Tennessee (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tennessee
 Estados Unidos
2009 •  cor •  99 Minutos min 
Direção Aaron Woodley
Elenco Mariah Carey
Ethan Peck
Adam Rothenberg
Gênero drama
Música Mariah Carey
Mario Grigorov
Lançamento Estados Unidos 26 de abril de 2008
Idioma inglês
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Tennessee é um filme americano de 2009, de gênero Drama, Dirigido por Lee Daniels ovacionado Festival de Cinema de Tribeca em 2008. O elenco principal é composto pela cantora estadunidense Mariah Carey, Ethan Peck e Adam Rotheberg .[1][2] O enredo do filme gira em torno de dois irmãos, Ellis (Ethan Peck) e Carter (Adam Rothenberg), que embarcam em uma aventura a partir do Novo México para encontrarem seu pai com a esperança de salvar Ellis, diagnosticado com leucemia. Durante o caminho no Texas eles conhecem Krystal (Mariah Carey), uma cantora iniciante que foge de seu marido abusivo, Frank (Lance Reddick). Após a fuga, Krystal começa a acompanhar os irmãos em sua jornada.[3]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Durante a primavera de 1993, o jovem Carter, junto com sua namorada Laurel, descobrem que a mãe de Carter, mais uma vez foi agredida por seu pai. Ele decide deixar o Tennessee junto com sua mãe e seu irmão mais novo, Ellis. Em 2007, Carter já adulto, descobre que seu irmão Ellis possui leucemia aguda. Ellis então diz a Carter que eles deveriam voltar ao Tennessee para realizar um transplante de medula óssea compatível com suas necessidades, já que Carter não compatível e sua mãe já é falecida.

No caminho para o Tennessee, o carro dos irmãos quebra e eles param em um restaurante local. Ellis posteriormente conhece Krystal, uma garçonete que aparentemente não está satisfeita com seu trabalho. Eles ficam sabendo que Krystal pediu demissão de seu trabalho e levando em consideração que os garotos não possuíam um lugar para dormir, Krystal os leva para sua casa onde seu marido, Frank, um xerife abusivo, fica nervoso com a ideia de tê-los em sua casa. Durante a manhã, Krystal percebe que não tem a vida que sempre sonhou, sendo que ela sempre quis ser uma cantora-compositora. Então ela decide deixar Frank durante a manhã com o intuito de que ele não a controle mais, embarcando na aventura de carro pelo Tennessee com Ellis e Carter. Junto com os garotos, eles foram para um bar e dançaram por alguns momentos até Carter fazer um escândalo deixando krystal nervosa.Frank decide procurar por Krystal usando o número da placa de seu carro porém Krystal troca por outro. Independente disso, Frank ainda conseguiu encontra-los no caminho. Ainda assim, Krystal despista Frank embarcando em um trem em direção ao Tennesse com os garotos.

Desembarcando no Tennesse, Carter, Ellis e Krystal ficam sem dinheiro. Krystal então decide penhorar seu violão mas Carter a impede depois de descobrir um concurso de canto em um bar e insiste para que ela participe. Frank, que consegue chegar ao Tennessee horas mais tarde, encontra uma garota sendo brutalmente agredida por seu namorado, percebendo a partir disso ele compreende sua situação com Krystal. Frank segue para um bar onde o concurso de canto está acontecendo e encontra Krystal performando, ele não a persegue, pelo contrário, deixa ela livre. Após vencer o concurso, Krystal compartilha o dinheiro do prêmio e segue caminhos diferentes dos irmãos.

Durante a viagem de ônibus, Carter percebe que desmaiou e decide levá-lo à pressa para o hospital. Ellis ao acordar pede que Carter tire uma foto de uma montanha perto de uma escola, da qual a ex-namorada de Carter trabalha atualmente como professora. Com medo de falar com ela, ele decide voltar ao hospital. Carter dirige até sua antiga casa e descobre que seu pai não está lá. Uma velha senhora da vizinhança pergunta se ele é filho de Roy e diz a que que há uma entrega para ele. Descobre que seu pai faleceu muitos anos antes e que a carta foi enviada por Ellis dizendo que Ellis sempre soube sobre a morte do pai e decidiu iniciar essa viagem para o Tennessee para que Carter enfrentasse seus medos existentes desde que decidiram fugir de casa. Ele também diz na carta que a foto foi apenas um pretexto para que ele encontrasse Laurel, sua ex-namorada, e pede para que ele dê uma chance de falar com ela.

É presumido que Ellis faleceu logo após a descoberta de Carter, após isso, ele e Krystal decidem jogar as cinzas de Ellis no topo da montanha. Krystal decide voltar para sua cidade e Carter diz que estará aguardando sua estreia como cantora. Carter decide ir até a escola e encontra Laurel. Ele decide ir falar com ela e assim o filme acaba.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Música[editar | editar código-fonte]

Mariah carey interpreta a música "Right to Dream" escrita por ela e Willie Nelson que foi pre-indicada ao Oscar 2009 como melhor trilha sonora original.[5]

Em 2010, a versão de Mariah da canção "Help Me Make it Through The Night" conhecida na voz de Elvis Presley, vazou na internet, a canção seria parte da trilha sonora do filme.

Lançamento e Recepção[editar | editar código-fonte]

O lançamento do filme aconteceu no Festival de Cinema de Tribecano dia 26 de Abril de 2008. O filme teve sua estreia nos cinemas em 5 de junho de 2009.

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Reproduzido em lançamento limitado, arrecadou o valor de $9,438 milhões de dólares sendo lançado em 15 cinemas pelos Estados Unidos em sua primeira semana. No dia 24 de Junho totalizando uma arrecadação de $16,100.[6]

Críticas[editar | editar código-fonte]

As críticas em resposta ao filme foram geralmente mistas, com o cálculo do Metacritic a porcentagem de aprovação do filme de 42% baseado em 8 críticas. Baseado nas 21 críticas do site Rotten Tomatoes, houve uma porcentagem de 33% com a pontuação de 4.5/10.[7][8] O The Hollywood Reporter disse que houve uma falta de ritmo no filme até a sua conclusão final poderosa. A maior parte dos críticos parabenizaram Mariah por sua atuação, descrevendo como uma atuação "emocionante" e "eficaz". A música por trás do filme, especialmente a música composta por Mariah "Right To Dream" também recebeu notoriedade e aclamação, sendo considerada por críticas notáveis, sendo pré-indicada ao Óscar.

DVD[editar | editar código-fonte]

O DVD, inicialmente estava programado para ser lançado no dia primeiro de Setembro de 2009, sendo prorrogado para o dia 26 de Janeiro de 2010 de acordo com o site oficial do filme.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Tennessee (filme)» (em inglês). Metacritic. Consultado em 24 de novembro de 2019 
  2. «G1 > Cinema - NOTÍCIAS - Novo filme de Mariah Carey é apresentado no Festival de Tribeca». g1.globo.com. Consultado em 13 de junho de 2020 
  3. Tennessee (2008) - IMDb, consultado em 13 de junho de 2020 
  4. Tennessee, consultado em 13 de junho de 2020 
  5. «Willie Nelson has Mariah on his mind». EW.com (em inglês). Consultado em 13 de junho de 2020 
  6. «Tennessee». Box Office Mojo. Consultado em 13 de junho de 2020 
  7. Tennessee, consultado em 13 de junho de 2020 
  8. Tennessee (2009) (em inglês), consultado em 13 de junho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.