Tentativa de golpe de Estado na República Democrática do Congo em 2011

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A tentativa de golpe de Estado da República Democrática do Congo em 2011 foi uma tentativa de golpe de Estado contra o presidente Joseph Kabila em 27 de fevereiro de 2011.

Em 27 de fevereiro de 2011, dois grupos de cerca de cem pessoas vestidas com roupas civis atacaram a residência presidencial em Gombe. O presidente da República Democrática do Congo não estava presente na residência durante o ocorrido.[1]

Seis pessoas morreram depois de serem detidas por soldados em um bloqueio de estradas perto do Palácio Presidencial de Kinshasa. [2] Relatórios de notícias subsequentes indicaram que 19 pessoas morreram, consistindo em onze atacantes e oito membros das forças de segurança. [3]

Referências

  1. «Tentativa de golpe no Congo deixa seis mortos.». Folha de S. Paulo. 27 de fevereiro de 2011 
  2. Six dead in failed coup attempt - DR Congo Reuters, 27 de fevereiro de 2011
  3. DR Congo Joseph Kabila 'coup bid': Mass arrests BBC News, 8 de março de 2011
Ícone de esboço Este artigo sobre a República Democrática do Congo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.