Temporada do Clube de Regatas do Flamengo de 2023

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Clube de Regatas do Flamengo
Temporada 2023
Temporada do Clube de Regatas do Flamengo de 2023
Treinador Tite
Presidente Rodolfo Landim
Federação FERJ
Confederação CBF
Patrocínio
Material Adidas
Posição final
Jogos 76 (41 vitórias, 15 empates, 20 derrotas)
Saldo de gols 45 (125 gols marcados e 80 gols sofridos)
Artilheiro Pedro (35 gols)
Cartões 199 Penalizado com cartão amarelo (2,6 por partida) • 11 Expulso (0,1 por partida)
◄◄ Rio de Janeiro 2022 Futebol 2024 Rio de Janeiro ►►
editar

O Clube de Regatas do Flamengo, em 2023 disputou a Copa do Mundo FIFA de Clubes; a Recopa Sul-Americana; a Copa Libertadores da América, a partir da fase de grupos, em função de ser o atual campeão da competição; a Supercopa do Brasil, por ser o atual campeão da Copa do Brasil; o Campeonato Brasileiro; a Copa do Brasil e o Campeonato Carioca e a Taça Guanabara — que como nas últimas edições, foi o turno único do Carioca.

A estreia na temporada foi na partida válida pela 5.ª rodada da Taça Guanabara — fase principal do Campeonato Carioca — contra o Audax Rio, em 12 de janeiro. A antecipação aconteceu em função da disputa da Copa do Mundo, marcada pela Federação Internacional de Futebol (FIFA), para o início de fevereiro.[1] O Flamengo venceu a partida por 1–0, com gol de Matheus França.

Na disputa da Supercopa do Brasil — realizada em 28 de janeiro, no estádio Mané Garrincha, em Brasília — perdeu a partida por 4–3 para o Palmeiras e foi vice-campeão da competição.

Pela Copa do Mundo de 2022 — disputada nesta temporada em função da Copa do Mundo Catar 2022 — o clube enfrentou o Al-Hilal, da Arábia Saudita, e perdeu a partida por 3–2, com dois pênaltis cometidos — Matheuzinho e Gerson, que foi expulso por receber o segundo cartão amarelo. Com isso, o Rubro-Negro disputou o terceiro lugar contra o Al-Ahly, do Egito. O primeiro gol foi marcado pelo Gabi, de pênalti. O Al-Ahly virou o placar para 2–1, ainda no primeiro tempo com dois gols de Abdelkader. Com uma nova virada, o Rubro-Negro venceu a partida por 4–2, com dois gols de Pedro e outro de Gabi, novamente de pênalti. Desta forma, o clube ficou com a terceira posição da competição.

Na Recopa Sul-Americana, contra o Independiente del Valle, do Equador, perdeu a primeira partida, em 21 de fevereiro, por 1–0, com gol de Carabajal. A partida de volta foi no Maracanã, em 28 de fevereiro. Vitória do Rubro-Negro por 1–0, com gol de De Arrascaeta no último lance da partida — o árbitro encerrou o jogo logo após o recomeço após o gol. Como o resultado agregado era de 1–1, os times disputaram a prorrogação, mas sem gols. Na disputa por pênaltis, derrota por 4–5 — o primeiro pênalti perdido exatamente por De Arrascaeta — e o vice-campeonato da competição.

Na Copa Libertadores iniciou na fase de grupos — grupo A, por ser o atual campeão da Competição. Foram três vitórias, dois empates e uma derrota e segunda colocação no grupo, mas classificado para as oitavas de final. No sorteio, enfrentou o primeiro colocado do grupo H, Olimpia, do Paraguai. Na partida de ida, no Maracanã, vitória por 1–0, com gol de Bruno Henrique. Na partida de volta, no estádio Defensores del Chaco, a equipe paraguaia venceu por 3–1 e o Flamengo foi eliminado da competição.

Pela Copa do Brasil, perdeu a primeira partida da terceira fase, por 2–0 para o Maringá, mas venceu a partida de volta por 8–2, no Maracanã — o placar agregado ficou em 8–4 — e se classificou para as oitavas de final. Nas oitavas, enfrentou o Fluminense, em 16 de maio e em 1 de junho — empate em 0–0 e vitória por 2–0, respectivamente — ambas as partidas no Maracanã. Nas quartas de final enfrenta o Athletico Paranaense. Na primeira partida, no Maracanã, vitória por 2–1 e na partida de volta, na Arena da Baixada, nova vitória por 2–0 e a classificação para as semifinais. Nas semifinais enfrenta o Grêmio. A primeira partida, em Porto Alegre, vitória por 2–0. A segunda partida, em 16 de agosto, no Maracanã, nova vitória por 1–0 e a classificação para a final contra o São Paulo. Na primeira partida da final, no Maracanã, vitória do São Paulo por 1–0. Na segunda partida, empate em 1–1 e o vice-campeonato.

No Campeonato Brasileiro venceu a partida de estreia por 3–0, contra o Coritiba, no Maracanã. Na sequência foram três derrotas: Internacional, Botafogo e Athletico Paranaense — por 2–1, 3–2 e 2–1, respectivamente — e a zona de rebaixamento. Na 5.ª rodada, vitória sobre o Goiás, por 2–0 e o alívio de estar fora da zona de rebaixamento. Na 10.ª rodada, após uma sequência de cinco vitórias e um empate, chegou a terceira colocação. Ao final da competição, ficou com a quarta colocação e uma das vagas na fase de grupos da Copa Libertadores de 2024.

Durante a temporada, disputou 76 partidas, sendo 41 vitórias, 15 empates e 20 derrotas, com desempenho de 60,5 por cento. Marcou 125 gols e sofreu 80, ficando com saldo de 45 gols.

O artilheiro da temporada é o atacante Pedro com 35 gols. Seguido por Gabi com 20 gols, De Arrascaeta com 11 gols, Ayrton Lucas e Bruno Henrique tem sete gols cada, Everton e Gerson tem seis gols cada, Leo Pereira tem quatro gols, Éverton Ribeiro, Fabrício Bruno, Luiz Araújo, Matheus França, Thiago Maia e Victor Hugo com três gols cada, Erick e Matheus Gonçalves e Wesley com dois gols cada. Três futebolistas marcaram um gol cada. Também ocorreram dois gols contra a favor do clube.

Na parte disciplinar, são 210 cartões, sendo 11 vermelhos — Bruno Henrique, Gerson (três cartões), Gabi (dois cartões), Luiz Araújo, Marinho, Matheus Gonçalves, Wesley e o ex-treinador Jorge Sampaoli — e 199 amarelos: Erick e Gabi com 15 cartões cada, Thiago Maia com 14 cartões, Ayrton, Fabrício Bruno, Gerson e Leo Pereira com 12 cartões cada, Éverton Ribeiro e Wesley com nove cartões cada, Bruno Henrique com oito cartões, Arturo Vidal e David Luiz com sete cartões cada, De Arrascaeta e Pedro com seis cartões cada, um jogadores com cinco cartões, seis jogadores com quatro cartões cada, cinco jogadores com dois cartões cada e cinco jogadores com um cartão cada. Na comissão técnica, o ex-treinador Jorge Sampaoli tem seis cartões amarelos, o ex-auxiliar técnico Luís Miguel possui três cartões, o ex-auxiliar técnico Cristian Aran e o ex-treinador Vítor Pereira tem um cartão amarelo cada.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Este foi o elenco ao final da temporada:

Elenco atual do Clube de Regatas do Flamengo[2][3]
N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome
1 G Brasil Santos 10 A Brasil Gabi 25 G Brasil Matheus Cunha
2 LD Uruguai Varela 11 A Brasil Everton 27 A Brasil Bruno Henrique
3 Z Brasil Rodrigo Caio 14 M Uruguai De Arrascaeta 29 M Brasil Victor Hugo
4 Z Brasil Leo Pereira 15 Z Brasil Fabrício Bruno 30 Z Brasil Pablo
5 V Chile Erick 16 LE Brasil Filipe Luís 31 A Brasil Luiz Araújo
6 LE Brasil Ayrton Lucas 17 G Argentina Agustín Rossi 34 LD Brasil Matheuzinho
7 M Brasil Éverton Ribeiro 20 V Brasil Gerson 43 LD Brasil Wesley
8 V Brasil Thiago Maia 21 V Brasil Allan
9 A Brasil Pedro 23 Z Brasil David Luiz

Técnico: Brasil Tite

Entradas[editar | editar código-fonte]

Jogador Pos. Clube anterior Ref.
Brasil Ayrton Lucas Z Rússia Spartak Moscou [4][5]
Brasil Ramon Vindo de Empréstimo LE Brasil Bragantino [6]
Brasil Gabriel Noga Vindo de Empréstimo Z Brasil Bahia [6]
Brasil Thiaguinho Vindo de Empréstimo A Estados Unidos Houston Dynamo [6]
Brasil Gerson V França Olympique de Marseille [7][8]
Argentina Agustín Rossi G Argentina Boca Juniors [9]
Brasil Luiz Araújo A Estados Unidos Atlanta United [10]
Brasil Allan V Brasil Atlético Mineiro [11][12]

Saídas[editar | editar código-fonte]

Jogador Pos. Clube de destino Ref.
Brasil Matheus Thuler Vindo de Empréstimo Z Japão Vissel Kobe [13]
Brasil Kayke David Vindo de Empréstimo M Brasil Nova Iguaçu [14]
Brasil Ramon LE Grécia Olympiacos [15][16]
Brasil João Gomes V Inglaterra Wolverhampton [17][18]
Brasil Marinho A Brasil Fortaleza [19][20]
Brasil Vitor Gabriel A Coreia do Sul Gangwon FC [21]
Chile Arturo Vidal V Brasil Athletico Paranaense [22][23]
Brasil Matheusão A =Emirados Árabes Unidos Shabab Al Ahli [24]
Brasil Matheus França M Inglaterra Crystal Palace [25][26]
Brasil Filipe Luís LE Aposentadoria [27]
Brasil Rodrigo Caio Z A definir
Brasil Pedrinho A Estados Unidos North Texas [28]
Brasil Éverton Ribeiro M Brasil Bahia [29][30]

Empréstimos[editar | editar código-fonte]

Jogador Pos. Clube de origem Período Ref.

Emprestados[editar | editar código-fonte]

Jogador Pos. Clube de destino Período Ref.
Brasil Vitor Gabriel Vindo de Empréstimo A Brasil Ceará 30/11/2023 [31]
Brasil Hugo Souza G Portugal Chaves 30/06/2024 [32]
Brasil Matheus Gonçalves A Brasil Bragantino 31/12/2023 [33][34]
Brasil André Luiz A Portugal Estrela da Amadora 30/06/2024 [35]
Legenda

Fatos marcantes[editar | editar código-fonte]

Transferências[editar | editar código-fonte]

Entradas[editar | editar código-fonte]

Ayrton Lucas[editar | editar código-fonte]
Ayrton Lucas, em 2019, com a camisa do Spartak Moscou.
Compra em definitivo

Em 16 de dezembro de 2022, o Flamengo anunciou que chegou a um acordo com o Spartak Moscou para aquisição, em definitivo, do lateral-esquerdo Ayrton Lucas. O valor da transação será de sete milhões de euros (cerca de 39,6 milhões de reais) parcelados com conclusão, em 2025. O contrato de empréstimo se encerrou, em 31 de dezembro de 2022, e, o novo contrato, tem vigência a partir de 1 de janeiro, com término no final de 2027.[4][5]

Gerson[editar | editar código-fonte]
Gerson, em 2022, com a camisa do Olympique de Marseille.
Acordo

Em 31 de dezembro de 2022, o clube anunciou o acerto com o Olympique de Marseille sobre o volante Gerson. Os clubes estão formalizando o acordo com a troca de documentos para assinatura do contrato por cinco temporadas. A compra dos 80 por cento dos direitos do atleta que pertencem ao clube francês será por 15 milhões de euros fixos (cerca de 85 milhões de reais) mais um milhão de euros (cerca de 5,6 milhões de reais) por bônus em caso de cumprimento de metas. Porém, os franceses ainda devem 6,5 milhões de euros (cerca de 36,5 milhões de reais) pela compra, em 2021, então o Rubro-Negro pagará 8,5 milhões de euros (cerca de 45 milhões de reais) de forma parcelada.[7]

Desembarque no Rio de Janeiro

O atleta desembarcou no Aeroporto do Galeão, no início da noite de 1 de janeiro. O "Coringa" chegou de volta ao Rio de Janeiro para finalizar os últimos detalhes do retorno ao Flamengo. O futebolista usará a camisa 20, já que o clube optou não mudar a numeração de Thiago Maia, atual "dono" da camisa 8 — antigo número usado por Gerson — que disse não se incomodar em ceder o número ao reforço do Rubro-Negro.[36]

Anúncio

Em 3 de janeiro, o Flamengo anunciou oficialmente o primeiro reforço da temporada: o "Coringa". O atleta assinou contrato até o final da temporada de 2027. O valor da transação será em torno de 91,5 milhões de reais (16 milhões de euros) pelos 80 por cento de direitos do Olympique de Marseille, sendo 15 milhões de euros fixos e mais um milhão de euros por bônus. Como os franceses ainda devem 6,5 milhões de euros, o valor a ser pago pelo Rubro-Negro será de 8,5 milhões de euros, parcelados.[8]

BID

Em 12 de janeiro, o nome do atleta foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Desta forma, Gerson está apto a jogar e poderá fazer sua reestreia pelo Rubro-Negro.[37]

Agustín Rossi[editar | editar código-fonte]
Pré-contrato

Em 9 de janeiro, o Flamengo anunciou que assinou um pré-contrato com o goleiro Agustín Rossi, do Boca Juniors, da Argentina. O futebolista está nos últimos seis meses de vínculo com o clube argentino e, portanto, já poderia assinar um pré-contrato com outro clube. O vínculo com o Rubro-Negro será até o final de 2027. O dirigentes Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e Bruno Spindel, diretor executivo, estiveram em Buenos Aires para tentar uma liberação antes do término do contrato, em julho de 2023, com o clube xeneize, mas não obtiveram sucesso. Juan Román Riquelme, diretor do Boca, ignorou as mensagens recebidas dos dirigentes rubro-negros. Ele alegou que estava de férias e não iria receber os enviados do clube carioca. Como não conseguiram o contato, os dirigentes firmaram o pré-contrato com o atleta.[38][39]

Possível empréstimo ao Al-Nassr

O Boca Juniors, que tem o vínculo de Rossi até junho deste ano, acenou com a possibilidade de empréstimo do goleiro para o Al-Nassr, da Arábia Saudita — atual clube de Cristiano Ronaldo. Os jornais argentinos repercutiram a notícia e o treinador da equipe argentina, Hugo Ibarra, afirmou, em entrevista coletiva, que o goleiro não jogaria mais pelo clube.[40]

Mesmo com o empréstimo, o goleiro, que já atuou pelo Boca Juniors nesta temporada, ainda poderá jogar pelo Flamengo, dentro do limite da FIFA de três clubes diferentes a cada temporada. A restrição de transferências, em uma mesma temporada, foi imposta pela FIFA, em 2020.[40]

Empréstimo ao Al-Nassr

Em 23 de janeiro, o Al-Nassr anunciou o empréstimo, junto ao Boca Juniors, do goleiro. O empréstimo aconteceu até 30 de junho, ou seja, durante o período de vigência do contrato do atleta com o clube argentino. A operação envolveu um milhão de dólares (cerca de 5,2 milhões de reais) para o Boca. O clube saudita buscava um reforço internacional para o gol, já que o goleiro da equipe, David Ospina, estava lesionado e os demais arqueiros são árabes.[41][42]

Possibilidade de chegada antecipada

Flamengo e Boca Juniors conversaram sobre a possibilidade de antecipar a chegada do argentino e adiantar a adaptação ao Rio de Janeiro. Como a última partida pelo Al-Nassr — que brigava pelo título do Campeonato local, na segunda posição e a cinco pontos do líder, o Al-Ittihad — aconteceu em 31 de maio, existia a possibilidade do atleta vir para o Brasil, mas sem atuar pelo Rubro-Negro e apenas se ambientar na cidade e no clube.[43]

Chegada ao Rio de Janeiro

Em 2 de junho, o goleiro chegou ao Rio de Janeiro para receber as chaves de sua nova residência e iniciar a mudança para a cidade. Ainda terá um período de descansos, em Buenos Aires, e se apresentará ao clube, para início dos trabalhos, em 26 de junho.[44]

Anúncio oficial

Em 1 de julho, após o término do contrato com o Boca Juniors, o Flamengo anunciou oficialmente a contratação do goleiro Agustín Rossi, que usará a camisa 17.[9][45]

Publicação no BID

Em 4 de julho, o nome do goleiro foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. O registro do atleta envolveu, além dos dois clubes — Boca Juniors e Flamengo — a CBF e a Federação de Futebol da Arábia Saudita.[46]

Apresentação

Em 6 de julho, o Flamengo apresentou o goleiro Agustín Rossi, no Ninho do Urubu.[47][48]

Estreia

O goleiro Agustín Rossi fez sua estreia, em 20 de setembro, em partida do Campeonato Brasileiro, contra o Goiás válida pela 24.ª rodada.[49]

Luiz Araújo[editar | editar código-fonte]
Luiz Araújo, em 2017, com a camisa do Lille.
Acordo

Em 18 de maio de 2023, o Flamengo anunciou um acordo com atacante Luiz Araújo, mas o jogador só assinará o contrato a partir de 1 de julho e com validade até o final de 2027, já que o atleta tem contrato com o Atlanta United até o final de junho — o clube dos Estados Unidos já anunciou a saída de Araújo, inclusive informando que a última partida será contra o New York Red Bulls, em 24 de junho. O Rubro-Negro pagará nove milhões de euros (cerca de 48 milhões de reais, pela cotação atual) pela totalidade dos direitos econômicos do futebolista.[50]

Liberação antecipada

Após acordo entre o empresário do atleta e a diretoria do Atlanta United, Luiz Araújo foi liberado das duas últimas partidas do clube dos Estados Unidos pela Major League Soccer (MLS) contra o New York City e o New York Red Bulls — em 21 e 24 de junho, respectivamente. Assim, o atacante se apresentará ao Flamengo, em 26 de junho. Como o contrato com o Rubro-Negro passará a vigorar a partir de 1 de julho, se tudo correr bem na CBF, o futebolista já poderá atuar em dois dias.[51]

Desembarque no Rio de Janeiro

O atacante Luiz Araújo desembarcou no Rio de Janeiro, em 27 de junho, no aeroporto Santos Dumont. O atleta ainda fará exames médicos antes de oficializar a assinatura do novo contrato com o Rubro-Negro e usará a camisa 22.[52]

Anúncio oficial

Em 28 de junho, Luiz Araújo foi anunciado oficialmente pelo Flamengo. O atleta foi ao Maracanã para acompanhar a partida contra o Aucas, pela última rodada da Copa Libertadores.[53]

Primeiro treino

Em 29 de junho, o atleta conheceu as dependências do centro de treinamento do Rubro-Negro, realizou os exames médicos e participou da primeira atividade com os demais atletas do clube que não atuaram contra o Aucas, na noite anterior. Já na academia, todo o elenco esteve presente.[54]

Apresentação

A apresentação do jogador aconteceu no Ninho do Urubu, em 3 de julho.[10][55]

Publicação no BID

Em 4 de julho, o nome do atacante foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. O registro do atleta tinha uma complicação maior, já que, em 4 de julho, é comemorado o Dia da Independência e é feriado nos Estados Unidos.[46]

Estreia

O atacante fez sua estreia, em 6 de julho, na partida contra o Athletico Paranaense, válida pelas quartas de final da Copa do Brasil. O Rubro-Negro venceu a partida por 2–1, de virada.[56]

Allan[editar | editar código-fonte]
Allan, em 2015 pelo SJK.
Acordo entre Flamengo e Atlético-MG

Em 23 de junho, o Flamengo encaminhou a contratação do volante Allan do Atlético Mineiro. Foram semanas de conversas entre as partes e o acordo fechado gira em torno de 8 milhões de euros — em torno de 41 milhões de reais — por todos os direitos econômicos do atleta. Há alguns detalhes a serem acertados, como por exemplo, a assinatura do contrato e a forma de pagamento.[57]

Divergências sobre o mecanismo de solidariedade

Um novo entrave ocorreu nas negociação entre o Rubro-Negro e o Galo. A divergência é sobre quem assume o percentual referente ao mecanismo de solidariedade da FIFA e há aplicações diferentes para clubes estrangeiros e brasileiros. Esta situação não permitiu o anúncio da contratação do atleta pelo Flamengo.[58]

Chegada ao Rio de Janeiro

Em 1 de julho, o volante Allan desembarcou no Rio de Janeiro, pouco após a partida entre Flamengo e Fortaleza, pelo Campeonato Brasileiro. O atleta assinará contrato com clube carioca. Os exames médicos foram realizados por médicos enviados pelo Rubro-Negro à Belo Horizonte. Em rápido contato com repórteres, afirmou que já está recuperado da lesão na coluna e usará a camisa 21.[59]

Anúncio oficial

Em 2 de julho, o Flamengo anunciou oficialmente a contratação do volante Allan até o final da temporada de 2027. O clube pagará 8,2 milhões de euros — cerca de 43 milhões de reais — ao clube mineiro. O Atlético-MG ficará com 6,7 milhões de euros ou cerca de 35 milhões de reais e o pagamento será em três vezes, com cerca de 40 a 45 por cento na primeira parcela e o restante em janeiro e julho de 2024.[11][12]

Primeiro dia do Flamengo

Em 3 de julho, o atleta viveu o primeiro dia no novo clube. O atleta se apresentou no Ninho do Urubu, fez avaliações, treinou, conheceu o CT Rubro-Negro, vestiu o novo uniforme para uma sessão de fotos, cumprimentou os novos companheiros e participou de atividades físicas no campo de treinamento.[60]

Publicação no BID

Em 4 de julho, o nome do volante foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. O registro do atleta foi o mais simples dos novos reforços. O Atlético-MG, a Federação Mineira de Futebol (FMF) e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) colaboraram bastante no processo de registro do jogador.[46]

Apresentação

Em 10 de julho, o Flamengo fez a apresentação oficial do volante Allan, no CT do Ninho do Urubu.[61][62]

Saídas[editar | editar código-fonte]

Hugo Souza[editar | editar código-fonte]
Anúncio
Hugo Souza, em 2017, em treino ainda na base do Flamengo.

O Flamengo vendeu o goleiro Hugo Souza para o Vissel Kobe, do Japão. O valor a ser pago seria de 1,3 milhão de dólares por 50 por cento dos direitos econômicos do futebolista e o Rubro-Negro manterá os demais 50 por cento do atleta. O contrato seria de três anos e estava previsto para ser assinado em 12 de janeiro. A data da viagem para o país asiático ainda será definida.[63]

Desistência

Mesmo após o acerto entre os clubes e ter aceitado a proposta, o goleiro Hugo Souza repensou a transferência para o clube japonês. A desistência, segundo o atleta, foi motivada por problemas pessoais e questões familiares, mas ainda não é definitiva, ou seja, o futebolista poderá decidir se transferir para o Vissel Kobe. Por enquanto, o atleta ficará no Rubro-Negro, mas não participou da disputa da partida contra a Portuguesa-RJ, em 15 de janeiro, no Maracanã.[64]

João Gomes[editar | editar código-fonte]
Anúncio

Em 26 de janeiro, o Flamengo anunciou a concretização da venda do volante João Gomes para o Wolverhampton, da Inglaterra. O valor da venda do futebolista será de 18,7 milhões de euros — cerca de 103,2 milhões de reais, pela cotação atual — por cinco anos de contrato. A ainda uma cláusula de metas no valor de 1,5 milhões de euros e o Rubro-Negro mantém 10 por cento em futuras vendas. O impasse da venda — que envolveu também o Lyon, da França — já durava cerca de duas semanas, mas o atleta não quis aceitar a proposta do clube francês, que envolvia um valor maior de venda, e insistiu na transferência para o clube inglês, mesmo com a visita de John Textor — maior acionista do Lyon e, atual dono do Botafogo/SAF, entre outros — ao Ninho do Urubu e um valor maior de salário. O sonhe de disputar a Premier League pesou na decisão do volante.[17][18]

Anúncio da conclusão

Em 30 de janeiro, o Flamengo anunciou que a operação de venda de João Gomes foi concluída. O clube Wolverhampton, através das redes sociais oficiais, também anunciou a chegada do volante. O atleta nem viajou com a delegação para Brasília, para a disputa da Supercopa do Brasil. Só esta negociação envolvendo o futebolista, já quase atingiu o dobro da projeção de receita com negociações de atletas nesta temporada — o valor era de 61,4 milhões de reais e a a transação do futebolista foi de cerca de 103,2 milhões.[65][66]

Equívoco no pagamento

Em 3 de março, o clube identificou um equívoco — somente após quatro dias — no pagamento ao atleta. A transferência do valor de 1.897.200,00 reais — relativo aos 340 mil euros da parte que cabe à João Gomes na transação de venda — foi para outro João Victor Gomes da Silva — com CPF diferente — e não para o futebolista vendido ao Wolverhampton. Com a "descoberta" do erro, o Flamengo acionou a Justiça Federal para bloquear e reaver o dinheiro. A juíza Geraldine Vital, em 4 de março, determinou o bloqueio do valor, em decisão favorável ao clube.[67] A juíza ressaltou, na decisão, que o engano do Flamengo, e não do banco, não autoriza que o homônimo João Gomes fique com o dinheiro.[68]

Marinho[editar | editar código-fonte]
Marinho, em 2021, com a camisa do Santos.

Em 19 de junho, o clube anunciou a rescisão amigável do contrato do atacante Marinho. A venda do atleta antes do final do contrato, renderá ao Flamengo 400 mil dólares ou pouco menos de 2 milhões de reais. O futebolista assinará contrato com o Fortaleza, válido entre 1 de julho e o final da temporada de 2026 e receberá, entre salário e luvas, mais de 20 milhões de reais.[19]

Hugo Souza (2)[editar | editar código-fonte]
Hugo Souza, em 2017, em treino ainda na base do Flamengo.
Anúncio

Em 2 de julho, o Flamengo anunciou o empréstimo do goleiro Hugo Souza para o Chaves, de Portugal, por 12 meses. A última partida disputada pelo atleta foi em 12 de novembro do ano passado. O contrato com o Rubro-Negro é válido até o final de 2025.[32]

Opção de compra

O empréstimo do goleiro Hugo Souza, tem opção de compra ao fim do empréstimo de 12 meses, mas de apenas 50 por cento dos direitos econômicos do atleta, ou seja, o Flamengo continuará com 50 por cento, caso o clube português opte pela compra. Os direitos econômicos do futebolista será de 1,2 milhão de euros ou cerca de 6,2 milhões de reais. O Chaves assumirá integralmente os salários do atleta. Para poder jogar na Europa, Hugo cedeu seu percentual em caso de uma transferência definitiva.[69]

Anúncio oficial

Em 6 de julho, o Chaves anunciou oficialmente a contratação do goleiro. O atleta apareceu com a camisa do novo clube no vídeo de apresentação.[70]

Arturo Vidal[editar | editar código-fonte]
Arturo Vidal, em 2019, com a camisa do Barcelona.
Rescisão do contrato

Em 13 de julho, o Flamengo anunciou a rescisão do contrato com o volante Arturo Vidal, que tinha vínculo com o clube até o final desta temporada. O atleta já vinha se despedindo dos demais jogadores e dos funcionários nos últimos dias. Ele perdeu espaço com a atual comissão técnica e já havia manifestado o seu desejo de sair antes do término do contrato. Um acordo entre os empresários fez com que o futebolista recebesse 1,6 milhão de reais, em parcela única, possibilitando sua transferência, sem custos. Desta forma, o clube projeta uma economia de cinco milhões de reais, mas caso o contrato se mantivesse até o seu final, os custos seriam de sete milhões de reais, entre salários, direitos de imagem, encargos e pequenos custos. O volante deve assinar um novo contrato com o Athletico Paranaense.[22]

Anúncio pelo Athletico-PR

Em dia após o anúncio da rescisão com o Flamengo, o volante Arturo Vidal foi anunciado oficialmente pelo Athletico Paranaense. O contrato é válido até o final deste ano. O futebolista já foi regularizado no BID/CBF e, portanto, a jogar pelo novo clube.[23]

Matheus França[editar | editar código-fonte]
Acerto

Em 1 de agosto, o Flamengo acertou a venda do meia Matheus França para o clube inglês Crystal Palace. A ideia inicial do clube era uma venda por volta de 25 milhões de euros, mas a diretoria admitiu chegar a este valor com bonificações. Assim, o Crystal Palace pagará 20 milhões de euros fixos — ou cerca de 104 milhões de reais — de forma parcelada e outros cinco milhões de euros — cerca de 26 milhões de reais — em possíveis bonificações. Além disso, caso o atleta seja agraciado com o Ballon d'Or algum dia, o clube inglês pagará mais cinco milhões de euros e o Rubro-Negro ainda terá 20 por cento de "mais valia" em uma futura venda do futebolista.[25]

Anúncio pelo Flamengo

Em 5 de agosto, o Flamengo anunciou oficialmente a venda do meia para o Crystal Palace, da Premier League. A venda foi concluída em 1 de agosto passado, mas o anuncio oficial só veio após a finalização da operação.[71]

Anúncio pelo Crystal Palace

Também em 5 de agosto, o Crystal Palace anunciou oficialmente a contratação do meia Matheus França com um vídeo do atleta já com a camisa do clube.[26]

Renovação de contratos[editar | editar código-fonte]

Pedro[editar | editar código-fonte]

Em 25 de janeiro, o Flamengo anunciou a renovação do contrato do atacante Pedro até dezembro de 2027. O contrato anterior era válido até 2025, mas o Rubro-Negro antecipou a renovação. O principal objetivo foi aumentar a multa rescisória — que era de 60 milhões de euros ou cerca de 333 milhões de reais — e evitar possíveis investidas de outros clubes sobre o atleta. A nova multa não foi divulgada.[72][73][74]

Leo Pereira[editar | editar código-fonte]

O Flamengo informou, em 27 de janeiro, que renovou o vínculo do zagueiro Leo Pereira. O novo contrato será válido até o final da temporada de 2027. As tratativas da renovação já aconteciam há algumas semanas e, claro, rendeu uma valorização para o futebolista, que está no clube desde 2020. O atleta recebeu, no meio da temporada passada, uma proposta do León, do México, mas o Rubro-Negro optou por não negociar o zagueiro.[75]

Matheus França[editar | editar código-fonte]

Em 24 de fevereiro, o Flamengo anunciou a renovação do contrato do meia-atacante Matheus França. O novo contrato é valido até dezembro de 2027 e tem multa rescisória de 200 milhões de euros — equivalente a 1,08 bilhão de reais. Também haverá um aumento significativo de salário, mas não divulgado. O Rubro-Negro vem recebendo propostas de clubes europeus — como o Bayer Leverkusen, da Alemanha, e o Newcastle, da Inglaterra, que fez três propostas, sendo a última de 20 milhões de euros — todas recusadas.[76][77]

Igor Jesus[editar | editar código-fonte]

Em 3 de junho, o Flamengo anunciou a renovação do contrato do volante Igor Jesus até o final da temporada de 2025. O futebolista, que "flutua" entre o Sub-20 e o time titular, com cinco oportunidades na temporada entre os titulares. A multa rescisória do novo contrato é de 50 milhões de euros ou cerca de 265 milhões, pela cotação atual.[78][79]

Matheus Cunha[editar | editar código-fonte]

Em 6 de junho, o Flamengo anunciou a renovação do contrato do goleiro Matheus Cunha até o final da temporada de 2025. As conversas sobre a renovação já aconteciam há algumas semanas.[80][81]

Fim de contratos[editar | editar código-fonte]

Final do primeiro semestre[editar | editar código-fonte]

No meio de junho, o Flamengo possui sete jogadores "veteranos" tem contrato se encerrando no final da temporada e, portanto, podem assinar pré-contratos à partir de julho. São eles:[82]

  • David Luiz, 36 anos
  • Rodrigo Caio, 29 anos
  • Filipe Luís, 37 anos
  • Arturo Vidal, 36 anos
  • Marinho, 33 anos
  • Bruno Henrique, 32 anos
  • Everton Ribeiro, 34 anos

Arturo Vidal e Marinho já se manifestaram publicamente sobre a saída. Em princípio, ao final da temporada, mas isso poderia acontecer antes. O zagueiro David Luiz já alcançou a meta de 20 partidas do contrato, que tem um "gatilho" de renovação automática, desde que uma das partes se manifeste sobre a renovação, mas ainda não houve movimentação de nenhum dos lados. Everton Ribeiro e Bruno Henrique estão bem contados pela comissão técnica e devem ter seus vínculos renovados. Por outro lado, Rodrigo Caio e Filipe Luís, estão com queda de rendimento e não há certeza sobre a renovação. Filipe Luís está avaliando encerrar a carreira e já indicou que só continuará como futebolista se for continuar no clube.[82]

Filipe Luís[editar | editar código-fonte]
Filipe Luís, em 2018, com a camisa da Seleção Brasileira.

Em 30 de novembro, o lateral-esquerdo Filipe Luís anunciou oficialmente a sua aposentadoria como futebolista. No anúncio, falou que havia pensando em jogar até os 45 anos de idade, mas como não está bem fisicamente, preferiu se aposentar e encerrar sua carreira no clube do coração.[27]

O futebolista não se afastará do clube com a aposentaria, já que a tendência é que ele permaneça no clube, mas ainda sem o cargo definido.[27]

O Flamengo anunciou que fará uma homenagem ao atleta — e também ao zagueiro Rodrigo Caio, que deixará o clube no final da temporada — na última partida no Maracanã desta temporada, que será contra o Cuiabá, em 3 de dezembro, em partida válida pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.[27][83]

Rodrigo Caio[editar | editar código-fonte]
Rodrigo Caio com a camisa da Seleção Brasileira na conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016.
Anúncio

Também em 30 de novembro, o Rubro-Negro anunciou o término do vínculo com o zagueiro Rodrigo Caio para a próxima temporada — o contrato do atleta com o clube se encerra no final desta temporada. Da mesma forma que o lateral-esquerdo Filipe Luís, o clube fará uma despedida na próxima partida, no Maracanã.[27][83]

Detalhes da decisão

Rodrigo Caio, em 1 de dezembro, deu uma entrevista detalhando os detalhes da sua saída do Flamengo, decisão que, segundo ele, já havia sido tomada no meio do ano antes mesmo de contato da diretoria do clube.[84]

Éverton Ribeiro[editar | editar código-fonte]
Éverton Ribeiro com a camisa do Flamengo na partida contra o Emelec, em 14 de março de 2018, válida pela Copa Libertadores.
Sem acordo

Até o último dia de contrato com o meia Éverton Ribeiro, o Flamengo não anunciou a renovação de contrato e, portanto, o vínculo não foi estendido. O atleta aceitou manter o valor do salário, mas queria um contrato de dois anos, porém o Rubro-Negro queria que o novo vínculo fosse de apenas um ano. Houve uma contraproposta por parte do futebolista, sendo um ano com renovação automática por mais um ano no caso de metas pré-estabelecidas serem cumpridas, mas o clube não aceitou.[29][85]

Competições[editar | editar código-fonte]

Copa do Mundo[editar | editar código-fonte]

Definição da sede e do período

A indefinição sobre a sede da Copa do Mundo de Clubes de 2022 terminou durante a disputa da Copa do Mundo do Catar 2022. A competição acontecerá no formato "tradicional", ainda com sete clubes — os seis campeões das competições principais de cada Confederação e um do país-sede. A disputa será realizada no Marrocos, entre 1 a 11 de fevereiro de 2023.[86]

Participantes

Participarão Flamengo (CONMEBOL), Real Madrid (UEFA), Urawa Red Diamonds (AFC), Wydad Casablanca (CAF), Seattle Sounders (CONCACAF), Auckland City (OFC) e Al-Ahly — mesmo do Egito, representará o país-sede.[86]

O Wydad Casablanca é campeão nacional marroquino e campeão da Liga dos Campeões da CAF de 2021–22 e, por isso, será o representante da CAF. Por outro lado, a vaga do país-sede foi repassada — conforme as regras da competição — para o vice-campeão da Liga, Al-Ahly, do Egito, já que a disputa não podem incluir duas equipes do mesmo país.[86]

A vaga da AFC também não estaria definida — a definição do campeão da Liga dos Campeões da AFC de 2022 só deverá acontecer entre março e abril — para a disputa do Mundial e, portanto, o clube representante será indicado pela AFC.[87] Em 23 de dezembro, o Comitê de Competições da entidade, definiu o Al-Hilal, da Arábia Saudita, representante da AFC, por ser o campeão da Liga dos Campeões da AFC de 2021 e disputará o seu terceiro Mundial em quatro anos. O clube enfrentou o Flamengo, na edição do Mundial de 2019 e foi eliminado, após a derrota por 3–1.[88]

Número de jogadores

A Federação Internacional de Futebol (FIFA) — responsável pela organização da competição — manteve o número de 23 jogadores inscritos para a edição de 2022. Existia a possibilidade de um aumento no número de inscritos para 26, como aconteceu na Copa do Mundo do Catar 2022. Os clubes deverão enviar, no início de janeiro, a lista provisória com, no mínimo, 24 jogadores e, no máximo, 35. A lista definitiva, deverá ser enviada, até 25 de janeiro — uma semana antes do início da Competição — com 23 nomes. A janela de transferências, no Brasil, só abrirá em 10 de janeiro, mas como aconteceu na edição anterior com o Palmeiras, a FIFA abrirá uma exceção para o Flamengo, que poderá inscrever atletas contratados até o prazo final da lista definitiva.[89]

Anúncio do sorteio

Em 4 de janeiro de 2023, a FIFA anunciou que o sorteio das partidas acontecerá, em 13 de janeiro de 2023, no Mohammed VI Football Academy, em Rabat, no Marrocos, país onde será realizada a competição.[90][91]

Sorteio, sedes e horários

Em 13 de janeiro, a FIFA realizou o sorteio da ordem dos jogos e informou as sedes e horários das partidas. O Flamengo enfrentará o vencedor do "jogo 3" — entre Wydad Casablanca e Al-Hilal — em 7 de fevereiro, às 20:00 horas (horário local), no estádio Ibn Batouta, em Tânger. Caso vença, a final será em 11 de fevereiro, no estádio Príncipe Moulay Abdellah, em Rabat. Caso perca a primeira partida, disputará o terceiro lugar, também no local da final, mas às 16:30 horas (horário local).[92][93]

Logística

Em 14 de janeiro, o Flamengo definiu o local dos treinamentos e hospedagem no Marrocos, para a disputa da competição. A delegação ficará hospedada no Vichy Célestins SPA Hotel Casablanca, entre Rabat e Casablanca. Pela privacidade, o clube fechou o local, que fica isolado e à beira-mar. O hotel fica a 20 minutos do centro de treinamento do FUS Rabat, adversário local do Wydad Casablanca — um dos possíveis adversários do Rubro-Negro. Os treinamentos acontecerão entre 3 e 6 de fevereiro.[94]

O deslocamento para o estádio Príncipe Moulay Abdellah, em Rabat — palco da disputa do terceiro lugar e da final — também é de apenas 20 minutos. Outro fator importante é que o local da concentração estará equidistante de dois aeroportos: Maomé V (Casablanca) e Rabat-Salé (Rabat), facilitando o deslocamento.[94]

A delegação deixará Rabat e seguirá para Tânger no dia anterior a partida semifinal e voltará para a capital marroquina logo após a disputa da partida e permanecerá até 11 de fevereiro. Da mesma forma, os jogadores e o staff retornarão ao Rio de Janeiro logo após a segunda partida (disputa do terceiro lugar ou a final) e chegarão no domingo, 12 de fevereiro, no Brasil.[94]

Prêmio da CONMEBOL

Em 16 de janeiro, a CONMEBOL anunciou que concederá um prêmio extra de cinco mil dólares (cerca de 25,5 milhões de reais) para o Flamengo — campeão da Copa Libertadores da América — caso ele conquiste o título da Copa do Mundo.[95]

Explicações das decisões do VAR

O International Football Association Board (IFAB) anunciou que, durante o Mundial, as explicações do árbitro principal sobre as decisões relacionadas ao árbitro assistente de vídeo (VAR) serão transmitidas no som ambiente dos estádios e nas transmissões, como já acontece, por exemplo, na National Football League (NFL), a liga de futebol americano dos Estados Unidos. O novo formato irá estrear na competição, mas os testes acontecerão até, em princípio, a edição deste ano da Copa do Mundo de Futebol Feminino.[96]

Pré-lista

O Flamengo já enviou a pré-lista com os 35 atletas para a disputa da competição. O nome do volante João Gomes ainda consta da lista, mesmo com as negociações de uma possível venda do futebolista em andamento com o Wolverhampton, da Inglaterra e com o Lyon, da França. A lista definitiva com os 23 nomes será enviada, em 5 de fevereiro, apenas dois dias antes da estreia.[97]

Equipe mais cara da história

Pela segunda vez na história do clube — e primeira com organização da FIFA — o Flamengo buscará o título mundial e fará isso com o elenco mais caro já montado por um clube brasileiro para a competição. As estimas são que o clube investiu 124,6 milhões de euros — cerca de 690,7 milhões de reais — na compra dos direitos econômicos dos atletas considerados titulares. O recorde anterior também pertencia ao Flamengo, que fechou a temporada 2022 — com a conquista da Copa Libertadores — com um elenco de 103,5 milhões de euros, algo em torno de 574 milhões de reais. Só que o acréscimo dos atletas Gérson e Ayrton Lucas, adicionou 22 milhões de euros ou 122,4 milhões de reais na "conta". O "poderio" do clube rubro-negro, neste momento, é tão fora da curva, que os três primeiros do ranking de maiores transferências do futebol brasileiro são do clube: Gabi, Gérson e De Arrascaeta. Éverton Cebolinha, o sexto neste ranking, e Pedro, o sétimo, também fazem parte do elenco.[98]

Lista dos 31 relacionados

Em 2 de fevereiro, o Flamengo divulgou a lista com os 31 jogadores relacionados para a disputa da competição. Os dois atletas no Departamento médico — Bruno Henrique e Victor Hugo — estão na lista mesmo sem condições de jogo. São eles:[99]

  • Ayrton Lucas
  • Bruno Henrique (DM)
  • Cleiton
  • David Luiz
  • De Arrascaeta
  • Erick
  • Éverton Ribeiro
  • Everton Cebolinha
  • Fabrício Bruno
  • Filipe Luís
  • Guillermo Varela
  • Gabi
  • Gerson
  • Hugo Souza
  • Igor Jesus
  • Leo Pereira
  • Marinho
  • Mateusão
  • Matheus Cunha
  • Matheus França
  • Matheuzinho
  • Pablo
  • Pedro
  • Petterson
  • Rodrigo Caio
  • Santos
  • Thiago Maia
  • Victor Hugo (DM)
  • Vidal
  • Werton
  • Wesley
Lista dos 23 inscritos

O Flamengo divulgou, em 5 de fevereiro, a lista com os 23 jogadores inscritos na competição. Dos 31 jogadores que viajaram com a deleção, oito deles ficaram de fora da lista final: Cleiton, Igor Jesus, Mateusão, Petterson, Werton, Wesley, Bruno Henrique e Victor Hugo — estes dois últimos em recuperação de lesão. Sem surpresas — Rodrigo Caio era uma das possíveis dúvidas, já que voltou a pouco de uma lesão — a lista final ficou com:[100]

Declaração de Rodrygo, do Real Madrid

Em entrevista após a vitória do Real Madrid sobre o Al-Ahly por 4–1, na semifinal da competição, o atacante Rodrygo declarou que sabia que seria difícil para o Flamengo vencer o Al-Hilal.[101]

Mudança do local da disputa do terceiro lugar

Em 9 de fevereiro, a FIFA anunciou a mudança do local da disputa do terceiro lugar, por meio de comunicação oficial e alegou que a decisão foi tomada pelo Marrocos. Originalmente, a partida estava marcada para o estádio Príncipe Moulay Abdellah, em Rabat e foi alterado para o local onde o Rubro-Negro disputou a partida da semifinal, em Tânger. A indefinição desagradou o clube, em função da logística de deslocamento da equipe. Além disso, os torcedores que pagaram ingresso para assistir as duas partidas — semifinal e decisão/terceiro lugar — sofreram por terem se programado para ficar em Rabat. Em função da mudança, o Marrocos ajudará no deslocamento dos torcedores.[102][103]

Abandono pela CBF e CONMEBOL

O Flamengo se sentiu abandonado pela Confederação Brasileira (CBF) e pela Confederação Sul-Americana (CONMEBOL). Nenhum dos presidentes das duas Confederação esteve presente na partida semifinal disputada pelo Rubro-Negro — a derrota pelo por 4–2 para o Al-Hilal, da Arábia Saudita. O Governo Federal também não enviou representante oficial para a partida. Ao contrário da Arábia Saudita, que marcou sua presença macica, principalmente por ser a patrocinadora principal do evento — que estampou o slogan "Visit Arabia" (ou "Visite a Arábia", em português) nas placas de publicidade e backdrops das entrevistas em todos os jogos.[104]

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, em 17 de janeiro, garantiu que estaria presente no Mundial, mas preferiu — segundo a assessoria da entidade — permanecer no Brasil, cuidando da organização do Campeonato Brasileiro, já que uma Assembleia Geral precisa ser realizada em, no máximo, até 60 dias antes do início da competição.[104]

A CONMEBOL foi contatada para comentar a ausência na competição, mas não se manifestou sobre o assunto.[104]

Nova declaração de Rodrygo

Em 11 de fevereiro, o atacante Rodrygo, em nova entrevista antes da partida final da competição, afirmou que foi mal interpretado na declaração sobre o Flamengo.[105]

Premiação recebida pelo terceiro lugar

O Rubro-Negro recebeu 2,5 milhões de dólares ou cerca de 12 milhões de reais pela conquista do terceiro lugar na competição — com a vitória sobre o Al-Ahly por 4–2, em Tânger. O valor é a metade do valor recebido pelo campeão, Real Madrid, que foi de cinco milhões de dólares ou 25 milhões de reais. Além da premiação da FIFA, o clube também não vai receber os cinco milhões de dólares — outros 25 milhões de reais — prometidos pela CONMEBOL caso o Flamengo, representante da entidade, tivesse conquistado o título.[106]

Recopa Sul-Americana[editar | editar código-fonte]

Divulgação das datas

Em 19 de dezembro de 2022, a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) anunciou a mudança das datas da competição em função da divulgação do calendário da Copa do Mundo de Clubes da FIFA, já que o Flamengo participará das duas competições. Prevista para ocorrer entre 8 e 15 de fevereiro, foi remarcada para 22 de fevereiro (no Equador) e 1 de março (no Rio de Janeiro).[107]

Alteração das datas

Em 21 de dezembro de 2022, a CONMEBOL divulgou uma nova alteração nas datas das partidas. As partidas que aconteceriam em 22 de fevereiro e 1 de março foram remarcadas para 21 e 28 de fevereiro, mas agora com os horários definidos: 19h30 (UTC−5) e 21h30 (UTC−3), respectivamente.[108]

Relacionados para primeira partida

O Flamengo, em 19 de fevereiro, divulgou a lista de relacionados e, portanto, os jogadores que viajam para a primeira partida da decisão da Recopa. As principais ausências são do volante Gerson — com dores no tornozelo direito — e do atacante Marinho — com dores na coxa esquerda. Bruno Henrique, Filipe Luís, Hugo Souza e Léo Pereira já estavam no departamento médico e, de certa forma, não foram surpresas por não estarem na relação. Pelo lado positivo, os destaques foram a presença de Lorran — de apenas 16 anos — e Matheus Gonçalves — autor do primeiro gol na vitória contra o Resende, pela sétima rodada do Carioca, disputada, em 18 de janeiro.[109][110]

A delegação chegou ao aeroporto Internacional Tom Jobim por volta de 16 horas para embarque para Quito, no Equador, em voo fretado, com duração de pouco mais de cinco horas e o desembarque deverá ser por volta das 20 horas e 45 minutos (horário local do Equador). A equipe fará um treinamento, na tarde do dia seguinte, 20 de fevereiro, no estádio Olímpico Atahualpa.[109][110]

Os relacionados:[109]

  • Ayrton Lucas
  • Cleiton
  • David Luiz
  • De Arrascaeta
  • Erick
  • Éverton Ribeiro
  • Everton Cebolinha
  • Fabrício Bruno
  • Guillermo Varela
  • Gabi
  • Igor Jesus
  • Kauã
  • Lorran
  • Mateusão
  • Matheus Cunha
  • Matheus França
  • Matheus Gonçalves
  • Matheuzinho
  • Pablo
  • Pedro
  • Rodrigo Caio
  • Santos
  • Thiago Maia
  • Vidal
  • Werton
Premiação

A premiação da Recopa Sul-Americana, aumentou, em relação ao valor pago na edição de 2022, para 1,8 milhão de dólares ao vencedor e 900 mil ao vice-campeão. O aumento não é tão significativo — cerca de 2,4 por cento — mas houve uma valorização financeira nas competições entre clubes, pela CONMEBOL, nesta temporada.[111]

Relacionados para partida decisiva

Em 28 de fevereiro, o Flamengo divulgou lista com 25 atletas relacionados para a segunda e decisiva partida da Competição. O volante Erick Pulgar sofreu fratura na base do quinto metatarso do pé direito — na partida contra o Botafogo pelo Campeonato Carioca, em 25 de fevereiro — e está fora do confronto. Por outro lado, Gerson está recuperado das dores no tornozelo esquerdo e está de volta.[112]

Os relacionados:[112]

  • Ayrton Lucas
  • Cleiton
  • David Luiz
  • De Arrascaeta
  • Éverton Ribeiro
  • Everton Cebolinha
  • Fabrício Bruno
  • Guillermo Varela
  • Gabi
  • Gerson
  • Hugo Souza
  • Igor Jesus
  • Lorran
  • Marinho
  • Mateusão
  • Matheus Cunha
  • Matheus França
  • Matheus Gonçalves
  • Matheuzinho
  • Pablo
  • Pedro
  • Rodrigo Caio
  • Santos
  • Thiago Maia
  • Vidal

Copa Libertadores[editar | editar código-fonte]

Fase de grupos[editar | editar código-fonte]
Terremoto no Chile

Em 23 de maio, em Concepción, no Chile — local da partida realizada contra o Ñublense, válida pela 4.ª rodada da fase de grupos — foram registrados três abalos císmicos, segundo o Centro Sismológico Nacional da Universidade do Chile, um pela manhã, outro à tarde e mais um no início da noite. Alguns membros do Rubro-Negro sentiram o tremor da manhã que foi de 4.3 pontos de magnitude, por volta de 8 horas e 30 minutos. Por volta de 17 horas, o segundo tremor teve magnitude de 4.6. O último, próximo das 19 horas, também foi de 4.6. Nada que tenha modificado o local da partida ou qualquer questão relacionada ao jogo.[113]

Punição ao Racing

Em 24 de maio, a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) anunciou uma punição ao Racing, da Argentina, em função dos insultos racistas feitos pela torcida do clube na partida contra o Flamengo, em 4 de maio, no estádio El Cilindro — empate em 1–1, válido pela 3.ª rodada da fase de grupos. O valor da punição é de 100 mil dólares ou cerca de 500 mil reais, pela cotação atual. Na decisão da entidade, ainda estão indicadas punições maiores em caso de reincidência — multa de 400 mil dólares, partidas sem público ou até fechamento parcial ou total do estádio. Ainda cabe recurso do clube à Comissão de Apelações da CONMEBOL.[114]

Recorde histórico de partidas com gols

Na partida contra o Racing, da Argentina, no Maracanã, em 8 de junho, o Flamengo alcançou a marca de 25 partidas consecutivas com gols marcados e se igualou ao recorde que pertencia ao América, do México. O clube mexicano marcou gols nas partidas entre as Libertadores de 1999 a 2002. O Rubro-Negro bateu o recorde marcando pelas Libertadores entre 2021 e a edição desta temporada. A última partida do clube pela Libertadores, sem gols, aconteceu contra o Vélez Sarsfield, pela sexta rodada da fase de grupos da edição de 1999. Desde então, foram 20 vitórias, três empates e apenas duas derrotas, com 59 gols marcados e média de 2,36 gols por partida. O clube ainda terá, pelo menos, uma partida pela competição, contra o Aucas, do Equador. Os artilheiros nesta trajetória são Gabi e Pedro com 14 gols cada.[115]

Multa por uso de sinalizadores no Maracanã

Em 27 de junho, a CONMEBOL anunciou a punição ao Flamengo pelo uso de sinalizadores e bombas nas arquibancadas do Maracanã — conforme previsto no artigo 12.2 do Código Disciplinar da entidade — na vitória de 2–1 sobre o Racing, pela quinta rodada da fase de grupos, em 8 de junho. O valor da multa será descontado dos direitos de transmissão que a entidade pagará ao clube pela competição.[116]

Oitavas de final[editar | editar código-fonte]
Sorteio

Em 5 de julho, foi realizado um sorteio no Centro de Convenções da CONMEBOL, em Luque, no Paraguai, para determinar os confrontos da fase final. Assim, foi sorteado o Olimpia, do Paraguai, para enfrentar o Flamengo nas oitavas e, pela campanha de ambos, a primeira partida no Rio de Janeiro e a segunda em Assunção. Caso o Rubro-Negro se classificasse para as quartas, enfrentaria o Fluminense — também caso o clube vencesse a disputa contra o Argentinos Juniors.[117] O Flamengo acabou eliminado pela Olimpia e o Fluminense se classificou.

Punição a Sampaoli

Em 11 de setembro, a CONMEBOL anunciou a punição ao treinador Jorge Sampaoli por receber o segundo cartão amarelo e ser expulso aos seis minutos do segundo tempo na partida de volta contra o Olimpia, em Assunção, no Paraguai, em 10 de agosto. O técnico foi expulso por reclamações e, desta forma, a Unidade Disciplinar o suspendeu por uma partida (a ser cumprida em competições organizadas pela Confederação Sul-Americana) e multado em 20 mil dólares — cerca de 98,7 mil reais, pela cotação atual. Ainda cabe recurso.[118]

Supercopa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Data, horário e sede

Em 11 de janeiro, a CBF anunciou que a disputa da competição acontecerá em 28 de janeiro, um sábado, no BRB Arena, em Brasília, às 16:30 horas (horário de Brasília), em comum acordo com os clubes. A CBF tinha propostas de outras cidades do Brasil e do exterior, mas acabou optando por Brasília. O valor da premiação — que na edição anterior foi de cinco milhões de reais para o campeão e dois milhões para o vice — ainda não foi divulgada.[119][120]

Novo uniforme 1

O Flamengo fará a estreia do novo uniforme número 1 na partida da competição, após a autorização concedida pela CBF. Mesmo sendo visitante — por ser o campeão da Copa do Brasil — o Rubro-Negro não precisará atuar de uniforme branco ou seu segundo uniforme. A nova camisa será lançada, na Sede da Gávea, em 26 de janeiro. Antes da autorização da CBF, a nova camisa só faria a estreia na semifinal da Copa do Mundo, quando o clube seria o mandante da partida.[121]

Palmeiras de uniforme novo

O Palmeiras também vai estrear o seu uniforme número 1 para a temporada de 2023 na partida contra o Flamengo. Os novos uniformes foram apresentados pelo clube, em 27 de janeiro, véspera da partida da Competição. A nova camisa principal foi inspirada na camisa de 1973, ano que o clube conquistou o Campeonato Brasileiro, mas as camisas fazem homenagem às chamadas "Primeira Academia" e "Segunda Academia", equipes que marcaram época nas décadas de 1960 e 1970. Desta forma, consolidam a "Terceira Academia", associada ao momento atual do clube.[122]

Lista de relacionados

Em 27 de janeiro, o Rubro-Negro divulgou a lista dos futebolistas relacionados para a partida. Na lista estão incluídos alguns nomes que ainda estão no Departamento Médico, como Bruno Henrique e Victor Hugo. A lista divulgada:[123][124]

  • Ayrton Lucas
  • Bruno Henrique
  • David Luiz
  • De Arrascaeta
  • Éverton Ribeiro
  • Erick
  • Everton Cebolinha
  • Fabrício Bruno
  • Filipe Luís
  • Guillermo Varela
  • Gabi
  • Gerson
  • Hugo Souza
  • Leo Pereira
  • Marinho
  • Mateusão
  • Matheus Cunha
  • Matheus França
  • Matheuzinho
  • Pablo
  • Pedro
  • Rodrigo Caio
  • Santos
  • Thiago Maia
  • Victor Hugo
  • Vidal
Premiação

No dia anterior a realização da Supercopa, a CBF anunciou os valores a serem pagos de premiação da competição. O vencedor receberá 10 milhões de reais e o vice-campeão, 5 milhões. O valor da premiação deste ano é maior que o dobro da premiação da edição anterior e, portanto, o maior já pago na história da competição. A CONMEBOL entrará com um reconhecimento financeiro de um milhão de reais ou cerca de 5 milhões de reais ao vencedor, já incluso no valor do prêmio.[125]

Análise do VAR

A CBF divulgou, no dia seguinte a partida entre Flamengo e Palmeiras, o áudio e o vídeo da análise do árbitro assistente de vídeo (VAR) do quarto gol do Palmeiras marcado por Gabriel Menino, aos 73 minutos de partida. O árbitro de campo, Wilton Pereira Sampaio, validou o gol. As análises realizadas pelo VAR, referendaram a validade do gol, após a percepção de que Mayke, em situação de impedimento, não atrapalhou o goleiro rubro-negro, Santos, no lance.[126]

Sálvio Spínola, ex-árbitro e comentarista de arbitragem da TV Globo — que transmitiu a partida em rede aberta — na "Central da Apito", considerou o gol irregular, já que, na visão dele, o atleta do Palmeiras atrapalhou o goleiro adversário.[126]

Pedido de afastamento dos árbitros

Em 30 de janeiro, o Flamengo enviou à CBF um ofício solicitando que os árbitros que atuaram na partida da Supercopa sejam afastados. Obviamente, a principal reclamação é sobre o quarto e último gol do Palmeiras, de Gabriel Menino, considerando que o gol foi irregular e deveria ter sido anulado por conta da posição de impedimento do lateral Mayke. O clube sugere que os árbitros Wilton Pereira Sampaio — árbitro de campo — e Rodrigo D'Alonso Ferreira — responsável pelo VAR — sejam afastados e passem por período de reciclagem.[127]

Arquivamento da denúncia contra os árbitro

Em 27 de fevereiro, a Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) arquivou a denúncia contra os árbitros Wilton Pereira Sampaio e Rodrigo D'Alonso Ferreira feita pelo Flamengo. A Procuradoria descartou infrações dos árbitros mesmo que "ainda que tenha ocorrido o suposto erro de intepretação de lance ou protocolo do VAR", segundo a decisão. Desta forma, erros de interpretação, ou seja, falhas técnicas, não são competência do STJD. Assim, sequer haverá julgamento no Tribunal.[128]

Campeonato Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Copa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Terceira fase[editar | editar código-fonte]
Sorteio

O sorteio dos confrontos e mando de campo da terceira fase da Copa do Brasil foi realizado em 29 de março, na sede da CBF, no Rio de janeiro. Os 32 clubes — Flamengo, Palmeiras, Internacional, Fluminense, Corinthians, Athletico-PR, Atlético-MG e Fortaleza (classificados para a Copa Libertadores), Sport (vice-campeão da Copa do Nordeste de 2022, que herdou a vaga do Fortaleza), Paysandu (campeão da Copa Verde de 2022), Cruzeiro (campeão da Série B do Campeonato Brasileiro de 2022) e São Paulo (nono colocado da Série A do Campeonato Brasileiro de 2022, que ficou com a vaga do Fortaleza) e os 20 classificados da fase anterior — foram divididos em dois potes (potes A e B) conforme o ranking da CBF. O Flamengo ficou no pote A e o adversário sorteado (pote B) foi o Maringá, do Paraná, com o primeiro jogo em Maringá e o segundo, no Rio de Janeiro.[129][130][131]

Venda do mando de campo do Maringá
Estádio Willie Davids, em Maringá/PR, local da disputa da primeira partida.

O Maringá recebeu, pelo menos, cinco propostas para venda do mando de campo da partida de ida — com valores de até 5 milhões de reais — mas a diretoria garantiu que a partida seria realizada no estádio Willie Davids.[132]

Aumento da capacidade do Willie Davids

Logo após a definição do sorteio da terceira fase da Copa do Brasil, o Maringá iniciou as obras para aumentar a capacidade do estádio Willie Davids em 1,5 mil lugares, ou seja, dos atuais 14 095 lugares — capacidade permitida do estádio que está com algumas áreas interditadas por problemas de infraestrutura — para algo em torno de para 15,5 mil lugares.[133]

Definição das datas e horários

Em 2 de abril, a CBF divulgou as datas e horários das partidas da terceira fase. O primeiro jogo entre Maringá e Flamengo acontece em 13 de abril, às 20 horas. A segunda partida, em 26 de abril, às 21 horas e 30 minutos.[134][135]

MP/PR recomenda 14 mil pessoas no Willie Davids

Em 4 de abril, o Ministério Público do Paraná (MP/PR) recomendou ao Maringá que não venda ingressos acima da atual capacidade liberada do estádio Willie Davids, ou seja, 14 095 lugares, mesmo com obras em andamento. O clube anunciou que respeitaria o documento do MP/PR e não venderia ingressos acima da atual capacidade.[136]

Ingressos esgotados em menos de uma hora

A venda de ingressos para o público em geral da partida de ida da terceira fase foi aberta, em 5 de abril, pouco depois das 13 horas e 30 minutos. Em 20 minutos, os 1,4 mil ingressos para os torcedores do Flamengo, se esgotaram. Pouco tempo depois, os demais ingressos da torcida mandante também se esgotaram. Segundo divulgado no Instagram oficial do clube paranaense, foram 40 minutos até que todos os ingressos se esgotassem. Nos dois dias anteriores, aconteceu a venda de 1,2 mil ingressos para os sócios-torcedores do clube.[137]

Aumento da capacidade liberada

Em 11 de abril, foi confirmada o aumento da capacidade do estádio Willie Davids em mais 955 lugares. A venda da nova carga de ingressos foi realizada em 12 de abril, a partir das 12 horas e 30 minutos, apenas pela internet. Destes, 240 para os visitantes e 715 para a torcida do mandante. O aumento da capacidade foi publicada pela Federação Paranaense de Futebol (FPF), após a apresentação de um laudo técnico de vistoria de engenharia e a liberação do laudo do Corpo de Bombeiros (CBMPR).[138]

Maringá 2–0

Mesmo com a teórica capacidade técnica inferior, o Maringá venceu o Flamengo por 2–0, na primeira partida da terceira fase. O primeiro gol foi contra, marcado por David Luiz após o cabeceio de Matheus Bianqui, aos 37 minutos do primeiro tempo. O segundo gol, aos 12 minutos do segundo tempo, foi marcado por Serginho, ao aproveitar um cruzamento de Matheus Bianqui.[139]

Festa nas redes sociais

Após a vitória histórica de 2–0 sobre o Flamengo, o perfil oficial do Maringá no Instagram refletiu um pouco do sentimento do torcedor do clube. O "estagiário" não se conteve durante as postagens.[140]

Neymar parabeniza Serginho

Após a vitória, Neymar fez uma postagem nas sua rede social parabenizando Serginho pelo gol e a vitória sobre o Flamengo. Eles jogaram juntos na base e na equipe profissional do Santos.[141]

Maior vitória em 13 anos

A vitória do Maringá por 2–0 sobre o Flamengo foi histórica. Relativamente novo — o Maringá foi fundado em 2010 — disputa a Série D do Campeonato Brasileiro de 2023. Pela Copa do Brasil é apenas a segunda participação — em 2015, foi eliminado na segunda fase. A participação da Copa do Brasil foi resultado das melhores campanhas no Campeonato Paranaense: vice-campeonato em 2014 e 2022.[142]

Saída de quatro titulares do Maringá

O Maringá perdeu quatro titulares para a partida de volta contra o Flamengo. O atacante Robertinho — emprestado ao Juventude — e o lateral-direito Marcos Vinícius, o zagueiro Vilar e o meia Matheus Bianqui — emprestados ao Coritiba — deixaram o clube. Os futebolistas estavam entre os destaques da primeira partida e Matheus Bianqui, inclusive, teve participação direta nos dois gols.[143]

Maringá freta voo para torcedores

O clube paranaense fretou um voo exclusivo para permitir aos seus torcedores se deslocarem para a partida contra o Flamengo, no Maracanã. Com pacotes custando 4 563,50 reais, todos os 141 lugares foram vendidos. O pacote incluiu a viagem de ida e volta, duas diárias em um hotel, transfer para o Maracanã e o ingresso para a partida. Na noite anterior a partida também estava previsto um jantar com os jogadores e a comissão técnica.[144]

Vitória avassaladora do Flamengo

O Maringá não conseguiu segurar a vantagem conquistada na primeira partida, perdeu o jogo de volta por 8–2 e acabou eliminado da Copa do Brasil. Pedro marcou quatro gols – aos 18 do primeiro tempo e aos 21, 39 e 42 minutos do segundo tempo — Thiago Maia abriu o placar aos dois minutos e Gabi aos 29, de pênalti. Gerson fez o seu antes do intervalo. Everton Cebolinha marcou aos 12 do segundo tempo. O Maringá marcou seus gols aos 38 do primeiro tempo — gol contra de Fabrício Bruno — e aos 19 do segundo tempo com Serginho.[145]

Choque de realidade

O Maringá tomou um amargo choque de realidade no Maracanã. Após vencer por 2–0 na primeira partida e se remodelar para a segunda partida, viu o sonho de aprontar uma "zebra" acabar rapidamente. O clube carioca abriu 3–0 rapidamente e conteve as tentativas de reação do clube paranaense. Mesmo o placar elástico, não diminuiu a marca histórica do "Dogão" — como é conhecido pelos seus torcedores.[146]

Oitavas de final[editar | editar código-fonte]
Vista aérea do Maracanã, palco da decisão da vaga nas oitavas de final, entre Flamengo e Fluminense.
Sorteio

O sorteio dos confrontos das oitavas de final foi realizado, em 2 de maio, às 13 horas, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Nesta fase, os 16 clubes classificados da terceira fase ficaram em um único pote e não havia restrição de confrontos. Para o Flamengo, o adversário sorteado foi o Fluminense. Será o único clássico desta fase da competição. A primeira partida será mando de campo do Fluminense, apenas por questões operacionais, já que ambas as partidas acontecem no Maracanã e não há vantagem pelo gol fora de casa na competição.[147][148][149]

Marcos Braz fala sobre o confronto

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, comemorou o sorteio, que proporcionou um descanso na maratona de viagens e descartou "troco" contra o Fluminense.[150]

Datas e horários das partidas

Em 3 de maio, a CBF divulgou as datas e horários das partidas das oitavas de final. Fluminense e Flamengo jogam em 16 de maio, às 21 horas, no Maracanã. A partida de volta, também no Maracanã, acontece em 1 de junho, às 20 horas.[151]

Mais de 36 mil check-ins para o jogo

Mais de 36 mil check-ins foram feitos para a partida. Os setores Sul, Leste superior e inferior, Oeste inferior e "Maracanã+" já se esgotaram, com menos de 24 de abertura das vendas. A venda para não-sócios e torcedores visitantes, de forma online, terá início em 13 de maio, às 12 horas. Já a venda nas bilheterias do estádio, acontecerá apenas no domingo, 14 de maio.[152]

Transmissão em 4K

O SporTV — que terá, ao lado Premiere, a exclusividade nas duas partidas — anunciou a transmissão em resolução 4K para seus assinantes que tenham dispositivos compatíveis com a resolução ultra HD.[153]

Quartas de final[editar | editar código-fonte]
Sorteio

O sorteio dos confrontos das quartas de final foi realizado, em 6 de junho, às 13 horas, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Novamente nesta fase, os oito clubes classificados ficaram em um único pote e não havia restrição de confrontos. Para o Flamengo, o adversário sorteado foi o Athletico Paranaense e o mando de campo da partida de volta será do clube paranaense. Assim, a primeira partida acontecerá no Maracanã e a segunda, na Arena da Baixada, em Curitiba. A CBF ainda divulgará as datas e horários das partidas. A partir desta fase, o caminho dos confrontos já está definido até a final.[154]

Semifinais[editar | editar código-fonte]
Sorteio

O sorteio do mando de campo das partidas da semifinais aconteceu, em 17 de julho, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Pelo sorteio, São Paulo e Flamengo decidirão a vaga na final, em casa. Os jogos de ida e volta serão nas semanas de 26 de julho e 16 de agosto.[155]

Final[editar | editar código-fonte]
Sorteio

Em 23 de agosto, a CBF definiu 28 de agosto como a data do sorteio do mando de campo das partidas da final. O evento acontecerá às 14 horas, na sede da entidade, no Rio de Janeiro. As partidas acontecem em 17 e 24 de setembro — dois domingos. A premiação, recorde, será de 70 milhões e 30 milhões de reais para o campeão e vice, respectivamente.[156]

O sorteio aconteceu, conforme previsto, em 28 de agosto. O Flamengo terá o mando de campo da primeira partida e o São Paulo, da segunda. A CBF ainda divulgará o horário das partidas.[157][158]

Árbitros

Em 5 de setembro, a CBF divulgou a escala de árbitros para as partidas da final da Copa do Brasil. Na primeira partida, no Maracanã, Anderson Daronco, da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) será o árbitro. Na segunda partida, no Morumbi, o árbitro será Bráulio da Silva Machado, da Federação Catarinense de Futebol (FCF). Ambos também pertencem ao atual quadro de árbitros da Federação Internacional de Futebol (FIFA).[159]

Campeonato Carioca[editar | editar código-fonte]

Selecionado para a estreia

A estreia do Flamengo, no Carioca, acontece em 12 de janeiro, 21:30 horas, contra o Audax Rio, no Maracanã. Os selecionado pelo treinador interino Mario Jorge — o treinador Vítor Pereira continua o trabalho com a equipe principal — são:[160]

  • André
  • Caio Barone
  • Cleiton
  • Daniel Sales
  • Diegão
  • Dyego Alves
  • Evertton Araujo
  • Igor Jesus
  • Lorran
  • Marcos Paulo
  • Mateusão
  • Matheus Cunha
  • Matheus França
  • Noga
  • Petterson
  • Ramon
  • Thiaguinho
  • Victor Hugo
  • Werton
  • Wesley
  • Weverson

Em destaque os atletas que devem iniciar a partida, já que também começaram o jogo-treino contra o Boavista-RJ, em 8 de janeiro, que terminou com o empate em 1–1.[161]

Partida contra o Bangu – Lorran e Rodrigo Caio

Na quarta rodada, contra o Bangu — em 24 de janeiro, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda — o treinador Vítor Pereira optou por manter o time principal em trabalho para a partida da Supercopa do Brasil, contra o Palmeiras. Desta forma, a equipe de "garotos", mais uma vez, ficará sob o comando do treinador Mario Jorge.[162][163]

Entretanto, os fatos principais ficarão pela presença do atacante Lorran — de 16 anos e multa rescisória avaliada em mais de 280 milhões de reais, que fez sua estreia profissional aos 41 minutos da partida contra o Audax Rio, no Carioca deste ano — e o retorno do zagueiro Rodrigo Caio — que não disputa uma partida desde o jogo contra o Corinthians, em 10 de julho de 2022, quando se lesionou.[162]

Partida contra o Boavista

Na última partida antes do embarque para a Copa do Mundo, válida pela sexta rodada do Carioca, contra o Boavista-RJ, no Maracanã, segundo o treinador Vítor Pereira, será com a mesma estratégia usada antes da partida contra o Palmeiras pela Supercopa do Brasil, ou seja, um misto de titulares e reservas. Como o Rubro-Negro só fará a estreia, em 7 de fevereiro, seriam nove dias sem jogar. Com esta estratégia, a equipe principal — ou parte dela — ficará seis dias sem atuar.[164]

Primeiro clássico

O primeiro clássico disputado pelo Flamengo no Campeonato Carioca será valido pela nova rodada e acontecerá, em 25 de fevereiro, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Como a prioridade é a partida de volta da Recopa Sul-Americana — que acontecerá na terça-feira, 28 de fevereiro — o time jogará sem os "titulares", que foram poupados. Os relacionados para o primeiro "Clássico da Rivalidade" do ano:[165]

  • André
  • Cleiton
  • Daniel Sales
  • Darlan
  • Diegão
  • Dyego Alves
  • Erick
  • Everton Cebolinha
  • Evertton Araujo
  • Igor Jesus
  • Jean Carlos
  • Kauã
  • Lorran
  • Marcos Paulo
  • Marinho
  • Mateusão
  • Matheus Cunha
  • Matheus França
  • Matheus Gonçalves
  • Matheuzinho
  • Pablo
  • Pedrinho
  • Rodrigo Caio
  • Rodriguinho
  • Werton

Mortes[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

Multa à Vidal[editar | editar código-fonte]

Arturo Vidal, em 2017, com a camisa da Seleção Chilena.

O volante Arturo Vidal foi multado pelo Flamengo, em 6 de fevereiro, pelos atos de indisciplina na semana anterior.[168]

A primeira situação aconteceu, em 1 de fevereiro, durante uma live, quando disse que "se o Colo-Colo quisesse ser campeão da Libertadores, teria de buscá-lo no Rio".[169][168]

A outra situação aconteceu quase no término da vitória sobre o Boavista-RJ por 1–0, pelo Campeonato Carioca, ainda em 1 de fevereiro. A câmera da BandSports — responsável pela transmissão da partida em TV aberta — flagrou o momento em que o atleta arremessou chuteiras no banco de reservas, aos 35 minutos do segundo tempo, quando o treinador efetuou as últimas alterações na equipe e, portanto, o futebolista não entraria em campo.[170][168]

O clube não divulgou o valor da multa aplicada nos vencimentos de Vidal, mas os dirigentes do departamento de futebol deixaram claro que novas atitudes semelhantes não serão toleradas. A multa, em termos financeiros, pouco importa ao atleta — que já conquistou a independência financeira durante a trajetória vitoriosa no futebol europeu — mas tem objetivo "didático", inclusive foi discutida a possibilidade de cortá-lo da viagem ao Marrocos, mas, como o chileno fez manifestações públicas de desculpas, a questão foi encerrada.[168]

Novo ônibus da temporada[editar | editar código-fonte]

Em 17 de fevereiro, o Flamengo apresentou o novo ônibus que será utilizado pelo elenco profissional e a comissão técnica durante a temporada de 2023. O design foi inspirado nas raízes históricas, na bandeira e na torcida. O ônibus é maior que o anterior e tem 62 lugares, sendo 48 assentos semileitos e 12 poltronas leito. A estreia será, em 18 de fevereiro, na partida contra o Resende, em Volta Redonda.[171]

Punição à Marinho[editar | editar código-fonte]

Marinho, em 2021, com a camisa do Santos.
Multa e afastamento

Em 29 de maio, o Flamengo multou e afastou do elenco — treinamento separado dos demais atletas — o atacante Marinho em função dele ter se recusado a viajar para o Chile, onde o Rubro-Negro disputou a partida contra o Ñublense, em 24 de maio. O futebolista afirmou, antes da viagem, que estava com dores, mas o treinador Jorge Sampaoli determinou que todos os atletas viajassem, mesmo quem não estivesse em plenas condições — como fizeram De Arrascaeta e Matheus França, cortados no dia da partida, já que não tinham condições de atuar.[172][173]

Notificação da advogada

Em 7 de junho, a advogada que representa o jogador, Mariju Maciel, notificou o Flamengo solicitando a reintegração imediata do atacante aos treinos com o elenco. O staff do atleta entende que a situação desvaloriza o patrimônio do clube, mas que o futebolista cumprirá seu contrato até a definição do futuro. O atleta tenta negociação com o São Paulo, mas a questão salarial está sendo um impeditivo a conclusão da transferência do jogador.[174]

Sem proposta de conciliação

O atacante Marinho e Flamengo ainda não tem proposta de conciliação. O clube tem cinco dias para responder a notificação extrajudicial. Há uma divergência na visão sobre o problema ocorrido, quando o treinador Sampaoli determinou que todos os atletas deveriam viajar com o grupo, mesmo os machucados. Na visão do atleta, a viagem com dores, seria um problema. Mesmo com a manifestação da advogada do futebolista, o clube ainda não divulgou uma resposta oficial.[175]

Sampaoli sobre reintegração

Na coletiva de imprensa após a partida do Flamengo contra o Grêmio, no Maracanã, o técnico Jorge Sampaoli afirmou que não pretende reintegrar o atacante Marinho ao elenco principal do clube. O treinador foi sucinto ao falar sobre o caso, indicando que o atleta está sendo negociado com outro clube — o São Paulo.[176]

Exames e possível reintegração

Em 12 de junho, Marinho passou por exames para avaliar se está clinicamente em condições de treinar. O jogador, mesmo já avisado de que não terá oportunidades até o fim do ano, deseja sua reintegração e quer poder brigar por chances no grupo principal. Como os jogadores estão de folga até 14 de junho, a definição sobre a questão do atleta foi postergada mais uma vez.[177]

Reintegração ao elenco

A equipe principal se reapresentou, em 14 de junho, e o atacante Marinho passou a fazer os treinamento no mesmo horário da equipe, mesmo sem estar nos planos da comissão técnica.[178]

Atleta se pronuncia

Em 20 de junho, após o anúncio da rescisão de contrato com o Flamengo, Marinho se pronunciou sobre o fato que gerou a sua punição no clube.[179]

Vidal anuncia saída[editar | editar código-fonte]

Em 12 de junho, o volante Arturo Vidal, anunciou que deixará o Flamengo ao final do seu contrato, que é válido até o final desta temporada. O jogador declarou a sua decisão, no Chile, na apresentação para os amistosos da Seleção Chilena contra as Seleções da República Dominicana e Bolívia.[180]

Renovação de patrocínio master[editar | editar código-fonte]

Em sessão realizada em 7 de julho, o Conselho Deliberativo do clube aprovou por unanimidade a renovação do contrato com o Banco de Brasília (BRB), patrocinador master. O contrato previa o valor de 32 milhões de reais por ano, mas por estes seis meses, o Rubro-Negro receberá o valor de R$ 22.525.357,03, ou seja, uma importante valorização na relação entre o tempo de contrato e o valor recebido.[181]

Agressão à Pedro[editar | editar código-fonte]

Agressão

Em 29 de julho, após a vitória contra o Atlético Mineiro por 2–1 — partida válida pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro — o preparador físico Pablo Fernández, da equipe do treinador Sampaoli, agrediu o atacante Pedro com um soco no rosto, no vestiário. Fernández questionou o jogador por ter voltado no banco de reservas após as entradas de Luiz Araújo e Everton, foi retrucado e partiu para agressão ao atleta. O elenco defendeu o futebolista.[182]

Pedro se manifesta após a agressão

Após a agressão, o atacante Pedro se manifestou nas redes sociais sobre o ocorrido.[183]

Registro de ocorrência

Ainda na madrugada após a partida, Pedro fez o registro da agressão sofrida na polícia de Minas Gerais. Inicialmente, no Batalhão da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (ROTAM/MG) — responsável pela segurança no estádio e, por isso, assumiu o registro da ocorrência — e, posteriormente na Central de Flagrantes da Polícia Civil, para complementar o registro. Na delegacia, além do depoimento dos envolvidos, o delegado ouviu os jogadores Pablo, Everton e Thiago Maia e do coordenador Gabriel Andreata, todos no papel de testemunhas. Bruno Spindel, diretor executivo, esteve presente em ambos os locais, mas o vice de futebol, Marcos Braz, acompanhou o jogador apenas na ROTAM.[184]

Desembarque da delegação no Rio de Janeiro

A delegação do Flamengo desembarcou no Rio de Janeiro, em 30 de julho, sem o atacante Pedro e o preparador físico Pablo Fernández. Ambos permaneceram em Belo Horizonte, em função dos depoimentos sobre o episódio. O aeroporto do Galeão manteve em sigilo o local do desembarque para evitar transtornos com a torcida, que não esteve presente. Nem os atletas, nem a comissão técnica falaram com a imprensa presente.[185]

Desembarque de Pablo Fernández, Pedro e alguns jogadores

Pablo Fernández desembarcou no Rio de Janeiro na manhã de domingo, 30 de julho. Ele informou que não falaria com os jornalistas e foi acompanhado por um segurança do clube até um carro. O atacante Pedro voltou de Belo Horizonte com os jogadores Pablo, Everton e Thiago Maia, que serviram como testemunhas, mas no começo da tarde.[186]

Laudo sobre a lesão

O exame de corpo de delito realizado pelo jogador Pedro após o registro da ocorrência na delegacia de Belo Horizonte sobre a agressão indicou lesões no rosto e na boca. Em função disso foi feito um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) — quando o crime cometido tem de menor potencial.[187]

Sampaoli se pronuncia

O treinador Jorge Sampaoli se pronunciou, em uma rede social, sobre o ocorrido no domingo, 30 de julho.[188]

Pablo Fernández pede desculpas

Ainda no domingo, 30 de julho, o preparador físico Pablo Fernández divulgou uma nota pedindo desculpas pela agressão.[189]

Manifestações de apoio

Vários torcedores ilustres do Rubro-Negro, celebridades, jogadores, artistas, cantores e até torcedores de times rivais fizeram postagens em apoio ao atacante Pedro.[190]

Bastidores da agressão

Segundo relatos, o atacante mexia em seu celular quando foi questionado pelo preparador físico Pablo Fernández. Nem todos os atletas viram o soco do preparador físico, mas o grupo rapidamente se uniu em solidariedade à Pedro. Perplexo, ele não conseguiu esboçar qualquer reação diante da agressão sofrida. O primeiro futebolista a apartar a situação foi Thiago Maia, que logo chamou Gerson — que não viu o soco — mas foi na direção do preparador físico, pegou o pelo colarinho e gritou: "Você está maluco? Fica quieto!". Na sequência, Pedro se revoltou e gritou: "Esse mau-caráter me deu um soco no rosto!" Gabigol se aproximou após o grito de Pedro e, na sequência, Marcos Braz e Bruno Spindel — vice de futebol e diretor-executivo, respectivamente — entraram no vestiário e não presenciaram a agressão. A seguir, os demais jogadores se aproximaram do atacante e demonstraram solidariedade. Pedro avisou que queria prestar queixa sobre o acontecimento e os dirigentes, então, chamaram os policiais para dar início os procedimentos.[191]

Demissão de Pablo Fernández

No começo da noite de 30 de julho, o Flamengo comunicou a decisão de demitir o preparador físico Pablo Fernández. Pablo — que era considerado voz ativa nas decisões e inclusive dava treinos no Ninho do Urubu — era importante peça da comissão técnica. A situação de Marcos Fernández, filho do preparador físico, ainda está indefinida. A diretoria fará uma reunião com o treinador Jorge Sampaoli para definir o futuro dele e da comissão técnica. O presidente Rodolfo Landim está em Miami para compromissos com o Inter Miami e o Real Madrid e não deve retornar, mas mantém contato telefônicos com os demais membros da diretoria e do futebol.[192]

Permanência de Sampaoli

Na noite de 30 de julho, a diretoria se reuniu com o treinador, decidiu mantê-lo no cargo e ele comandará, normalmente, a atividade no dia seguinte. A questão jurídica e a boa fase do treinador pesaram na avaliação. Um encontro virtual contou com a participação do presidente do clube, Rodolfo Landim, Marcos Braz, Bruno Spindel, o membro do "Conselhinho" Diogo Lemos e Gabriel Andreatta, coordenador técnico. O clube deixou a cargo do treinador a decisão de permanecer ou se solidarizar com a demissão do amigo e preparador físico. A permanência do técnico se deu pelo fato dele se sentir realizando um sonho no comando da equipe. Ficou decidido na reunião também que o preparador físico apresentará sua carta de demissão na manhã do dia seguinte, 31 de julho, e, por isso, o clube não se manifestou oficialmente sobre a demissão.[193]

Punição por indisciplina

Após a decisão da permanência de Sampaoli e da demissão do preparador físico, a diretoria também decidiu punir o atacante Pedro pelo ato de indisciplina de se recusar a aquecer. Na visão da diretoria, seria mesmo que se recusar a entrar em campo. Marcos Braz, vice-presidente de futebol, será responsável pela conversa com o atacante. A punição em si não está decidida — também por questões jurídicas — mas acontecerá, como em casos recentes com outros atletas que cometeram indisciplina.[194]

Falta à reapresentação do elenco

O atacante Pedro não compareceu ao treino que estava marcado para o início da manhã de 31 de julho, no Ninho do Urubu. O treinador chegou por volta de 7 horas e 30 minutos e os demais jogadores foram chegando na sequência, mas Pedro não se reapresentou. Os empresários do atleta avisaram à diretoria que a falta foi em função de dores no rosto. A diretoria vai aguardar o posicionamento do atleta para definir sobre uma eventual nova punição.[195]

Conversa com o elenco

Na reapresentação da equipe, na manhã de 31 de julho, o treinador Jorge Sampaoli conversou com os atletas sobre a situação do preparador físico, a consequente demissão e a sua permanência no cargo. Marcos Fernández, filho de Pablo Fernández e também preparador físico permanecerá, pois tem uma carreira separada e não pode ser penalizado por um erro que não foi seu. Alguns atletas se incomodaram com o fato do atleta não ter se reapresentado, mesmo com o apoio de toda a equipe desde o acontecido.[196]

Reunião entre Pedro e Marcos Braz

Em 31 de julho, Marcos Braz, após reunião com Bruno Spindel, Márcio Giugni e Gustavo Barros — ambos empresário do atacante — e Marcos — pai do jogador — se dirigiu a casa do atacante Pedro para conversa com o atleta. Após as duas reuniões, definiu-se que o futebolista voltará aos treinos no dia seguinte, 1 de agosto. Não houve discussões sobre punições ou ausência no treino.[197]

Retorno aos treinamentos

Em 1 de agosto, Pedro retornou aos treinamentos no Ninho do Urubu. Foi o reencontro do futebolista com os demais atletas do elenco após a agressão. Ele se reapresentou às 9 horas e 30 minutos, participou de atividades e deixou o CT por volta de 11 horas e 50 minutos, mas sem dar entrevistas. Durante os trabalhos não aconteceram interações entre o atacante e o treinador, prática normal exercida por Sampaoli no cotidiano do clube. Não aconteceu qualquer aproximação para diálogo entre os dois.[198][199]

O preparador físico Arthur Peixoto — que faz parte da comissão permanente do clube — será o substituto temporário na comissão técnica até a escolha de um novo nome para a posição pelo treinador.[199]

Punição ao atacante

Em 2 de agosto, a diretoria do Flamengo decidiu a punição ao atacante Pedro. O atleta será suspenso por uma partida — ele não será relacionado para o jogo contra o Olimpia, no Maracanã, pela Libertadores — e será multado em cinco por cento do valor de seu salário em função de não ter se aquecido na partida contra o Atlético Mineiro. Pela falta ao treinamento na reapresentação do grupo, sofrerá apenas uma advertência. Não houve um anúncio oficial do clube sobre a punição ou sobre a agressão, para se resguardar sobre questões jurídicas envolvidas, caso torne as decisões públicas.[200]

Conversa com Sampaoli

Pouco antes da semifinal da Copa do Brasil contra o Grêmio, o treinador Jorge Sampaoli e o atacante Pedro tiveram a primeira conversa sobre a agressão sofrida pelo atleta. Foram 16 dias entre a agressão e o bate-papo. O objetivo da conversa, que durou em torno de 30 minutos, foi para que ambos "seguissem em frente".[201]

Briga entre Gerson e Varela[editar | editar código-fonte]

Em 15 de agosto, os meia Gerson e lateral-direito Varela chegaram às vias de fato no treino. O jogador uruguaio levou um soco no nariz e ficou machucado, com suspeita de fratura, confirmada depois em exames realizados em um hospital na Zona Oeste. O desentendimento começou após uma falta de Gerson em Varela, que não gostou e reclamou com Pablo. Gerson questionou sobre o que o futebolista uruguaio falava. Após uma discussão, Varela partiu para cima de Gerson, que se esquivou, e acertou o nariz do lateral. Inicialmente não houve intervenção dos demais atletas, mas esta intervenção acabou acontecendo para acalmar os ânimos.[202][203][204]

Treinadores[editar | editar código-fonte]

Vítor Pereira[editar | editar código-fonte]

Vítor Pereira, em 2022, durante treinamento com a equipe do Corinthians, seu clube anterior.
Anúncio do acordo

Em 13 de dezembro, o clube anunciou o acordo para que o treinador português Vítor Pereira assuma o comando técnico da equipe na temporada de 2023. Como o técnico ainda possuia, à época, contrato vigente com o Corinthians, a assinatura do contrato está prevista para janeiro de 2023.[205]

O técnico deixou o comando do Corinthians após o fim do Campeonato Brasileiro de 2022, sob a alegação de problemas familiares e, assim, impossibilitando a permanência no Brasil. Mesmo assim, assinou o acordo com o Flamengo. Em função disso, o Rubro-Negro tratou o caso com muito cuidado. Institucionalmente, o clube paulista não se manifestou sobre a questão, apenas o diretor jurídico, Herói Vicente, que fez uma postagem no Twitter.[205]

Chegada ao Rio de Janeiro

O treinador Vítor Pereira desembarcou no Rio de Janeiro, em 2 de janeiro, 6h20 da manhã, e foi para o hotel onde ficará nos primeiros dias antes de ir para o Ninho do Urubu.[206]

Início dos trabalhos

Em 2 de janeiro — após o desembarque e café da manhã com Marcos Braz e Bruno Spindel — foi diretamente para o Ninho do Urubu onde fez longo tour, antes de comandar um treino com muita intensidade. Deixou o CT do Flamengo por volta de 20 horas, após diversas reuniões, sendo 14 horas de imersão no ambiente de trabalho.[207]

Julgamento no STJD

Em 17 de março, o treinador foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas por uma expulsão quando ainda era treinador do Corinthians — em 8 de novembro, no empate por 2–2, contra o Coritiba, na penúltima rodada do Campeonato Brasileiro de 2022, no Parque São Jorge. Mesmo ainda estando no Corinthians — a quem cabia a defesa — à época, o clube alvinegro optou por não fazer a defesa e o Flamengo, em função do vínculo, assumiu a tarefa. O técnico foi enquadrado em quatro artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), mas como estava em preparação para o clássico contra o Vasco da Gama não deveria comparecer ao tribunal.[208]

Demissão

Após o vice-campeonato no Campeonato Carioca — foram quatro títulos disputados e todos perdidos — o treinador não resistiu e foi demitido pelo clube, em 11 de abril. Sob o comando do técnico português foram 18 jogos, 10 vitórias, um empate, sete derrotas e um aproveitamento de 57,4 por cento. Saem junto com VP, os auxiliares técnicos Luís Miguel e Rui Quinta, o preparador físico Mário Monteiro e os analistas Paulo Sérgio e Fabio Miguel. Como não tem comissão técnica fixa, a equipe ficará a cargo do treinador do sub-20, Mário Jorge até a chegada da nova comissão técnica a ser contratada.[209]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Temp. Competição Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Observações Ref
2023 Copa do Mundo 2 1 0 1 50,0% 3.º colocado [210]
Recopa Sul-Americana 2 1 0 1 50,0% Vice-campeão
Supercopa do Brasil 1 0 0 1 0,0% Vice-campeão
Copa Libertadores 1 0 0 1 0,0%
Campeonato Carioca 12 8 1 3 69,4% Vice-campeão (Taça Guanabara: 3.º colocado)
Total da temporada 18 10 1 7 57,4%

Jorge Sampaoli[editar | editar código-fonte]

Jorge Sampaoli, em 2018, durante coletiva de imprensa na Copa do Mundo Rússia 2018, então treinador da Seleção Argentina.
Anúncio

Em 14 de abril, o Flamengo anunciou a contratação do treinador argentino Jorge Sampaoli. O técnico deixou a Espanha, onde tratava da saída do Sevilla. O contrato será até o final da temporada de 2024.[211][212][213]

Desembarque no Rio de Janeiro

Em 16 de abril, o treinador argentino desembarcou no Aeroporto do Galeão e vai acompanhar a partida contra o Coritiba, pelo Campeonato Brasileiro, no Maracanã.[214]

Comissão técnica numerosa

Sampaoli chega ao clube com uma comissão técnica numerosa, com seis integrantes. Entretanto, sem impacto adicional nos custos do clube, já que a negociação dos valores incluiu os membros da nova comissão técnica, a quem caberá a definição da divisão dos valores. A comissão contará com Gabriel Andreata — braço-direito do treinador — Pablo Fernández e Marcos Fernández (preparadores físico), Diogo Meschine e Cristian Roberto Aran (auxiliares técnicos) e Ezequiel Scher (analista de desempenho).[215][216]

Apresentação

Em 17 de abril, Jorge Sampaoli foi apresentado oficialmente, no Ninho do Urubu. O treinador concedeu uma entrevista coletiva após a apresentação, pela diretoria.[217][218]

Demissão

Após a eliminação nas oitavas de final da Copa Libertadores e o vice campeonato na Copa do Brasil, Sampaoli foi demitido em 28 de setembro de 2023.[219]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Temp. Competição Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Observações Ref
2023 Copa Libertadores 7 4 2 1 66,7% Oitavas [220]
Campeonato Brasileiro 23 10 7 6 53,6% 7.º colocado
Copa do Brasil 9 6 2 1 74,1% Vice-campeão
Total da temporada 39 20 11 8 60,7%

Tite[editar | editar código-fonte]

Tite, em 2018, durante entrevista após a partida amistosa da Seleção Brasileira contra a Seleção Austríaca.
Anúncio

Em 9 de outubro, o clube anunciou a contratação do ex-treinador da Seleção Brasileira, Tite. No dia seguinte, 10 de outubro, o técnico iniciará os trabalhos no Ninho do Urubu. O vínculo com o clube será até o final do mandado do atual presidente, Rodolfo Landim.[221]

Início dos trabalhos

Em 10 de outubro, o treinador iniciou os trabalhos no Ninho do Urubu. Ele esteve pela manhã no CT e foi acompanhado pelo vice-presidente de futebol, Marcos Braz, com o objetivo de conhecer os processos e as dinâmicas praticadas no clube e também participou de uma reunião com os funcionários do clube.[222]

Regularização no BID

Em 13 de outubro, a CBF publicou no BID a regularização do treinador. Assim, Tite já poderá fazer sua estrei à beira do gramado, que deverá acontecer na 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Cruzeiro, em 19 de outubro, no Mineirão.[223]

Apresentação

Em 16 de outubro, uma semana após o anúncio, o técnico foi apresentado oficialmente, no Ninho do Urubu.[224]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Temp. Competição Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Observações Ref
2023 Campeonato Brasileiro 12 7 1 4 61,1% 4.º colocado [225]
Total da temporada 12 7 1 4 61,1%

Mario Jorge (interino)[editar | editar código-fonte]

Início do Carioca

Em 4 de janeiro, o Flamengo anunciou que o treinador Mario Jorge, que comandava a equipe que disputava a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2023, retornaria ao Rio de Janeiro para preparar a equipe Sub-20 para o início do Campeonato Carioca. O auxiliar técnico Marcio Torres permaneceu, em Jaú, para a continuidade da disputa da competição.[226][227]

Partida contra o Bangu

Na partida contra o Bangu, em 24 de janeiro — válida pela quarta rodada do Carioca — o treinador Vítor Pereira optou por permanecer no Rio de Janeiro com o time principal em preparação para a partida da Supercopa do Brasil, contra o Palmeiras. Assim, o treinador Mario Jorge, mais uma vez, comandou a equipe de "garotos" — e a reestreia do zagueiro Rodrigo Caio, que não disputava uma partida desde 10 de julho de 2022, quando se lesionou — no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.[162]

Saída de Vítor Pereira

Após a demissão do treinador português Vítor Pereira, assumiu interinamente a equipe em duas partidas: uma pela Copa do Brasil, contra o Maringá 0 derrota por 2–0 — e outra, a estreia, no Campeonato Brasileiro - vitória por 3–0 — contra o Coritiba.

Demissão de Sampaoli

Após a demissão de Jorge Sampaoli, assumiu interinamente a equipe principal novamente, até a chegada do novo treinador.

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Temp. Competição Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Observações Ref
2023 Campeonato Brasileiro 2 2 0 0 100,0% [228]
Copa do Brasil 1 0 0 1 0,0%
Campeonato Carioca 2 1 1 0 66,7%
Total da temporada 5 3 1 1 66,7%

Rui Quinta (interino)[editar | editar código-fonte]

Clássico contra o Botafogo

No clássico contra o Botafogo, em 25 de fevereiro — válida pela nona rodada do Carioca — o treinador Vítor Pereira alterou o planejamento, não viajou para Brasília e permaneceu no Rio de Janeiro. Como o mister fez uma atividade, pela manhã, com a equipe principal, a viagem ficou comprometida em função do deslocamento e do carnaval na cidade. Por isso, o auxiliar Rui Quinta — que já estava na capital brasileira com o grupo escalado para o jogo — foi designado para ser o comandante da equipe na partida.[229]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Temp. Competição Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Observações Ref
2023 Campeonato Carioca 1 1 0 0 100,0% [230]
Total da temporada 1 1 0 0 100,0%

Competições[editar | editar código-fonte]

Esse é o resumo das participações em competições na temporada 2023:

Competição Pos/Fase Pts J V E D GP GC SG % Penalizado com cartão amarelo Expulso 1.ª part. Última F. inicial Ref.
Copa do Mundo 3.º colocado 2 1 0 1 6 5 +1 50,0 8 1 7 fev 11 fev semifinal [231]
Recopa Sul-Americana Vice-campeão 2 1 0 1 1 1 0 50,0 11 0 21 fev 28 fev final [232]
Copa Libertadores Oitavas 14 8 4 2 2 13 8 +5 58,3 20 2 5 abr 10 ago grupos [233]
Supercopa do Brasil Vice-campeão 1 0 0 1 3 4 –1 0,0 6 0 28 jan final [234]
Campeonato Brasileiro 4.º colocado 66 38 19 9 10 56 42 +14 57,9 89 5 16 abr 6 dez [235]
1º turno 4.º colocado 32 19 9 5 5 31 24 +7 56,1 41 1 16 abr 13 ago [235]
2º turno 4.º colocado 34 19 10 4 5 25 18 +7 59,6 48 4 20 ago 6 dez [235]
Copa do Brasil Vice-campeão 10 6 2 2 18 7 +11 66,7 23 1 13 abr 24 set 3.ª fase [236]
Campeonato Carioca Vice-campeão 4 3 0 1 9 7 +2 75,0 15 2 12 jan 9 abr Taça GB [237]
Taça Guanabara 3.º colocado 23 11 7 2 2 19 6 +13 69,7 27 0 12 jan 8 mar [237]
TOTAL
Total da temporada 76 41 15 20 125 80 +45 60,5 199 11 12 jan 6 dez

Copa do Mundo de Clubes de 2022[editar | editar código-fonte]

Semifinal
Disputa do terceiro lugar

Recopa Sul-Americana[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Recopa Sul-Americana

Copa Libertadores da América[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Copa Libertadores da América

Fase de grupos[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Fase de grupos
Grupo A
Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG Classificado Argentina RAC Brasil FLA Chile NUB Equador AUC
1 Argentina Racing 13 6 4 1 1 13 6 +7 Fase final 1–1 4–0 3–2
2 Brasil Flamengo 11 6 3 2 1 11 5 +6 2–1 2–0 4–0
3 Chile Ñublense 5 6 1 2 3 3 10 −7 Play-offs da Sul-Americana 0–2 1–1 2–1
4 Equador Aucas 4 6 1 1 4 6 12 −6 1–2 2–1 0–0
Fonte: CONMEBOL
Regras para classificação: 1) Pontos; 2) Saldo de gols; 3) Gols marcados; 4) Gols marcados como visitante; 5) Ranking CONMEBOL.
Fonte: [244][245]

Fase final[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Fase final
Tabela[editar | editar código-fonte]
As equipes que estão na parte superior do confronto possuem o mando de campo no primeiro jogo e em negrito as equipes classificadas.
Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 1 a 10 de agosto  22 a 31 de agosto  27 de setembro a 5 de outubro  4 de novembro
                                         
 Uruguai Nacional 0 2 2 (2)  
 Argentina Boca Juniors (pen) 0 2 2 (4)  
   Argentina Boca Juniors (pen) 0 0 0 (4)  
   Argentina Racing 0 0 0 (1)  
 Colômbia Atlético Nacional 4 0 4
 Argentina Racing 2 3 5  
   Argentina Boca Juniors (pen) 0 1 1 (4)  
   Brasil Palmeiras 0 1 1 (2)  
 Colômbia Deportivo Pereira 1 1 2  
 Equador Independiente del Valle 0 1 1  
   Colômbia Deportivo Pereira 0 0 0
   Brasil Palmeiras 4 0 4  
 Brasil Atlético Mineiro 0 0 0
 Brasil Palmeiras 1 0 1  
   Argentina Boca Juniors 1
   Brasil Fluminense (pro) 2
 Argentina Argentinos Juniors 1 0 1  
 Brasil Fluminense 1 2 3  
   Brasil Fluminense 2 3 5
   Paraguai Olimpia 0 1 1  
 Brasil Flamengo 1 1 2
 Paraguai Olimpia 0 3 3  
   Brasil Fluminense 2 2 4
   Brasil Internacional 2 1 3  
 Bolívia Bolívar (pen) 3 0 3 (5)  
 Brasil Athletico Paranaense 1 2 3 (4)  
   Bolívia Bolívar 0 0 0
   Brasil Internacional 1 2 3  
 Argentina River Plate 2 1 3 (8)
 Brasil Internacional (pen) 1 2 3 (9)  
Oitavas de final[editar | editar código-fonte]
Fonte: [244][245]

Como o Olimpia venceu por 3–2 no placar agregado, o Flamengo foi eliminado da competição.

Supercopa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Supercopa do Brasil

Campeonato Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Campeonato Brasileiro

Classificação[editar | editar código-fonte]

Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG Classificação ou descenso
1 São Paulo Palmeiras (C) 70 38 20 10 8 64 33 +31 Fase de grupos da Copa Libertadores de 2024
2 Rio Grande do Sul Grêmio 68 38 21 5 12 63 56 +7
3 Minas Gerais Atlético Mineiro 66 38 19 9 10 52 32 +20
4 Rio de Janeiro Flamengo 66 38 19 9 10 56 42 +14
5 Rio de Janeiro Botafogo 64 38 18 10 10 58 37 +21 Segunda fase da Copa Libertadores de 2024
6 São Paulo Red Bull Bragantino 62 38 17 11 10 49 35 +14
7 Rio de Janeiro Fluminense 56 38 16 8 14 51 47 +4 Fase de grupos da Copa Libertadores de 2024[a]
8 Paraná Athletico Paranaense 56 38 14 14 10 51 43 +8 Fase de grupos da Copa Sul-Americana de 2024
9 Rio Grande do Sul Internacional 55 38 15 10 13 46 45 +1
10 Ceará Fortaleza 54 38 15 9 14 45 44 +1
11 São Paulo São Paulo 53 38 14 11 13 40 38 +2 Fase de grupos da Copa Libertadores de 2024[b]
12 Mato Grosso Cuiabá 51 38 14 9 15 40 39 +1 Fase de grupos da Copa Sul-Americana de 2024
13 São Paulo Corinthians 50 38 12 14 12 47 48 −1
14 Minas Gerais Cruzeiro 47 38 11 14 13 35 32 +3
15 Rio de Janeiro Vasco da Gama 45 38 12 9 17 41 51 −10
16 Bahia Bahia 44 38 12 8 18 50 53 −3
17 São Paulo Santos 43 38 11 10 17 39 64 −25 Rebaixados à Série B de 2024
18 Goiás Goiás 38 38 9 11 18 36 53 −17
19 Paraná Coritiba 30 38 8 6 24 41 73 −32
20 Minas Gerais América Mineiro 24 38 5 9 24 42 81 −39
Fonte: CBF
Regras para classificação: 1) pontos; 2) vitórias; 3) saldo de gols; 4) gols marcados; 5) confronto direto (somente entre duas equipes); 6) menos cartões vermelhos; 7) menos cartões amarelos; 8) sorteio
(C) Campeão.
Notas:
  1. Fluminense tem vaga garantida na Copa Libertadores de 2024 por ser campeão da Copa Libertadores de 2023.
  2. São Paulo tem vaga garantida na Copa Libertadores de 2024 por ser campeão da Copa do Brasil de 2023.

Desempenho em cada rodada[editar | editar código-fonte]

Esse foi o desempenho da participação no Campeonato Brasileiro:[252]

1º turno
Rodadas 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19
Local M V C V M V M M C M V V M V C M V V M
Resultado 3–0 1–2 2–3 1–2 2–0 3–2 1–0 1–1 4–1 3–0 0–4 3–2 2–0 1–1 0–0 1–1 2–1 0–3 1–1
Colocação 2 8 6 13 5 17 4 12 5 9 3 6 3 7 1 5 2 3 2 4 1 3 1 3 Estável 2 1 2 Estável 3 1 2 1 2 Estável 4 2
2º turno
Rodadas 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38
Local V M C M V M V V C V M M V M C V M M V
Resultado 3–2 0–0 2–1 0–3 0–0 1–0 1–1 2–0 1–0 2–3 1–0 1–2 2–0 3–0 1–1 3–0 0–3 2–1 0–1
Colocação 3 1 4 1 4 Estável 4 Estável 7 3 5 2 5 Estável 3 2 3 Estável 4 1 6 12 6 Estável 5 1 3 2 3 Estável 2 1 4 2 3 1 4 1
Local:      Mandante ·      Visitante ·      Clássico — Resultado:      Vitória ·      Derrota ·      Empate
Colocação: conforme a legenda da classificação do Campeonato. Em destaque, a melhor colocação.

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Fonte: [253][254][255]