Terenciano Mauro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Terenciano Mauro (em latim, Terentianus Maurus) foi um poeta e gramático latino dos séculos II e III d. C. (floruit século II)

Pouco se sabe sobre ele. Era da Mauritânia e compôs um manual em versos sobre prosódia e métrica com o título De litteris, syllabis, pedibus, metris' ("Sobre as letras, sílabas e metros") aplicado sobretudo a exemplos de Horácio. O autor troca de métrica cada vez que trata de um verso ou estrofe diferente. Essa obra, esquecida durante a Idade Média, foi redescoberta em 1493 e novamente perdida depois de impressa pela primeira vez, em Milão (1497). A edição mais famosa é a de Simon de Colines, de 1531. A edição mais recente é a de Chiara Cignolo, de 2002.

Nessa obra aparece pela primeira vez uma expressão latina que ficou famosa: Habent sua fata libelli, trecho do verso Pro captu lectoris habent sua fata libelli ("Da capacidade do leitor depende o destino dos escritos").

Bibliografia[editar | editar código-fonte]