Teobaldo VI de Blois

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Teobaldo VI de Blois
Nascimento 1190
Morte abril de 1218 (28 anos)
La Ferté-Villeneuil
Progenitores Pai:Luís I de Blois
Ocupação aristocrata
Título conde
Causa da morte lepra
Desenho de um vitral da Catedral de Chartres onde se encontra representado Teobaldo

Teobaldo VI de Blois (c.1190-16 ou 22 de abril de 1218) foi conde de Bloise de Clermont-en-Beauvasisis a partir de 1205.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Teobaldo era filho de Luís I de Blois e Catarina de Clermont, e o único sobrevivente dos pais. O pai havia ganho pelo casamento com a mãe o condado de Clermont-en-Beauvaisis, que passou a fazer parte do património que passou a Teobaldo. Ainda antes de governar fez várias doações com os pais: Hôtel-Dieu, Châteaudun em março 1200 e maio de 1202[1], e Chartres em 1201 [2].

Herdou as possessões da família em 1205, depois da morte do pai. Participou na construção da Catedral de Chartres, e construiu ainda um grande castelo em Blois, em que ainda hoje permanece uma torre e uma sala principal, a Sala dos Estados, onde estava a construir uma ainda maior que designaria por Sala do Mundo.

Lutou contra os Cátaros no sul de França, e os mouros em Castela durante as guerras da Reconquista, participando numa das mais decisivas: a Batalha de Navas de Tolosa, a 16 de julho de 1212[3]. Contraiu porém a lepra e foi forçado a regressar pouco depois. Passou os últimos anos da sua vida no seu castelo em La Ferté-Villeneuil. No início de abril de 1218, fez uma outra doação a Hôtel-Dieu [4]. Faleceu nesse mesmo mês, variando as fontes entre 16 e 22 de abril.

Por falta de descendência, doou Clermont-en-Beauvaisis ao Reino de França, e o resto das suas terras às tias, Isabel e Margarida. Para a primeira criou, a partir do norte do condado de Blois, o condado de Chartres, que incluía a cidade de Chartres e os respetivos rendimentos. Para Margarida doou o restante de Blois. Há fontes que referem que, para além das tias, irmãs do seu pai, também a sua mãe, Catarina estava ainda viva[5], embora este facto não seja consensual.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Teobaldo casou, antes de 1213, com Matilde de Alençon, filha de Roberto, O Ruivo, conde de Alençon, e Joana de Preuilly. Não tiveram descendência. Casou uma segunda vez com Clemência de Roches, filha de Guilherme de Alençon, senescal de Anjou e Margarida de Sablé. Também não houve descendência deste casamento.

Referências

  1. [1], "…Theobaldo filio meo, Johanna filia mea…" subscreveram "Ludovicus Blesensis et Clarimontis comes" na doação feita por "Gaufridus vicecomes Castriduni" a Hôtel-Dieu, Châteaudun por carta de março de 1200. (...) "…Theobaldo filio meo, Iohanna filia mea…" subscreveram "Ludovicus Blesensis et Clarimontis comes…Iherosolimam proficiscens" a Hôtel-Dieu, Châteadun por carta de maio de 1202.
  2. [2], "Ludovicus comes Blesensis et Clarimontis" confirmou uma doação a Chartres Notre-Dame do pai, com o consentimento de "Katherina uxor mea, filiis meis Theobaldo et Radulfo et filia mea Johanna et Philippo fratre meo", por carta de 1201.
  3. Kováč, Peter (2007). Katedrála v Chartres. Francouzské umění rané avrcholné gotiky. Praha: [s.n.] p. 81. ISBN 978-80-7281-000-0 
  4. [3],"Theobaldus Blesensis et Clarimontis comitis" doou propriedade a Hôtel-Dieu, Châteadun com o consentimento de "Clemencia uxore mea" por carta de abril de 1218
  5. [4], O necrológio da Catedral de Chartres recorda a morte, nas "X Kal Mai" (10 calendas de maio) de "Theobaldus Blesensis et Clarimontis comes", constatando que "matris sui Katherine comitisse" doou propriedade para descanso da sua alma.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Kováč, Peter (2007). Katedrála v Chartres. Francouzské umění rané avrcholné gotiky. Praha: [s.n.] p. 81. ISBN 978-80-7281-000-0 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por:
Luís I
Conde de Blois e Châteaudun
1205-1218
Sucedido por:
Margarida I
Criação do Condado de Chartres para Isabel I
Conde de Clermont-en-Beauvaisis
1205-1218
Sucedido por:
Doado à Coroa Francesa
Próximo titular: Filipe Hurepel