Temporadas da Associação Olímpica de Itabaiana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Neste artigo encontra-se o desempenho ano a ano do Associação Olímpica de Itabaiana,[1][2][3] clube fundado em 1938 na cidade homônima, Sergipe. As temporadas listadas se iniciam a partir de 1959, ano em que ocorreu a primeira competição de clubes nacionais do país.

Legenda[editar | editar código-fonte]


     Campeão.
     Vice-campeão.
     Eliminado na semifinal.
     Classificado à Copa Libertadores da América pela campanha no Campeonato Brasileiro.
     Classificado à Copa Libertadores da América pelo título da Copa do Brasil ou Copa Libertadores.
     Classificado à Copa Sul-Americana.
     Rebaixado à divisão inferior.
     Campeão e promovido à divisão superior.
     Promovido à divisão superior.

Ano a ano[editar | editar código-fonte]

Década de 1950
Brasil Brasil Flags of South American Conmebol Members.gif América do Sul BandeirasNordesteBrasil.gif Nordeste Sergipe Sergipe
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental Campeonato Sergipano
Div Pos Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div Pos
1959 TB Não classificado A1
Década de 1960
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental Norte-Nordeste Campeonato Sergipano
Div Pos Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Fase Máxima Div Pos
1960 TB Não classificado A1
1961 TB Não classificado A1
1962 TB Não classificado A1
1963 TB Não classificado A1
1964 TB Não classificado A1
1965 TB Não classificado A1
1966 TB Não classificado A1
1967 TB Não classificado A1
RGP Não classificado
1968 TB Não classificado A1
RGP Não classificado
1969 RGP Não classificado A1
Década de 1970
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental Norte-Nordeste Campeonato Sergipano
Div Pos Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Fase Máxima Div Pos
1970 RGP Não classificado Grupos A1
1971 B 11 10 4 3 3 13 11 A1
1972 B 15 16 5 5 6 15 15 A1
1973 Não classificado A1
1974 A 38º 10 19 5 0 14 11 30 A1
1975 Não classificado [CN] A1
1976 Não classificado [CN] A1
1977 Não classificado A1
1978 Não classificado A1
1979 A 49º 12 16 4 4 8 14 22 A1
Década de 1980
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental Campeonato Sergipano
Div Pos Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div Pos
1980 A 35º 6 9 3 0 6 10 22 A1
1981 A 43º 2 9 1 0 8 4 19 A1
1982 A 41º [a] 3 8 1 1 6 2 18 A1 [b]
B 2 4 0 2 2 2 8
1983 B 38º 4 5 1 2 2 2 6 A1
1984 Não classificado A1
1985 Não classificado A1
1986 Não classificado A1
1987 Não classificado A1
1988 Não classificado A1
1989 Não classificado A1
Década de 1990
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental Copa do Nordeste Campeonato Sergipano
Div Pos Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Fase Máxima Div Pos
1990 Não classificado A1
1991 Não classificado A1
1992 Não classificado A1
1993 SB [c] 67º 3 5 0 3 2 3 7 A1
1994 C 18º 9 8 4 1 3 8 9 A1
1995 C 38º 12 8 3 3 2 14 10 A1
1996 C 44º 7 6 2 1 3 6 10 A1
1997 C 12º 17 10 5 2 3 20 15 A1
1998 C 34 22 9 7 6 28 24 1F A1
1999 C 26º 12 10 3 3 4 14 16 A1
Década de 2000
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental Copa do Nordeste Campeonato Sergipano
Div Pos Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Fase Máxima Div Pos
2000 C Não classificado A1
2001 C 45º 11 10 3 2 5 17 20 A1
2002 C 21º 13 8 4 1 3 10 8 A1
2003 C 61º 7 6 2 1 3 6 6 1F A1
2004 C Não classificado A1
2005 C 27º 11 8 3 2 3 8 11 A1
2006 C Não classificado 1F A1
2007 C Não classificado 1F A1
2008 C Não classificado 1F A1
2009 D Não classificado 1F A1
Década de 2010
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental Copa do Nordeste Campeonato Sergipano
Div Pos Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Fase Máxima Div Pos
2010 D Não classificado A1
2011 D Não classificado A1
2012 D 32° 6 8 1 3 4 5 10 A1
2013 D Não classificado 1F Grupos A1
2014 D Não classificado A1
2015 D Não classificado A1
2016 D 18 12 5 3 4 15 12 A1
2017 D 56º [d] 5 6 2 2 2 8 10 1F QF A1
2018 D 22º 13 8 4 1 3 12 10 1F Preliminar A1
2019 D 5º' 25 12 8 1 3 18 11 1F A1
Década de 2020
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental Copa do Nordeste Campeonato Sergipano
Div Pos Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Fase Máxima Div Pos
2020 D A disputar A disputar A1 Ad



Notas

CN. ^ Torneio José Américo de Almeida Filho, precursor da Copa do Nordeste, foi disputado em 1975 e 1976.

a. ^ No Brasileiro de 1982, o Itabaiana terminou a primeira fase em último lugar do Grupo D. De acordo com o regulamento daquela edição, o último colocado de cada grupo era virtualmente rebaixado e se classificava automaticamente à fase de oitavas de final da Série B do mesmo ano.

b. ^ Título sergipano dividido com o Sergipe

c. ^ Em 1993, houve um qualificatório para a Série B de 1994, uma vez que a Série B daquele ano havia sido cancelada. O Itabaiana foi campeão de seu grupo e obteve o direito de disputar a Série B de 1994.

d. ^ O Itabaiana foi punido pelo STJD com a perda de 3 pontos por escalação de jogador irregular.[4]

Participações[editar | editar código-fonte]

Participações em 2020
Competição Temporadas Anos
BandeirasNordesteBrasil.gif Copa do Nordeste 3 2013, 2017-2018
Brasil Campeonato Brasileiro 5 1974, 1979-1982
Série B 4 1971-1972, 1982-1983
Série C 10 1994-1999, 2001-2003, 2005
Série D 6 2012, 2016-2020
Copa do Brasil 11 1998, 2003, 2006-2009, 2013, 2017-2020

Retrospecto em competições oficiais[editar | editar código-fonte]

Última atualização: Série D de 2019.

Competição Temporadas Títulos Pts. J V E D GP GC
Brasil Campeonato Brasileiro 5 33 61 14 5 42 41 111
Série B 4 32 35 10 12 13 32 40
Série C 10 133 96 38 23 35 131 129
Série D 5 67 46 20 10 16 58 53

Pts Pontos obtidos, J Jogos, V Vitórias, E Empates, D Derrotas, GP Gols Pró e GC Gols Contra

Referências

  1. Bola na Área. «Desempenho do Itabaiana nas competições oficiais». Consultado em 1 de junho de 2018 
  2. Futpédia. «Estatísticas do Itabaiana». Consultado em 1 de junho de 2018 
  3. RSSSF Brasil. «RSSSF Brasil». Consultado em 1 de junho de 2018 
  4. «Caso Thomas Anderson: Itabaiana perde 3 pontos e pagará multa de 300 reais». GloboEsporte.com. 13 de junho de 2017. Consultado em 1 de junho de 2018