Território do Kansas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mapa do Território do Kansas.

O Território do Kansas foi um território organizado incorporado dos Estados Unidos que existiu de 30 de maio de 1854 até 29 de janeiro de 1861, quando a porção oriental do território foi admitida à União como o estado livre do Kansas.

A terra que se tornaria o Território do Kansas foi considerada infértil pelos pioneiros americanos do século XIX.[1] Era chamado de "Great American Desert", porque não tinha árvores e era mais seco do que a terra a leste. Tecnicamente, fazia parte das vastas pastagens que constituem as Grandes Planícies da América do Norte e mantinham rebanhos gigantes de bisões americanos. Após a invenção do arado de aço e métodos de irrigação mais sofisticados, o solo espesso da pradaria seria quebrado para a agricultura.[2] Na década de 1850, a pressão da imigração estava aumentando e a organização em um Território era desejada.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Schirmer, Sherry Lamb & McKinzie, Richard D. (1982). At the Rivers Bend: An Illustrated History of Kansas City, Independence, and Jackson County. [S.l.]: Windsor Publication. p. 31 
  2. Landers, Jackson (2015). «Did John Deeres Best Invention Spark Revolution or Environmental Disaster?». www.smithsonianmag.com. Consultado em 24 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Território do Kansas
Ícone de esboço Este artigo sobre História dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.