Terra nullius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Terra nullius é uma expressão latina decorrente do direito romano que significa "terra que pertence a ninguém",[1][2] terra de ninguém, ou seja, terra vasta, aplicando o princípio geral do res nullius aos bens materiais, em termos de propriedade privada ou como território ao abrigo do direito público.

Bir Tawil[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Bir Tawil

O Bir Tawil é um pedaço de terra entre as fronteiras do Egito e Sudão que não é reinvidicada por nenhum dos dois países, configurando-se então como terra nullius. Jeremiah Heaton "reivindicou" a área como pertencente ao seu reino, o Reino do Sudão do Norte, segundo ele para que sua filha pudesse ser uma "princesa de verdade".

Referências

  1. «Definition of terra nullius». All Words (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2019 
  2. «"Terras de ninguém": grupos pedem fundação de "países" em áreas de conflito». Correio Braziliense. 26 de julho de 2015. Consultado em 28 de julho de 2019 
Ícone de esboço Este artigo sobre direito é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.