Teodardo de Narbona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
São Teodardo
Nascimento Montauban 
840
Morte Montauban 
1 de maio de 893
Veneração por Igreja Católica
Gloriole.svg Portal dos Santos

Teodardo (em latim: Theodardus; Montauban, 840 - Montauban, 1 de maio de 893) foi um arcebispo de Narbona do século IX que tornar-se-ia santo da Igreja Católica.

Vida[editar | editar código-fonte]

Teodardo nasceu em Montauban por volta de 840. Parece que pertenceu a uma rica e nobre família local e teve educação eclesiástica e secular desde jovem. Foi subdiácono em um sínodo de Tolosa que foi convocado para apaziguar uma disputa entre judeus locais e o bispo Bernardo. Por suas ações no episódio, o presidente do sínodo, o arcebispo Sigebaldo de Narbona (873–885), o designou arquidiácono. Nesta posição, distinguiu-se por moral impecável, modéstia, piedade e caridade, e era "olhos dos cegos, pés dos coxos, pai dos pobres e consolador de todos os oprimidos".[1]

Depois da morte de Sigebaldo em 885, Teodardo foi eleito seu sucessor e foi consagrado em 15 de agosto.[1] Entre 885-886, recebeu uma sentença de excomunhão contra o bispo de Nimes.[2][3] Em 886, foi a Roma para obter o pálio do papa Estêvão VI. Manteve com energia os direitos de sua sé e suas sufragâneas, reparou os danos que essas dioceses sofreram com as incursões dos sarracenos, restaurou a catedral e entregou seus rendimentos e os tesouros de sua igreja à libertação dos cristãos cativos. Em data posterior, substituiu os tesouros que usou. Morreu em 1 de maio de 893, na abadia beneditina de São Martinho em Montauban, onde foi enterrado. A abadia foi saqueada pelos huguenotes e boa parte de suas relíquias desapareceram desde então.[1]

Referências

  1. a b c Löffler 1912.
  2. Caille 2008, p. 49, nota 15.
  3. Poly 1976, p. 19, nota 70.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Caille, Jacqueline (2008). «Vicomtes et vicomté de Narbonne des origines au début du xiiie siècle». In: Débax, Hélène. Vicomtes et vicomtés dans l’Occident médiéval. Tolosa: Imprensas Universidades de Mirail. ISBN 978-2-85816-942-9 
  • Löffler, K. (1912). «St. Theodard». Enciclopédia Católica. Nova Iorque: Robert Appleton Company 
  • Poly, Jean-Pierre (1976). La Provence et la société féodale (879-1166): contribution à l'étude des structures dites féodales dans le Midi. Paris: Bordas