Tetracorde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Tradicionalmente, tetracorde é uma série de quatro tons que preenchem um intervalo de quarta justa, numa frequência de proporção 4:3. Modernamente, o termo é usado para qualquer segmento de escala ou série tonal de quatro notas.

O termo tetracorde deriva da teoria musical da Grécia Antiga. Literalmente, significa "quatro cordas", referindo-se originalmente a instrumentos como a harpa, a lira ou a cítara — o termo conota que as cordas sejam contíguas.

Gêneros[editar | editar código-fonte]

A teoria musical da Grécia Antiga distingue três gêneros de tetracordes. Esses gêneros são caracterizados pelo maior dos três intervalos do tetracorde:

Diatônico
Um tetracorde diatônico tem um intervalo característico que é menor ou igual à metade do intervalo total do tetracorde (cerca de 249 cents). Esse intervalo característico é, amiúde, ligeiramente menor (aproximadamente 200 cents), tornando-se um tom inteiro. Classicamente, o tetracorde diatônico consiste em dois intervalos de tom e um de semitom.
Cromático
Um tetracorde cromático possui um intervalo característico que é maior que metade do intervalo total do tetracorde, contudo não maior que quatro quintos do intervalo (entre 249 e 398 cents). Classicamente, o intervalo característico é uma terça menor (aprox. 300 cents), e os dois intervalos menores são semitons.
Enarmônico
Um tetracorde enarmônico tem um intervalo característico maior que quatro quintos do intervalo total do tetracorde (maior que 398 cents). Classicamente, o intervalo característico é uma terça maior (de dois tons) e os intervalos menores são de meio semitom.

Uma vez que os três gêneros simplesmente representam as variações de intervalo possíveis dentro de um tetracorde, vários aspectos (chroai) de tetracordes com afinações específicas já foram relacionados.