Temporadas do Cruzeiro Esporte Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Neste artigo encontra-se o desempenho do Cruzeiro Esporte Clube ano a ano,[1][2][3] clube fundado em 1921 em Belo Horizonte, Minas Gerais. As temporadas listadas se iniciam a partir de 1959, ano em que ocorreu a primeira competição de clubes nacionais do país.

História[editar | editar código-fonte]

Desde sua fundação, o Cruzeiro Esporte Clube sempre esteve presente na divisão principal de todos os campeonatos que disputou. Isso porque logo no seu primeiro ano de vida o clube participou e venceu um torneio classificatório para a Primeira Divisão do Campeonato da Cidade. De 1921 a 2009 o Cruzeiro conquistou o Campeonato Mineiro em 37 oportunidades (incluindo aí o título do Supercampeonato Mineiro de 2002). Desde 1958, quando surgiu o Campeonato Mineiro propriamente dito (anteriormente os clubes de Belo Horizonte e região jogavam o Campeonato da Cidade) o Cruzeiro sempre ficou entre os três primeiros colocados.

No Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro também sempre disputou a divisão principal. Nos anos do Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata, o Robertão, o clube já era considerado uma das principais forças do futebol nacional e sempre foi convidado a participar. Nos anos em que o Campeonato Brasileiro tinha como critério de classificação os campeonatos estaduais, o clube também sempre esteve no grupo principal, as chamadas Copa Brasil e Taça de Ouro. Quando os critérios de ascenso e rebaixamento foram adotados, em 1988, o clube sempre permaneceu na Primeira Divisão ou Série A, sendo a pior colocação em 1994, quando ficou em antepenúltimo. O Cruzeiro foi o primeiro clube a conquistar o Campeonato Brasileiro no sistema de pontos-corridos, adotado em 2003. Nesse ano, o clube fez incríveis 100 pontos em 46 partidas, marca que dificilmente será batida, uma vez que desde 2006 cada time joga apenas 38 partidas.

O Cruzeiro disputou 6 das 10 edições da Taça Brasil, sagrando-se campeão em 1966, quando venceu as duas partidas da final contra o Santos, time de Pelé e que havia vencido as últimas cinco Taças. O Cruzeiro, juntamente com o Bahia são os únicos clubes que venceram a Taça Brasil jogando todas as partidas do torneio, uma vez que as equipes de Rio de Janeiro e São Paulo já entravam na fase semifinal. Na Copa do Brasil o Cruzeiro é o maior campeão, com seis títulos. Além das conquistas de 1993, 1996, 2000, 2003 e 2017 2018, o clube também foi vice-campeão em 1998 e 2014.

O Cruzeiro participou quinze vezes da Taça Libertadores da América (até 2015). Conquistou o principal torneio sul-americano em 1976 e 1997 e perdeu as decisões de 1977 para o Boca Juniors nos pênaltis e de 2009 para o também argentino Estudiantes de La Plata. Com essas conquistas, disputou a Taça Intercontinental contra o campeão europeu mas perdeu a decisão nas duas oportunidades. Com a conquista da Libertadores de 1976 o Cruzeiro tinha presença garantida em todas as edições da Supercopa, disputado entre 1988 e 1997 que reunia os campeões do torneio. Conquistou a Supercopa por duas vezes, em 1991 e 1992, e foi vice-campeão em 1988 e 1996. O Cruzeiro também participou de todas as edições do torneio sucedente à Supercopa, a Copa Mercosul. Nessa competição, disputada entre 1998 e 2001, o máximo que o clube conseguiu foi um vice-campeonato, logo na primeira edição. Em 2002 a segunda principal competição de futebol do continente se tornou a Copa Sul-Americana. Na primeira edição do torneio, os clubes brasileiros não participaram. De 2003 a 2007 o Cruzeiro participou de todas as edições, mas nunca passando das oitavas-de-final.

Outras conquistas em torneios oficiais do Cruzeiro incluem a Recopa Sul-Americana de 1998, a Copa Ouro e a Copa Master da Supercopa (ambos organizados pela Conmebol) em 1995, a Copa Sul Minas em 2001 e 2002 e a Copa Centro-Oeste em 1999.

Legenda[editar | editar código-fonte]


     Campeão.
     Vice-campeão.
     Eliminado na semifinal.
     Classificado à Copa Libertadores da América pela campanha no Campeonato Brasileiro.
     Classificado à Copa Libertadores da América pelo título da Copa do Brasil ou Copa Libertadores.
     Classificado à Copa Sul-Americana.
     Rebaixado à divisão inferior.
     Campeão e promovido à divisão superior.
     Promovido à divisão superior.

Ano a ano[editar | editar código-fonte]

Década de 1950
Brasil Brasil Flags of South American Conmebol Members.gif América do Sul Região Minas Gerais Minas Gerais
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental e Mundial Campeonato Mineiro
Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Fase Máxima Div. Pos.
1950 Módulo I
1951 Módulo I
1952 Módulo I
1953 Módulo I
1954 Módulo I
1955 Módulo I
1956 Módulo I
1957 Módulo I
1958 Módulo I
1959 Não classificado Módulo I
Década de 1960
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental e Mundial Campeonato Mineiro
Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div. Pos.
1960 A 5 5 2 1 2 4 6 Módulo I
1961 A 3 4 2 1 1 7 5 Módulo I
1962 A 4 4 1 2 1 4 4 Módulo I
1963 Não classificado Módulo I
1964 Não classificado Módulo I
1965 Não classificado Módulo I
1966 A Cscr-featured.png 15 8 7 1 0 25 7 Módulo I
1967 A [a] 14 14 6 2 6 23 19 CL SF Módulo I
A [b] 3 3 1 1 1 2 4
1968 A [a] 17 16 6 5 5 22 18 Módulo I Cscr-featured.png
A [b] 5 4 2 1 1 9 4
1969 A 26 19 10 6 3 30 18 Módulo I Cscr-featured.png
Década de 1970
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental e Mundial Campeonato Mineiro
Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div. Pos.
1970 A 22 19 9 4 6 32 20 Módulo I
1971 A 28 25 8 12 5 28 17 Módulo I
1972 A 35 28 12 11 5 40 25 Módulo I
1973 A 52 40 19 14 7 48 28 Módulo I
1974 A 38 28 14 10 4 35 17 Módulo I
1975 A 49 29 15 10 4 39 15 CL SF Módulo I
1976 A 19º 19 12 6 5 1 15 7 CL MC C F Módulo I
1977 A 16º 24 18 6 7 5 30 27 CL F Módulo I
1978 A 10º 41 27 14 10 3 44 21 Módulo I
1979 A 26 19 10 6 3 43 21 Módulo I
Década de 1980
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental e Mundial Campeonato Mineiro
Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div. Pos.
1980 A 10º 21 18 7 7 4 19 14 Módulo I
1981 A 19º 17 15 7 3 5 20 20 Módulo I
1982 A 21º 13 15 6 1 8 15 23 Módulo I
1983 A 17º 17 14 6 5 3 21 17 Módulo I
1984 A 33º 6 8 2 2 4 16 13 Módulo I
1985 A 29º 18 20 5 8 7 23 22 Módulo I
1986 A 36 30 12 12 6 38 21 Módulo I
1987 MV (A) 21 17 6 9 2 16 7 Módulo I
1988 A 35 25 8 10 7 26 23 SL F Módulo I
1989 A 23 18 9 5 4 23 14 R16 SL QF Módulo I
Década de 1990
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental e Mundial Copa Centro-Oeste Campeonato Mineiro
Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div. Pos.
1990 A 10º 21 19 8 5 6 21 18 1F SL 1F Módulo I
1991 A 16º 16 19 5 6 8 23 28 R16 SL C Módulo I
1992 A 23 25 8 7 10 25 25 SL RS C F Módulo I Cscr-featured.png
1993 A 12º 14 14 6 2 6 22 15 C SL RS QF F Módulo I
1994 A 22º 16 24 6 4 14 22 35 CL SL R16 SF Módulo I Cscr-featured.png
1995 A 41 25 12 5 8 41 27 QF SL SF Módulo I
1996 A 47 25 14 5 6 32 20 C SL F Módulo I
1997 A 20º 28 25 6 10 9 30 35 2F CL SL MC C 1F F Módulo I
1998 A 51 32 14 9 9 56 41 F CL CM RS R16 F Cscr-featured.png C Módulo I
1999 A 42 23 12 6 5 50 39 2F CM QF C [c] Módulo I
Década de 2000
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental e Mundial Copa Sul-Minas Campeonato Mineiro
Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Fase Máxima Div. Pos.
2000 MA (A) 54 30 14 12 4 57 36 Cscr-featured.png C CM QF F Módulo I
2001 A 21º 32 27 9 5 13 36 43 CL CM QF Grupos Cscr-featured.png C Módulo I
2002 A 39 25 11 6 8 40 39 R16 C Super
2003 A 100 46 31 7 8 102 47 Cscr-featured.png C CS 1F [d] Módulo I Cscr-featured.png
2004 A 13º 56 46 16 8 22 69 81 CL CS R16 1F [e] Módulo I
2005 A 60 42 17 9 16 73 72 SF CS R16 Módulo I
2006 A 10º 53 38 14 11 13 52 45 QF CS 2F Módulo I
2007 A 60 38 18 6 14 73 58 R16 CS 2F Módulo I
2008 A 67 38 21 4 13 59 44 CL R16 Módulo I
2009 A 62 38 18 8 12 58 53 CL F Módulo I Cscr-featured.png
Década de 2010
Ano Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continental e Mundial Primeira Liga Campeonato Mineiro
Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Fase Máxima Div. Pos.
2010 A 69 38 20 9 9 53 38 CL QF Módulo I
2011 A 16º 43 38 11 10 17 48 51 CL R16 Módulo I
2012 A 52 38 15 7 16 47 51 R16 Módulo I
2013 A 76 38 23 7 8 77 37 R16 Módulo I
2014 A 80 38 24 8 6 67 38 F CL QF Módulo I
2015 A 55 38 15 10 13 44 35 R16 CL QF Módulo I
2016 A 12º 51 38 14 9 15 48 49 SF Grupos Módulo I
2017 A 57 38 15 12 11 47 39 C CS 1F SF Módulo I
2018 A 53 38 14 11 13 34 34 C CL QF Módulo I
2019 A Em disputa Em disputa CL R16 Módulo I Cscr-featured.png



Notas

a. ^ Em 1967 e 1968, foram realizados dois Campeonatos Brasileiros. Esta colocação refere-se ao torneio denominado na época de Torneio Roberto Gomes Pedrosa.

b. ^ Em 1967 e 1968, foram realizados dois Campeonatos Brasileiros. Esta colocação refere-se ao torneio denominado na época de Taça Brasil.

c. ^ Em 1999, os representantes de Minas Gerais disputaram a Copa Centro-Oeste. No entanto, os times mineiros disputaram a competição até então recém-criada, a Copa Sul-Minas, nos anos subsequentes.

d. ^ O Cruzeiro, assim como Atlético Mineiro, Corinthians, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Caetano, São Paulo e Vasco da Gama, foi convidado a participar da Copa Sul-Americana de 2003.

e. ^ Até 2007, o campeão do Campeonato Brasileiro tinha o direito de participar da Copa Sul-Americana, além da classificação à Copa Libertadores da América. Sendo assim, o Cruzeiro disputou as duas competições sul-americanas possíveis. Porém, a partir de 2008, o campeão não tinha o mesmo direito.

Participações[editar | editar código-fonte]

Participações em 2019
Competição Temporadas Anos
Minas Gerais Campeonato Mineiro 100 1921-2019
Trophy (transp. Simón Bolívar Cup).png Primeira Liga 2 2016-2017
Brasil Campeonato Brasileiro 59 1960-1962, 1966-2019
Copa do Brasil 23 1989-1991, 1993, 1995-2000, 2002-2003, 2005-2007, 2012-2019
Flags of the Union of South American Nations.gif Copa Libertadores da América 17 1967, 1975-1977, 1994, 1997-1998, 2001, 2004, 2008-2011, 2014-2015, 2018-2019
Supercopa Libertadores 10 1988-1997
Copa Sul-Americana 6 2003-2007, 2017
Copa Mercosul 4 1998-2001
Recopa Sul-Americana 3 1992-1993, 1998
Flag of the United Nations.svg Copa Intercontinental 2 1976, 1997

Retrospecto em competições oficiais[editar | editar código-fonte]

Última atualização: Série A de 2018, 38ª rodada.

Competição Temporadas Títulos Pts. J V E D GP GC
Brasil Campeonato Brasileiro 58 4 2.066 1.454 633 391 420 2.104 1.630

Pts Pontos obtidos, J Jogos, V Vitórias, E Empates, D Derrotas, GP Gols Pró e GC Gols Contra

Referências

  1. Bola na Área. «Desempenho do Cruzeiro nas competições oficiais». Consultado em 1º de janeiro de 2015 
  2. Futpédia. «Estatísticas do Cruzeiro». Consultado em 1º de janeiro de 2015 
  3. RSSSF Brasil. «RSSSF Brasil». Consultado em 1º de janeiro de 2015