Terra Pura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Terra Pura é uma vertente do budismo Mahayana também conhecida como Amidismo devido à sua característica devoção ao Buda Amida (sansc: Amitabha, Amitayus; chinês: Amituofo; coreano: Amitabul), o Buda da Vida e Luz Infinitas. O Caminho da Terra Pura se baseia nos ensinamentos proferidos pelo Buda Shakyamuni no Sutra da Vida Infinita sobre um asceta de nome Dharmakara que em um passado remoto fez 48 votos condicionantes para se tornar um Buda jurando construir um mundo ou estado de consciência no qual não exista sofrimento e torne acessível a Iluminação á todos que neste lugar venham a nascer, tornando então o nascimento nessa terra como uma alternativa á praticantes incapazes de realizar outras práticas. Segundo o Buda Shakyamuni, Dharmakara atingiu a iluminação e se tornou um Buda chamado Amida, vivendo atualmente em uma terra chamada Terra Pura da Suprema Felicidade (sansc: Sukhavati) de onde acolhe incontáveis seres de todo o universo libertando-os do ciclo de nascimentos e mortes (Samsara) e lhes garantindo a Iluminação.

Os meios de renascimento na Terra Pura do Buda Amida são descritos no Sutra da Vida Infinita e no Sutra da Contemplação da Vida Infinita, onde são descritos variadas práticas de visualizações e meditações contemplativas, sendo a principal prática a recitação recordativa do Nome de Amida (jap: nenbutsu; ch: Niânfo; sansc: buddhanusmrti; pali: buddhanussati) prática fundamentada pelo 18° voto de Amida no qual é dito que todos que desejarem nascer nesta terra devem se confiar sinceramente ao Buda e com o coração confiante recitarem o nome de Amida tendo então seu nascimento na Terra Pura da Suprema Felicidade infalivelmente garantido.

O budismo da Terra Pura é o maior ramo amplo do Budismo Mahayana e uma das tradições mais amplamente praticadas do budismo no leste da Ásia. Por sua doutrina apresentar um caminho de prática acessível a maior variedade de pessoas independente de suas limitações e capacidades de compreensão, o Budismo da Terra Pura é facilmente expandido e praticado entre as massas. Os três textos primários da tradição, conhecidos como os "Três Sutras da Terra Pura", são o Sutra Sukhāvatīvyūha (Sutra da Vida Infinita), o Sutra Amitayurdhyana (Sutra da Contemplação) e o Sutra Sukhāvatīvyūha (Sutra da Luz Infinita).[1]

Como muitas outras escolas budistas, a Terra Pura dividiu-se em várias espalhadas na China, no Japão e na Coréia em diversas versões da mesma doutrina de base. No Japão e no Brasil a mais conhecida e praticada é a Verdadeira Escola da Terra Pura (em japonês: 浄土真宗, Jodo Shinshu), fundada por Shinran Shonin (1173-1262), discípulo de Honen Shonin fundador da Jodo Shu. Os ramos da Jodo Shinshu presentes no Brasil atualmente são o ramo Hongwanji-Ha (matriz mundial Nishi Honganji em Kyoto) e o ramo Otani-Ha (matriz mundial Higashi Honganji em Kyoto). Do Budismo chinês existe no Brasil o Templo Chen Tien de Foz do Iguaçú que segue principalmente a doutrina da Terra Pura.

Referências

  1. Pure Land Buddhism - Britannica.com
Ícone de esboço Este artigo sobre budismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia possui o
Portal do budismo