Thaila Ayala

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde setembro de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Thaila Ayala
Thaila Ayala
Nome completo Thaila Ayala Sales
Nascimento 14 de abril de 1986 (30 anos)
Presidente Prudente,  São Paulo,  Brasil
Ocupação Atriz, modelo
Atividade Atriz (2006–presente)
Cônjuge Paulo Vilhena (2011–2013)[1]
IMDb: (inglês)

Thaila Ayala Sales[2] (Presidente Prudente, 14 de abril de 1986), é uma atriz e modelo brasileira.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2006, Thaila iniciou sua carreira como modelo e em julho do mesmo ano se inscreveu na Oficina de Atores da Rede Globo. Ainda em 2006, fez pequenas participações nas telenovelas Páginas da Vida, Malhação, Cobras & Lagartos, e Pé na Jaca. No final do mesmo ano, em novembro, quando terminava o curso na Oficina de Atores, foi chamada por Rosane Quintaes, produtora do elenco de Malhação, que vinha acompanhando seu trabalho, para fazer alguns testes. Thaila foi testada apenas uma vez e venceu a disputa, ganhando o título de nova protagonista feminina da série, que estrearia uma nova temporada em janeiro de 2007. Interpretou Marcela, a protagonista da 14ª temporada (2007) do seriado adolescente.[3]

Em 2006 posou nua para a revista Trip,[4] e em 2007 foi fotografada por Terry Richardson para o livro Rio, Cidade Maravilhosa, lançado no mesmo ano. Posteriormente o lançamento a atriz e modelo, que aparece em uma foto com o seio a mostra e mordendo os lábios do produtor de elenco Luís Fernando Silva, alegou ter se arrependido da participação no livro.[5] Em 2011 disse que posar nua seria ‘um estupro’.[6]

Em 2010, interpretou a sua primeira vilã, em Ti Ti Ti na pele da modelo ambiciosa Amanda.

Em 2013, a atriz voltou a atuar em Sangue Bom como Camila Lancaster na telenovela de Maria Adelaide Amaral.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Thaila Ayala nasceu em Presidente Prudente, no interior de São Paulo, no ano de 1986. Como modelo, passou temporadas em diversos países, dentre eles México, Tailândia e Chile. Em 19 de novembro de 2011 casou-se com o ator Paulo Vilhena.[7][8] No fim de 2013 o casal se separou e o fato foi confirmado pela assessoria de imprensa do ator.[9] A atriz foi vista aproveitando o Rock in Rio na companhia de amigos.[9] Houve rumores de que a atriz tivera um relacionamento rápido com o cantor norte-americano Justin Timberlake, o que teria sido o motivo da separação. Questionado, Vilhena respondeu:

«Isso é o tipo de coisa que eu acho improvável, mas se ficou com Timberlake, fez bem, é porque ela está podendo, né?»[9]

Em fevereiro de 2014, a atriz anunciou que iria estudar inglês e teatro em Nova York, Estados Unidos.[10]

Em agosto de 2016, a atriz divulgou em seu perfil do Instagram a foto de seu batismo na Igreja Pentecostal Anabatista, local onde converteu-se ao Cristianismo protestante.[11]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Novelas[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2006 Páginas da Vida Viviane Participação Especial
2006 Malhação Vanessa Galvão Participação Especial
2006 Sítio do Pica-pau Amarelo Princesa Sofia Participação Especial
2006 Cobras & Lagartos Bianca Participação Especial
2006 Pé na Jaca Sara Participação Especial
2007 Malhação Marcela Pereira da Silva (Marcela Persí) Protagonista
2009 Caminho das Índias Shivani Mugdaliar Co-Protagonista
2010 Ti Ti Ti Amanda Moura Co-Antagonista
2012 Cheias de Charme Giselle Participação Especial
2013 Sangue Bom Camila Lancaster Coadjuvante

Séries[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Notas
2008 Faça Sua História Kênia Participação Especial
2015 As Canalhas Danielle [12] Protagonista

Filmes[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
2014 "Apneia" Julia
2016 Mais Forte que o Mundo Laura
2017 "Talvez Uma História de Amor" Clara
2017 "Zeroville" Maria
2017 "The Long Home" TBA
2017 "When Red is White" Sara
2017 Woody Woodpecker Brittany Walters

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. "Paulo Vilhena & Thaila Ayala estão separados há três meses, diz assessoria", Celebridades (UOL), 2014-1-8, http://celebridades.uol.com.br/noticias/redacao/2014/01/08/paulo-vilhena-e-thaila-ayala-estao-separados-ha-tres-meses-diz-assessoria.htm .
  2. "Thaila Ayala", Da Camisa, http://www.dacamiza.com.br/3x4-thaila-ayala/ .
  3. "Thaila Ayala entra em Malhação da Rede Globo", Meio Norte, http://www.meionorte.com/noticias,Thaila-Ayala-e-a-nova-bela-da-tarde-da-Globo,17951.html .
  4. "Trip Girl", Trip (UOL), http://revistatrip.uol.com.br/149/tripgirl/perfil.htm .
  5. "Thaila Ayala está arrependida de ter posado sem blusa para Terry Richardson", Ego (Globo), http://ego.globo.com/Gente/Noticias/0,,MUL316676-9798,00-THAILA+AYALA+ESTA+ARREPENDIDA+DE+TER+POSADO+SEM+BLUSA+PARA+TERRY+RICHARDSON.html .
  6. "Seria como um estupro", diz Thaila Ayala sobre posar nua", Gente (iG), http://gente.ig.com.br/seria+como+um+estupro+diz+thaila+ayala+sobre+posar+nua/n1238188308720.html .
  7. "Casamento Paulo Vilhena & Thaila Ayala", Casamento clique, http://www.casamentoclick.com.br/report/casamento-paulo-vilhena-e-thaila-ayala.html .
  8. "Thaila & Paulo se casam em Noronha", Caras (UOL), http://caras.uol.com.br/noticia/thaila-e-paulo-se-casam-em-noronha .
  9. a b c «Paulo Vilhena e Thaila Ayala estão separados há três meses, diz assessoria». Celebridades. UOL. 8/1/2014. Consultado em 23/2/2014. 
  10. Da redação (22/02/2014). «Solteira, Thaila Ayala vai passar temporada em Nova York para estudar». MSN — entretenimento. Consultado em 23/02/2014. 
  11. Rafael Godinho (22 de agosto de 2016). «Thaila Ayala posta foto de batismo religioso: 'Renascer no seu amor'». EGO. Consultado em 7 de setembro de 2016. 
  12. Flávia Muniz (10 de janeiro de 2015). «Thaila Ayala vive ex-gordinha na série 'As Canalhas'». O Dia. Consultado em 03 de março de 2015.