Temporada do São Paulo Futebol Clube de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
São Paulo Futebol Clube
Temporada 2020
Treinador Fernando Diniz (até 1 de fevereiro de 2021)
Marcos Vizolli (interino)
Presidente Carlos Augusto de Barros e Silva
(até 31 de dezembro de 2020)
Julio Casares
(a partir de 1 de janeiro de 2021)
Federação FPF
Confederação CBF
Patrocínio Banco Inter
Material Adidas
Posição final
Jogos 65 (29 vitórias, 19 empates, 17 derrotas)
Saldo de gols 31 (110 gols marcados e 79 gols sofridos)
Artilheiro Brenner (22 gols)
Cartões 140 Penalizado com cartão amarelo (2,2 por partida) • 3 Expulso (0 por partida)
◄◄ 2019 Futebol 2021 ►►
editar

O São Paulo Futebol Clube na temporada 2020 participou de cinco competições: Campeonato Paulista, Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana. Por conta da pandemia de COVID-19, a temporada se estendeu excepcionalmente até 25 de fevereiro de 2021, quando se encerrou o Campeonato Brasileiro de 2020.[1][2]

A estreia na temporada foi no Campeonato Paulista, em 22 de janeiro, na vitória sobre o Água Santa por 2 a 0.[3] Devido a pandemia de COVID-19 no Brasil, a Federação Paulista de Futebol determinou em 13 de março que os jogos da 10ª rodada que fossem realizados na capital paulista não teriam a presença de torcedores no estádio.[4][5] Três dias depois a FPF suspendeu o campeonato por tempo indeterminado.[6] O governo do estado de São Paulo permitiu a volta da competição em 22 de julho, mas com os jogos a serem disputados apenas na Grande São Paulo e de portões fechados.[7][8] O clube terminou a primeira fase na liderança do Grupo C com seis vitórias, três empates e três derrotas. Nas quartas de final enfrentou o Mirassol — segundo colocado do mesmo grupo — e em partida única no Estádio do Morumbi perdeu por 3 a 2 e foi eliminado da competição.[9]

Na Copa Libertadores da América, a estreia foi em 5 de março, na derrota por 2 a 1 contra o Binacional, em Juliaca, no Peru, a mais de 3 825 metros acima do nível do mar.[10] Por conta da pandemia de coronavírus, a competição foi suspensa após a conclusão da segunda rodada da fase de grupos, inicialmente até 21 de março[11] e posteriormente estendida até 5 de maio.[12] Em 17 de abril, a CONMEBOL anunciou a suspensão da competição por tempo indefinido.[13] Em 10 de julho, a CONMEBOL anunciou o novo calendário para o restante da competição.[14][15] Após a derrota para o River Plate por 2 a 1 na Argentina, em 30 de setembro, o São Paulo não tinha mais chances de avançar de fase, e acabou sendo eliminado com uma rodada de antecedência.[16] Encerrou sua participação na competição com goleada sobre o Binacional por 5 a 1, assegurando uma vaga na Copa Sul-Americana.[17] Terminou a fase de grupos na terceira posição do Grupo D com duas vitórias, um empate e três derrotas.

A estreia na Copa Sul-Americana — já na segunda fase — foi em 28 de outubro, na derrota pro Lanús, da Argentina, por 3 a 2.[18] O jogo de volta ocorreu em 4 de novembro, no Estádio do Morumbi, onde venceu por 4 a 3. Com o placar agregado de 6 a 6, foi eliminado pela regra do gol fora de casa.[19]

Pela Copa do Brasil, o adversário definido em sorteio para as oitavas de final foi o Fortaleza.[20] Após dois empates no tempo normal, 3 a 3 em Fortaleza,[21] e 2 a 2 em São Paulo, o Tricolor avançou nos pênaltis.[22] Nas quartas de final enfrentou o Flamengo — também definido em sorteio.[23] Avançou à fase seguinte vencendo os dois jogos, 2 a 1 no Maracanã, e 3 a 0 no Morumbi.[24][25] Com o chaveamento definido, o adversário da semifinal foi o Grêmio. Em Porto Alegre, vitória gaúcha por 1 a 0, com gol de Diego Souza, ex-jogador do São Paulo.[26] No jogo de volta, em São Paulo, o placar não saiu do zero, culminando em mais uma eliminação na temporada.[27]

Em 12 de dezembro de 2020, Julio Casares venceu a eleição presidencial ao derrotar Roberto Natel, e comandará o clube no triênio 2021—2023.[28][29]

Após uma sequência de sete jogos sem vencer, em 1 de fevereiro de 2021, o presidente Julio Casares optou por demitir o técnico Fernando Diniz. Junto com ele, saíram do clube outros três membros da comissão técnica. O Diretor Executivo de Futebol, Raí, ao saber da demissão de Diniz, optou por deixar o cargo em que ficaria até o fim do Campeonato Brasileiro.[30][31] Em 12 de fevereiro, foi anunciada a contratação do treinador argentino Hernán Crespo.[32]

Elenco da temporada[editar | editar código-fonte]

Goleiros
N.º Jogador
1 Brasil Tiago Volpi
23 Brasil Lucas Perri
40 Brasil Thiago Couto
41 Brasil Júnior
Defensores
N.º Jogador Pos.
3 Brasil Bruno Alves Z
4 Brasil Diego Costa Z
5 Equador Arboleda Z
32 Brasil Rodrigo Z
43 Brasil Walce Z
2 Brasil Igor Vinícius LD
20 Espanha Juanfran LD
6 Brasil Reinaldo Capitão³ LE
16 Brasil Léo LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
8 Brasil Tchê Tchê V
13 Brasil Luan V
14 Brasil Liziero V
25 Brasil Rodrigo Nestor V
10 Brasil Daniel Alves Capitão M
12 Brasil Vitor Bueno M
15 Brasil Hernanes Capitão² M
21 Brasil Gabriel Sara M
26 Brasil Igor Gomes M
Atacantes
N.º Jogador
9 Brasil Pablo
11 Brasil Luciano
17 Colômbia Tréllez
18 Brasil Toró
19 Uruguai Gonzalo Carneiro
22 Equador Joao Rojas
38 Brasil Paulinho

Comissão técnica[editar | editar código-fonte]

Transferências[editar | editar código-fonte]

Entradas
Pré-temporada
  Pos. Jogador T. Clube anterior
Fairytale right.png M Brasil Vitor Bueno[33][34] Compra de direitos/multa rescisória Brasil Santos
Fairytale right.png LD Brasil Igor Vinícius[35] Compra de direitos/multa rescisória Brasil Ituano
Fairytale right.png G Brasil Tiago Volpi[36] Compra de direitos/multa rescisória México Querétaro
Fairytale right.png M Brasil Shaylon[37] Retorno do empréstimo Brasil Bahia
Fairytale right.png A Brasil Brenner[37] Retorno do empréstimo Brasil Fluminense
Em temporada
Fairytale right.png A Colômbia Santiago Tréllez[38] Retorno do empréstimo Brasil Internacional
Fairytale right.png A Brasil Luciano[39][40][41] Compra de direitos/multa rescisória Brasil Grêmio
Fairytale right.png Z Brasil Rodrigo[41] Retorno do empréstimo Portugal Portimonense
Saídas
Pré-temporada
  Pos. Jogador T. Clube de destino
Fairytale left red.png Z Brasil Lucas Kal[42] Empréstimo Brasil América Mineiro
Fairytale left red.png A Brasil Raniel[33][34] Compra de direitos/multa rescisória Brasil Santos
Fairytale left red.png M Brasil Thomaz[43] Empréstimo Brasil Inter de Limeira
Fairytale left red.png V Brasil Hudson[44] Empréstimo Brasil Fluminense
Fairytale left red.png G Brasil Jean[45] Empréstimo Brasil Atlético Goianiense
Fairytale left red.png M Brasil Everton Felipe[46] Empréstimo Brasil Cruzeiro
Fairytale left red.png V Brasil Araruna[47][48] Rescisão de contrato Inglaterra Reading
Fairytale left red.png G Brasil Lucas Paes[49][50] Rescisão de contrato Portugal Vitória de Setúbal
Em temporada
Fairytale left red.png M Brasil Thomaz[51] Fim de contrato Brasil Operário-PR
Fairytale left red.png M Brasil Everton Felipe[52] Empréstimo Brasil Atlético Goianiense
Fairytale left red.png A Brasil Léo Natel[53][54] Fim de contrato Brasil Corinthians
Fairytale left red.png A Brasil Antony[55][56] Compra de direitos/multa rescisória Países Baixos Ajax
Fairytale left red.png A Brasil Fabinho[57][58] Fim de contrato Brasil Athletico Paranaense
Fairytale left red.png Z Brasil Lucas Kal[59] Empréstimo Portugal Nacional
Fairytale left red.png A Brasil Danilo Gomes[60] Empréstimo Brasil Brasil de Pelotas
Fairytale left red.png Z Brasil Anderson Martins[61][62] Rescisão de contrato Brasil Bahia
Fairytale left red.png A Brasil Éverton[39] Compra de direitos/multa rescisória Brasil Grêmio
Fairytale left red.png A Brasil Alexandre Pato[63][64] Rescisão de contrato Estados Unidos Orlando City
Fairytale left red.png M Brasil Shaylon[65] Empréstimo Brasil Goiás
Fairytale left red.png LE Brasil Júnior Tavares[66] Empréstimo Brasil Sport
Fairytale left red.png A Brasil Calazans[67] Empréstimo Brasil CRB
Fairytale left red.png A Brasil Helinho[68] Empréstimo Brasil Red Bull Bragantino
Fairytale left red.png A Brasil Danilo Gomes[69] Empréstimo Brasil Atlético Goianiense
Fairytale left red.png A Brasil Gabriel Novaes[70] Empréstimo Brasil Bahia
Fairytale left red.png A Brasil Brenner[71][72] Compra de direitos/multa rescisória Estados Unidos FC Cincinnati

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Competição J V E D GP GS SG %
Campeonato Paulista 13 6 3 4 21 14 +7 54%
CONMEBOL Libertadores 6 2 1 3 14 11 +3 39%
Campeonato Brasileiro 38 18 12 8 59 41 +18 58%
Copa do Brasil 6 2 3 1 10 7 +3 50%
CONMEBOL Sul-Americana 2 1 0 1 6 6 0 50%
Total 65 29 19 17 110 79 +31 54,3%

Artilharia[editar | editar código-fonte]

Jogador Posição Gol marcado Paulistão Gol marcado Libertadores Gol marcado Brasileirão Gol marcado Copa do Brasil Gol marcado Sul-Americana Gol de ouro marcado Total
1 Brenner Atacante 1 2 11 6 2 22
2 Luciano Atacante 18 3 21
3 Pablo Atacante 6 2 2 1 1 12
4 Reinaldo Lateral-esquerdo 1 1 6 8
5 Daniel Alves Meio-campo 4 1 1 1 7
6 Gabriel Sara Meio-campo 5 1 6
7 Alexandre Pato Atacante 3 1 4
Hernanes Meio-campo 1 3 4
Igor Gomes Meio-campo 1 3 4
Tchê Tchê Meio-campo 4 4
Vitor Bueno Meio-campo 1 1 2 4
8 Arboleda Zagueiro 1 1 1 3
9 Diego Costa Zagueiro 1 1 2
10 Carneiro Atacante 1 1
Éverton Atacante 1 1
Helinho Atacante 1 1
Paulinho Atacante 1 1
Toró Atacante 1 1
Tréllez Atacante 1 1

Assistências[editar | editar código-fonte]

Jogador Posição Paulistão Libertadores Brasileirão Copa do Brasil Sul-Americana Total
1 Reinaldo Lateral-esquerdo 2 2 6 1 11
2 Daniel Alves Meio-campo 2 3 1 2 8
3 Vitor Bueno Meio-campo 4 1 2 7
4 Luciano Atacante 2 2 2 6
Pablo Atacante 3 1 2 6
5 Igor Gomes Meio-campo 1 3 1 5
6 Gabriel Sara Meio-campo 3 1 4
7 Brenner Atacante 1 2 3
Igor Vinícius Lateral-direito 2 1 3
8 Alexandre Pato Atacante 2 2
Juanfran Lateral-direito 2 2
Léo Lateral-esquerdo 1 1 2
Tchê Tchê Meio-campo 2 2
Toró Atacante 1 1 2
9 Bruno Alves Zagueiro 1 1
Carneiro Atacante 1 1
Diego Costa Zagueiro 1 1
Helinho Atacante 1 1
Luan Meio-campo 1 1
Paulinho Atacante 1 1
Tiago Volpi Goleiro 1 1

Aparições e cartões[editar | editar código-fonte]

Jogador Paulistão Libertadores Brasileirão Copa do Brasil Sul-Americana Total
Jogos Cartão Amarelo Cartão Vermelho Jogos Cartão Amarelo Cartão Vermelho Jogos Cartão Amarelo Cartão Vermelho Jogos Cartão Amarelo Cartão Vermelho Jogos Cartão Amarelo Cartão Vermelho Jogos Cartão Amarelo Cartão Vermelho
1 Tiago Volpi 12 6 38 1 6 2 64 1
2 Igor Vinícius 2 (2) 3 1 14 (11) 7 1 20 (13) 8
3 Bruno Alves 10 3 3 25 (2) 5 6 2 2 1 46 (2) 11
4 Diego Costa 2 1 3 2 18 (1) 4 4 2 29 (1) 7
5 Arboleda 11 1 3 18 (2) 3 2 (1) (1) 34 (4) 4
6 Reinaldo 10 2 5 2 33 (1) 5 1 5 3 2 1 55 (1) 13 1
8 Tchê Tchê 11 3 6 1 24 (8) 6 1 2 (3) 2 45 (11) 10 1
9 Pablo 9 (2) 1 5 (3) 1 14 (13) 4 (4) (2) 28 (24) 6
10 Daniel Alves 11 3 4 2 29 10 6 1 2 52 16
11 Luciano 29 (2) 5 5 1 2 1 36 (2) 7
12 Vitor Bueno 11 2 5 1 11 (19) 2 (6) 1 (2) 27 (27) 6
13 Luan 2 (1) 1 23 (6) 6 6 2 34 (7) 6
14 Liziero 2 (6) (1) 5 (1) 1 7 (8) 1
15 Hernanes 7 (5) 3 (2) 4 (17) 5 (2) 14 (26) 5
16 Léo 2 4 15 (5) 3 1 (3) (1) 22 (9) 3
17 Tréllez (1) (4) (7) (1) 1 (13) 1
18 Toró 1 (4) 1 (4) 1 (12) 1 (2) 1 2 (22) 3
19 Carneiro 2 (7) 1 2 (7) 1
20 Juanfran 10 1 2 2 21 (1) 3 4 1 37 (1) 7
21 Gabriel Sara (1) 2 28 (4) 5 6 1 2 1 38 (5) 7
22 Rojas (1) (1)
23 Lucas Perri 1 (1) 1 1 (1) 1
25 Rodrigo Nestor 1 (1) (2) 1 1 (5) 1 2 (8) 2
26 Igor Gomes 5 (1) 6 1 28 (8) 4 6 2 1 47 (9) 6
27 Galeano (5) (5)
32 Rodrigo
34 Welington (1) 1 1 1 (1) 1
38 Paulinho (3) (4) 5 (8) (2) 5 (17)
40 Thiago Couto
41 Júnior
43 Walce
Jogadores que saíram do clube durante a temporada
4 Anderson Martins 3 3
7 Alexandre Pato 9 (2) 1 2 11 (2) 1
11 Antony 2 2 4
21 Shaylon 1 (1) 1 (1)
22 Éverton 2 (6) 2 (6)
30 Brenner 2 (3) 1 1 (3) 20 (6) 5 6 2 31 (12) 6
34 Danilo Gomes (1) (1)
37 Helinho 3 (2) (2) (3) 3 (7)
38 Fabinho 1 1
  • Entre (parênteses), jogos em que entraram no decorrer da partida.

Competições[editar | editar código-fonte]

Campeonato Paulista - Série A1[editar | editar código-fonte]

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Grupo C
Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG %
1 Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo 21 12 6 3 3 19 11 +8 58
2 Br-sp-ms.png Mirassol 17 12 4 5 3 16 11 +5 47
3 Bandeira Limeira SaoPaulo Brasil.svg Inter de Limeira 14 12 4 2 6 8 15 –7 39
4 Bandeira de Itu.jpg Ituano 14 12 3 5 4 11 14 –3 39
Partidas

Fase final[editar | editar código-fonte]

Quartas de final

CONMEBOL Libertadores[editar | editar código-fonte]

Fase de grupos[editar | editar código-fonte]

Grupo D
Pos. Equipe Pts J V E D GP GC SG
1 Argentina River Plate 13 6 4 1 1 21 6 +15
2 Equador LDU Quito 12 6 4 0 2 12 8 +4
3 Brasil São Paulo 7 6 2 1 3 14 11 +3
4 Peru Binacional 3 6 1 0 5 3 25 –22
  RIV SPA LDU BIN
River Plate 2–1 3–0 8–0
São Paulo 2–2 3–0 5–1
LDU Quito 3–0 4–2 4–0
Binacional 0–6 2–1 0–1
Partidas

Campeonato Brasileiro - Série A[editar | editar código-fonte]

Classificação[editar | editar código-fonte]

Pos. Equipes P J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1 Rio de Janeiro Flamengo 71 38 21 8 9 68 48 +20 62 Estável Fase de grupos da Copa Libertadores de 2021
2 Rio Grande do Sul Internacional 70 38 20 10 8 61 35 +26 61 Estável
3 Minas Gerais Atlético Mineiro 68 38 20 8 10 64 45 +19 60 Estável
4 São Paulo São Paulo 66 38 18 12 8 59 41 +18 58 Estável
5 Rio de Janeiro Fluminense 64 38 18 10 10 55 42 +13 56 Estável
6 Rio Grande do Sul Grêmio 59 38 14 17 7 53 40 +13 52 Estável Segunda fase da Copa Libertadores de 2021
7 São Paulo Palmeiras 58 38 15 13 10 51 37 +14 51 Estável Fase de grupos da Copa Libertadores de 2021[nota 1]
8 São Paulo Santos 54 38 14 12 12 52 51 +1 47 Estável Segunda fase da Copa Libertadores de 2021
9 Paraná Athletico Paranaense 53 38 15 8 15 38 36 +2 46 Estável Fase de grupos da Copa Sul-Americana de 2021
10 São Paulo Red Bull Bragantino 53 38 13 14 11 50 40 +10 46 Aumento1
11 Ceará Ceará 52 38 14 10 14 54 51 +3 46 Aumento1
12 São Paulo Corinthians 51 38 13 12 13 45 45 0 45 Baixa2
13 Goiás Atlético Goianiense 50 38 12 14 12 40 45 –5 44 Estável
14 Bahia Bahia 44 38 12 8 18 48 59 –11 39 Aumento1
15 Pernambuco Sport 42 38 12 6 20 31 50 –19 37 Baixa1
16 Ceará Fortaleza 41 38 10 11 17 34 44 –10 36 Estável
17 Rio de Janeiro Vasco da Gama 41 38 10 11 17 37 56 –19 36 Estável Rebaixados à Série B de 2021
18 Goiás Goiás 37 38 9 10 19 41 63 –22 32 Estável
19 Paraná Coritiba 31 38 7 10 21 31 54 –23 27 Estável
20 Rio de Janeiro Botafogo 27 38 5 12 21 32 62 –30 24 Estável

Partidas[editar | editar código-fonte]

Primeiro turno
Segundo turno

Copa do Brasil[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Copa do Brasil de Futebol de 2020

Fase final[editar | editar código-fonte]

Quinta fase

O sorteio da quinta fase foi realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Esta fase foi disputada por 16 equipes, sendo 5 vencedoras da fase anterior, e outras 11 pré-classificadas.[20]

Quartas de final

Para esta fase, foi realizado um novo sorteio pela CBF. Todos os oito clubes classificados num pote único, sem restrições de cruzamentos.[23]

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados.
Quartas de final Semifinais Final
 11 e 18 de novembro  23 e 30 de dezembro  28 de fevereiro e 7 de março
                                     
 Mato Grosso Cuiabá 1 0 1  
 Rio Grande do Sul Grêmio 2 2 4  
   Rio Grande do Sul Grêmio 1 0 1  
   São Paulo São Paulo 0 0 0  
 Rio de Janeiro Flamengo 1 0 1
 São Paulo São Paulo 2 3 5  
   Rio Grande do Sul Grêmio 0 0 0
   São Paulo Palmeiras 1 2 3
 São Paulo Palmeiras 3 2 5  
 Ceará Ceará 0 2 2  
   São Paulo Palmeiras 1 2 3
   Minas Gerais América Mineiro 1 0 1
 Rio Grande do Sul Internacional 0 1 1 (5)
 Minas Gerais América Mineiro (pen) 1 0 1 (6)
Semifinal

Para esta fase, foi realizado um novo sorteio pela CBF para definir os mandos de campo.[92]

CONMEBOL Sul-Americana[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Copa Sul-Americana de 2020

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

O sorteio da segunda fase foi realizado em 23 de outubro, no Centro de Convenções da CONMEBOL em Luque, no Paraguai. Esta fase foi disputada pelas 22 equipes classificadas da fase anterior mais as dez equipes transferidas da Copa Libertadores.[95][96]

Notas e referências

Notas

  1. Palmeiras tem vaga garantida na Copa Libertadores de 2021 por ser campeão da Copa Libertadores de 2020.
  2. A partida seria realizada em 9 de agosto, no entanto, horas antes da partida, o Goiás entrou com um pedido na CBF e no STJD para que a partida fosse postergada depois de dez jogadores testarem positivo para a COVID-19.[73]
  3. Partida adiantada devido ao conflito de datas com a Copa Libertadores.[76]
  4. a b Partida adiada devido ao conflito de datas com a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana.[78]

Referências

  1. «CBF divulga calendário do futebol brasileiro para 2021: competições não param durante Copa América». ge.globo. 20 de agosto de 2020 
  2. «Título, Libertadores, queda e Sul-Americana: o que vale a última rodada do Brasileirão 2020». ge.globo. 24 de fevereiro de 2021 
  3. Bruno Grossi (22 de janeiro de 2020). «São Paulo é liderado por Dani e Bueno e estreia no Paulistão com vitória». UOL Esporte 
  4. Marcelo Hazan (13 de março de 2020). «Coronavírus: São Paulo x Santos e Corinthians x Ituano terão portões fechados». ge.globo 
  5. Raul Moura (13 de março de 2020). «FPF anuncia jogos com portões fechados na capital paulista». TNT Sports 
  6. «Campeonato Paulista é suspenso por tempo indeterminado». Folha de S.Paulo. 16 de março de 2020 
  7. Flávio Ortega; Rafael Valente (7 de julho de 2020). «Paulistão: FPF apresenta protocolo, sugere retorno dos jogos em duas semanas e aguarda aval do Governo». ESPN 
  8. «Com nova regra e disputas acirradas, Campeonato Paulista volta nesta quarta-feira». Terra. 21 de julho de 2020 
  9. Luciano Trindade (29 de julho de 2020). «Mirassol perde 18 atletas, mas elimina São Paulo com reforço de última hora». Folha de S.Paulo 
  10. João Vítor Castanheira (5 de março de 2020). «São Paulo tem tempos opostos e sofre virada do Binacional na altitude em estreia na Libertadores». Lance! 
  11. «CONMEBOL Libertadores é suspensa temporariamente». CONMEBOL. 12 de março de 2020 
  12. «Coronavírus: Conmebol prorroga suspensão da Libertadores até 5 de maio». Veja. 19 de março de 2020 
  13. «CONMEBOL reúne a miembros del Consejo para analizar situación e impacto del Covid-19 en el fútbol sudamericano» (em espanhol). CONMEBOL. 17 de abril de 2020 
  14. «A Libertadores e a Sul-Americana já possuem datas». CONMEBOL. 10 de julho de 2020 
  15. Marcelo Hazan (20 de julho de 2020). «Conmebol define tabela para a volta da Libertadores; veja datas e horários dos jogos». ge.globo 
  16. «São Paulo cai na fase de grupos da Libertadores após 33 anos». Gazeta Esportiva. 30 de setembro de 2020 
  17. «São Paulo goleia Binacional em adeus à Libertadores e vai jogar Sul-Americana». ge.globo. 20 de outubro de 2020 
  18. «Brenner brilha, mas São Paulo vacila na defesa e perde de virada do Lanús». ge.globo. 28 de outubro de 2020 
  19. «São Paulo amassa Lanús, mas toma gol aos 48 e cai na Sul-Americana em outra eliminação inacreditável». ESPN. 4 de novembro de 2020 
  20. a b «Sorteio define confrontos das oitavas da Copa do Brasil». CBF. 1 de outubro de 2020 
  21. «Copa do Brasil: Fortaleza e São Paulo empatam no primeiro jogo das oitavas». CBF. 14 de outubro de 2020 
  22. «Volpi salva nos pênaltis, e São Paulo elimina Fortaleza na Copa do Brasil». UOL Esporte. 25 de outubro de 2020 
  23. a b «CBF divulga tabela das quartas de final da Copa do Brasil 2020». CBF. 6 de novembro de 2020 
  24. Carlos Sartori (12 de novembro de 2020). «Flamengo 1 x 2 São Paulo: Brenner brilha na estreia de Rogério Ceni e os goleiros roubam a cena no Maracanã!». ESPN 
  25. «São Paulo faz trinca contra o Flamengo em novembro e vai à semi da Copa do Brasil». ge.globo. 18 de novembro de 2020 
  26. «Copa do Brasil: Grêmio supera o São Paulo e conquista vantagem para a volta da semifinal». CBF. 23 de dezembro de 2020 
  27. «Grêmio, copeiro, segura o São Paulo e vai à final da Copa do Brasil contra o Palmeiras». ge.globo. 30 de dezembro de 2020 
  28. Marcelo Baseggio (12 de dezembro de 2020). «Julio Casares confirma favoritismo e é eleito o 26º presidente da história do São Paulo». Gazeta Esportiva 
  29. Marcelo Hazan (12 de dezembro de 2020). «Julio Casares é eleito o novo pres