Terminal Rodoviário de São Carlos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Terminal Rodoviário de
São Carlos
Dr. Paulo Egydio Martins
Vista parcial das plataformas
Uso atual Terminal rodoviário
Estação integração norte
Administração Socicam
Equipav
Linhas 36 linhas (155 destinos)
Movimento em 2014 3 500/dia
Serviços Ônibus Táxi Restaurante Estacionamento Acesso à deficiente físico Escada rolante Elevador Farmácia Biblioteca ou banca de livros
Informações históricas
Inauguração 12 de outubro de 1982 (34 anos)
Localização
Localização Rua Jacinto Favoreto, 777 - Jardim Macarengo, São Carlos, SP

O Terminal Rodoviário de São Carlos (nome oficial Terminal Rodoviário Paulo Egydio Martins), mais conhecido como Rodoviária de São Carlos, ou Estação Rodoviária, é uma rodoviária que funciona como terminal de passageiros e cargas de forma ininterrupta.

Situado na cidade de São Carlos, foi inaugurado em 12 de outubro de 1982, no final da gestão do Governador Paulo Salim Maluf sendo que o governador em exercício era José Maria Marin. Situa-se na rua Jacinto Favoreto, 777, no bairro Macarengo, zona norte da cidade. O acesso pode ser feito por ônibus, táxis e autos.

A nova rodoviária, foi construída para substituir a antiga que ficava ao lado da estação ferroviária e que já estava desativada há mais de vinte anos.

História[editar | editar código-fonte]

A primeira rodoviária de São Carlos foi construída no fim dos anos 40, ao lado da Estação de São Carlos (local ainda existe hoje). A partir de meados dos anos 50 com a chegada da rodovia que liga a cidade a São Paulo, e por ser um local sem condições de receber mais que dois ônibus, seu movimento foi distribuído para mais dois locais, o prédio da Viação Cometa (hoje café) na avenida São Carlos esquina com a rua Sete de Setembro, e o prédio da Empresa Cruz (hoje loja) na avenida São Carlos esquina com rua Marechal Deodoro, e assim permaneceu até a inauguração da nova rodoviária em 1982 para onde tudo foi transferido.

Características[editar | editar código-fonte]

Compreendendo uma área de 13.000 metros quadrados, sendo 8.000 metros quadrados é área construída, esse terminal funciona durante 24 horas por dia e atende alguns estados brasileiros e várias cidades do Interior de São Paulo.

Tem acessibilidade com infraestrutura adequada para recepcionar passageiros com mobilidade reduzida, deficientes físicos e idosos. Posuindo estabelecimento alimentício, banca de jornais e revistas, lan house e pontos de informação ao passageiro.

São 17 empresas rodoviárias, 16 bilheterias, e 36 linhas de ônibus, que atendem a 155 cidades, atendendo 60 mil pessoas em média por mês. Para atender essa demanda existem 11 plataformas de embarque e desembarque. Em dias de maior movimento, de acordo com a necessidade, possui plataformas reversíveis. Os ônibus também contam com um estacionamento de espera, que tem capacidade para até 3 veículos.

Administração[editar | editar código-fonte]

A administração do terminal é de responsabilidade da Socicam.[1]

Características operacionais[editar | editar código-fonte]

  • Plataformas: 11
  • Empresas operantes: 17
  • Destinos: 155
  • Área total: 13.000 m³
  • Área comercial: 1.000 m³
  • Saídas diárias: 230
  • Estacionamento: 50 vagas
  • Ponto de táxi: 22 vagas
  • Câmeras de segurança: 10
  • Sanitários: 2
  • Telefones públicos: 8 (1 para deficientes auditivos)
  • Caixas Eletrônicos

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]