Terras do Sem-Fim (telenovela)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Terras do Sem-Fim
Informação geral
Formato Telenovela
Duração 50 minutos Aproximado
Criador(es) Walter George Durst
Baseado em Terras do Sem-Fim de Jorge Amado
País de origem  Brasil
Idioma original (português)
Produção
Diretor(es) Herval Rossano
Elenco Cláudio Cavalcanti
Nívea Maria
Paulo Figueiredo
Maria Cláudia
Jonas Mello
e grande elenco
Tema de abertura "Desafio", Dori Caymmi
Exibição
Emissora original Brasil Rede Globo
Transmissão original 16 de novembro de 198126 de fevereiro de 1982
Episódios 89

Terras do Sem-Fim é uma telenovela brasileira, produzida e exibida no horário das 18 horas pela Rede Globo, entre 16 de novembro de 1981 e 26 de fevereiro de 1982, substituindo Ciranda de Pedra e substituída por O Homem Proibido, com 89 capítulos.[1] Foi a 23ª novela das seis exibida pela emissora.

Escrita por Walter George Durst, foi baseada no romance de Jorge Amado e dirigida por Herval Rossano.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A exploração do cacau traz para a cidade de Ilhéus, na Bahia, o desenvolvimento e muitos aventureiros vindos de outras regiões do país, entre eles João Magalhães (Cláudio Cavalcanti), um trapaceiro jogador de cartas e falso engenheiro. A trama trata do conflito entre dois grandes latifundiários, o coronel Horácio (Jonas Mello) e Sinhô Badaró (Carlos Kroeber).

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Cláudio Cavalcanti João Magalhães
Nívea Maria Donana
Paulo Figueiredo Virgílio
Maria Cláudia Margot
Jonas Mello Coronel Horácio Silveira
Sura Berditchevsky Ester
Carlos Kroeber Sinhô Badaró
Otávio Augusto Juca Badaró
Fernando Torres Dr. Carlos
José Lewgoy Coronel Dantas
Stênio Garcia Amarelo Joaquim
Milton Gonçalves Damião
Bárbara Fazzio Vampireza
Edwin Luisi Silveirinha
Sebastião Vasconcelos Coronel Teodoro das Baraúnas
José de Abreu Pepe
Heloísa Millet Julieta Zude
Julciléa Telles Raimunda
Bárbara Bruno Olga
Mário Cardoso Rui Dantas
Elza Gomes Dona Menininha
Thelma Reston Auricídia
Paulo Gonçalves Padre Bento
Ademilton José Sergipano
Isaac Bardavid Argemiro
Angelito Mello Brás Velho
Macedo Neto Coronel Clementino
Alfredo Murphy João Vermelho
Fábio Junqueira Sérgio
Cláudio Savietto Vicente Carangaú
Haroldo de Oliveira João Grilo
Germano Filho Dr. Genaro
Fernando José Venâncio
Regina Nogueira Rosa
Ivan Mesquita Coronel Coutinho
Edson Silva Tonico
Bernadete de Paula
Felipe Donavan
Tereza Mascarenhas
Antonio Pitanga
Dartagnan Mello
Adalberto Silva
Eliane Araújo
Aray Duarte
Nelson Freitas
Suzana Queiroz

Trilha sonora [2][editar | editar código-fonte]

  1. "Povo da Raça Brasil" - Simone
  2. "Moça Bonita" - Geraldo Azevedo
  3. "Bicho Homem" - Fafá de Belém
  4. "Contradança" - Ruy Maurity
  5. "Estrela da Terra" - Nana Caymmi e Boca Livre
  6. "Desafio" - Dori Caymmi (tema de abertura)
  7. "Roda Baiana" - Gal Costa
  8. "Cantiga de Cego" - Dorival Caymmi
  9. "Veio D'Água" - Elba Ramalho
  10. "Ossain (Bamboxê)" - Antônio Carlos e Jocafi
  11. "Réquiem Para Matraga" - Geraldo Vandré
  12. "Cabaré de Bandido" - Dominguinhos

Referências

  1. «Terras do sem fim». Teledramaturgia. Consultado em 17 de dezembro de 2015 
  2. «Terras do sem fim - Trilha Sonora». Teledramaturgia. Consultado em 17 de dezembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.