Tereza Batista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o livro de Jorge Amado, veja Tereza Batista Cansada de Guerra.
Tereza Batista
Informação geral
Formato Minissérie
Gênero Drama
Romance
Criador(es) Vicente Sesso
Baseado em Tereza Batista Cansada de Guerra de Jorge Amado
Desenvolvedor(es) Rede Globo
País de origem  Brasil
Idioma original (Português)
Produção
Diretor(es) Paulo Afonso Grisolli
Walter Lacet (imagem)
Produtor(es) Augusto César Vannucci
Elenco Patrícia França
Humberto Martins
Herson Capri
Jorge Dória
Othon Bastos
Hugo Gross
Stepan Nercessian
Sandra Barsotti
Zilka Salaberry
Lala Schneider
Jayme Periard
Joel Barcellos
Martha Overbeck
Castro Gonzaga
ver mais
Tema de abertura "Vamos Falar de Tereza", Danilo Caymmi e Dorival Caymmi
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Transmissão original 7 de abril de 199222 de maio de 1992
N.º de episódios 28
Cronologia
O Portador
As Noivas de Copacabana
Programas relacionados Tereza Batista Cansada de Guerra

Tereza Batista foi uma minissérie brasileira produzida e exibida pela Rede Globo, entre 7 de abril a 22 de maio de 1992, em 28 capítulos.[1]

Escrita por Vicente Sesso, é livremente inspirada no romance Tereza Batista Cansada de Guerra de Jorge Amado. Dirigida por Paulo Afonso Grisolli.

Contou com Patrícia França, Humberto Martins, Hugo Gross, Herson Capri, Jorge Dória, Zilka Salaberry e Stepan Nercessian nos papéis principais.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A novela conta a trajetória de Tereza Batista, dos 13 aos 27 anos. Orfã, é criada por sua tia que a espanca e humilha demais. Ainda criança é vendida por sua tia Felipa ao Capitão Justo, um homem violento e poderoso que coleciona meninas para explorá-las sexualmente. Ele mantém todas elas trancadas em sua casa, tratando-as como escravas e as estuprando.

Maltratada e violentada por ele, Tereza fica traumatizada com a forma como perdeu sua virgindade e não cede facilmente às vontades do capitão como as outras meninas, e por isso é a que mais apanha. Ao descobrir que ela sabe ler e escrever, Justo a obriga a trabalhar em seu armazém de forma escrava e sem salário. Lá ela conhece o estudante Daniel, por quem se apaixona perdidamente, seu primeiro amor de juventude.

Porém Tereza conhece Jereba e passa a amá-lo de verdade. Ele é um pescador casado, mas sua esposa está muito doente. Ela fica confusa e dividida entre ele e Daniel. Jereba sempre a ajudou em tudo, a salvou muitas vezes de surras do Capitão e sempre teve um carinho especial por ela, mas ela o respeita por ele ser casado. É um amor puro e sincero, mas eles ainda não tem coragem de se declarar um ao outro, por timidez que um tem para com o outro, tamanho o sentimento de respeito que os une.

Com o tempo, Tereza é apanhada em flagrante na cama com Daniel e o Capitão tenta matá-la de tanto ciúme, mas Tereza, desesperada e querendo se defender, o mata com uma facada e é presa. Para a sua decepção, Daniel não fica ao seu lado. Ele nega a cumplicidade no crime, e diz que foi seduzido pela menina e que caiu numa armadilha, que ela armou para ele ser preso, mas Daniel a ajudou a sumir com o corpo do Capitão, que depois é achado e enterrado, mas a polícia nada prova contra Daniel, que sai livre de toda a culpa.

Tereza vai para a cadeia e passa a sofrer muito, de todas as formas e ainda mais por amar Daniel, que só a usou, mas ela percebe que Jereba sim é seu único amor, e que Daniel nada mais foi que uma paixão de adolescente, e se arrepende de tudo que viveu com ele.

Após um tempo de muita dor, consegue a liberdade graças a intervenção do advogado Lulu dos Santos. Vai viver sozinha mas não tem recursos financeiros e nem uma profissão e se desespera. Ela tenta encontrar Jereba, mas ele se mudou. Assim que sai da cadeia passa a ser cortejada pelo coronel Emiliano, homem mais velho, muito rico e generoso. É nessa fase que ela conhece a tranqüilidade e a segurança. Ela passa a ser amante dele em troca de uma vida luxuosa. Mas a alegria dela dura pouco.

O coronel morre e ela fica sem nada, totalmente na miséria. Tenta de todas as formas arranjar emprego, mas ninguém confia numa ex-presidiária. Com muito desgosto, vai para a casa de Veneranda, a cafetina da cidade de Cajazeiras. Ela vira prostituta e passa a sofrer muito na mão de homens violentos que a abusam de todas as formas. Todo esse infortúnio acontece enquanto Tereza aguarda a hora de realizar seu grande sonho: Reencontrar o pescador Jereba, o homem da sua vida, mesmo sem nunca nem tê-lo beijado, ela sente isso, pois sempre confiou nele e sente amor acima de tudo, e nunca o esqueceu em nenhum momento de sua vida, mesmo com todos os homens que teve, era nele quem ela pensava.

Tereza quer uma vida nova: Larga a prostituição, deixa Cajazeiras e parte para Salvador, onde se torna cantora de cabaré. Ela só canta e diverte os clientes, não se prostitue mais. Nessa época ela conhece Almério, homem que frequenta o prostíbulo, que é um senhor bom e muito rico que se encanta com sua beleza. Ele se apaixona por ela de verdade e a tira dessa vida. Ela é muito grata a ele por lhe dar casa sem pedir nada em troca, como todo homem pedia a ela, mas ela o agrada e eles sempre dormem juntos.

Eles viram mais amigos que amantes e Almério não aguenta mais segurar sua paixão, ele a quer para esposa e não só para a cama e a pede em casamento e ela, surpresa demais com isso, mesmo não o amando, mas por gratidão a ele, aceita.

Perto da data de se casar, Tereza reencontra Jereba e não acredita no que vê. Fica radiante de felicidade, assim como Jereba, que confessa a ela que sempre foi apaixonado mas nunca teve coragem de se declarar por ela ser muito menina e por ele estar casado e a esposa morrendo, e diz que agora é viúvo e que sofreu muito por perder a esposa e perder o contato com Tereza. Assim essa surpresa do destino acaba fazendo com que a corajosa Tereza desista de sua chance de ter um marido e um lar para viver ao lado do seu verdadeiro amor.

Eles fogem e se casam, constroem família e passam a viver uma linda história de amor, em que os dois superaram todos os obstáculos da vida e no fim depois de tanto sofrimento se reencontram e se tornam extremamente felizes e realizados.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Patrícia França Tereza Batista
Humberto Martins Jereba
Maria Gladys Felipa
Jorge Dória Coronel Emiliano
Herson Capri Capitão Justo
Othon Bastos Lulu dos Anjos
Hugo Gross Daniel
Stephan Nercessian Almério
Zilka Salaberry Veneranda
Lala Schneider Otaviana
Sandra Barsotti Beatriz
Jayme Periard Oto Espinheira
Joel Barcellos Terto Cachorro
Martha Overbeck Pérola
Marcelo Picchi Peixe Cação
Castro Gonzaga Dr. Amarildo
Ivan Setta Vavá
Ivan Mesquita Comissário Lobão
Helena Ignez Maricota
Marcos Paulo Túlio Boccatelli
Mauro Mendonça Hipólito
José Augusto Branco Lírio Baêta
Emiliano Queiroz Altinor
Jorge Cherques Greta Garbo
Guilherme Corrêa Silo Melo
Regina Dourado Mãos de Fada
Carmela Soares Berta Teodoro
Edson Fieschi Marcelo
Nelson Dantas Juiz Eustáquio Fialho
Haroldo de Oliveira Max das Negras
Alvaro Freire Juiz Pio Alves
Ivone Hoffman Ponciana
Ivan Cândido Prefeito de Cajazeiras
Wanda Kosmo Bolo Fofo
Cleyde Blota Marina
Felipe Wagner Libório
Norma Geraldy Dona Carmelita
Júlio Braga Delegado de Cajazeiras
Iara Jamra Carmem
Vânia Alexandre Magda Amália
Carlos Alberto Santanna Mestre Gunzá
Márcio Augusto Chico Meia Sola
Jurema Penna Gregória
Rosana Rodrigues Cabrita
Alba Valéria Zazá Bico Doce
André Barros Neco
Vicente Barcellos Marcos Lemos
Chico Expedito Rosalvo
Ivan Senna Coronel Bráulio
Isolda Cresta Paulina
Maria Sílvia Badé
Orlando Vieira Simão Lamego
Roberto Lopes Dalmo Coca
Úrsula Canto Aparecida
Auricéia Araújo Mãe de Santo que faz previsões para Tereza
Fernando Amaral Cristóvão
Carmem Palhares Joana das Folhas
Antônio Leite Lula

Elenco de apoio[editar | editar código-fonte]

DVD[editar | editar código-fonte]

Em março de 2016 foi lançada em DVD pela Loja Globo.[2]

Trilha Sonora[3][editar | editar código-fonte]

  1. A vida vai mudar – Danilo Caymmi
  2. Modinha para Tereza Batista – Simone Caymmi
  3. Deixa ficar – Nana Caymmi
  4. Mal-mel-quer – Aquarela Carioca (participação Ney Matogrosso)
  5. The Desert / The Wraith – Dori Caymmi
  6. A Peste - Roger Henri
  7. Versos de Bolero - Fagner
  8. Vamos falar de Tereza - Danilo e Dorival Caymmi
  9. Muito tanto - Mara Foroni
  10. Amazon River - Dori Caymmi
  11. Pra ficar no ponto - Patrícia França
  12. Pelas ruas - Roger Henri

Referências

  1. «Tereza Batista». Teledramaturgia. Consultado em 10 de junho de 2016 
  2. «Globo anuncia lançamento da minissérie "Tereza Batista" em DVD». Na Telinha. 27 de março de 2016. Consultado em 19 de fevereiro de 2017 
  3. «Tereza Batista - Trilha Sonora». Teledramaturgia. 12 de outubro de 2015. Consultado em 10 de junho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]