Théodore de Bry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Theodor de Bry
Autorretrato (1597)
Nome completo Theodorus de Bry
Nascimento 1528
Liège
Morte 27 de março de 1598 (70 anos)
Frankfurt
Ocupação Gravurista, ourives e editor

Theodor de Bry (Liège, 1528Frankfurt, 27 de março de 1598) foi um ourives e editor de Liège que se tornou especialista na época do descobrimento do Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Liège, na atual Bélgica,[1] fugiu da cidade de Dinant em 1466 para a Alemanha fugindo das Guerras de Liège e perseguições religiosas de católicos espanhóis. Após ter seus bens confiscados em 1570, Theodor se mudou para Estrasburgo e em 1577 para Antuérpia, onde aprendeu o ofício da gravura em cobre. Viveu na em Londres entre os anos de 1585 e 1588, onde expôs seus trabalhos sobre a exploração do novo mundo. Entre suas obras, está uma muito conhecida no Brasil que retrata um ritual de canibalismo dos índios tupinambás na então colônia portuguesa.

Referências

  1. «Theodore de Bry :: Convite à História». conviteahistoria.webnode.com.br. Consultado em 26 de abril de 2019 
Gravura de Theodor de Bry (1594): Cristóvão Colombo descobrindo o novo mundo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Desenho de Theodor de Bry (1594): Vasco Núñez de Balboa 'larga' mortalmente seus cachorros de ataque sobre um grupo de homossexuais da América Central.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Théodore de Bry
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.