Terra Boa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Terra Boa
Bandeira de Terra Boa
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Aniversário 13 de julho
Fundação 1955 (63 anos)
Gentílico terraboense / terrabonense
Prefeito(a) Valter Peres (PDT)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Terra Boa
Localização de Terra Boa no Paraná
Terra Boa está localizado em: Brasil
Terra Boa
Localização de Terra Boa no Brasil
23° 46' 04" S 52° 26' 38" O23° 46' 04" S 52° 26' 38" O
Unidade federativa Paraná
Mesorregião Centro Ocidental Paranaense IBGE/2008 [1]
Microrregião Campo Mourão IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: Doutor Camargo e Ivatuba, Sul: Araruna e Peabiru, Leste: Engenheiro Beltrão, Oeste: Jussara
Distância até a capital 484 km
Características geográficas
Área 320,905 km² [2]
População 16 991 hab. estimativa IBGE/2017[3]
Densidade 52,95 hab./km²
Altitude 635 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,744 elevado PNUD/2000 [4]
PIB R$ 122 187,860 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 8 123,65 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.terraboa.pr.gov.br

Terra Boa é um município brasileiro do estado do Paraná.

História[editar | editar código-fonte]

A colonização de Terra Boa, bem como inúmeros municípios do norte do estado, deu-se pela Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, que no ano de 1951 planejou e organizou o patrimônio de Terra Boa. Criando dessa forma uma planta urbana previamente traçada, com espaço reservado para as repartições públicas, centros esportivos e de lazer. Fazendo com que dessa forma atraísse lavradores, a residirem no município.

No ano de 1952, foi celebrada no dia 2 de maio a primeira missa no município de Terra Boa, pelo Padre Aloísio Jacob, vigário de Peabiru, na casa de Antônio de Oliveira, pois a igreja do município ainda estava em construção.

Através da Lei Estadual nº 2.411 de 13 de julho de 1955, o patrimônio de Terra Boa é elevado a município, sendo instalado no dia 11 de dezembro, quando foi desmembrado do município de Engenheiro Beltrão.

No mesmo ano, foram realizadas as eleições que elegeram Carlos Marcondes, como o primeiro prefeito do município. Em 1957 é fundada a primeira escola do primeiro ao quarto ano (ensino fundamental) de Terra Boa, o Grupo Monteiro Lobato. Em 1961 foi fundado a Santa Casa de Misericórdia São Vicente de Paula. Em 1962 cria-se o distrito de Malu. Surge também a Igreja Católica, a Praça Santos Dummont, os geradores de luz que forneciam energia até as 22 horas, foram substituídos por energia elétrica. Foi inaugurado o cinema de Terra Boa e entre os anos de 1960 a 1970 houve uma grande expansão. Em 20 de setembro de 1990 Terra Boa foi elevada à situação de Comarca.

O nome da Cidade de Terra Boa foi dado por aquela Companhia Melhoramentos Norte do Paraná e traduz o sentido da pujança do solo formado pela terra roxa, própria para a cultura do café e de todos os cereais dos climas tropical e subtropical.

Localização[editar | editar código-fonte]

O município possui uma área de 317.550 km² e uma altitude de 635 metros. Sua posição geográfica é: 23º 45’ latitude sul e 52º 26’ longitude W-GR, fazendo limites com os municípios de Araruna, Doutor Camargo, Engenheiro Beltrão, Ivatuba, Jussara, Ourizona e Peabiru.

Rios[editar | editar código-fonte]

O município é banhado pelos rios São Mateus, Taquarimbé, Rio Ivaí (sendo este o principal).

Economia[editar | editar código-fonte]

A base da economia local era a agricultura, e as constantes geadas trouxeram inúmeros problemas econômicos aos lavradores. No ano de 1975, ocorreu uma forte geada, fazendo-se com que se iniciasse o êxodo rural.

O poder público no intuito de manter a população em Terra Boa, iniciou os incentivos à indústria e o comércio local. Após o incentivo, no início da década de 1980, o município possuía 18 fábricas de calçados, industrial de estofados e confecções.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Como forma de reconhecimento e valorização à cultura do município, em data de 4 de dezembro de 1993, foi realizado o lançamento da "1ª Coletânea de Poesias", obra esta que reunia trabalhos dos alunos de 1º e 2º Graus do município, colhidos através dos concursos de poesias realizadas nos três anos anteriores (1989, 1990 e 1992).

Religião[editar | editar código-fonte]

Com uma população com maioria católica, em 1976 foi inaugurado a Escola Apostólica São Judas Tadeu – Seminário, comandado pela Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, sendo, pois, uma referência à formação cristã católica em nível nacional.

Assim, São Judas Tadeu é o Padroeiro do município e a Paróquia comemora a festa religiosa em data de 28 de outubro, sendo, portanto, feriado municipal.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Estimativa populacional 2017 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 30 de agosto de 2017. Consultado em 14 de setembro de 2017. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.