contra o Olimpia, do Paraguai.[48][49]

Multa e advertência[editar | editar código-fonte]

Em 1 de setembro, o clube foi multado pela CONMEBOL em 12 mil dólares (cerce de 61,8 mil reais) pelo atraso na entrada em campo e no protocolo do cerimonial na partida contra o Olimpia, na partida de volta pelas quartas de final.[50]

O delegado da partida também abriu um processo disciplinar por conta de três apelidos que não estariam autorizados nas camisas: Gabi, Vitinho e Matheuzinho. Apelidos são permitidos, desde que os nomes estampados nas camisas sejam os mesmos da lista prévia enviado pelo clube, o que não foi o caso. Assim, o clube sofreu uma advertência.[50]

Final[editar | editar código-fonte]
Uniformes

Em 7 de outubro, a CONMEBOL divulgou os uniformes das duas equipes para a disputa da final, em 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai. O Palmeiras atuará com o mesmo uniforme da conquista da edição de 2020, predominando o tradicional verde. Já o Flamengo, atuará em sua terceira decisão de Libertadores com o segundo uniforme, predominando a cor branca.[51]

Léo Pereira suspenso

A CONMEBOL comunicou ao Flamengo que o zagueiro Léo Pereira foi punido com suspensão por duas partidas e multa de quatro mil dólares (pela cotação do dia, cerca de 22 mil reais). O futebolista foi expulso na partida contra o Barcelona de Guayaquil, primeiro jogo das semifinais. O atleta cumpriu suspensão automática na segunda partida contra o Barcelona de Guayaquil, mas também não poderá atuar na final, contra o Palmeiras.[52]

Supercopa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Patrocínio pontual

O clube fechou um patrocínio com a Amazon para a partida válida pela Supercopa do Brasil. A marca "Amazon Prime" será estampada nas costas das camisas dos jogadores e a empresa também fará ações nas redes sociais do Rubro-Negro. Como o valor do patrocínio é inferior a três milhões de reais, o acordo não precisou ser referendado pelo Conselho de Administração.[53]

Campeonato Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Relacionados para a primeira partida

Em 29 de maio, o clube liberou a lista dos futebolistas para a primeira partida do Campeonato. São eles (em ordem alfabética):[54]

  • Bruno Henrique
  • Bruno Viana
  • De Arrascaeta
  • Diego
  • Everton Ribeiro
  • Filipe Luís
  • Gabi
  • Gabriel Batista
  • Gerson
  • Gustavo Henrique
  • Hugo
  • Hugo Moura
  • Isla
  • João Gomes
  • Léo Pereira
  • Matheuzinho
  • Michael
  • Pedro
  • Ramon
  • Rodrigo Caio
  • Rodrigo Muniz
  • Vitinho
  • William Arão
Corte de Gabi

Ainda em 29 de maio, o clube anunciou que o atacante Gabi não disputará a primeira partida do clube em função de um quadro viral com indisposição gástrica, sendo vetado pelo Departamento Médico do clube.[55]

Apoio ao Orgulho LGBTQIA+

Para apoiar o movimento de conscientização pela luta das pessoas LGBTQIA+, o uniforme dos jogadores na partida contra o Juventude, em 27 de junho — véspera do Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+ — terá os números nas cores do arco-íris, assim como a braçadeira do capitão da equipe. Os uniformes utilizados pelos atletas, após a partida, serão leiloadas através da plataforma "Play For a Cause".[56]

Copa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Terceira fase[editar | editar código-fonte]
Descanso dos jogadores da Seleção Olímpica

Os futebolistas Pedro e Gerson foram poupados da primeira partida da Copa do Brasil. Eles atuaram em duas partidas amistosas pela Seleção Olímpica com o objetivo de preparação para a disputa das Olimpíadas de Tóquio 2021. Como os jogos foram disputados na Sérvia, o desgaste da viagem seria grande. Desta forma, o clube preferiu poupar os jogadores da partida. Eles se reapresentam em 11 de junho e participam das preparação para a partida do Campeonato Brasileiro.[57]

Desfalque de Gabigol

Outro desfalque para a primeira partida, será o atacante Gabi, que participou com a Seleção Brasileira "principal" de duas partidas das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. A ultrassonografia realizada pela CBF após a segunda partida — contra a Seleção Paraguaia, em Assunção, no Paraguai — apontou um pequeno edema na perna direita.[58]

Fases finais[editar | editar código-fonte]
Oitavas de final

Para as oitavas de final, os 16 clubes classificados foram dispostos em um pote único, sem direcionamento, e qualquer confronto poderia acontecer entre os classificados. O mando de campo das partidas (ida e volta) também foi sorteado, independentemente do ranking da equipe. A partir desta fase, haverá o árbitro de vídeo (VAR). O gol fora de casa, como na fase anterior, não será critério de desempate. O sorteio foi realizado em 22 de junho, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.[59][60]

Pote único
Rio de Janeiro Flamengo (1)
Rio Grande do Sul Grêmio (3)
Paraná Athletico Paranaense (5)
São Paulo Santos (6)
São Paulo São Paulo (8)
Minas Gerais Atlético Mineiro (9)
Bahia Bahia (11)
Rio de Janeiro Fluminense (12)
Rio de Janeiro Vasco da Gama (16)
Ceará Fortaleza (18)
Goiás Atlético Goianiense (19)
Bahia Vitória (23)
Alagoas CRB (31)
Santa Catarina Criciúma (42)
Rio Grande do Norte ABC (51)
Bahia Juazeirense (81)

Segundo o calendário da CBF, as partidas de ida e volta desta fase devem ser realizas entre o final de julho e o começo de agosto, ou seja, as partidas de ida devem acontecer entre 28 e 30 de julho e, as de volta, entre 4 e 6 de agosto.[60]

Quartas de final

Para as quartas de final, houve um novo sorteio na sede da CBF, em 6 de agosto, entre os oito clubes classificados dispostos em um pote único, como aconteceu nas oitavas de final, sem direcionamento, e qualquer confronto seria possível.[61]

Pote único
Rio de Janeiro Flamengo (1)
Rio Grande do Sul Grêmio (3)
Paraná Athletico Paranaense (5)
São Paulo Santos (6)
São Paulo São Paulo (8)
Minas Gerais Atlético Mineiro (9)
Rio de Janeiro Fluminense (12)
Ceará Fortaleza (18)

As partidas de ida acontecem em 25 e 26 de agosto e as partidas de volta, entre 14 e 16 de setembro. O adversário do Flamengo nesta fase, conforme o sorteio, será o Grêmio, com a primeira partida em Porto Alegre, na Arena do Grêmio.[62][63][64]

Campeonato Carioca[editar | editar código-fonte]

Taça Guanabara[editar | editar código-fonte]
Férias para elenco principal

O clube anunciou que os os principais jogadores terão umas pequenas férias e só se reapresentarão em 15 de março. Com isso, a equipe que iniciará o Campeonato Carioca será composta, basicamente, pela base, mas com alguns reforços. Michael, Pepê e João Gomes pediram para disputar já o Estadual, terão um período menor de descanso e devem estar à disposição na segunda rodada da Taça Guanabara. O zagueiro Bruno Viana, recém-contratado, ainda está sem definição para a estreia.[65]

Como aconteceu na temporada passada — em função da disputa do Mundial no final de 2019 — Mauricio Souza, do sub-20, substituirá o treinador da equipe principal nas primeiras rodadas do Carioca.[65]

Início do Carioca

Em 28 de fevereiro, o clube divulgou a lista dos atletas que iniciarão a disputa da Taça Guanabara (e do Estadual). São eles:[66]

  • Goleiros
    • Gabriel Batista
    • João Fernando
    • Matheus
    • Bruno
  • Laterais
    • Matheuzinho
    • Luan
    • Luís Gustavo
    • Ramon
    • Ítalo
  • Zagueiros
  • Volantes
    • João Gomes
    • Daniel Cabral
    • Richard
    • Lucas André
    • Hugo Moura
  • Meias
    • Max
    • Yuri
    • Lázaro
    • Pepê
  • Atacantes
    • Rodrigo Muniz
    • Weverton
    • Mateus Lima
    • Thiaguinho
    • Gabriel Barros
    • Michael
Estreia da equipe principal

Em 31 de março, pela sétima rodada da Taça Guanabara, o time principal fez sua estreia na temporada. A partida foi contra o Bangu e terminou com vitória por 3–0, com gols de Bruno Henrique, De Arrascaeta e Gabriel Barbosa — este último que já havia disputada a partida anterior contra o Boavista-RJ, pela sexta rodada.[67]

Mortes[editar | editar código-fonte]

  • 27 de fevereiro – Bruno Lucena, coordenador do Patrimônio Histórico do Flamengo. Historiador, morreu aos 39 anos de infarto. Era conhecido como "enciclopédia rubro-negra" pelos amigos e membros do clube[68]
  • 10 de junho – Diogo, ex-atacante que atuou no clube, em 2004, e fez sua estreia contra o CRB na Copa do Brasil daquele ano. Morreu em um acidente de moto, em Maringá, no norte do Paraná[69]
  • 24 de outubro - Ubirajara Mota, ex-goleiro que atuou no clube de 1972 até 1976, quando se aposentou. Pelo clube, conquistou os títulos cariocas de 1972 e 1974, entre outros. Era o goleiro do Bangu, em 1966, última conquista do clube no Campeonato Carioca. Também atuou pelo Botafogo, participando das conquistas do Carioca de 1968 e do Brasileiro de 1968 (Taça Brasil)[70]
  • 15 de novembro - Gilberto Cardoso Filho, ex-presidente do Flamengo entre 1989 e 1990 e, interinamente, em 2002 após o impeachment de Edmundo dos Santos Silva. Era filho do também ex-presidente na década de 1950, Gilberto Cardoso. Foi durante o seu mandato que o clube conquistou sua primeira Copa do Brasil, em 1990[71]

Outros[editar | editar código-fonte]

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Rogério Ceni[editar | editar código-fonte]

Rogério Ceni, treinador da equipe entre 10 de novembro de 2020 e 10 de julho de 2021.

Anúncio[editar | editar código-fonte]

Em 10 de novembro de 2020 — apenas um dia após a demissão de Domènec Torrent — o clube anunciou a contratação do ex-treinador do Fortaleza Rogério Ceni até o final da temporada de 2021, término do mandato do presidente Rodolfo Landim. O ex-goleiro do São Paulo dirigiu o treinamento no Ninho do Urubu no mesmo dia do acerto.[72][73]

COVID-19[editar | editar código-fonte]

Em 8 de junho, o Flamengo anunciou que, ao realizar o teste no treinador, em 7 de junho, o resultado foi positivo para a COVID-19. Assim, o treinador ficou afastado por três partidas, mas, em princípio, seriam duas partidas: contra o Coritiba, primeira partida da Copa do Brasil e contra o América Mineiro, pelo Campeonato Brasileiro, mas não dirigiu a equipe também na partida de volta contra o Coritiba. A equipe foi dirigida, durante este período de quarentena, pelo treinador da equipe sub-20 do clube, Maurício Souza.[74][75]

Demissão[editar | editar código-fonte]

Após uma sexta-feira intensa nos bastidores, por volta de 2:46 da madrugada de sábado, 10 de julho, as redes sociais do clube anunciaram a demissão do treinador.[76]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Temp. Competição Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Observações Ref
2020 Copa Libertadores 2 0 2 0 33,3% Oitavas de final [77]
Campeonato Brasileiro 18 11 3 4 66,7% Campeão
Copa do Brasil 2 0 0 2 0,0% Quartas de final
Total da temporada 22 11 5 6 57,6%
2021 Copa Libertadores 6 3 3 0 66,7% [78]
Supercopa do Brasil 1 0 1 0 33,3% Campeão
Campeonato Brasileiro 7 3 0 4 42,9%
Campeonato Carioca 9 6 2 1 74,1% Campeão (Taça Guanabara: campeão)
Total da temporada 23 12 6 5 60,9%
TOTAL 45 23 11 11 59,3%

Renato Gaúcho[editar | editar código-fonte]

Renato Gaúcho, treinador da equipe entre 10 de julho e 29 de novembro.

Anúncio[editar | editar código-fonte]

Ainda na noite de 10 de julho, poucas horas após a demissão de Rogério Ceni, o clube anunciou que chegou a um acordo para a contratação do treinador Renato Gaúcho. A estreia foi marcada para acontecer em 14 de julho, contra o Defensa y Justicia, pela Copa Libertadores.[79]

Apresentação[editar | editar código-fonte]

O treinador foi apresentado, no Ninho do Urubu, em 12 de julho. Renato atuou pelo clube pela última vez em 6 de maio de 1998, na vitória sobre a Friburguense por 1–0 após 211 jogos, 68 gols e eleito o melhor jogador da conquista da Copa União (módulo Verde de 1987).[80]

Demissão[editar | editar código-fonte]

Em 29 de novembro, a diretoria do clube anunciou a demissão do treinador, após conversa entre as partes. O contrato era até o fim desta temporada e o técnico não seguiria no Rubro-Negro na próxima temporada por comum acordo. Assim, considerando não haver mais clima diante dos resultados recentes, a ruptura foi inevitável.[81]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Temp. Competição Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Observações Ref
2021 Copa Libertadores 7 6 0 1 85,7% Vice-campeão [82]
Campeonato Brasileiro 26 16 7 3 69,3%
Copa do Brasil 5 3 1 1 66,7% Semifinal
Total da temporada 38 25 8 5 72,1%
Última atualização em 30 de novembro de 2021.

Maurício Souza (interino)[editar | editar código-fonte]

Início da temporada

O treinador Maurício Souza esteve à frente da equipe durante o início da temporada, enquanto a equipe principal esteve de férias, junto com o treinador Rogério Ceni.[65]

COVID-19 de Rogério Ceni

Também dirigiu a equipe durante o período de afastamento do treinador Rogério Ceni pela COVID-19.[74]

Demissão de Rogério Ceni

Com a demissão de Rogério Ceni, esteve novamente no comando da equipe na partida contra a Chapecoense, em 11 de julho, pelo Campeonato Brasileiro.[76]

Efetivação na equipe de Renato Gaúcho

Em 21 de julho, o clube anunciou a contratação do treinador Fábio Matias, ex-treinador do sub-20 do Internacional para assumir a equipe sub-20 do Flamengo. Com isso, Maurício Souza foi efetivado como auxiliar técnico permanente na comissão técnica do treinador da equipe principal, Renato Gaúcho.[83]

Copa do Brasil

Com a vitória por 6–0 contra o ABC, no Maracanã, o treinador Renato Gaúcho preservou a equipe titular para a partida de volta pelas oitavas de final, que ficou no Rio de Janeiro com o técnico. Novamente Maurício de Souza comandou a equipe na partida.[84]

Demissão de Renato Gaúcho

Com a demissão do treinador Renato Gaúcho, antes do final da temporada, assumirá novamente interinamente a equipe principal até o final do ano.[81]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Temp. Competição Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Observações Ref
2020 Campeonato Carioca 4 2 1 1 58,3% [85]
Total da temporada 4 2 1 1 58,3%
2021 Campeonato Brasileiro 3 3 0 0 100,0% [86]
Copa do Brasil 3 3 0 0 100,0%
Campeonato Carioca 6 4 1 1 72,2%
Total da temporada 12 10 1 1 86,1%
TOTAL 16 12 2 2 79,2%
Última atualização em 1 de dezembro de 2021.

Competições[editar | editar código-fonte]

Resumo das participações[editar | editar código-fonte]

Esse é o resumo das participações em competições na temporada 2021:[87]

Competição Pos/Fase Pts J V E D GP GC SG % Penalizado com cartão amarelo Expulso
Em disputa
Campeonato Brasileiro 70 35 21 7 7 68 32 +36 66,7 75 4
1º turno 3.º colocado 36 19 11 3 5 38 20 +18 63,2 40 2
2º turno 34 16 10 4 2 30 12 +18 70,8 35 2
Disputadas
Copa Libertadores Vice-campeão 13 9 3 1 33 14 +19 76,9 37 2
Supercopa do Brasil Bicampeão 1 0 1 0 2 2 0 33,3 5 0
Copa do Brasil Semifinal 8 6 1 1 18 5 +13 79,2 15 1
Campeonato Carioca Tricampeão 4 3 1 0 11 3 +8 83,3 11 0
Taça Guanabara Bicampeão 23 11 7 2 2 23 10 +13 69,7 24 0
Última atualização em 2 de dezembro de 2021.

Copa Libertadores da América[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Copa Libertadores da América

Fase de grupos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Fase de grupos
Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Brasil Flamengo 12 6 3 3 0 14 9 +5
2 Argentina Vélez Sarsfield 10 6 3 1 2 10 8 +2
3 Equador LDU Quito 8 6 2 2 2 15 13 +2
4 Chile Unión La Calera 2 6 0 2 4 8 17 –9
  FLA LDU VEL ULC
Flamengo 2–2 0–0 4–1
LDU Quito 2–3 3–1 5–2
Vélez Sarsfield 2–3 3–1 2–1
Unión La Calera 2–2 2–2 0–2

Fases finais[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Fase final
Esquema[editar | editar código-fonte]
As equipes que estão na parte superior do confronto possuem o mando de campo no primeiro jogo e em negrito as equipes classificadas.
Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 13 de julho a 3 de agosto  10 a 19 de agosto  21 a 29 de setembro  27 de novembro
                                         
 Brasil São Paulo 1 3 4  
 Argentina Racing 1 1 2  
   Brasil São Paulo 1 0 1  
   Brasil Palmeiras 1 3 4  
 Chile Universidad Católica 0 0 0
 Brasil Palmeiras 1 1 2  
   Brasil Palmeiras (gf) 0 1 1  
   Brasil Atlético Mineiro 0 1 1  
 Argentina River Plate 1 2 3  
 Argentina Argentinos Juniors 1 0 1  
   Argentina River Plate 0 0 0
   Brasil Atlético Mineiro 1 3 4  
 Argentina Boca Juniors 0 0 0 (1)
 Brasil Atlético Mineiro (pen) 0 0 0 (3)  
   Brasil Palmeiras (pro) 2
   Brasil Flamengo 1
 Paraguai Olimpia (pen) 0 0 0 (5)  
 Brasil Internacional 0 0 0 (4)  
   Paraguai Olimpia 1 1 2
   Brasil Flamengo 4 5 9  
 Argentina Defensa y Justicia 0 1 1
 Brasil Flamengo 1 4 5  
   Brasil Flamengo 2 2 4
   Equador Barcelona de Guayaquil 0 0 0  
 Paraguai Cerro Porteño 0 0 0  
 Brasil Fluminense 2 1 3  
   Brasil Fluminense 2 1 3
   Equador Barcelona de Guayaquil (gf) 2 1 3  
 Argentina Vélez Sarsfield 1 1 2
 Equador Barcelona de Guayaquil 0 3 3  
Oitavas de final[editar | editar código-fonte]

Com o resultado agregado de 5–1, o clube se classificou para as quartas de final e enfrentará o vencedor da disputa entre o Olimpia, do Paraguai, e o Internacional.[89]

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

Com o resultado agregado de 9–2, o clube se classificou para as semifinais e enfrentará o vencedor da disputa entre o Barcelona de Guayaquil, do Equador, e o Fluminense.

Semifinais[editar | editar código-fonte]
Fonte: [92]

Com o resultado agregado de 4–0, o clube se classificou para a final e enfrentará o Palmeiras.[94]

Final[editar | editar código-fonte]

Supercopa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Supercopa do Brasil

Premiação[editar | editar código-fonte]

Supercopa do Brasil de 2021
Rio de Janeiro
FLAMENGO
Bicampeão
(2.º título)

Campeonato Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Campeonato Brasileiro

Classificação[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 3 de dezembro.
Pos. Equipes P J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1 Minas Gerais Atlético Mineiro 81 36 25 6 5 60 27 +33 75 Estável Fase de grupos da Copa Libertadores de 2022[nota 1]
2 Rio de Janeiro Flamengo 71 36 21 8 7 69 33 +36 66 Estável
3 São Paulo Palmeiras 62 36 19 5 12 57 43 +14 57 Estável
4 São Paulo Corinthians 56 36 15 11 10 39 34 +5 52 Estável
5 Ceará Fortaleza 55 36 16 7 13 42 43 –1 51 Estável
6 São Paulo Red Bull Bragantino 53 36 13 14 9 51 42 +9 49 Estável
7 Rio de Janeiro Fluminense 51 36 14 9 13 35 36 –1 47 Estável Segunda fase da Copa Libertadores de 2022
8 Minas Gerais América Mineiro 49 36 12 13 11 39 37 +2 45 Aumento1
9 Ceará Ceará 49 36 11 16 9 39 37 +2 45 Baixa1 Fase de grupos da Copa Sul-Americana de 2022
10 Rio Grande do Sul Internacional 48 36 12 12 12 43 39 +4 44 Estável
11 Goiás Atlético Goianiense 47 36 11 14 11 29 35 –6 42 Aumento2
12 São Paulo Santos 46 36 11 13 12 33 39 –6 43 Estável
13 Paraná Athletico Paranaense 45 36 13 6 17 40 44 –4 42 Baixa2 Fase de grupos da Copa Libertadores de 2022[nota 1]
14 São Paulo São Paulo 45 36 10 15 11 28 36 –8 42 Aumento2 Fase de grupos da Copa Sul-Americana de 2022
15 Rio Grande do Sul Juventude 43 36 10 13 13 34 41 –7 40 Baixa1
16 Mato Grosso Cuiabá 43 36 9 16 11 32 36 –4 40 Baixa1
17 Bahia Bahia 40 36 10 10 16 39 49 –10 37 Aumento1 Zona de rebaixamento à Série B de 2022
18 Rio Grande do Sul Grêmio 39 36 11 6 19 39 47 –8 36 Baixa1
19 Pernambuco Sport 34 36 8 10 18 22 36 –14 31 Estável
20 Santa Catarina Chapecoense 15 36 1 12 23 27 63 –36 14 Estável

Desempenho em cada rodada[editar | editar código-fonte]

Esse é o desempenho da participação no Campeonato Brasileiro:

1º turno
Rodadas 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19
Local M V M V M M V V C V M V M V M M V V M
Resultado V E V E D V D V D D V V V V D V E V V
Colocação 5 6 3 5 8 5 6 5 7 8 7 6 6 5 5 4 5 3 3
2º turno
Rodadas 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38
Local V M V M V V M M C M V M V M V V M M V
Resultado V D E V E V V E D V E V V V V V
Colocação 2 3 3 2 2 2 2 2 2 2 3 3 2 2 2 2 2
Local:      Mandante ·      Visitante ·      Clássico — Resultado:      Vitória ·      Derrota ·      Empate
Colocação: conforme a legenda da classificação do Campeonato
Última atualização em 1 de dezembro de 2021.

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Fonte: [96][97][98]

Segundo turno[editar | editar código-fonte]

Fonte: [96][97][98]

Copa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Copa do Brasil

Terceira fase[editar | editar código-fonte]

Fonte: [100][101][102]

Com o resultado agregado de 3–0, o Flamengo se classificou para a próxima fase, as oitavas de final.[59]

Oitavas de final[editar | editar código-fonte]

Fonte: [60][103][104]

Com o resultado agregado de 7–0, o Flamengo se classificou para a próxima fase, as quartas de final.

Tabela até a final[editar | editar código-fonte]

Em itálico, as equipes que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito as equipes classificadas.
Quartas de final Semifinais Final
 25 de agosto a 15 de setembro  20 e 27 de outubro  12 e 15 de dezembro
                                     
 Rio de Janeiro Fluminense 1 0 1  
 Minas Gerais Atlético Mineiro 2 1 3  
   Minas Gerais Atlético Mineiro 4 2 6  
   Ceará Fortaleza 0 1 1  
 São Paulo São Paulo 2 1 3
 Ceará Fortaleza 2 3 5  
   Minas Gerais Atlético Mineiro
   Paraná Athletico Paranaense
 Paraná Athletico Paranaense 1 1 2  
 São Paulo Santos 0 0 0  
   Paraná Athletico Paranaense 2 3 5
   Rio de Janeiro Flamengo 2 0 2
 Rio Grande do Sul Grêmio 0 0 0
 Rio de Janeiro Flamengo 4 2 6

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

Fonte: [62][63][64]

Com o resultado agregado de 6–0, o Flamengo se classificou para a próxima fase, as semifinais.[105]

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Fonte: [106]

Com o resultado agregado de 2–5, o Flamengo foi eliminado das finais da competição.[107]

Campeonato Carioca[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Campeonato Carioca

Taça Guanabara[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Taça Guanabara
Fase de grupos[editar | editar código-fonte]
Tabela
Pos Equipe PG Jogos Gols Cartões[108] Desempenho por rodada
# V E D GP GS SG Expulso Penalizado com cartão amarelo 10ª 11ª
1 Flamengo 23 11 7 2 2 23 10 +13 0 24 3 2 3 2 1 1 1 1 2 2 1
2 Fluminense 22 11 7 1 3 20 11 +9 0 17 9 12 8 4 3 5 5 4 4 3 2
3 Portuguesa-RJ 21 11 6 3 2 20 8 +12 3 24 2 1 2 3 5 3 3 3 3 4 3
4 Volta Redonda 21 11 6 3 2 18 13 +5 1 31 5 5 1 1 2 2 2 2 1 1 4
5 Vasco da Gama 17 11 4 5 2 21 15 +6 0 24 10 10 11 11 9 8 9 7 5 6 5
6 Nova Iguaçu 15 11 4 3 4 16 15 +1 0 24 12 9 10 8 8 9 7 8 10 7 6
7 Botafogo 15 11 3 6 2 14 9 +5 1 21 7 3 4 5 7 6 6 5 6 8 7
8 Madureira 15 11 3 6 2 13 16 –3 1 29 6 8 9 6 4 4 4 6 7 5 8
9 Resende 11 11 3 2 6 11 21 –10 1 21 1 7 7 10 6 7 8 10 8 9 9
10 Boavista-RJ 11 11 2 5 4 14 16 –2 3 29 8 4 5 7 10 9 10 9 9 10 10
11 Bangu 6 11 1 3 7 5 18 –13 0 23 3 6 6 9 11 11 11 11 11 11 11
12 Macaé 1 11 0 1 10 6 29 –23 2 28 10 11 12 12 12 12 12 12 12 12 12
     Campeão da Taça Guanabara 2021 e classificado para as semifinais do Campeonato
     Classificados para as semifinais do Campeonato
     Classificados para as semifinais da Taça Rio 2021
     Rebaixado para a Série A2 de 2021
Última atualização: 25 de abril[109]
Partidas
Fonte: [110]